conecte-se conosco


Política e Governo

Governo do Estado anuncia repasse a projetos de apoio à população em situação de rua durante a pandemia

Publicado

O Governo do Estado anunciou, nesta terça-feira (07), o repasse de R$ 983.872,60 aos municípios de Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica e Vila Velha para cofinanciamento de projetos de apoio às pessoas em situação de rua durante a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). Os recursos serão voltados tanto para os cuidados com a população sintomática quanto para ações de prevenção e orientação para quem não apresenta sintomas da doença. O repasse foi oficializado pelo governador Renato Casagrande, em solenidade virtual, transmitida ao vivo pelas redes sociais.

Pelo período emergencial de três meses, os recursos garantirão à população em situação de rua alimentação, atendimento psicossocial, encaminhamentos para rede municipal, reinserção familiar e auxílio para aumento da equipe, além de espaços de higienização pessoal (banheiros com chuveiros e vasos sanitários) e espaços de higienização coletiva (tanques com torneiras e máquinas para lavagem de roupas). A ação está inserida no âmbito do Sistema Único de Assistência Social (Suas).

O governador Renato Casagrande lembrou que, em momentos de crise, as pessoas mais vulneráveis são as mais afetadas. “Em uma crise como a que estamos vivendo, a concentração de riqueza avança, pois quem tem estrutura acaba conseguindo adquirir bens e manter a renda, enquanto milhares de pessoas empobrecem ainda mais. É nesse momento que temos de mostrar o papel da máquina pública para diminuir essa desigualdade. Tomamos várias medidas, como a oferta de crédito, além do repasse para a assistência social dos municípios para a compra de cestas básicas, kits de higiene e outros materiais necessários às famílias”, afirmou.

Casagrande também citou a criação do Programa ES Solidário, que está realizando diversas entregas de donativos e ações de apoio às comunidades afetadas pela pandemia. “Sei que os municípios têm um papel de execução na assistência social. O nosso papel é de fortalecê-los. Então essa ação de hoje é na direção de fortalecimento dos municípios”, apontou o governador, que também lamentou o assassinato de um morador de rua ocorrido em Vitória no domingo (05). “Queria deixar aqui o meu repúdio ao ato de tirar a vida de um morador de rua com a atrocidade que vimos. Mostra que uma parte da sociedade está doente”, disse.

A secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, explicou que o isolamento de pessoas em situação de rua sintomáticas será feito em um período de sete a 14 dias. Ela acrescentou que outros cuidados serão oferecidos a essa população, mesmo quando não apresentando sintomas.

“Ao mesmo tempo em que é importante o isolamento, também é a prevenção. Os três municípios se comprometeram em ampliar o atendimento a essas pessoas até às 21 horas. Geralmente os Centros Pop vão até às 18h, mas irão atender até a noite, garantindo também a alimentação noturna. É importante que as pessoas estejam bem nutridas. Além do isolamento, também serão propiciados espaços para higiene pessoal, distribuição de kits de higiene semanalmente para as pessoas que serão atendidas, além da possibilidade de lavar as roupas”, destacou Nara Borgo.

De acordo com o Decreto nº 634-S, de 26 de maio de 2020, foi aberto um crédito suplementar em favor da Secretaria de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades) no valor de R$ 983.872,60 para o repasse aos três municípios para execução dos planos de trabalho apresentados. “Os recursos serão aplicados pelos municípios selecionados por um período de 90 dias, na garantia de uma série de ações importantes para esse momento delicado que afeta a essa população tão vulnerável”, explicou a secretária de Estado de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social, Cyntia Grillo.

Os serviços prestados nos locais definidos pelos municípios deverão cumprir as orientações da Nota Técnica da Secretaria da Saúde (Sesa) voltada para atendimentos à população em situação de rua. “Desde 2011, o Consultório na Rua foi incorporado à Política Nacional de Atenção Básica, que é um avanço no cuidado à saúde das pessoas em situação de rua, principalmente neste momento de pandemia que vivemos, onde as vulnerabilidades se tornam mais evidentes. Reforçamos que a vida está em primeiro lugar e que todos, independentemente da condição em que vivem, têm direito à atenção em saúde”, ressaltou o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes.

Grupo de Trabalho

Leia mais:  Apex-Brasil lança nova etapa do programa de capacitação para exportação no Espírito Santo

Ainda no mês de março, representantes da SEDH, Setades e Sesa formaram um Grupo de Trabalho Intersetorial, com a participação da Pastoral do Povo da Rua na condição de convidada e de um representante do Conselho Estadual de Direitos Humanos, para discutirem medidas voltadas à população em situação de rua durante a pandemia. Desde então, várias medidas foram articuladas via Governo do Estado para dar suporte a essas pessoas, como o repasse financeiro aos municípios, vacinação contra a gripe, instalação de pias e pontos de água públicos para higienização, informações por meio de carros de som, reuniões com os municípios para orientações de medidas necessárias, entre outras.

“Gostaria de ressaltar o compromisso do Governo do Estado com as políticas para pessoas em situação de rua. O Estado criou uma coordenação de políticas públicas para as pessoas em situação de rua, algo inédito no Estado do Espírito Santo, no âmbito da Secretaria de Direitos Humanos. Várias ações já foram feitas desde o início desta gestão, desde a realização do seminário estadual até cursos do Qualificar ES voltados para essa população, ouvindo as necessidades dela. Em virtude da pandemia, precisamos mudar nossas ações e criamos o GT, conseguindo a execução de importantes ações, que não estão esgotadas”, frisou a secretária Nara Borgo.

Leia mais:  Lei altera regras para abastecer com gás natural
publicidade

Política e Governo

CNDI repassa R$5 milhões em equipamentos para instituições de longa permanência

Publicado

O Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa (CNDI), repassou para os estados brasileiros uma verba de R$5 milhões, para que fossem comprados e distribuídos equipamentos de higiene e alimentos para 500 instituições de longa permanência de idosos em todo país. Nove municípios do Espírito Santo irão receber os itens em 10 instituições.

Em todo país, cerca de 500 instituições serão equipadas com os itens. Com o recurso foram compradas máscaras, cestas básicas e montados os kit’s higiênicos. Ao todo no Espírito Santo são 340 idosos que vão receber, 6.200 máscaras de proteção individual, 513 cestas básicas e 310 kit’s higiênicos.

“Os recursos do CNDI irão beneficiar cerca de 340 idosos do nosso Estado. Graças ao nosso presidente Jair Bolsonaro, por intermédio da Ministra Damares, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), o repasse será feito num importante momento. Cerca de 09 municípios do nosso Estado vão receber o benefício, podendo oferecer melhores condições de cuidado aos nossos cidadãos da terceira idade”, declarou Evair de Melo.

O deputado Evair, explicou que possui uma segunda etapa que está em apreciação no Congresso. “Além dos R$5 milhões, estamos lutando para que o Congresso aprecie os vetos da Lei 14.018 de 29 de junho de 2020, para possibilitar maior agilidade na execução dos R$160 milhões destinados às instituições de longa permanência de Idosos. A destinação será por habilitação de todas entidades em todo Brasil que cumprirem as normas que serão publicadas em Portaria e Decreto após a apreciação do Congresso”, detalhou o parlamentar.

Os municípios contemplados serão:  Barra de São Francisco, Castelo, Colatina, Vitória, Afonso Cláudio, Cachoeiro de Itapemirim, Vila Velha, Cariacica e Serra foram os escolhidos para receber os recursos do governo federal. 

Confira a tabela: 

Leia mais:  Apex-Brasil lança nova etapa do programa de capacitação para exportação no Espírito Santo
Continue lendo

Política e Governo

Governo do Estado anuncia obras e entrega barragens em Itarana e Itaguaçu

Publicado

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), entregou, nesta terça-feira (04), a Barragem Penedo, localizada em Itarana e a Barragem do Triunfo, em Itaguaçu. O total do investimento é de quase R$ 2 milhões. Durante a solenidade virtual, transmitida ao vivo pelas redes sociais, o governador Renato Casagrande também anunciou novas obras para os dois municípios, respectivamente, a reforma e construção do castelo d’água da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Prof.ª Aleyde Cosme e da reforma e revitalização da Praça Dr. Democrates Frizzera Coelho.

“É importantíssimo armazenar água, principalmente em regiões que sofrem com as secas. Algumas barragens estão prontas e outras estamos iniciando. Um projeto importante para a manutenção dos recursos hídricos. Água é saúde! Estamos fazendo também investimentos robustos em nossas unidades escolares. Nosso objetivo é melhorar o ambiente escolar e dar ao aluno, ao professor e à toda comunidade, o sentimento de pertencimento daquela unidade. Momentos extremos necessitam medidas extraordinárias. Para não deixar o Estado parar, criamos o Fundo de Investimento e, mesmo nessa pandemia, estamos conseguindo dar continuidade nas obras importantes como estas que estamos inaugurando e dando ordem de serviço hoje. Não podemos deixar o Estado parar”, pontuou o governador Casagrande.

A Barragem Penedo tem capacidade de armazenamento de 74.641 metros cúbicos de água e os investimentos para sua construção foram de R$ 650.280,88. Já a construção da barragem Triunfo foi retomada após ser paralisada em 2017. Foram investidos R$ 1.167.039,37 no equipamento, que tem capacidade de reserva de 95.290 metros cúbicos de água.


O secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca, Paulo Foletto, fez um balanço do programa de barragens no Espírito Santo. “Quando assumimos a Seag tínhamos 30 barragens licitadas até 2018, com 12 prontas, cinco com pendências e 11 paralisadas. Junto ao Idaf [Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo], que realiza todo o trabalho de licença de operação, hoje temos 17 barragens prontas, sete em obras e apenas três paralisadas. Ainda este ano vamos licitar mais cinco barragens nos municípios de Águia Branca, Linhares, Cachoeiro de Itapemirim, Afonso Cláudio e Rio Bananal”, afirmou.

Foletto acrescentou: “O investimento total na política de barragem é de 50 milhões de reais e o volume total passa de 15 milhões de metros cúbicos de água para atender toda a agricultura capixaba que já sofreu muito com a escassez de água. É importante destacar que todas as obras, além das barragens, mas de conserva e pavimentação, calçamento rural, também não pararam mesmo em meio à pandemia. Isso só está sendo possível graças ao trabalho realizado pelo Governo do Estado.”

O subsecretário de Estado de Infraestrutura Rural, Rodrigo Vaccari, salientou que a capacidade de armazenamento das duas barragens e o controle equilibrado de distribuição vão possibilitar a entrega de água nos momentos de estiagem. “Evitando que a seca cause prejuízos nas plantações e no abastecimento do restante dos municípios”, apontou.


Mais obras

Leia mais:  Oito dicas do Bandes sobre logística para as empresas se adaptarem ao cenário atual

O município de Itarana irá receber também R$ 916.747,21 em investimentos do Governo do Estado, por meio das obras na EEEFM Prof.ª Aleyde Cosme, localizada no Centro do município. O conjunto de intervenções contempla a demolição do castelo d’água existente e a construção de um novo, instalação de rede elétrica e Sistemas de Proteção Contra Descargas Atmosféricas (SPDA), pintura da quadra e toda escola, adaptação para atender as normas do Corpo de Bombeiros, por meio de um projeto de incêndio, além da manutenção dos telhados. A calçada pública existente em frente à escola será demolida e reconstruída no modelo de calçada cidadã.

O secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, enfatizou que, mesmo em meio a este período do ‘novo normal’, ocasionado pela pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), os investimentos em infraestrutura escolar não pararam. “Temos feito muitas coisas nesse período. Desde abril, estamos desenvolvendo o Programa EscoLAR, que tem oportunizado as Atividades Pedagógicas Não Presenciais (APNP). Temos visto a continuidade dessa política de melhorias na infraestrutura escolar. Uma obra importante em um município relevante para o Espírito Santo”, disse.

Já o município de Itaguaçu vai receber R$ 1.152.137,61 em investimentos do Governo, por meio da Secretaria de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb). Foi assinado o convênio para reforma e revitalização da Praça Dr. Democrates Frizzera Coelho, localizada no Centro. O espaço contará com canteiros, bancos, playground, jardins, chafariz, iluminação, paisagismo, pavimentação com blocos do tipo holandês, mesas e bancos. Serão 583,40 metros de extensão de obras.

“A praça é um dos patrimônios culturais de Itaguaçu, mas ela já está sofrendo com o desgaste do tempo e pela ausência de uma conservação adequada. Desta forma, a reforma e revitalização da Praça Dr. Democrates Frizzera Coelho vai torná-la novamente destaque por sua beleza, por seu ambiente acolhedor, tranquilo e aconchegante, com um espaço moderno e saudável, proporcionando lazer à população e aos turistas”, destacou o secretário de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Marcus Vicente.

Leia mais:  Governador acompanha trabalho de reconstrução das cidades afetadas pelas chuvas
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana