conecte-se conosco


Política Nacional

Delação de Eike Batista está em fase final de negociação

Publicado

Segundo fontes da PGR, equipes da Lava Jato da PGR e do MP do Rio vão se reunir na próxima sexta para avançar nos termos do acordo 

A delação de Eike Batista ainda não está fechada, mas em fase final de negociação, segundo fontes da PGR (Procuradoria Geral da República). 

As equipes da PGR e do Ministério Público Federal do Rio de Janeiro estão trabalhando em conjunto na negociação. Na próxima sexta-feira (14), uma reunião entre as duas equipes da Lava Jato, em Brasília, deve avançar ainda mais no acordo. 

Nos últimos dias já circularam informações que estariam na delação de Eike, como do pagamento de R$ 20 milhões em propina a Aécio Neves e de que Eike entregaria três executivos de bancos, que teriam atuado na tentativa de socorro às suas empresas. 

Leia mais:  'PSDB escolheu o lado errado', diz Doria sobre partido manter Aécio
publicidade

Política Nacional

E. Bolsonaro: ‘Se houvesse bomba no Congresso, você acha que o povo choraria?’

Publicado

Afirmação foi feita pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) em resposta às críticas sobre suposto vídeo de apoio a protesto pró-governo

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) afirmou nesta sexta-feira (26) que “todos estão se unindo contra” o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e questionou que “se houvesse uma bomba H no Congresso você realmente acha que o povo choraria?”

O parlamentar se referiu ao suposto compartilhamento de um vídeo pelo presidente em apoio ao protesto pró-governo federal marcado para o dia 15 de março.

A divulgação das imagens em um grupo fechado de WhatsApp traria críticas ao Congresso Nacional, que tem relações estremecidas com o Planalto em função do Orçamento Impositivo.

Leia mais:  MPF recorre de decisão que mandou ação de Aécio para Justiça em MG
Continue lendo

Política Nacional

Regina Duarte também convoca população para manifestação contra o Congresso

Publicado

Futura secretária especial da Cultura, Regina Duarte postou no fim da noite desta terça-feira, 25, em sua conta no Instagram, um texto incentivando as pessoas a irem às ruas no dia 15 de março. A mensagem é dividida em duas, e fala sobre a motivação da manifestação – “em defesa do governo e contra o Congresso Nacional”.

Na primeira imagem, postada duas vezes, está escrito: “15 de março. Gen Heleno/Cap Bolsonaro. O Brasil é nosso, não dos políticos de sempre”.

Na segunda imagem, que aparece na postagem mais recente, lemos: “O presidente Jair Bolsonaro está disparando de seu celular pessoal um vídeo em tom dramático que mostra a facada que sofreu em 2018 em Juiz de Fora para dizer que ‘quase morreu’ para defender o País e agora precisa que as pessoas vão às ruas no dia 15 de março para defendê-lo. O ato do dia 15 de março está sendo convocado por movimentos de direita em defesa do governo e contra o Congresso”.

Até o começo da manhã desta quarta-feira, 26, quase 30 mil pessoas já tinham curtido cada um dos posts. Algumas pessoas a criticaram, outras disseram que se tratava de fake news criada pela imprensa para pedir o impeachment de Jair Bolsonaro, mas a maioria apoiou a mensagem da atriz. A notícia de que o presidente Jair Bolonaro divulgou mais de um vídeo defendendo a manifestação do dia 15 de março foi dada na noite desta terça, 25.

Há quase um mês, no dia 29 de janeiro, Regina Duarte aceitou ser secretária especial de Cultura no lugar de Roberto Alvim, demitido após usar trecho de discurso nazista durante a apresentação de um novo prêmio nacional de cultura. Até agora, porém, ela ainda não foi nomeada oficialmente.

Leia mais:  PF diz que Maia cometeu corrupção, falsidade ideológica e lavagem
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana