conecte-se conosco


Cidades

Mais guarda-vidas nas praias de Vila Velha garantem segurança de banhistas

Publicado

As praias, lagoas e as piscinas semiolímpicas de oito escolas da rede pública municipal passam a partir de agora a contar com a atuação de 150 guarda-vidas. Ao longo da orla serão 30 módulos de observação, nos quais 130 profissionais vão atuar com o foco prioritário na prevenção.

Tudo isso é o que prevê o contrato de prestação de serviços assinado simbolicamente, no último sábado (4), pelo prefeito Max Filho com representantes de uma empresa especializada em salvamento aquático.

“Nós estamos terceirizando esse serviço para que ele seja prestado com maior eficiência. E quando isso acontece a terceirização é muito bem-vinda”, justificou o prefeito. E continuou: “E nós queremos celebrar e desejar sucesso e êxito a empresa parceira, vencedora da licitação, para que esse serviço seja prestado de forma que a busca por um padrão de excelência seja uma constante”, destacou.

A cerimônia aconteceu na sede do Programa Praia Legal, na praia da Sereia, no bairro Praia da Costa. “E lançar esse serviço aqui (Praia legal) é um símbolo muito importante, pois são pessoas que usufruem de um serviço de banho de mar assistido nessa praia que dispensa comentários”, enfatizou. E completou: “E aqui você deve ser no mínimo solidário com as pessoas, nessa atividade tão importante para eles”, ponderou.

O secretário de Defesa Social e Trânsito, cel. Oberacy Emmerich Junior também destacou os benefícios da contratação. “Essa nova modalidade de contratação, além de melhorar a qualidade do serviço, vai trazer mais dignidade aos próprios guarda-vidas no que se refere às relações de trabalho”, destacou.

“Vamos melhorar a qualidade do serviço qualificando os profissionais e assegurando os benefícios para os guarda-vidas, além de disponibilizarmos novos equipamento, como as cadeiras anfíbias para o banho de mar assistido no “Praia Legal”, um programa que é referência no Estado”, destacou o representante da empresa, Fabricio Barcelos.

A representante dos usuários do Praia Legal, Mara Martins, também destacou a melhoria na prestação do serviço. “Esse carinho e atenção que os guarda-vidas nos dão aqui é muito importante e essencial para o programa”, justificou. “A inclusão foi feita para todas as pessoas e esse projeto já faz parte da cidade”, destacou o cadeirante Clézio Ribeiro.

Prestigiaram o evento os secretários de Educação, Roberto Beling; de Esporte e Lazer, Luiz Felipe Faria de Azevedo; o assessor especial da Secretaria de Defesa Social e Trânsito, cel. Marcelo D’Isep; responsável pelo serviço de salvamento aquático e Arlene Dutra, coordenadora do serviço, além do subsecretário pedagógico, Maurício Luiz Gorza, o subsecretario de Comunicação, Gilberto Vieira, a subsecretária de Assistência Social, Stella Dias e do presidente do Instituo da Previdência de Vila Velha (IPVV), Paulo Mignone e também várias lideranças comunitárias, banhistas e guarda-vidas.  

Leia mais:  Escola Professora Carolina Pichler consegue 100% de frequência dos estudantes no Paebes
publicidade

Cidades

Qualificar ES abre mais 26 mil vagas em cursos on-line para moradores do Espírito Santo

Publicado

Os moradores do Espírito Santo que possuem mais de 16 anos e acesso à internet já podem se inscrever nas 26 mil vagas em cursos on-line gratuitos de qualificação profissional, abertas pelo Qualificar ES. As inscrições abriram nesta terça-feira (27) e podem ser feitas até o dia 10 de novembro.

O Programa disponibilizou 13 opções de cursos, sendo três novos, para a escolha da população, que pode optar por dois cursos. As inscrições podem ser feitas no site do Qualificar ES (www.qualificar.es.gov.br), mediante cadastro. Basta o interessado acessar o site, efetuar um cadastro (caso já tenha, é só acessar com o login e senha) e preencher o formulário de inscrição.

De acordo com o edital de seleção, a lista com os classificados será divulgada no dia 16 de novembro, também no site do Programa. Os cursos acontecem no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), no site do Qualificar ES, e as aulas podem ser feitas de qualquer lugar do Estado e em qualquer horário, por meio de smartphones, tablets e computadores. Os alunos aprovados no curso recebem certificação.

“Nossa equipe estudou novas abordagens de conteúdo para os cursos já existentes e os novos cursos, que atendessem à necessidade de ficar em casa, que, de repente, apareceu na vida de todo mundo. Nossa preocupação é de, além de ter um conteúdo mais adequado e em maior quantidade, também pode ser uma atividade mais atraente para o cidadão”, afirmou a secretária de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional, Cristina Engel.

Veja as opções de cursos:    

CURSOS   CARGA HORÁRIA   VAGAS  
Auxiliar Administrativo 120h  2.000
Cozinha Asiática (NOVO CURSO) 120h 2.000
Cuidador de Idosos (Maior de 18 anos) (NOVO CURSO) 120h 2.000
Educação Especial Inclusiva 120h  2.000
Gestão Financeira de Pequenas e Médias Empresas 120h 2.000
Hamburgueria Gourmet (NOVO CURSO) 120h  2.000
Inglês Básico 120h  2.000
Inglês Intermediário 120h 2.000
Maquiagem 120h  2.000
Marketing Digital para o seu Negócio (NOVO CURSO) 120h 2.000
Segurança do Trabalho 120h  2.000
Tecnologias Educacionais 120h  2.000
Word e Excel 120h 2.000
TOTAL      26.000

Leia mais:  Justiça nega pedido de sindicato para impedir a reabertura das agências do INSS no ES
Continue lendo

Cidades

Mais de R$ 437 milhões já foram liberados em operações de crédito emergencial pelo Banestes

Publicado

O Banestes, principal banco credor do Espírito Santo no acesso a linhas especiais de crédito emergencial, já concedeu mais de R$ 437,1 milhões em crédito emergencial para mais de 12,5 mil empresas de variados portes e do setor industrial do Estado.

As linhas de crédito têm como objetivo incentivar a economia, tendo em vista a desaceleração gerada pela pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

“Os números comprovam a forte atuação do Banestes em prol do empresariado capixaba. As linhas atendem às necessidades daqueles que são microempreendedores e das empresas de grande porte. Como banco dos capixabas, estamos comprometidos com a força econômica do Espírito Santo”, ressalta o diretor-presidente do Banestes, José Amarildo Casagrande.

Em linhas gerais, desde o início de 2020, o Banestes já concedeu mais de R$ 3,2 bilhões em crédito para clientes pessoas física e jurídica no Estado. Além disso, os contratos de reparcelamento de crédito em até 180 dias – outra importante ação de auxílio econômico disponibilizada pelo banco como medida de enfretamento à pandemia da Covid-19 – já atingiram o montante de mais de R$ 890 milhões.

Balanço

Confira abaixo o balanço detalhado das principais linhas de crédito emergencial operadas pelo Banestes para enfrentamento dos impactos econômicos da pandemia do novo Coronavírus. Os dados são referentes ao período de março até a última sexta-feira (23).

1) Linha de Crédito Emergencial Bandes e Banestes:

Para essa linha de crédito, que atende a empresas de todos os portes e do setor industrial, com taxas a partir de CDI + 0,32%, ao mês, o Banestes disponibilizou o montante de R$ 250 milhões. Até o momento, o Banestes já liberou mais de R$ 231,8 milhões em recursos nesta linha, em um total de 2.106 contratos.

2) Linha de Crédito Aderes e Banestes – Nossocrédito Emergencial (Programa Nossocrédito):

A linha Nossocrédito Emergencial, com taxas de 0,65% a 0,95%, ao mês, já liberou mais de R$ 24,8 milhões em recursos, totalizando 5.321 contratos com empreendedores de pequeno porte.

3) Linhas do Fundo de Aval – (01) Microcrédito Emergencial Covid-19:

Na linha de crédito de até R$ 5 mil, com taxa zero, que tem como foco os microempreendedores individuais (MEIs), já foi liberado o valor total de mais de R$ 36,7 milhões, distribuídos em 2.747 operações de crédito.

4) Linhas do Fundo de Aval – (02) Capital de Giro Covid-19:

A linha de crédito de até R$ 31,5 mil, com taxa de CDI, tem recursos destinados especificamente para o pagamento de folhas de pagamentos de pequenas e médias empresas e teve liberação de mais de R$ 992,7 mil, distribuídos em 123 contratos com empresas do Estado.

5) Capital de Giro Pronampe:

Linha de crédito para empresas com faturamento de até R$ 4,8 milhões, em 2019, com taxa de juros de 1,25%, ao ano, acrescidos da taxa Selic Over. O valor máximo de contratação corresponde em até 30% da receita bruta anual da empresa, calculada com base no exercício de 2019 e declarada à Receita Federal, limitado em até R$ 100 mil, por CNPJ. O Banestes já liberou mais de R$ 142,7 milhões em 2.254 contratos para a linha de crédito Pronampe.

6) Reparcelamento de operações de crédito em até 180 dias:

Condição única no mercado, tanto para clientes Pessoa Física (PF) quanto Pessoa Jurídica (PJ). No total, o Banestes já realizou mais de R$ 890 milhões em repactuação de contratos.

Além das opções de crédito, o Banco permanece operando as opções de reparcelamento, cheque especial sem juros, isenção e redução de tarifas no crédito, dentre outras facilidades. As ações estão detalhadas no site https://www.banestes.com.br/estamosjuntos.

Leia mais:  Justiça nega pedido de sindicato para impedir a reabertura das agências do INSS no ES
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana