conecte-se conosco


Moda e Beleza

Como corrigir imperfeições nas sobrancelhas com truques simples

Publicado

Você já deve ter ouvido que elas são a moldura do olhar e influenciam diretamente a suavização do rosto. Ambas as ideias estão corretas! Por isso, saber como corrigir as sobrancelhas pode fazer toda a diferença no dia a dia. Principalmente, quando surgem aqueles detalhes que podem estragar a composição ou acabar com uma make.

É essencial deixá-las com um desenho bonito e harmonioso, que combine com o formato da sua face. E para atingir esse resultado, marcas, falhas e fios teimosos devem ser evitados. Conversamos com as designers de sobrancelhas que ensinaram algumas técnicas que deixam esse pelinhos mais alinhados, escondendo os errinhos.

Aprenda métodos rápidos de como corrigir sobrancelhas

Tire o meio

Comece tirando apenas os pelos que crescem soltos nas pálpebras e entre as sobrancelhas para suavizar a fisionomia. Isso mantém a naturalidade, apenas limpando e definindo o formato. Faça isso de 15 em 15 dias, dependendo do crescimento dos seus pelos. Quem tem os fios um pouco mais grossos, deve fazer essa “limpeza” a cada sete ou dez dias.

Fios em excesso

O primeiro passo é desenhar mentalmente ou com um lápis um traço marcando o delineado certo da sua sobrancelha. O que estiver fora aquela moldura deve ser retirado ou cortado. Além disso, não é recomendado o uso de cera nessa região, já que pode causar flacidez.

Cicatriz ou marcas

É possível preencher as falhas com lápis ou sombra esfumada na cor cinza ou marrom, de acordo com o tom dos fios. O uso de rímel incolor ou gel para cabelos também ajuda a alinhar os fios e encobrir as marcas.

Falhas ou pelos brancos

A primeira dica é escovar a sobrancelha várias vezes ao dia, estimulando a circulação e o nascimento dos pelos. Outra opção é colorir com uma tintura específica para a região, capaz de uniformizar, fortalecer os pelos mais finos e acelerar seu crescimento. Para fios claros e brancos, o correto é tingi-los em um tom mais escuro que o cabelo.

Fios teimosos

Se depois de delinear as sobrancelhas alguns fios ficarem espetadinhos para cima, a dica é cortar com uma tesoura pequena. Mas o corte deve ser mínimo e bem sutil, apenas para harmonizar o visual.

Obedeça a forma

Tentar mudar o formato natural das sobrancelhas em casa é perca de tempo. Para evitar que novas imperfeições surjam, a dica é procurar um profissional que indique o melhor desenho segundo o formato do rosto de cada pessoa.

Para cada caso

  • Olhos pequenos: limpe bem as laterais e tire menos na parte interna;
  • Olhos muito juntos: você não pode se esquecer de tirar os pelos dos cantos internos;
  • Amenizar olhos separados: procure deixar as sobrancelhas mais retas;
  • Olho muito grande: você pode disfarçar a imperfeição deixando a sobrancelha um pouco mais fina.

Leia mais:  Maisena no cabelo: conheça os benefícios dessa máscara caseira
publicidade

Moda e Beleza

Looks com rasteirinha: combinações nada básicas para apostar e arrasar

Publicado

Nos momentos de calor, quanto mais confortável for o look, melhor. Mas isso não significa abrir mão do estilo e elegância na hora de planejar o visual. A rasteirinha é um ótimo exemplo de calçado que todo mundo tem em casa – e pode formar combinações incríveis para o dia a dia ou até eventos especiais.

Looks com rasteirinha: combinações nada básicas para apostar e arrasar

Para te ajudar a sair da mesmice e apostar nas maiores tendências de moda que estão bombando, reunimos 14 inspirações de looks com rasteirinha. Invista nesse sapato curinga e se jogue na produção fashion!

Calça pantalona

Fotos: Reprodução/Pinterest | Arte: Larissa Sericava

O modelo de calça mais “larguinho” é superconfortável e forma combinações lindas com a rasteirinha. Por conta desse volume maior na barra, o calçado traz um toque de discrição e delicadeza ao visual. Para driblar as altas temperaturas, vale usar um cropped top na parte de cima.

Saia midi

Fotos: Reprodução/Pinterest | Arte: Larissa Sericava

Quer uma aposta certeira para o verão? Então vá de saia midi! Além de fresquinha, essa é uma opção cheia de estilo e versátil para os dias mais quentes. Ao ser combinada com a rasteirinha da sua preferência, a peça transmite ainda mais romantismo e leveza.

Vestido

Fotos: Reprodução/Pinterest | Arte: Larissa Sericava

Os vestidos são uma tendência atemporal, não é mesmo? Não tem erro se você combiná-los com uma rasteirinha bonita. O look é a cara da primavera/verão e se encaixa nas mais diversas ocasiões. Vale adaptar a composição ao seu estilo e optar por vestidos mais curtos ou longos. Fica a dica!

Shorts jeans

Fotos: Reprodução/Pinterest | Arte: Larissa Sericava

Uma das opções mais “combináveis” do guarda-roupa não deixaria de ornar com a rasteirinha. A dica da estação é se jogar nos shorts godê, que são sucesso puro, mas o visual também fica incrível com qualquer modelo de shorts jeans que você tiver em casa. Para finalizar, aposte em uma camiseta “soltinha” e, se desejar, coloque para dentro e dê um charme extra à produção.

Calça cropped

Fotos: Reprodução/Pinterest | Arte: Larissa Sericava

As calças mais curtas, também conhecidas como calças cropped, são opções fresquinhas e sofisticadas para combinar com a rasteirinha. Caso não possua o modelo em casa, você também pode dobrar a barra da calça da sua escolha. As peças coloridas trazem um ar mais divertido e jovial ao look!

Macacão

Fotos: Reprodução/Pinterest | Arte: Larissa Sericava

Quando pensamos em uma peça leve para os dias quentes, logo vem à mente o macacão. A roupa é estilosa e forma combinações incríveis com a rasteirinha, podendo ser usada em qualquer ocasião. Os modelos mais claros são perfeitos para o dia, enquanto as cores escuras são ideais para usar à noite.

Dica extra: rasteirinha no trabalho

Fotos: Reprodução/Pinterest | Arte: Larissa Sericava

Quem disse que o calçado combina apenas com eventos mais descontraídos no final de semana? Fazendo as escolhas certas, a rasteirinha pode facilmente ser utilizada no ambiente profissional. Deixe o salto alto de lado nos dias quentes com bastante conforto e estilo!

Leia mais:  Ear jackets – O que é, como usar e modelos de inspiração
Continue lendo

Moda e Beleza

Cabelos ralos: tudo o que você precisa saber para prevenir e tratar

Publicado

O problema afeta as madeixas de várias mulheres, mas pode ser resolvido. Descubra como!

Os cabelos ralos são caracterizados pelos fios quebradiços, propensos ao frizz e com aspecto “minguado”. Podem ser um grande incômodo para grande parte das mulheres, já que transmitem uma aparência de madeixas sem brilho e vitalidade, influenciando diretamente na autoestima. Mas existe, sim, solução.

De maneira geral, esse problema capilar pode estar relacionado à diminuição da densidade dos fios ou queda de cabelo. Os principais cuidados necessários para que você possa lidar com a questão da melhor forma – e recuperar todo o volume e movimento. Confira!

Cabelos ralos: tudo o que você precisa saber para prevenir e tratar

A profissional explica que não é um dilema identificar quando os cabelos estão ficando ralos, já que a mudança pode ser percebida a olho nu: Quando os fios estão mais fracos, eles tendem a quebrar mais facilmente e cair com maior regularidade. Se a pessoa estiver perdendo uma grande quantidade de cabelo ao longo do dia, é bom ligar o sinal de alerta.

Na dúvida, vale a pena fazer uma observação mais minuciosa da cabeça e, se for o caso, procurar a ajuda de um especialista no assunto. “Se houver grandes áreas com poucos fios ou um aumento de tamanho nas linhas ao dividir o cabelo, evidenciando o couro cabeludo, fique ainda mais atenta”, pontua.

Muitas pessoas acreditam que os dois termos são sinônimos, porém, isso não é verdade. É possível que alguém tenha fios grossos e, mesmo assim, sofra com cabelos ralos em algum momento da vida, por exemplo: “O cabelo ralo é resultado de uma menor quantidade de fios e o cabelo fino, por sua vez, é consequência de fios com menor densidade”.

Causas

Após identificar que os seus fios estão ralos, o primeiro passo é descobrir as causas desse problema, que podem ser diversas. Para iniciar o tratamento adequado e recuperar a vitalidade dos fios, é fundamental ter essa informação em mãos.

Entre os principais fatores causadores dos cabelos ralos estão o envelhecimento e tendência genética. Além disso, vale considerar uma alimentação desregulada e o estresse como possíveis responsáveis pela questão.

Por sua vez, o excesso de química e o uso exagerado de fontes de calor (secador, chapinha, babyliss…) também atuam fragilizando os fios, deixando-os danificados. Então, a combinação desses fatores pode ocasionar na queda capilar.

Prevenção

A tricologista destaca que não se deve esperar chegar a um quadro grave de perda de cabelo para que os fios sejam devidamente tratados. Os cuidados devem começar na prevenção do problema: “Nunca é só sobre cabelo. Precisamos nos cuidar para termos qualidade de vida e mais autoestima”.

Tratamento

As opções de tratamento para os cabelos ralos variam de acordo com a situação e devem ser recomendados por um profissional especializado. “Para aquelas que aderem à química, é possível recorrer a outros tipos de alisamento e, no caso das pessoas mais velhas, os agentes antioxidantes também são ótimos aliados para retardar o processo”

Leia mais:  Bota chunky: o sapato 'diferentão' que promete ser a tendência da vez
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana