conecte-se conosco


Camisa 10

Fórmula 1 precisará encolher para conseguir começar temporada

Publicado

A Fórmula 1 poderia começar a temporada atrás de portões fechados devido à pandemia de COVID-19, mas a categoria provavelmente terá que diminuir consideravelmente seu tamanho para receber luz verde das autoridades.

Em toda a Europa, as proibições a aglomerações de pessoas e eventos públicos foram estendidas até julho e agosto, apesar de os países estarem começando a emergir das quarentenas que impediram todas as atividades esportivas.

A temporada da Fórmula 1 foi paralisada, com sete corridas adiadas até agora e os organizadores falando de um calendário bastante revisado e reduzido, possivelmente entrando no próximo ano.

“Estamos analisando a logística de uma corrida fechada, como levaremos as pessoas para lá, como as protegeremos, como as tornaremos seguras, a quem permitiremos entrar no paddock”, afirmou Ross Brawn, diretor-gerente da F-1, neste mês.

Isso pode significar que alguns dos circuitos permanentes da Europa, como Silverstone, o Red Bull Ring, da Áustria, o Circuito da Catalunha, em Barcelona, o Le Castellet, da França, e o Hungaroring, perto de Budapeste, realizando corridas sem público.

A Áustria disse que não se oporia a uma corrida sem espectadores, se as restrições de viagem fossem levantadas e outras salvaguardas decretadas.

Christian Horner, chefe da equipe da Red Bull, disse que a pista da empresa de bebidas energéticas precisa de pouco mais do que as luzes acesas pare receber uma prova.

“Pode estar pronto em um período muito curto de tempo para atender aos critérios da FIA”, disse ele. “Portanto, a perspectiva de poder correr a portas fechadas é absolutamente viável.

“Acho que haverá uma rota para voltar aos GPs completos e há certos circuitos com os quais eles estão conversando sobre eventos sem público, potencialmente focando apenas nos eventos de TV por enquanto, com um número limitado de pessoas.

Leia mais:  Guardiola admite risco de demissão caso City não passe pelo Real Madrid na Champions
publicidade

Camisa 10

Lateral do San Lorenzo se diz perto do Palmeiras, mas com Fla de olho

Publicado

O Palmeiras está próximo de contratar um lateral-direito argentino, mas com o Flamengo também de olho. A informação parte exatamente de quem diz ser o alvo da negociação: Andrés Herrera, de 21 anos, do San Lorenzo. O jogador conta que o Spartak Moscou, da Rússia, é outro clube que o procurou e crê que sua saída pode ser concluída por 4 milhões de dólares (R$ 21,4 milhões).

– Pelo que o meu representante me disse, sei que o Palmeiras é quem está mais próximo. Creio que, por 4 milhões ou 5 milhões de dólares (R$ 26,7 milhões), o San Lorenzo me deixaria ir – afirmou Andrés Herrera á rádio Sudamericana, da Argentina.

– Sei que ligaram do Spartak Moscou para o meu representante e, há alguns dias, ele me escreveu dizendo que havia interesse de Palmeiras e Flamengo. Mas tenho que ficar calmo. Se eu sair, tudo bem. Caso contrário, vou continuar trabalhando – continuou.

A multa rescisória do lateral-direito é de 20 milhões de dólares (R$ 106,8 milhões), mas o próprio jogador acredita que não será necessário chegar a esse valor para contratá-lo. Em março, Andrés Herrera renovou seu contrato com o San Lorenzo até 2023. O jogador atuou com frequência nas categorias de base da seleção argentina e sonha estar na Olímpiada de Tóquio, adiada para o ano que vem. Acumula 29 partidas pelo clube que defende atualmente.

O Palmeiras admite que monitora o lateral-direito, mas não confirma negociações. A diretoria tem adotado uma postura de conter gastos em meio à crise econômica gerada pela pandemia do coronavírus, tanto que o elenco principal masculino está no terceiro mês seguido de salário reduzido. O presidente Maurício Galiotte já chegou a declarar que não dá para pensar em contratações no momento, ainda mais pelos valores divulgados por Herrera.

O técnico Vanderlei Luxemburgo, contudo, já tinha solicitado a contratação de um lateral-direito com velocidade e intensidade para atacar e defender, como encontrou o lateral-esquerdo uruguaio Matías Viña. A diretoria tentou trazer Daniel Muños, colombiano do Atlético Nacional, mas não houve acerto e o jogador foi para a Bélgica. No elenco do Palmeiras, Marcos Rocha vem sendo o titular na lateral direita, com Mayke como primeiro reserva.

Leia mais:  Chelsea e Borussia Dortmund têm interesse em Gerson e devem fazer proposta ao Flamengo
Continue lendo

Camisa 10

Chaveamento da fase final da Champions League é definido; confira

Publicado

Uefa sorteou partidas do campeonato que será retomado em agosto

Nesta sexta-feira, 10, a Uefa sorteou os confrontos da fase final da Champions League. O campeonato será retomado em agosto.

Nas quartas de final os confrontos serão os seguintes:

(1) Vencedor de Manchester City e Real Madrid x Vencedor de Juventus e Lyon

(2) RB Leipzig x Atlético de Madrid

(3) Vencedor de Barcelona e Napoli x Vencedor de Bayern de Munique e Chelsea

(4) Atalanta x Paris Saint-Germain

Nas semifinais os confrontos serão entre o vencedor do jogo 1 contra o vencedor da semifinal da partida 3, e entre os vencedores dos duelos 2 e 4.

Os quatro jogos que faltam para o complemento da fase oitavas de final acontecerão nas cidades dos times mandantes, mas a reta final (quartas, semi e final) será disputada toda em Lisboa, sem torcida.

Leia mais:  Queniano ultrapassa rival na 'última passada' e vence a São Silvestre
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana