conecte-se conosco


Brasil

Brasil não terá horário de verão pelo segundo ano consecutivo

Publicado

Bolsonaro encerrou medida após estudo apontar que com o fim da mudança temporária o consumidor teria uma economia de R$ 100 milhões

Pelo segundo ano seguido o Brasil não terá horário de verão, instrumento usado de 2008 a 2018 com o objetivo de economizar o consumo de energia em 10 estados que registram maior luminosidade entre outubro e fevereiro.

Por decreto em abril do ano passado, o presidente Jair Bolsonaro encerrou o horário de verão após estudo do Ministério de Minas e Energia (MME) apontar que com o fim da mudança temporária o consumidor teria uma economia de R$ 100 milhões.

“Nos últimos anos, com as mudanças no hábito de consumo da população e a intensificação do uso do ar condicionado, o período de maior consumo diário de energia elétrica foi deslocado para o período da tarde, quando o horário de verão não tinha influência. Como a luz traz consigo o calor, o horário de verão também passou a produzir um efeito de aumento de consumo em determinados horários, que já superavam seus benefícios”, explicou o MME em nota na época.

A redução da economia do horário de verão começou a ser percebida e questionada em 2017, quando foi registrada uma queda de consumo da ordem de 2.185 megawatts, equivalente a cerca de R$ 145 milhões. Em 2013, a economia havia sido de R$ 405 milhões caindo para R$ 159,5 milhões em 2016, uma queda de 60%.

Leia mais:  O Brasil vai "surpreender o mundo" e sairá da crise causada pela pandemia do novo coronavírus "muito brevemente"
publicidade

Brasil

Rio: Sem público, shows do Réveillon serão transmitidos pela televisão

Publicado

Segundo a Prefeitura, seis palcos serão espalhados em pontos turísticos da cidade; evento será pago integralmente pela iniciativa privada

O réveillon 2021 sofrerá mudanças no formato por conta da pandemia da novo coronavírus. Os tradicionais shows vão acontecer sem público e serão transmitidos pela televisão e pelas plataformas digitais da Riotur.

Além disso, a Prefeitura do Rio anunciou que seis palcos serão espalhados em pontos turísticos emblemáticos da cidade que terão as áreas isoladas para evitar aglomeração. Eles serão integrados durante a celebração.

O evento vai contar ainda com luzes, efeitos visuais e uma surpresa que, segundo o órgão municipal, só será revelada na noite da virada. Tudo isso poderá ser visto dentro de casa.

O novo modelo do réveillon será custeado integralmente pela iniciativa privada. Segundo a Riotur, esse formato vai homenagear as vítimas da covid-19 e os profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate à pandemia.

Leia mais:  1,4 milhão de trabalhadores perde vaga em uma semana
Continue lendo

Brasil

Menina de 4 anos morre atingida por raio em Rio das Ostras (RJ)

Publicado

Segundo a prefeitura, a menor deu entrada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Âncora em estado grave, mas não resistiu

Uma menina, identificada como Maria Clara, de 4 anos, morreu, na tarde desta quarta-feira (28), após ser atingida por um raio na Praia Boca da Barra, em Rio das Ostras, no litoral fluminense.

Segundo a prefeitura, a menor deu entrada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Âncora em estado grave, mas não resistiu.

As testemunhas registraram em vídeo o momento em que a criança foi socorrida na areia. Nas imagens é possível ver que banhistas tentaram reanimar a vítima.

De acordo com informações, a menina estava acompanhada da avó e da irmã no momento em que foi atingida pelo raio. 

O corpo de Maria Clara foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) de Macaé, na mesma região. Ainda não há informações sobre o enterro.

O Corpo de Bombeiros informou que um homem, identificado como Pedro Maciel, de 36 anos, também foi atingido na região.

Leia mais:  Suzane von Richthofen é aprovada no Sisu para faculdade em SP
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana