conecte-se conosco


Brasil

13º salário: como se preparar para o benefício

Publicado

Até o dia 30 de novembro, muitos trabalhadores recebem a primeira parcela; especialista dá dicas para o bom uso desse dinheiro

Até o dia 30 de novembro, grande parte dos trabalhadores com carteira assinada em todo o país – com no mínimo 15 dias de atividade – recebem a primeira parcela do 13º salário. Aposentados, pensionistas, beneficiários do Bolsa Família e aqueles que recebem pensão alimentícia também serão contemplados. Ficam de fora apenas os trabalhadores que foram demitidos por justa causa.

“O 13º é uma ajuda importante para a maioria dos brasileiros. Mesmo aqueles que gastam pouco sentem falta do benefício”, diz o coordenador do curso de Gestão Financeira do Centro Universitário Internacional Uninter, Daniel Cavagnari.

A primeira parcela corresponde à metade, ou 50%, do salário bruto. O professor ressalta que descontos, como a taxa do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF), virão apenas na segunda parcela, a ser paga até o dia 20 de dezembro. Para aqueles que foram contratados ao longo do ano, o benefício será proporcional ao número de meses trabalhados até a data do pagamento.

Como usar o 13º?

Cavagnari recomenda prudência com ofertas feitas por bancos e outras instituições financeiras nos meses que antecedem o depósito do salário. “Muitas entidades oferecem empréstimos para que os trabalhadores recebam esses valores adiantados. Porém, cobram juros incompatíveis com termos justos. É preciso estar atento”, diz.

Para aqueles que têm dívidas a juros altos ou vencidas, o professor recomenda que o 13º seja usado para quitá-las. “Negocie o pagamento com as instituições credoras e busque descontos. Lembre-se de que taxas ou juros que ainda não foram cobradas não podem incidir no adiantamento das dívidas”, explica.

Já para os trabalhadores que estão em dia com suas finanças, o professor recomenda reservar metade do valor recebido – ou mais – para as despesas de início de ano, como Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), uniformes, material escolar e férias. O restante do valor pode ser usado para presentes e outros gastos com as comemorações de fim de ano.

“Também é possível usar o benefício para ‘resolver a vida’, ou seja, revisar o carro, arrumar a casa, passear com a família. O bem-estar é o que temos de mais importante. Qualquer investimento nesse âmbito será bem aproveitado”, defende.

Leia mais:  'Cloroquina não evita a doença', alerta Ministério da Saúde
publicidade

Brasil

Caixa libera saque do auxílio emergencial a 7,4 milhões neste sábado. Veja quem recebe!

Publicado

Por isso, 717 agências da Caixa estarão abertas das 8h às 12h, mas os resgates também podem ser feitos nos caixas eletrônicos e lotéricas, utilizando o código que deve ser gerado no aplicativo Caixa Tem

A Caixa libera neste sábado (1º) o saque em dinheiro de novas parcelas do auxílio emergencial de R$ 600 para nascidos em fevereiro e março. São 7,4 milhões de beneficiários que poderão sacar em dinheiro a primeira, segunda, terceira ou quarta parcelas do auxílio.

Por isso, 717 agências da Caixa estarão abertas das 8h às 12h, mas os resgates também podem ser feitos nos caixas eletrônicos e lotéricas, utilizando o código que deve ser gerado no aplicativo Caixa Tem. Também será possível resgatar o valor por meio de transferências para outras contas.

Para realizar o saque, é preciso fazer o login no app, selecionar a opção “saque sem cartão” e “gerar código de saque”. Depois, o beneficiário deve inserir a senha para visualizar o código de saque na tela do celular, com validade de uma hora.

O auxílio primeiro é depositado na conta poupança digital, em que o beneficiário pode movimentar para a realização de compras, por meio do cartão de débito virtual e QR Code, pagamento de boletos, contas de água, luz, telefone, entre outros serviços. O resgate em dinheiro e transferência só são liberados no calendário de saque.

Organizado por ciclos, o calendário vai até dezembro, para o pagamento das cinco parcelas do auxílio emergencial. Já para o grupo do Bolsa Família, que recebeu a quarta parcela, segue o calendário normal do programa, sempre nos últimos dez dias úteis do mês.

O auxílio, criado para combater os impactos da pandemia de covid-19 na população de baixa renda e trabalhadores informais, já foi pago para 65,4 milhões de pessoas, num total de R$ 141,8 bilhões. O valor é de R$ 600, mas para mães chefes de família chega a R$ 1.200.

Calendário do auxílio emergencial

Para o ciclo 1

Pagamento da 4ª parcela para quem recebeu a 1ª em abril

Pagamento da 3ª parcela para quem recebeu a 1ª em maio

Pagamento da 2ª parcela para quem recebeu a 1ª em junho ou até 4 de julho

Pagamento da 1ª parcela para quem se cadastrou entre 17 de junho e 2 de julho

Crédito em poupança digital

22 de julho – nascidos em janeiro

24 de julho – nascidos em fevereiro

29 de julho – nascidos em março

31 de julho – nascidos em abril

5 de agosto – nascidos em maio

7 de agosto – nascidos em junho

12 de agosto – nascidos em julho

14 de agosto – nascidos em agosto

17 de agosto – nascidos em setembro

19 de agosto – nascidos em outubro

21 de agosto – nascidos em novembro

26 de agosto – nascidos em dezembro

Saque em dinheiro

25 de julho – nascidos em janeiro

1º de agosto – nascidos em março e fevereiro

8 de agosto – nascidos em abril

13 de agosto – nascidos em maio

22 de agosto – nascidos em junho

27 de agosto – nascidos em julho

1º de setembro – nascidos em agosto

5 de setembro – nascidos em setembro

12 de setembro – nascidos em outubro e novembro

17 de setembro – nascidos em dezembro

Para o ciclo 2

Crédito da 5ª parcela para quem recebeu a 1ª em abril de 2020

Crédito da 4ª parcela para quem recebeu a 1ª em maio de 2020

Crédito da 3ª parcela para quem recebeu a 1ª em junho de 2020

Crédito da 2ª parcela para quem recebeu a 1ª em julho de 2020

Crédito em poupança digital

28 de agosto – nascidos em janeiro

2 de setembro – nascidos em fevereiro

4 de setembro – nascidos em março

9 de setembro – nascidos em abril

11 de setembro – nascidos em maio

16 de setembro – nascidos em junho

18 de setembro – nascidos em julho

23 de setembro – nascidos em agosto

25 de setembro – nascidos em setembro

28 de setembro – nascidos em outubro e novembro

30 de setembro – nascidos em dezembro

Saque em dinheiro

19 de setembro – nascidos em janeiro

22 de setembro – nascidos em fevereiro

29 de setembro- nascidos em março

1º de outubro- nascidos em abril

3 de outubro- nascidos em maio

6 de outubro- nascidos em junho

8 de outubro- nascidos em julho

13 de outubro- nascidos em agosto

15 de outubro- nascidos em setembro

20 de outubro- nascidos em outubro

22 de outubro- nascidos em novembro

27 de outubro- nascidos em dezembro

Para o ciclo 3

Pagamento da 5ª parcela para quem recebeu a 1ª parcela em maio

Pagamento da 4ª parcela para quem recebeu a 1ª em junho

Pagamento da 3ª parcela para quem recebeu a 1ª parcela em julho

Crédito em poupança digital

9 de outubro – nascidos em janeiro e fevereiro

16 de outubro – nascidos em março e abril

23 de outubro – nascidos em maio e junho

30 de outubro – nascidos em julho e agosto

6 de novembro – nascidos em setembro e outubro

13 de novembro – nascidos em novembro e dezembro

Saque em dinheiro

29 de outubro – nascidos em janeiro e fevereiro

3 de novembro – nascidos em março e abril

10 de novembro – nascidos em maio e junho

12 de novembro – nascidos em julho e agosto

17 de novembro – nascidos em setembro e outubro

19 de novembro – nascidos em novembro e dezembro

Para o ciclo 4

Pagamento da 5ª parcela para quem recebeu a 1ª em junho

Pagamento da 4ª e da 5ª parcelas para quem recebeu a 1ª em julho

Crédito em poupança digital

16 de novembro – nascidos em janeiro e fevereiro

18 de novembro – nascidos em março e abril

20 de novembro – nascidos em maio e junho

23 de novembro – nascidos em julho e agosto

27 de novembro – nascidos em setembro e outubro

30 de novembro – nascidos em novembro e dezembro

Saque em dinheiro

26 de novembro – nascidos em janeiro e fevereiro

1º de dezembro- nascidos em março e abril

3 de dezembro- nascidos em maio e junho

8 de dezembro- nascidos em julho e agosto

10 de dezembro- nascidos em setembro e outubro

15 de dezembro- nascidos em novembro e dezembro.

FONTE: Portal R7

Leia mais:  Comunicado: Suspensão temporária dos calendários de ingresso pelo SiSU
Continue lendo

Brasil

Diretor Executivo da Suzano está entre os mais admirados na área Jurídica em 2020

Publicado

Ranking da Análise Editorial homenageia o trabalho desenvolvido no ano e destaca os esforços durante a pandemia mundial  

Pablo Machado, Diretor Executivo de Relações e Gestão Legal da Suzano, empresa referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, é reconhecido entre os executivos mais admirados do País em 2020.  

O ranking publicado pelo Anuário Executivos Jurídicos e Financeiros homenageia os principais executivos do País por suas ações à frente das equipes de Finanças e Jurídica. Na área de Finanças, Marcelo Bacci, Diretor Executivo de Finanças e de Relações com Investidores da Suzano, também figura na lista de Executivos Financeiros.  

A votação contou com a participação de mais de 400 executivos jurídicos eleitores. Eles indicaram mais de 600 nomes dos pares que mais admiram. O levantamento resultou em 49 executivos jurídicos eleitos Mais Admirados e 65 finalistas.  

“As iniciativas realizadas pela Suzano nos últimos meses mostram a conexão da empresa com toda a sua rede de colaboradores e das comunidades que dependem de suas atividades. Encabeçamos diversos projetos com resultados positivos durante 2020 e tenho orgulho de dizer que sou parte desse time”, afirma Machado. 

Pablo Machado é graduado em Direito pela Universidade de São Paulo (USP) e tem especialização em Contratos, Direito Comercial e Negociação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e mestrado (LL.M) em Direito do Comércio Internacional pela Universidade da Califórnia, Martin Luther King School of Law (Estados Unidos). Machado ocupa essa posição na Suzano desde junho de 2016 no comando das áreas Jurídica, Tributária, de Relações Institucionais, Inteligência Patrimonial Florestal e Licenciamento Ambiental da companhia. 

Leia mais:  Rio de Janeiro confirma primeira morte pelo novo coronavírus
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana