conecte-se conosco


Internacional

Cachorra fica irreconhecível após anos de negligência da família

Publicado

Ao chegar na clínica, veterinários precisaram cortar parte do pelo para descobrir qual era a espécie do animal

Um animal da cidade de Ardrossan, na Escócia, foi encaminhado para a cremação. Ao receber a caixa, veterinários não souberam dizer qual era a espécie do bichinho. O corpo estava tomado de pelos emaranhados, fezes e sujeira.

As patas de Abbey estavam endurecidas com fezes

As patas de Abbey estavam endurecidas com fezes

A tutora Emily Louise, de 54 anos, negligenciou a vira-lata Abbey por tantos anos que não era possível reconhecê-la. As patas eram grossas como troncos de árvore e os dedos endurecidos com restos de fezes entre as garras.

A mulher foi condenada no fim de setembro. Além de uma multa de 500 libras, o equivalente a R$ 3.600, ela também está proibida de ter animais de estimação por cinco anos.

“Abbey também estava em péssimas condições corporais e muito abaixo do peso para seu tamanho e tipo de raça. Este tipo de abandono extremo não teria acontecido do dia para a noite”, lamenta Laura McIntyre, inspetora-chefe escocesa da ONG SPCA.

Leia mais:  Trump ameaça cortar de vez fundos da OMS e deixar a instituição
publicidade

Internacional

Suprema Corte de Nevada certifica vitória de Biden sobre Trump

Publicado

O ex-vice-presidente venceu por uma diferença de 33.596 votos

A Suprema Corte de Nevada, nos Estados Unidos, certificou nesta terça-feira, 24, o triunfo do democrata Joe Biden no Estado ao aprovar a recontagem final da eleição de 3 de novembro.

A decisão unânime dos sete juízes envia ao governador Steve Sisolak os resultados que concederão os seis delegados do Estado para Biden. O ex-vice-presidente venceu por uma diferença de 33.596 votos, de acordo com resultados aprovados por funcionários eleitos de todos os 17 condados. Ele obteve 50,06% dos votos, contra 47,67% de Trump. Fonte: Dow Jones Newswires.

Leia mais:  Trump ameaça cortar de vez fundos da OMS e deixar a instituição
Continue lendo

Internacional

Portugal prolonga estado de emergência sanitária contra covid-19

Publicado

Medidas que serão aplicadas a partir da próxima terça-feira serão anunciadas no sábado e podem incluir uma divisão do país em vários níveis de restrições

Portugal prorrogou nesta sexta-feira até 8 de dezembro o estado de emergência sanitária, que está em vigor desde 9 de novembro, enquanto o governo ainda não especificou as medidas que serão aplicadas a partir de terça-feira.

O presidente da república, o conservador Marcelo Rebelo de Sousa, anunciou que assinou um novo decreto que estabelece o estado de emergência pelo prazo de 15 dias, o máximo previsto na lei portuguesa.

“O estado de emergência durará o tempo que for necessário para combater a pandemia” do coronavírus, que poderá atingir o seu pico em Portugal “entre o final de novembro e o início de dezembro”, mas será “provavelmente” seguido de uma “terceira onda” em janeiro ou fevereiro, afirmou ele em um discurso televisionado.

O governo socialista se reuniu nesta sexta-feira em um conselho extraordinário de ministros para decidir as restrições sanitárias que serão estabelecidas sob o estado de emergência.

As medidas que serão aplicadas a partir da próxima terça-feira serão reveladas no sábado e podem incluir uma divisão do país em vários níveis de restrições dependendo da gravidade da situação epidemiológica.

Desde 9 de novembro, os municípios mais afetados estão sujeitos a toque de recolher noturno nos dias de semana e a partir das 13h nos fins de semana.

O teletrabalho é obrigatório mas, ao contrário do primeiro confinamento, as escolas estão abertas.

Cerca de 80% da população já está em processo de reconfinamento parcial.

Leia mais:  Evo pede que opositores 'assumam responsabilidade' de pacificar país
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana