conecte-se conosco


Cidades

Aumenta ocorrências com pipas na rede elétrica no Norte do Estado durante a quarentena

Publicado

Número de interrupções, entre 1 de abril e 15 de maio, foi 200% superior do mesmo período de 2019 

A EDP, distribuidora de energia elétrica do Espírito Santo, alerta para o aumento expressivo de ocorrências relacionadas a pipas na rede elétrica durante o mês de abril e a primeira quinzena de maio, período que coincide com a recomendação das autoridades para o isolamento social e suspensão das aulas escolares, como prevenção ao contágio pela Covid-19. Entre 1 de abril e 15 de maio, foi registrada uma elevação de 200% no número de clientes que tiveram o fornecimento de energia interrompido no Norte do Estado. Cerca de 14 mil foram afetados sendo que, no mesmo período de 2019, esse número foi de 6 mil. No número de ocorrências, foram 67 ordens, valor 560% maior ante o mesmo período de 2019, quando foram registradas 12 ocorrências.

Em Linhares, o aumento no número de ocorrências foi de cerca de 400%, que passou de 07 registradas entre o dia 01 de abril e 15 e maio de 2019, para 26 ocorrências no mesmo período de 2020. O número de clientes que foram afetados e tiveram o fornecimento de energia interrompido em 2020 por conta das pipas, durante os 45 dias, foi de 5.411.

São Mateus e Aracruz também estão entre os municípios da região Norte que registraram um aumento na falta de energia por motivo de pipas na rede elétrica.

Neste contexto de pandemia, em que o fornecimento de energia elétrica se torna mais essencial, seja para abastecer unidades de saúde, hospitais, mercados e residências, o impacto das interrupções é ainda mais preocupante. Além disso, o crescimento dessas ocorrências traz outra ameaça: o risco de graves acidentes.

Afonso Celso da Silva, gestor executivo de operação EDP, reforça a importância da prática segura da brincadeira e para o respeito às orientações do isolamento social. “Sempre trabalhamos para restabelecer o fornecimento de energia o mais rápido possível, mas nossa preocupação maior é com a segurança, ainda mais neste período de quarentena. Sabemos que o cerol e linha chilena ainda são muito utilizados e, dependendo de sua composição, podem ser condutores de energia, com potencial de causar sérios acidentes com quem está brincando e com outras pessoas. Em período de isolamento social, é recomendável priorizar brincadeiras em que não seja necessário sair de casa.”

O gestor ressalta que as linhas de pipas com cerol ou produtos cortantes causam desligamentos ao romper os cabos de energia e, também, podem provocar curtos-circuitos, ao ficarem presas na fiação e serem puxadas, interrompendo o fornecimento de energia para os moradores da região. 

 Orientações para empinar pipas de forma segura

  • Empinar pipas em locais como lajes e muros deve ser evitado. A proximidade com os fios de alta tensão aumenta o risco de acidentes graves e fatais, além do perigo de quedas;

  •  Além de serem proibidos, o cerol e a chamada “linha chilena” trazem risco para quem está empinando a pipa e também para terceiros, como motociclistas e pedestres, além de oferecem perigo no contato com a rede de energia. Ao cortar a camada protetora da fiação, a linha interrompe a transferência de corrente elétrica, podendo provocar curto-circuito;

  • Empine pipas longe de rede elétrica, em locais onde não exista nenhum tipo de cabo de energia, de serviço telefônico ou antenas de celular. Isso evita acidentes e interferências na qualidade desses serviços;

–  Se a pipa ficar presa nos fios elétricos, não tente retirá-la. Nunca use varas nem suba no poste para tirar uma pipa. O choque, nestes casos, pode ser fatal. Somente técnicos da distribuidora, treinados para este trabalho, que exige o uso de equipamentos de segurança, estão aptos a manusear a rede.

–  Arremessar objetos na rede elétrica para o resgate da pipa pode causar graves acidentes. O “lança-gato” (pedra presa a uma linha), ou qualquer outro objeto, não devem ser lançados na rede;

Um acidente causado por descarga elétrica pode deixar sequelas como queimaduras e, em casos mais extremos, causar a morte. Para conscientizar a população e orientar crianças e adultos sobre como reduzir os riscos na hora de brincar, a EDP e o Instituto EDP realizam projetos com as comunidades dos municípios onde a concessionária atua. Mais informações sobre segurança com energia elétrica podem ser acessadas no site www.edp.com.br/seguranca.

Em caso de ocorrências com a rede elétrica, os clientes devem entrar em contato por meio do site www.edponline.com.br, aplicativo EDP Online para smartphone ou pelo Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) pelo 0800  721 0707. Para registro de falta de energia, é possível também enviar SMS para 28037 com a mensagem Sem Luz.

Números de clientes que ficaram sem energia nos últimos 45 dias* por município

(*período 01 de abril a 15 de maio)

 

REGIÃO NORTE

 

 

Município

 

Número de clientes que ficaram sem energia

ARACRUZ

1.073

CONCEICAO DA BARRA

117

ECOPORANGA

199

FUNDAO

421

LINHARES

5.411

PINHEIROS

130

SAO MATEUS

5.681

SOORETAMA

426

Leia mais:  Black Friday no Espírito Santo: faturamento deverá ultrapassar os R$52 milhões em 2019
publicidade

Cidades

Prefeitura de Vila Velha disponibiliza formação continuada online a 130 pedagogos

Publicado

Pedagogos da Rede de Ensino Fundamental de Vila Velha estão tendo mais uma oportunidade para se qualificar. A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), está realizando, desde o último dia 17, um curso de formação continuada sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) para 130 profissionais. Os encontros acontecem de forma online, seguindo as recomendações de isolamento social das autoridades de saúde.

 “Dessa forma, garantimos um processo de ensino e de aprendizagem de qualidade, e atualizado de acordo com os parâmetros nacionais, sem perder de vista as especificidades locais”, afirma a coordenadora do setor de Ensino Fundamental da Semed, Marise Soares.

As inscrições para a formação continuada foram realizadas entre os dias 08 e 16 de junho. A carga horária total do curso será de 40h, dividida em 5 módulos (3 horas de estudos teóricos e 5h de atividades escritas, por módulo).

Leia mais:  Detran estabelece medidas para retorno dos procedimentos de Habilitação
Continue lendo

Cidades

Senar recebe R$ 750 mil de emenda do Deputado Federal Evair de Melo

Publicado

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR/ES) vai receber R$ 750 mil para a realização de diagnósticos técnicos das cadeias produtivas do cacau e da pimenta-do-reino no Espírito Santo. 

O recurso já foi empenhado e é proveniente de emenda parlamentar do Deputado Federal e vice-líder do governo na Câmara, Evair de Melo.

Os diagnósticos técnicos envolverão toda a cadeia produtiva do cacau e da pimenta-do-reino, desde a produção primária até a comercialização. 

O levantamento será realizado em todo o território capixaba e, após a realização dos diagnósticos, todos os envolvidos nestas duas cadeias serão reunidos em dois grandes eventos para discutir e propor ações, especialmente para o período de pós-pandemia.

De acordo com Evair de Melo, que também é vice-presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) e presidente da Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop), a intenção é montar uma base sólida de conhecimento a respeito dessas duas importantes cadeias produtivas para a agricultura do Espírito Santo, com detalhamento acerca da situação atual, tanto de produção como de estruturação, e identificação de gargalos e de oportunidades de desenvolvimento. 

“Assim, será possível estruturar soluções que busquem o desenvolvimento das duas culturas, especialmente junto aos pequenos produtores rurais, com o engajamento de todos os envolvidos, levando em conta as relações comerciais e institucionais que permearão o cenário futuro. Além de aumentar o número de produtores rurais que trabalham com as culturas do cacau e da pimenta-do-reino no Espírito Santo, os diagnósticos vão contribuir para o aumento da produtividade das lavouras e da qualidade dos frutos”, explica o parlamentar.

Cacau de Qualidade

O Deputado Federal Evair de Melo é autor da Lei 13.710/18, que institui a Política Nacional de Incentivo à Produção de Cacau de Qualidade e cria condições para os produtores brasileiros elevarem a qualidade da fruta, oferecendo ferramentas como assistência técnica e extensão rural especializadas, além de estímulos baseados na sustentabilidade ambiental e econômica.

Pimenta de Qualidade

O parlamentar também é autor de dois projetos de lei que incentivam a produção de pimentas de qualidade. Atualmente, os dois PLs estão em tramitação no parlamento. 

O PL 4728/2016 institui a Política Nacional de Incentivo à Produção de Pimenta-do-Reino de Qualidade e o PL 10.418/2018 propõe a criação da Política Nacional de Incentivo a Pimenta de Qualidade.

O objetivo das matérias é possibilitar aos produtores de pimenta condições para o aprimoramento da atividade, para que possam oferecer ao mercado produtos de melhor qualidade. Para isso, prevê crédito rural, pesquisa agrícola, a assistência técnica e extensão rural especializada, o cooperativismo, entre outros.

Leia mais:  Banestes amplia em 96 meses prazo para pagamento do consignado de servidores estaduais
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana