conecte-se conosco


Política e Governo

CNH Social: Estado oferece 4.500 vagas com foco na qualificação profissional

Publicado

Estão abertas as inscrições para que moradores de todo o Espírito Santo possam concorrer às 4.500 oportunidades de conquistar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Na manhã desta segunda-feira (28), o governador do Estado, Renato Casagrande, lançou a 2ª fase do programa CNH Social, desenvolvido pelo Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES).

A solenidade restrita foi realizada no Palácio Anchieta, em Vitória, e contou com a presença da vice-governadora Jaqueline Moraes e do diretor geral do Detran|ES, Givaldo Vieira.


O programa tem o objetivo de proporcionar formação e qualificação para condutores de veículos visando ao ingresso no mercado de trabalho. As 4.500 vagas são para candidatos à Primeira Habilitação nas categorias A (moto) ou B (carro), para condutores já habilitados que querem fazer a mudança de categoria para D (van, micro-ônibus, ônibus) ou E (caminhão e carreta) e para a adição de categoria A ou B.

As inscrições devem ser feitas, exclusivamente, no site www.detran.es.gov.br, sem precisar sair de casa, até as 23h59 do dia 07 de outubro. Para isso, é necessário que o interessado esteja registrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com os dados atualizados nos últimos 24 meses até o dia 14 de agosto de 2020.


O governador Renato Casagrande citou a importância dessa ação que gera mais oportunidades aos capixabas e lembrou da responsabilidade no trânsito.

“O Detran não parou um só minuto durante a pandemia. Isso mostra respeito pela sociedade capixaba. Os novos motoristas precisam ter muita responsabilidade para usar estas carteiras. A cada dia vemos mais e mais pessoas perdendo a vida, se mutilando. Este ano já ultrapassamos sete mil carteiras e chegaremos a 25 mil. Tirar uma CNH é caro, um valor que muitos não têm essa condição. A carteira pode ajudar a conquistar uma oportunidade e gerar renda. É um programa que, de fato, eu gosto muito, pois tem um viés social e econômico. Vivemos em um País e um Estado muito desigual. Cabe ao Estado ter programas na área social para que possamos transferir riqueza de quem tem para quem mais necessita”, pontuou Casagrande.

O diretor geral do Detran|ES, Givaldo Vieira, destacou o papel do programa CNH Social na geração de oportunidades para os capixabas que mais precisam, além de movimentar a economia. “O CNH Social tornou-se uma referência nacional por seu caráter de qualificação profissional a partir de um processo eletrônico transparente, objetivo e que cumpre com os protocolos de saúde para combater a transmissão do novo Coronavírus. Neste ano, a iniciativa investe também em torno de R$7,5 milhões, o que gera renda e emprego também para trabalhadores de autoescolas e clínicas”, asseverou o diretor.

Givaldo Vieira também reforçou que o processo de inscrição e de matrícula dos selecionados é totalmente on-line, no site do Detran|ES. “É importante lembrar que o interessado não precisa sair de casa para concorrer a uma vaga. Caso haja alguma dificuldade, pode pedir ajuda a um familiar ou amigo no processo de inscrição. E, para aqueles que não forem selecionados neste primeiro momento, haverá uma nova chance na chamada única de suplentes em novembro deste ano”, frisou.

A vice-governadora Jaqueline Moraes também celebrou a continuidade do programa mesmo diante da pandemia: “Este importante programa não parou e sabemos que obter a CNH Social e se capacitar nos cursos que estão sendo oferecidos pelo programa proporciona uma oportunidade a mais para conseguir um emprego.”

Requisitos

O candidato precisa ter 18 anos completos no momento da inscrição, residir no Espírito Santo, ter renda familiar de até dois salários mínimos e não estar judicialmente impedido de possuir a CNH.

Leia mais:  Enivaldo alerta para uso político da pandemia: "estão se mostrando frágeis"

Serão reservadas 5% das vagas para as pessoas com deficiência, desde que a deficiência informada no cadastro não impeça a obtenção da CNH na forma da legislação de trânsito vigente. Todas as informações inseridas na inscrição pelo candidato devem conferir, precisamente, com as informações do Cadastro Único. O resultado da seleção será informado no dia 13 de outubro, às 12h, também no site do Detran|ES.

Para aqueles candidatos que não forem selecionados nessa lista, haverá uma nova oportunidade de ser contemplado. No dia 16 de novembro, às 12h, será divulgada uma chamada única de suplentes no site do Detran|ES. O objetivo é preencher as vagas remanescentes após desclassificação de candidatos que não respeitarem prazos estabelecidos no processo de Habilitação. No ano passado, 1,2 mil suplentes foram chamados nas duas fases do programa.

Programa

Lançado em 2011, na primeira gestão do governador Renato Casagrande, o CNH Social oferece formação, qualificação e habilitação profissional para condutores de veículos com vistas à possibilidade de ingresso no mercado de trabalho. Em quatro anos serão oferecidas 25 mil carteiras de habilitação gratuitamente pelo programa. Em 2020, para a oferta de 7 mil CNHs, serão investidos quase R$ 7,5 milhões.

Leia mais:  Espírito Santo se firma na liderança da concessão do gás natural

Entrega de CNH

O missionário Robson Calixto, de Guarapari, foi um dos quatro beneficiários que receberam simbolicamente no evento a carteira de motorista referente à primeira fase deste ano, e revelou que a Habilitação o ajudará no projeto social em que é colaborador. “Faço parte de um projeto chamado Comunidade Evangélica Servo de Cristo, que trabalha com o esporte junto a jovens em vulnerabilidade social. Temos um micro-ônibus e não tínhamos ninguém habilitado para dirigir. Agora consegui mudar para a categoria D e vou poder ajudar no transporte das pessoas atendidas para participar de eventos e competições”, afirmou Calixto.

Em março deste ano, a primeira fase do programa ofereceu 2.500 carteiras de motoristas para pessoas de baixa renda residentes no Espírito Santo.

publicidade

Política e Governo

Governador Casagrande entrega obras nos municípios de Muqui e Castelo

Publicado

O governador do Estado, Renato Casagrande, visitou, neste sábado (24), os municípios de Muqui e Castelo, na região sul capixaba, para a entrega de obras nas áreas da educação, esporte e infraestrutura. Foram investidos mais de R$ 8 milhões na construção de uma creche no bairro Boa Esperança; do ginásio poliesportivo na comunidade de Sumidouro; e do calçamento rural ligando as comunidades de São Luiz, Verdade e Formoso, todas em Muqui. Em Castelo, o governador entregou as obras de calçamento rural na comunidade de Santa Maria de Baixo.

O Centro de Educação Infantil (CEI) no bairro Boa Esperança teve investimento do Estado no valor de R$ 1.451.209,86, criando 65 novas vagas para crianças de zero a três anos. Assim, o município conseguirá eliminar a lista de espera e atender a meta do Plano Municipal de Educação. A construção conta com cinco salas de aula, brinquedoteca, parquinho, sanitários infantis, secretaria, sala de setor pedagógico, recepção, sala dos professores, direção, refeitório, despensa, almoxarifado, lavanderia, depósito e muro de contenção, sendo a área total de intervenção de 745 metros quadrados.

“Esse é um investimento importante para a Educação Infantil que estamos realizando aqui em Muqui. Este ano conquistamos vitórias importantes, avançando no Ideb nos anos iniciais e finais do Ensino Fundamental e com o melhor Ensino Médio do País. Além de obras de infraestrutura, também estamos investindo na formação e valorização dos servidores da Educação. Temos um longo caminho a percorrer, mas é importante darmos condições adequadas aos nossos alunos e servidores. Os anos iniciais são os mais importantes, onde nosso cérebro está aprendendo. Ter um local adequado, com bons profissionais e boa alimentação, transforma a vida dessas crianças”, enfatizou o governador.

Em Sumidouro, Casagrande entregou as obras do ginásio poliesportivo da comunidade, com investimento superior a R$ 1 milhão. O espaço conta com quadra, arquibancada e equipamentos esportivos para prática de atividades coletivas, como futsal, handebol, vôlei e basquete. Além disso, foram construídos no local sanitários para Pessoas com Deficiência (PCD), iluminação interna e externa, vestiários, palco, cozinha, cantina, pátio e oito vagas de estacionamento.

“Percorro muito o Estado, gosto de ir às comunidades e ver os investimentos do Governo. Temos aqui um equipamento importante para esta comunidade. A gente tem uma boa parceria com a Prefeitura. Fizemos um convênio para recuperar o museu, que é referência no Estado. Outra obra importante é a estrada da Serra da Aliança, que estava literalmente desmanchando. Chegamos ao Governo e estamos resolvendo o problema”, pontuou Casagrande.

O secretário de Estado de Esportes e Lazer, Júnior Abreu, comemorou a entrega de mais um equipamento esportivo para a população capixaba. “O esporte é uma das principais ferramentas de transformação social que temos na sociedade. Uma estrutura como essa é fundamental para a comunidade de Sumidouro, que agora vai contar com um espaço moderno e funcional para prática esportiva das crianças, jovens e também dos adultos e idosos”, disse.

Ainda em Muqui, o governador inaugurou mais um trecho de calçamento rural dentro do Programa Caminhos do Campo. O trecho do entroncamento que liga as comunidades de São Luiz, Verdade e Formoso tem mais de seis quilômetros da extensão. Foram investidos R$ R$ 5.908.125,00 pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag).

Durante a solenidade de inauguração, o governador lembrou que a obra atende a uma demanda da população. “Recebi jovens da comunidade de São Luiz, no Palácio Anchieta, no início do nosso governo, ocasião em que me entregaram uma carta. Nela pediram para terminar esse asfalto que iniciamos ainda em meu primeiro mandato. Hoje estamos entregando essa obra que era para ter ficado pronta há muito tempo. É uma importante rodovia que irá ajudar no escoamento da produção, diminuindo o desperdício do leite e aproximando essas comunidades”, pontuou Casagrande.

Para o subsecretário de Estado de Infraestrutura Rural, Rodrigo Vaccari, essa obra representa o compromisso com o desenvolvimento da agricultura familiar capixaba. “A Seag continua trabalhando para melhorar a infraestrutura rural das comunidades capixabas, também há avanços na qualidade de vida da população residente no campo. Mesmo com a pandemia, nosso trabalho não parou. Recentemente entregamos mais de R$ 15 milhões em investimentos com o Programa de Calçamento Rural, que também possibilita melhor trafegabilidade e mobilidade no campo”, disse.

Na parte da tarde, o governador Casagrande seguiu para o município de Castelo, onde entregou o calçamento rural na comunidade de Santa Maria de Baixo. O Governo do Estado investiu de R$ 151.980,44 na doação ao Município de 3.164,00 metros quadrados de blocos intertravados tipo holandês e 1.233,00 metros de meios-fios. Em contrapartida, a Prefeitura realizou a instalação e toda a infraestrutura necessária para obra. “Essa obra trará melhorias na infraestrutura para que a comunidade tenha mais facilidades de se deslocar e escoar a produção agrícola, além de eliminar a lama e a poeira”, destacou Vaccari.

Leia mais:  Governo do Estado autoriza obras de infraestrutura na Rodovia ES-481, em Guarapari
Continue lendo

Política e Governo

Governo do Estado autoriza reforma de escolas estaduais em Vila Velha

Publicado

O governador do Estado, Renato Casagrande, assinou, na manhã desta sexta-feira (23), a Ordem de Serviço para a reforma de duas escolas estaduais localizadas no município de Vila Velha. Serão investidos quase R$ 2,5 milhões nas reformas da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Adolfina Zamprogno, localizada no bairro Vila Garrido, e da EEEFM Doutor Francisco Freitas Lima, no bairro Ilha das Flores.

Durante o evento, Casagrande parabenizou os alunos e servidores das escolas pela conquista. “São duas importantes obras, que fazem parte do nosso programa de reestruturação da rede física nas escolas de nosso Estado. As escolas precisam de receber investimentos. Temos praticamente 500 escolas e os investimentos não podem parar. Estamos começando gradativamente levando um ambiente melhor às salas de aula. Tenho plena convicção que os alunos e os servidores na hora que veem um ambiente reformado e adequado se animam muito mais em frequentar a escola”, apontou.

O governador também abordou sobre os desafios enfrentados pela comunidade escolar em decorrência das transformações provocadas pela pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). “Estamos diante de um enorme desafio que mudou todo nosso comportamento. Os professores têm uma prática nova, dando aulas presenciais e remotas. Os alunos também precisam estudar pelo computador e celular, o que não é tão fácil. Manter toda essa comunidade escolar unida sem ter o contato físico é difícil. Um momento diferente de tudo o que já tivemos até hoje. Mas respeitando os protocolos, temos que ir retomando às atividades. O ano de 2021 ainda será de pandemia, mas teremos de recuperar o que não alcançamos em 2020”, afirmou.

Casagrande prosseguiu: “Temos desafios enormes pela frente e queremos que a educação seja uma atividade prioritária do Governo. Seja na estrutura, tecnologia, ambiente de trabalho, valorização e formação dos profissionais da educação. Avançamos no Ideb do Ensino Fundamental e somos hoje os melhores na aprendizagem no Ensino Médio. Nossos alunos e servidores merecem os nossos parabéns”.

O secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, disse estar muito feliz por ter a oportunidade de acompanhar tantos investimentos na rede física das escolas. “Eu tenho estado em momentos como esse com muita frequência. Temos feito inaugurações e assinado ordens de serviço, tanto para escolas da Rede Estadual como das redes municipais. É uma questão de priorização da educação. A obra é apenas um ponto, mas que contribui muito com o ambiente escolar. Espero, em breve, retornar para entregarmos essa obra”, declarou.

A professora de Língua Portuguesa da EEEFM Adolfina Zamprogno, Rosana Vilhena Lima, falou sobre a importância da obra. “Com a escola arrumada os alunos sentem-se muito mais pertencentes ao ambiente escolar. A reforma vai nos proporcionar uma condição de trabalho muito melhor e os alunos serão mais produtivos”, disse.

O aluno da 1º série do Ensino Médio, Miqueias Coutinho Rocha, participou do evento representando os demais alunos e também assinou a Ordem de Serviço. Também estiveram presentes na solenidade a ex-aluna Domitila Souza Cândido, que foi da primeira turma da escola e hoje é avó de uma das alunas, além do subsecretário de Estado de Suporte à Educação, Aurélio Meneguelli Ribeiro.

Obras

Leia mais:  Secretário detalha inovações na saúde e combate à pandemia

Com investimento de R$ 2.135.098,20, a EEEFM Adolfina Zamprogno, em Vila Garrido, contará com as seguintes intervenções: substituição da cobertura dos blocos escolares, pintura das salas de aula e demais ambientes internos, reforma geral dos banheiros dos alunos, reforma pontual dos demais banheiros da escola, substituição das portas de todos os ambientes, substituição de piso dos ambientes internos com exceção do auditório, substituição do piso da circulação do 1º pavimento, recuperação do piso de circulação do 2º e 3º pavimento, execução de barrado cerâmico na circulação do 1º pavimento, demolição de parede de divisa entre refeitório e pátio coberto, pintura das grades de todos os ambientes da escola, instalação de equipamentos de sinalização e combate ao incêndio, instalação de novo piso na quadra poliesportiva e de equipamentos esportivos, reestruturação geral das instalações elétricas e climatização de salas administrativas e auditório.

Já a EEEFM Doutor Francisco Freitas Lima, em Ilha das Flores, será contemplada com a reforma de toda parte civil, pintura interna e externa, demolição da calçada existente e reconstrução no modelo de calçada cidadã, demolição do muro frontal e reconstrução do mesmo, instalação de mureta com gradil nylofor e limpeza do terreno. O valor da obra é de R$ 360.607,81.

Investimento na Rede Física das Escolas

Leia mais:  Dia Nacional da Inovação. Temos algo a comemorar?

Desde o início de 2019, o Governo do Estado já entregou mais de 115 obras de reforma e melhorias na infraestrutura de escolas, que somam um investimento de quase R$ 100 milhões. Estão em andamento 55 obras em unidades da Rede Estadual e mais de 30 da rede municipal, com recursos do Estado. Além disso, a Secretaria da Educação, em parceria com o Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES), tem cerca de 20 obras com processo licitatório em andamento. Até o final de 2022, a previsão é de que a rede física escolar receba o investimento de meio bilhão de reais.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana