conecte-se conosco


São Mateus

Legislativo institui ‘Setembro Amarelo’ em São Mateus para Prevenção Contra o Suicídio

Publicado

Presidente da Câmara, vereador Jorge Recla.

Com o propósito de estimular as iniciativas de prevenção ao suicídio no município de São Mateus, o plenário da Câmara aprovou na última terça-feira (26), o Projeto de Lei 072/2019 do vereador Jorge Recla (Jorginho Cabeção), que institui o “Setembro Amarelo”, no município, a ser referenciado, anualmente, sendo escolhido o 10 de setembro como o Dia Municipal de Prevenção ao Suicídio .

Ações

Nas edificações públicas municipais, sempre que possível, será procedida a iluminação em amarelo e a aplicação da campanha ou sinalização, alusivo ao tema, durante todo o mês de setembro, também haverá ações destinadas à população, com os seguintes objetivos: Alertar e promover o debate sobre o suicídio e as suas passiveis causas; contribuir para a redução dos casos de suicídios; estabelecer diretrizes para desenvolvimento de ações integradas, envolvendo a população, órgãos públicos, instituições públicas e privadas, visando ampliar o debate sobre o problema e estimular, sob o ponto de vista social e educacional, a concretização de iniciativas, programas e projetos na área da educação e prevenção.

“Oficializar o ‘Setembro Amarelo’ em nosso munícipio é um meio de fortalecer a campanha de conscientização e prevenção contra o suicídio. Essas ações podem e devem fazer a diferença, ajudando a salvar vidas”, disse Jorginho Cabeção.

Triste Estatística

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil tem um número equivalente a um suicídio a cada 45 minutos. No mundo, há uma tentativa falha de tirar a própria vida a cada três segundos – e uma definitiva a cada 40 segundos, chegando à cerca de 1 milhão de suicídios em todo o planeta.

Segundo os mesmos dados, o suicídio é a terceira causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos no Brasil, ficando atrás de violência interpessoal e acidentes de trânsito. Cerca de quase todos esses suicídios estão relacionados a transtornos mentais, como a depressão.

Leia mais:  Cássio tem apoio do presidente do Partido Progressista para disputar a eleição de prefeito
publicidade

São Mateus

Editorial – São Mateus sem motivo para comemorações

Publicado

Neste 21 de setembro a cidade de São Mateus comemora seus 476 anos de colonização. Em termos históricos e como comprovação da sua longevidade e demonstração da sua importância para o Brasil nos primórdios tempos da construção do País, sem dúvida que comemorar uma data como esta é louvável.

O problema atualmente é que o mateense e moradores da cidade de São Mateus não têm motivos para nenhum tipo de comemoração, exceto de revolta com a atual administração pública municipal que tem feito com maestria e competência a destruição da cidade e promovido ações estranhas que têm suscitadas denúncias de corrupção.

Uma cidade aviltada por uma camarilha que se instalou no poder e quem tem como marca registrada a incapacidade de gerir os negócios públicos, atuando com desleixo, desprezo aos interesses da população e sucateamento da máquina pública. Não se aponta nenhuma obra de importância para o desenvolvimento do município como um todo e da cidade de São Mateus. Uma população aviltada na sua dignidade, nos direitos oriundo de impostos pagos sem contrapartida em benefícios, com uma grande legião de jovens e adultos sem qualquer perspectiva de futuro. O atual governo municipal de São Mateus, capitaneado pelo promotor de festas de arromba nada mais fez do que arrombar o município e sua sede. A única coisa que prosperou foi a realização de eventos populistas que geraram fortunas para os cofres, não municipais, mas do chefe do executivo e de seus apaniguados. Tudo isso sob a omissão de autoridades constituídas e de lideranças locais e estaduais. O povo de São Mateus se sentiu abandonado. Agora até que será lembrado por aqueles omissos que nada fizeram a seu favor e vão bater em suas portas à caça ao voto.

A Festa da Cidade não vai acontecer este ano. O Covid-19 atrapalhou os planos do prefeito. Aliás, a pandemia acabou sendo parceira da atual administração…. Não permitiu a realização da farra com o dinheiro público no período festivo, mas tem proporcionado outra farra. A das Tendas dos Milagres. Milhões sendo canalizados para dar saúde financeira a alguns sadios e migalhas para tratar do povo doente.

Parabéns São Mateus! A oportunidade de retirar uma camarilha do poder é agora, mas é preciso ter cuidado para esta não ser substituída por outra que está ávida para votar.

Que as bênçãos de Deus caiam sobre a população, porque só São Mateus e São Benedito não estão dando conta de combaterem tanta corrupção no município.

Leia mais:  Agricultores tiveram R$ 15 mil em produtos apreendidos por Prefeitura
Continue lendo

São Mateus

Eliezer foi a Brasília e gravou vídeo com o vice-presidente da República

Publicado

Hamilton Mourão declarou apoio à candidatura de Eliezer a prefeito de São Mateus

BRASÍLIA – O candidato a prefeito de São Mateus, Eliezer Nardoto (PRTB) esteve em Brasília onde gravou um vídeo com o vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), em que ele apoia a sua candidatura e o qualifica como um nome capaz de dignificar o mandato e bem representar a nova mentalidade política que a população tanto tem pedido.

Na oportunidade, Eliezer levou ao vice-presidente da República algumas importantes demandas do município como, por exemplo, a construção de três escolas cívico-militar sendo uma em Nestor Gomes, outra no centro da cidade e também no balneário de Guriri. Além da questão de segurança, Eliezer falou também sobre a importância e a necessidade do apoio ao agronegócio “que uma das mais importantes atividades econômicas do município” e ainda abordou a questão de infraestrutura de Guriri e “que para isso vai depender de recursos, principalmente por ser um balneário e o turismo é um dos focos do governo Bolsonaro e temos 43 quilômetros de praia, uma das mais bonitas do Espírito Santo e é preciso que façamos o seu desenvolvimento”, disse Eliezer.

Ainda segundo Eliezer, a recepção foi muito boa e o vice-presidente Mourão lembrou que esteve em São Mateus alguns anos atrás, quando houve exercícios militares na região e, naquela ocasião teve a oportunidade de o conhecer, pois era secretário de Planejamento da Prefeitura de São Mateus.

O candidato a prefeito também foi recebido pelo presidente nacional do PRTB, Levi Fidélis, que foi seu contemporâneo de seminário.

Leia mais:  Alerta de fortes chuvas para São Mateus
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana