conecte-se conosco


Brasil

Engenharia Florestal a serviço da produtividade e da sustentabilidade na Suzano

Publicado

12 de julho é o Dia do Engenheiro Florestal e, na Suzano, esse profissional tem atuação fundamental no desenvolvimento dos plantios e na conservação ambiental.

Suzano, referência global na produção de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, tem investido fortemente para alcançar os mais altos níveis de tecnologia em suas atividades de produção, norteada pela inovabilidade, conceito que une sustentabilidade e inovação. Desde que começou a cultivar eucalipto, a empresa já multiplicou em pelo menos quatro vezes a produtividade dos plantios florestais, garantindo ainda a conservação da biodiversidade, do solo e dos recursos naturais, em suas áreas de atuação.

Por trás desse avanço estão os Engenheiros Florestais, que exercem um papel fundamental na cadeia produtiva, ao desenvolver soluções e conhecimentos aplicados para o aproveitamento sustentável dos recursos, buscando o equilíbrio entre produção e conservação do ecossistema.  O ganho de produtividade foi fundamental para transformar o país no principal produtor de celulose de eucalipto, com custos competitivos e a maior produtividade florestal do mundo.

O processo está fundamentado na sustentabilidade em cada etapa. “Ser sustentável no uso dos recursos naturais é uma necessidade do negócio florestal. E isso tem sido alcançado quando observamos aumento de produtividade no entorno das atuais fábricas de celulose, sendo que em algumas áreas já estamos no quinto ciclo de plantio. Estamos também trabalhando fortemente em uma meta de longo prazo sobre água na florestal, de forma a garantir a conservação deste recurso natural e melhorar o seu compartilhamento com as demais partes interessadas”, observa Reginaldo Gonçalves Mafia, gerente executivo de Tecnologia em Manejo Florestal da Suzano.

Visualização da imagem

Ele destaca ainda que por meio do trabalho e dedicação de vários engenheiros florestais foi possível desenvolver a clonagem do eucalipto em larga escala, um marco tecnológico histórico da empresa, primordial para permitir o cruzamento, a seleção e a multiplicação de indivíduos superiores criando condições técnicas para o melhoramento genético. “Além disso, melhores práticas de manejo têm sido aplicadas para alcançar alta produtividade, mas com custo competitivo e redução dos riscos. Na área ambiental, merecem destaque as formas mais eficientes de promover a restauração das florestas nativas, aumentar a conservação dos recursos hídricos e da biodiversidade”, aponta Reginaldo.

Visualização da imagem

Há quatro anos na Suzano, Talyta Galafassi Zarpelon faz parte da equipe de engenheiros florestais do Centro de Tecnologia, atuando na área de Sanidade e Proteção Florestal. É responsável por desenvolver soluções de manejo integrado de doenças, além de coordenar um moderno laboratório de produção de inimigos naturais utilizados no controle biológico de pragas do eucalipto.

“A pesquisa anda lado a lado com a tecnologia, sendo primordial para melhorar processos como o de monitoramento de pragas e doenças, entender suas dinâmicas e realizar o manejo integrado. A integração entre as diferentes equipes de trabalho tem sido fundamental para transformar os resultados em ações que refletem no cuidado com a floresta em tempo real”, conta a engenheira.

Ela enfatiza que é preciso gostar do contato com o campo e, principalmente, atuar com energia. “Aqui na Suzano podemos exercer isso diariamente, sempre alinhados com os Direcionadores de Cultura, dentre eles o de Gerar e Compartilhar Valor. Pensamos e agimos grande, evoluímos com agilidade, além da construção e compartilhamento do sucesso”, conclui.

Considerada uma carreira tradicional, a Engenharia Florestal requer um profissional dedicado e atento para a aceleração da tecnologia. Na formação acadêmica, por exemplo, é importante aliar o aprendizado de disciplinas convencionais às novas formas de analisar e encontrar soluções. “Portanto, os conhecimentos sobre Bigdata, Analytics, IoT, Machine learning, entre tantas outras, não podem ser novidades para o atual Engenheiro Florestal”, aconselha o gerente executivo de Tecnologia em Manejo Florestal da Suzano.

Sobre a Suzano – A Suzano, empresa resultante da fusão entre a Suzano Papel e Celulose e a Fibria, tem o compromisso de ser referência global no uso sustentável de recursos naturais. Líder mundial na fabricação de celulose de eucalipto e uma das maiores fabricantes de papéis da América Latina, a companhia exporta para mais de 80 países e, a partir de seus produtos, está presente na vida de mais de 2 bilhões de pessoas. Com operações de dez fábricas, além da joint operation Veracel, possui capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano. A Suzano tem mais de 35 mil colaboradores diretos e indiretos e investe há mais de 90 anos em soluções inovadoras a partir do plantio de árvores, as quais permitam a substituição de matérias-primas de origem fóssil por fontes de origem renovável. A companhia possui os mais elevados níveis de Governança Corporativa da B3, no Brasil, e da New York Stock Exchange (NYSE), nos Estados Unidos, mercados onde suas ações são negociadas.

Leia mais:  MPES notifica municípios para resguardar população em situação de rua contra o coronavírus
publicidade

Brasil

Mulher trans é atacada com 30 facadas e pula de carro em movimento

Publicado

Uma mulher trans de 28 anos foi agredida por dois homens na manhã do sábado (17) em Içara, no Sul de Santa Catarina.

A vítima, identificada como Rebeka Curtts, estava dirigindo quando começou a ser agredida. Ela precisou pular do carro em movimento e pedir ajuda.

Os bombeiros a socorreram e levaram para o hospital. Ainda no sábado ela recebeu alta e nesta segunda-feira (19) se recuperava em casa.

A vítima contou à policia que um dos homens era cliente dela há alguns meses e que devia mais de R$ 1 mil. Rebeca, que trabalha como acompanhante e massagista, disse ainda que o homem marcou um encontro dizendo que iria quitar a dívida, e que levaria um amigo junto.

Ele teria tentado fazer o pagamento em uma máquina de cartão, mas a transação não deu certo. Foi nesse momento que as agressões começaram.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil como tentativa de latrocínio, pois os suspeitos fugiram levando o carro da vítima. O veículo foi abandonado em seguida, mas a polícia não deu informações sobre os suspeitos

A vítima planeja pedir uma medida protetiva contra os dois autores, pois um dos homens sabe a localização da casa em que mora.

“Eu estou com medo. Uma amiga disse que ele era muito perigoso. Os dois estão foragidos, e um deles me conhece bem”, contou a vítima.

Ela foi atingida mais de 30 vezes e, no hospital, recebeu mais de 100 pontos.

 

Leia mais:  Marcelo Odebrecht volta a depor sobre Lula e BNDES
Continue lendo

Brasil

Candidato cai em rio durante gravação de propaganda eleitoral; Assista

Publicado

Um candidato à Prefeitura de Ji-Paraná, no interior de Rondônia, protagonizou uma cena engraçada no último final de semana. Enquanto gravava uma propaganda eleitoral às margens do Rio Machado, que corta a cidade, Julian Cuadal Soares (PDT) se desequilibrou e acabou caindo dentro da água. 

As imagens foram gravadas por populares que não faziam parte da equipe do candidato. Logo que caiu na água, os colegas que realizavam a produção da campanha ajudaram o homem a sair do rio. Após o episódio engraçado, o político gravou um vídeo para as redes sociais em que comenta a situação.

Com bastante bom humor, Julian ressaltou que é sempre muito bom tomar um banho nas águas do Rio Machado. Veja o vídeo do tombo na água:

Leia mais:  A esquerda “mais amor, por favor” que tratoriza seus opositores
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana