conecte-se conosco


Cidades

ES Solidário alcança marca de 100 toneladas de cestas básicas doadas no Estado

Publicado

O ES Solidário atingiu a marca de 100 toneladas de cestas básicas doadas para famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica de norte a sul do Espírito Santo. O programa integra as ações sociais do Governo do Estado, desenvolvidas em decorrência da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

Durante o mês de junho, foram entregues 1.669 cestas básicas e 399 kits de higiene e limpeza nos municípios de Aracruz, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Fundão, Guarapari, Ibiraçu, João Neiva, Muniz Freire, Serra, Vila Velha e Vitória.

Os donativos são recebidos por meio de doações feitas por empresas e pela sociedade civil. Contribuições em dinheiro são usadas para a compra de alimentos e outros itens essenciais.

A secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, frisou ainda que o ES Solidário também recebe e repassa outros tipos de doações, que são importantes nesta época de pandemia, como fraldas descartáveis, máscaras e álcool 70%.

“Isso faz com que a gente atinja um maior número de pessoas e algumas doações específicas têm permitido que a gente alcance aquelas que possuem necessidades diferenciadas. O ES Solidário é um programa que vem crescendo graças à parceria da sociedade civil e de empresas que abraçam a causa”, explicou Nara Borgo.

ES Solidário em números

Leia mais:  Mais 104 respiradores chegam ao Espírito Santo

O programa atende às demandas por meio de solicitações feitas por municípios, coletivos, associações e igrejas com ações sociais, que direcionam as doações de donativos às famílias em situação de pobreza e extrema pobreza. Os repasses são feitos em parceria com o Corpo de Bombeiros, responsáveis pela logística de entrega.

Desde o início do programa, foram arrecadadas e distribuídas 10.484 cestas básicas, 4.595 kits de higiene e limpeza, 351 pacotes de fraldas geriátricas, 210 frascos de álcool em gel, 938 máscaras, além de 4.646 itens avulsos. No total, até o momento, famílias de 39 cidades capixabas foram atendidas pelo ES Solidário.

Como doar

As cestas básicas, kits de higiene pessoal e de limpeza podem ser entregues em uma das 17 bases operacionais do Corpo de Bombeiros Militar em todo o Estado ou nas unidades da Defesa Civil nos municípios. Há também uma campanha de arrecadação em cinco terminais da Grande Vitória:

  • Terminal Ibes
  • Terminal Jardim América
  • Terminal Campo Grande
  • Terminal Carapina
  • Terminal Laranjeiras

O programa ainda tem uma parceria com o PicPay. Para fazer sua contribuição, basta baixar o aplicativo, procurar o @essolidario e fazer sua doação na quantia que desejar.

É possível também fazer doações em dinheiro, por meio de Documento Único de Arrecadação (DUA) ou depósito em conta bancária do Governo do Estado, além da doação de serviços comuns, bens móveis ou imóveis, licenças de softwares e o comodato em favor de órgãos e entidades da Administração Pública Estadual, enquanto perdurar o Estado de Emergência em Saúde Pública.

Saiba mais informações sobre como doar em: https://coronavirus.es.gov.br/ESsolidario.

Leia mais:  Vila Velha é destaque em investimentos em saúde, segundo revista especializada
publicidade

Cidades

Suzano está entre as 100 empresas com melhor reputação em responsabilidade e governança corporativa no Brasil

Publicado

Companhia ganhou 19 posições no ranking divulgado pela Merco

A Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, está entre as 100 empresas do Ranking Merco de Responsabilidade e Governança Corporativa 2019, divulgado anualmente pelo Monitor Empresarial de Reputação Corporativa. Esta é a sexta edição do levantamento, que analisa as empresas mais responsáveis e com melhor governança corporativa no Brasil.

A avaliação reúne a percepção de mais de 4 mil pessoas entre diretores de empresas, especialistas, consumidores e a população de modo geral, bem como técnicos da Merco que avaliam os principais indicadores das empresas escolhidas. A Suzano ocupou a 80ª colocação no levantamento geral, o que representa um avanço de 19 posições em relação ao estudo de 2019.

O ranking considera cinco valores principais, como comportamento ético, transparência e boa governança, responsabilidade com os funcionários, compromisso com o meio ambiente e mudanças climáticas e contribuição à comunidade.

A Merco é uma organização espanhola de grande reconhecimento no mercado ibero-americano e se tornou um dos monitores de reputação de referência no mundo, atuando em países como Espanha, Colômbia, Chile, Argentina, Equador, México, Peru e Brasil.

Sobre a Suzano

A Suzano, empresa resultante da fusão entre a Suzano Papel e Celulose e a Fibria, tem o compromisso de ser referência global no uso sustentável de recursos naturais. Líder mundial na fabricação de celulose de eucalipto e uma das maiores fabricantes de papéis da América Latina, a companhia exporta para mais de 80 países e, a partir de seus produtos, está presente na vida de mais de 2 bilhões de pessoas. Com operações de dez fábricas, além da joint operation Veracel, possui capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano. A Suzano tem mais de 35 mil colaboradores diretos e indiretos e investe há mais de 90 anos em soluções inovadoras a partir do plantio de eucalipto, as quais permitam a substituição de matérias-primas de origem fóssil por fontes de origem renovável. A companhia possui os mais elevados níveis de Governança Corporativa da B3, no Brasil, e da New York Stock Exchange (NYSE), nos Estados Unidos, mercados onde suas ações são negociadas.

Leia mais:  Black Friday no Espírito Santo: faturamento deverá ultrapassar os R$52 milhões em 2019
Continue lendo

Cidades

Linhares recebe mais de R$ 2,6 milhões para apoio às ações de assistência social

Publicado

Recurso vai reforçar o atendimento a famílias vulneráveis do município, com veículos, contratação e capacitação de profissionais

O município de Linhares assinou o Termo de Cooperação Técnica e Financeira com a Fundação Renova para receber mais de R$ 2,6 milhões em investimentos na área de assistência social. Ao todo, prefeituras de 24 municípios mineiros e capixabas poderão, por meio do termo, receber um repasse total de R$ 27 milhões e 35 veículos da Fundação Renova para fortalecer seus serviços públicos de proteção e assistência social.

Os recursos são destinados a ampliar o atendimento a mais de 14 mil famílias vulneráveis que residem nas localidades atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão. A iniciativa faz parte do Programa de Proteção Social da Fundação Renova que visa promover a proteção social, por meio de ações socioassistenciais, incluindo ações socioculturais e apoio psicossocial, acompanhando as famílias e os indivíduos vulneráveis impactadas.

“Com essa parceria, o município de Linhares fortalecerá e ampliará os serviços de assistência social já existentes, já que o termo possibilitará a oferta de capacitações das equipes, repasse de recursos financeiros para contratação de 14 profissionais, aquisição de insumos, equipamentos e disponibilização de três veículos com motorista e combustível”, informa a especialista do Programa de Proteção Social da Fundação Renova Maria Albanita Roberta de Lima.

Após a assinatura do termo, que tem duração de dois anos, e dos demais trâmites necessários, a Fundação Renova iniciará o repasse do recurso em quatro parcelas. As ações devem ser iniciadas a partir do mês de agosto, segundo previsão no Plano de Reparação em Proteção Social, construído com as equipes do município de Linhares.  

A população será diretamente beneficiada com o recebimento dos recursos, pois o município disponibilizará assistência social e psicólogas para ampliar o atendimento, assim como insumos para as atividades nos serviços do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).

Sobre a Fundação Renova

A Fundação Renova é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos, constituída com o exclusivo propósito de gerir e executar os programas e ações de reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão.

A Fundação foi estabelecida por meio de um Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta (TTAC), assinado entre Samarco, suas acionistas Vale e BHP, os governos federal e dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, além de uma série de autarquias, fundações e institutos (como Ibama, Instituto Chico Mendes, Agência Nacional de Águas, Instituto Estadual de Florestas, Funai, Secretarias de Meio Ambiente, dentre outros), em março de 2016.

Leia mais:  Concurso: Prefeitura de Vila Velha divulga lista de aprovados. Confira!
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana