conecte-se conosco


Cidades

Avaliações Diagnósticas de Língua Portuguesa e Matemática ficam disponíveis até segunda-feira (27)

Publicado

Prazo para acessar o link das avaliações, que terminaria nesta terça-feira (21), foi prorrogado pela Sedu.

A Secretaria da Educação (Sedu) prorrogou o prazo de disponibilização do link para as Avaliações Diagnósticas de Língua Portuguesa e Matemática para até a próxima segunda-feira (27). Os alunos terão mais este tempo em função da necessidade de ajustes técnicos e adaptação de algumas escolas e estudantes quanto ao uso da plataforma e aplicativo para a realização das avaliações.

As datas de aplicação das demais avaliações não foram alteradas, permanecem de acordo com o cronograma já divulgado anteriormente pela Secretaria.

Avaliação Diagnósticas

As avaliações diagnósticas começaram a ser aplicadas no último dia 15  com os alunos da Rede Estadual de Ensino, para identificar as aprendizagens e as habilidades desenvolvidas pelos estudantes em 2019. Será um importante momento para levantar evidências e identificar possíveis defasagens de aprendizagens. A partir da análise dos resultado, poderá se ter uma melhor compreensão da turma em relação às habilidades consolidadas, para nortear o planejamento, as propostas de intervenções pedagógicas, além da continuidade do processo educativo.

As avaliações não serão pontuadas e poderão ser realizadas pelos estudantes em casa, no formato on-line. Aqueles que não tiverem acesso à internet poderão realizá-las na escola, quando as aulas presenciais retornarem, por meio de equipamentos na unidade de ensino, ou ainda, no formato impresso, caso haja necessidade.

O processo de realização das avaliações pelos estudantes será monitorado pela direção escolar e pela Subgerência de Avaliação Educacional da Sedu, por meio da plataforma do CAED/UFJF (Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora).

Todo o trabalho foi elaborado pela Sedu, em parceria com o CAED, tendo como base o Currículo do Espírito Santo (Educação Infantil e Ensino Fundamental), de 2018, e o Currículo Básico Escola Estadual (Ensino Médio), de 2009. “As respostas das avaliações realizadas no formato on-line serão coletadas automaticamente por uma plataforma de resultados. Já as realizadas de forma impressa deverão ser lançadas pelo professor aplicador na plataforma. Os resultados serão analisados e disponibilizados para as escolas por meio de relatórios categorizados por turma, possibilitando identificar as habilidades desenvolvidas e as não consolidadas pelos estudantes”, afirmou a subsecretária de Estado de Planejamento e Avaliação, Isaura Nobre.

Cronograma

Os estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental até a 3ª série do Ensino Médio, que são o público-alvo das avaliações diagnósticas neste momento, deverão seguir um cronograma que será direcionado por Componentes Curriculares para cada etapa de ensino.

– 15 a 27/07: Língua Portuguesa e Matemática, para estudantes do Ensino Fundamental (6º ao 9ª ano) e Ensino Médio (1ª a 3ª séries);

– 22 a 27/07: Filosofia e Sociologia, para o Ensino Médio (2ª e 3ª séries), e Inglês para o Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) e Ensino Médio (1ª a 3ª séries);

– 29/07 a 03/08: História e Geografia, para estudantes do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) e Ensino Médio (1ª a 3ª séries);

– 05 a 10/08: Ciências, para estudantes do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) e de Física, Química e Biologia para estudantes do Ensino Médio (1ª a 3ª séries).

Veja aqui as informações sobre as Avaliações Diagnósticas:

Local: O aluno poderá realizar as avaliações em casa (no formato on-line) e na escola (formato on-line ou impresso) quando as aulas presenciais retornarem. (Quem não conseguir realizar a avaliação neste momento, poderá fazê-la quando as escolas voltarem às atividades presenciais).

Acesso: O link de acesso está disponível desde a última quarta-feira (15), dentro de cada turma no Google Sala de Aula.

Monitoramento:  a direção escolar, por meio da plataforma do CAED, poderá monitorar a realização das avaliações dos estudantes; e a equipe da Subgerência de Avaliação Educacional/Sedu também realizará o monitoramento de toda a Rede Estadual.

Resultados: As respostas das avaliações realizadas no formato on-line serão coletadas automaticamente. Já as realizadas de forma impressa, no retorno das aulas presenciais, deverão ser lançadas pelo professor aplicador na plataforma. Após a realização das avaliações de todos os Componentes Curriculares previstos, as escolas receberão relatórios categorizados por turma, possibilitando identificar as habilidades desenvolvidas e as não consolidadas pelos estudantes.

Leia mais:  Ciretran de Iconha será reaberta nesta segunda-feira
publicidade

Cidades

Mais de R$ 437 milhões já foram liberados em operações de crédito emergencial pelo Banestes

Publicado

O Banestes, principal banco credor do Espírito Santo no acesso a linhas especiais de crédito emergencial, já concedeu mais de R$ 437,1 milhões em crédito emergencial para mais de 12,5 mil empresas de variados portes e do setor industrial do Estado.

As linhas de crédito têm como objetivo incentivar a economia, tendo em vista a desaceleração gerada pela pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

“Os números comprovam a forte atuação do Banestes em prol do empresariado capixaba. As linhas atendem às necessidades daqueles que são microempreendedores e das empresas de grande porte. Como banco dos capixabas, estamos comprometidos com a força econômica do Espírito Santo”, ressalta o diretor-presidente do Banestes, José Amarildo Casagrande.

Em linhas gerais, desde o início de 2020, o Banestes já concedeu mais de R$ 3,2 bilhões em crédito para clientes pessoas física e jurídica no Estado. Além disso, os contratos de reparcelamento de crédito em até 180 dias – outra importante ação de auxílio econômico disponibilizada pelo banco como medida de enfretamento à pandemia da Covid-19 – já atingiram o montante de mais de R$ 890 milhões.

Balanço

Confira abaixo o balanço detalhado das principais linhas de crédito emergencial operadas pelo Banestes para enfrentamento dos impactos econômicos da pandemia do novo Coronavírus. Os dados são referentes ao período de março até a última sexta-feira (23).

1) Linha de Crédito Emergencial Bandes e Banestes:

Para essa linha de crédito, que atende a empresas de todos os portes e do setor industrial, com taxas a partir de CDI + 0,32%, ao mês, o Banestes disponibilizou o montante de R$ 250 milhões. Até o momento, o Banestes já liberou mais de R$ 231,8 milhões em recursos nesta linha, em um total de 2.106 contratos.

2) Linha de Crédito Aderes e Banestes – Nossocrédito Emergencial (Programa Nossocrédito):

A linha Nossocrédito Emergencial, com taxas de 0,65% a 0,95%, ao mês, já liberou mais de R$ 24,8 milhões em recursos, totalizando 5.321 contratos com empreendedores de pequeno porte.

3) Linhas do Fundo de Aval – (01) Microcrédito Emergencial Covid-19:

Na linha de crédito de até R$ 5 mil, com taxa zero, que tem como foco os microempreendedores individuais (MEIs), já foi liberado o valor total de mais de R$ 36,7 milhões, distribuídos em 2.747 operações de crédito.

4) Linhas do Fundo de Aval – (02) Capital de Giro Covid-19:

A linha de crédito de até R$ 31,5 mil, com taxa de CDI, tem recursos destinados especificamente para o pagamento de folhas de pagamentos de pequenas e médias empresas e teve liberação de mais de R$ 992,7 mil, distribuídos em 123 contratos com empresas do Estado.

5) Capital de Giro Pronampe:

Linha de crédito para empresas com faturamento de até R$ 4,8 milhões, em 2019, com taxa de juros de 1,25%, ao ano, acrescidos da taxa Selic Over. O valor máximo de contratação corresponde em até 30% da receita bruta anual da empresa, calculada com base no exercício de 2019 e declarada à Receita Federal, limitado em até R$ 100 mil, por CNPJ. O Banestes já liberou mais de R$ 142,7 milhões em 2.254 contratos para a linha de crédito Pronampe.

6) Reparcelamento de operações de crédito em até 180 dias:

Condição única no mercado, tanto para clientes Pessoa Física (PF) quanto Pessoa Jurídica (PJ). No total, o Banestes já realizou mais de R$ 890 milhões em repactuação de contratos.

Além das opções de crédito, o Banco permanece operando as opções de reparcelamento, cheque especial sem juros, isenção e redução de tarifas no crédito, dentre outras facilidades. As ações estão detalhadas no site https://www.banestes.com.br/estamosjuntos.

Leia mais:  ES Solidário alcança marca de 100 toneladas de cestas básicas doadas no Estado
Continue lendo

Cidades

Banestes promove ações de conscientização em apoio à Semana da Segurança Digital

Publicado

Promovida pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), a semana busca conscientizar a população brasileira e minimizar o número de vítimas de golpes.

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) realiza, entre este domingo (25) até o próximo dia 31 de outubro, a segunda edição da Semana da Segurança Digital, uma ação que tem como objetivo promover a conscientização da sociedade para o uso da Internet e os serviços digitais de forma segura. Todas as informação e dicas de segurança estão disponíveis no hotsite antifraudes.febraban.org.br.

Para o sucesso e capilaridade da campanha, a Federação conta com o apoio das instituições bancárias. O Banestes vai participar ativamente da campanha, na promoção de ações entre funcionários e clientes para disseminar informações sobre dicas de como se prevenir dos principais golpes e fraudes digitais.  

A edição de 2020 tem como tema principal a “Engenharia Social”, e os principais assuntos trabalhados serão: E-mails falsos e Páginas falsas (Phishing), Home office, Redes Sociais e Privacidade de Dados, Senhas e Autenticação Segura e Sistemas de Pagamentos Instantâneos – Pix.

“O Banestes investe cada vez mais em segurança. O banco tem uma equipe de monitoramento contínuo para prevenção e resposta a fraudes, que trabalha com foco nas ações de segurança dos clientes, de forma rápida e eficaz”, ressalta o diretor-presidente do Banestes, José Amarildo Casagrande.

E, em tempos de expansão das transações financeiras por meios digitais, é preciso redobrar os cuidados. Por isso, a conscientização é a melhor forma de prevenir golpes financeiros.

Na avaliação do diretor de Riscos e Controle do Banestes, Carlos Artur Hauschild, “em geral, a população carece de cultura de segurança e privacidade, e essa desinformação leva os clientes a serem facilmente envolvidos pelos golpistas. Por isso, a conscientização e a prevenção são fundamentais para a garantia da segurança”.

A população pode aderir à Semana da Segurança Digital compartilhando as postagens e materiais divulgados e utilizando, nas publicações, as hashtags #SegurançaDigital, #SemanadaSegurançaDigital e #CompartilheSegurança Digital.

Semana da Segurança Digital – 2ª Edição:

  • De 25 a 31 de outubro de 2020.
  • Informações completas em antifraudes.febraban.org.br.
  • Conteúdos serão postados nas redes sociais oficiais do Banestes: Facebook, Linkedin, Instagram e Twitter.
  • Compartilhe com as hashtags:  #SegurançaDigital, #SemanadaSegurançaDigital e #CompartilheSegurançaDigital.

Leia mais:  Ciretran de Iconha será reaberta nesta segunda-feira
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana