conecte-se conosco


Entretenimento

Ex-capa da Playboy presa em Vitória será transferida para o Distrito Federal

Publicado

A decisão foi tomada pela Justiça do DF nesta terça-feira. Flávia Tamayo foi presa em Vitória, em julho deste ano, suspeita de tráfico de drogas

A Justiça do Distrito Federal decidiu, nesta terça-feira (15), que a modelo Flávia Bernardes Tamayo, de 22 anos, conhecida como Pamela Pantera, seja transferida do Espírito Santo para Brasília. Flávia, que já foi capa de revistas masculinas famosas, como a Playboy e a Sexy, foi presa no dia 20 de julho, em um hotel de Vitória, suspeita de fornecer drogas para clientes de uma rede de prostituição.

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal já havia concedido, na semana passada, um habeas corpus para que a modelo fique em prisão domiciliar. Na decisão desta terça, a Justiça determinou a transferência, com urgência, para o Distrito Federal, o que será feito por um órgão de Brasília. 

Por meio de nota, a Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) afirmou que ainda não foi notificada da decisão judicial e, por isso, Flávia Tamayo permanece no sistema prisional  do Espírito Santo.

Também por meio de nota, a defesa de Flávia informou que  aguarda decisão do juízo da VEP/DF, autorizando o recambiamento determinado pelo 3 turma criminal do Tribunal de Justiça do Distrito Federal. Com a chegada de Flávia a capital federal , será viabilizado o cumprimento das medidas cautelares impostas pelo desembargadores.

Prisão

Presa na recepção de um hotel da capital capixaba, Flávia estava no Espírito Santo para tentar captar mais clientes para a suposta rede de prostituição, investigada pela polícia do Distrito Federal. Segundo a polícia, a suspeita participava de uma rede de garotas de programa de luxo, que tinha clientes de alto poder aquisitivo e que atuava na capital federal.

No dia da prisão, foi apreendida com Flávia uma pequena quantidade de droga para consumo próprio, uma quantia em dinheiro em espécie e um celular. A suspeita foi encaminhada ao sistema penitenciário capixaba.

Além de ser capa de revistas masculinas, Pamela Pantera atuou como atriz em filmes eróticos da franquia Brasileirinhas. Ela também oferecia uma espécie de cardápio sexual aos clientes mais assíduos. 

Leia mais:  Confira a programação das lives musicais deste feriadão
publicidade

Entretenimento

Web se diverte com cachorros que se parecem com Fábio Assunção

Publicado

Depois de ter dado o que falar ao ser relembrado de seus tempos de ‘príncipe’ de festa de 15 anos, ator virou assunto ao ser comparado com cachorrinhos

Fábio Assunção é a mais nova personalidade queridinha na internet. Depois de ter dado o que falar ao ser relembrado de seus tempos de 'príncipe' de festa de 15 anos, o ator agora virou assunto na web ao ser comparado com vários cachorrinhos de olhar expressivo. Veja as fotos e comprove Jovem descobre que Fábio Assunção foi 'príncipe' de sua mãe em baile 

Fábio Assunção é a mais nova personalidade queridinha na internet. Depois de ter dado o que falar ao ser relembrado de seus tempos de ‘príncipe’ de festa de 15 anos, o ator agora virou assunto na web ao ser comparado com vários cachorrinhos de olhar expressivo. Veja as fotos e comprove.

'Só eu que achei esse cachorro a cara  do Fábio Assunção', escreveu a usuária @dudaazanfolin no TwitterNão foi só você, Duda 

“Só eu que achei esse cachorro a cara  do Fábio Assunção”, escreveu a usuária @dudaazanfolin no Twitter.

Já esse cachorro consegue imitar até as expressões do ator 

Já esse cachorro consegue imitar até as expressões do ator.

Nem adianta tentar se esconder atrás da barba.

Nem adianta tentar se esconder atrás da barba

Até porque também tem um cãozinho barbudo que é a cara do ator 

Até porque também tem um cãozinho barbudo que é a cara do ator .

 

Leia mais:  Mãe de Kelly Key surpreende internautas com beleza e boa forma
Continue lendo

Entretenimento

Google atualiza significado de ‘patroa’ após queixa de Anitta

Publicado

Para a mudança, a empresa entrou em contato com o dicionário Oxford Languages que realizou a alteração no significado

Após a cantora Anitta se indignar com o conceito do termo “patroa” apresentado no Google, a empresa norte-americana alterou o significado da palavra na plataforma de busca.

Quando o termo era pesquisado, o resultado exibido era: “mulher do patrão” ou “dona de casa”, mas quando a pesquisa era sobre “patrão”, a definição que aparecia era “aquele que é proprietário ou chefe de um estabelecimento privado comercial, industrial, agrícola ou de serviços, em relação aos seus subordinados”.

Quando viu a discrepância no resultado das pesquisas, a cantora demonstrou total indignação e gravou um vídeo expondo a descoberta. Tendo ciência do fato, a Google acionou o dicionário Oxford Languages, que a empresa afirma ser o responsável por conceituar os termos pesquisados.

Com a atualização, agora quando alguém procura o termo “patroa’ no Google, os significados exibidos são equivalentes ao termo na versão masculina:

“1. proprietária ou chefe de um estabelecimento privado comercial, industrial, agrícola ou de serviços, em relação aos seus subordinados; empregadora.

2. a chefe de uma repartição pública”

No período em que a discussão tomou proporção, a plataforma recebeu uma série de críticas nas redes sociais por pessoas que concordam com o posicionamento da cantora. O Google decidiu divulgar uma nota a respeito do tema. Confira:

“Quando as pessoas pesquisam por definições de palavras na Busca, frequentemente, elas desejam informações de maneira rápida. Por isso, trabalhamos para licenciar conteúdos de dicionários parceiros, neste caso da Oxford Languages. Embora não tenhamos controle editorial sobre as definições fornecidas por nossos parceiros, agradecemos as preocupações dos usuários e já transmitimos ao responsável pelo conteúdo. A Oxford Languages está trabalhando para garantir que todas as informações sejam apropriadas”.

Leia mais:  'Brota no Bailão': Bonner vira meme após entrevista com Túlio Gadelha
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana