conecte-se conosco


Cidades

Camerata Sesi/Findes realiza concertos especiais de Natal em dezembro

Publicado

Apresentações acontecem no Convento da Penha, em Vila Velha, e também em municípios do interior do Estado.

Dezembro chegou e as comemorações de fim ano já começaram. E a Orquestra Camerata Sesi/Findes não podia deixar de preparar para o público capixaba uma programação especial de Natal, com uma série de concertos itinerantes, que se iniciou ontem (1º), em Linhares.

“Nós vamos levar para o interior do Espírito Santo o mesmo roteiro que estamos realizando aqui na Grande Vitória, com o espetáculo do Convento da Penha, que já entrou para o calendário natalino do estado. Queremos levar qualidade para o interior, o espírito do Natal”, explica o gerente de Cultura do Sesi/Findes, Marcelo Lages.

“Neste ano, nós estamos contando a história do nascimento e reverenciando a família, com a Sagrada Família como foco principal do concerto. Queremos levar uma mensagem de fraternidade, de paz e amor que queremos levar para todo o estado, ao falar sobre a necessidade e importância da família”, revela Lages.

O concerto itinerante de Natal segue para Aracruz no dia 08, com apresentação na Igreja São João Batista. às 19h40. Dia 10, a Camerata Sesi/Findes se apresenta em Cachoeiro de Itapemirim.

Repetindo o sucesso do ano passado, mas com uma programação repaginada, o Sesi Cultura e a Camerata Sesi/Findes preparam, no dia 13, às 20h, um grande espetáculo no  Convento da Penha, em Vila Velha, com projeções mapeadas. Além da EDP, o evento também conta com a parceria da Vila Produções e Eventos, da Secretaria de Cultura da Prefeitura Municipal de Vila Velha (PMVV) e da Secretaria da Cultura do Espírito Santo (Secult-ES).

A programação especial de Natal da Camerata Sesi/Findes se encerra no dia 15, na Igreja Sagrado Coração de Maria, em Colatina.

Serviço

07/12 – CONCEIÇÃO DA BARRA – em frente à igreja matriz – 19 horas

08/12 – ARACRUZ – Igreja São João Batista – 19h40

10/12 – CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM – local e horário a definir

13/12 – VILA VELHA – Convento da Penha – 20 horas

15/12 – COLATINA – Igreja Sagrado Coração de Maria – horário a definir

 

Leia mais:  Evair de Melo visita campus do Ifes em Montanha

publicidade

Cidades

Mais quatro comunidades são beneficiadas com calçamento rural

Publicado

O Programa de Calçamento Rural já é realidade em mais quatro comunidades capixabas. As localidades já contam com calçamentos construídos por  meio da parceria entre a Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag) e as prefeituras. Mais de cinco mil famílias foram beneficiadas.

Na Comunidade Águas Claras, no município de Águia Branca, foram investidos R$ 85 mil, beneficiando mais de 80 famílias que moram na localidade. Outra comunidade beneficiada foi a de São João do Sobrado, em Pinheiros. O total do investimento foi de R$ 83 mil e mais de 3 mil famílias agora contam com novas perspectivas de mobilidade e bem-estar.

O Programa de Calçamento Rural tem como objetivo melhorar a infraestrutura para que as comunidades e distritos localizados nas áreas rurais do Estado tenham mais facilidade de se deslocar e escoar a produção agrícola. 

A Seag fica responsável por fazer a doação dos blocos e meios-fios para o município, a quem cabe fazer o calçamento da comunidade. A prefeitura executa a obra a partir da doação do material.

A comunidade de Bela Vista, em Boa Esperança, também conta com o calçamento rural. Foram investidos R$ 100 mil, o que mudou a realidade de 80 famílias. A Comunidade de Água Limpa (Angá), em Conceição do Castelo, também recebeu o Programa de Calçamento Rural. Foram investidos mais de R$ 37 mil.

Sebastião Feriane, de 90 anos, mora na comunidade desde que nasceu e presenciou toda a execução da obra. “Fico muito feliz do calçamento ter chegado na nossa realidade, pois tinha preocupação com as crianças da escola que às vezes se machucavam ao brincar no local por ser tão irregular. Aqui também é passagem da produção agrícola e, antes da obra, causava muita poeira e barro quando chovia”, disse.

O subsecretário de Estado de Infraestrutura Rural, Rodrigo Vaccari, destacou os resultados do Programa de Calçamento Rural. “Esse trabalho é fundamental e tão importante para as famílias que moram nessas localidades, que dependem desses calçamentos para se locomoverem. Estamos entregando investimentos em um momento complicado como o da pandemia do Coronavírus, mas  vamos continuar trabalhando para que até o final de 2020 possamos realizar ainda mais entregas”.

Leia mais:  Colatina terá Central de Tratamento de Resíduos que beneficiará 22 municípios no ES
Continue lendo

Cidades

Espírito Santo é o primeiro estado a atingir meta de imunização contra Influenza

Publicado

Na manhã desta segunda-feira (01), o Espírito Santo atingiu a meta de imunização de 90% do público prioritário para a 22ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, sendo o primeiro estado brasileiro a atingir a meta preconizada pelo Ministério da Saúde.

O Estado já vacinou 1.093.526 pessoas, segundo dados parciais do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI), para a campanha que teve início no dia 23 de março e será encerrada no próximo dia 30 de junho.

A meta estipulada pelo Ministério da Saúde visa a proteger o público-alvo contra a doença, além de contribuir na redução da circulação viral e o impacto sobre os serviços de saúde.

O objetivo agora para o Estado, segundo a coordenadora do Programa Estadual de Imunizações e Vigilância das Doenças Imunopreveníveis, Danielle Grillo, é ampliar e melhorar a homogeneidade entre os grupos prioritários.

“Precisamos agora garantir a homogeneidade de cobertura entre os grupos prioritários. Estamos com um resultado excelente na vacinação dos idosos e trabalhadores da saúde, mas é fundamental que as gestantes, crianças de 6 meses a menores de 6 anos e adultos de 55 a 59 anos, que são os grupos com o menor número de vacinados, busquem a vacinação até o final da campanha”, explicou a coordenadora.

Dados no Espírito Santo

Até a manhã desta segunda-feira (01), a meta preconizada pelo Ministério da Saúde de 90% de vacinação para os públicos dos idosos e dos trabalhadores da saúde foi superada no Espírito Santo com 134,22% (497.655 vacinados) e 104,37% (103.906), respectivamente.

Nos demais grupos, a meta ainda precisa ser alcançada, como as crianças com 54,48% (152.268 vacinadas), gestantes 46,70% (18.712 vacinadas), puérperas 62,43% (4.111 vacinadas), indígenas 81,91% (3.794 vacinados) e adultos de 55 a 59 anos com 53,70% (87.656 vacinados).

Leia mais:  Prefeitura descarta possibilidade de realização de Festa da Cidade
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana