conecte-se conosco


Segurança

Pai é condenado a 28 anos de prisão por matar filha após disputa de herança

Publicado

O juiz Luís Gustavo Esteves Ferreira, que presidiu o júri, fixou ao condenado pena de 28 anos de reclusão. O réu não poderá recorrer em liberdade

A 1ª Vara do Júri de São Paulo condenou um homem por feminicídio praticado contra a filha na última quinta, 22. Segundo os autos, em fevereiro de 2017, ele atirou contra a moça na presença dos netos, em razão de conflitos causados pela disputa por parte de imóvel onde a vítima morava, herança da mãe.

O juiz Luís Gustavo Esteves Ferreira, que presidiu o júri, fixou ao condenado pena de 28 anos de reclusão. O réu não poderá recorrer em liberdade. As informações foram divulgadas pelo TJ-SP.

Ao definir a pena, o juiz destacou as circunstâncias e as consequências do crime, frisando que o pai violou medida protetiva consistente em “evitar maior proximidade com a apontada vítima”. Segundo o magistrado, a postura revelou “audácia criminosa e completo desrespeito às instituições regularmente constituídas”.

“Além disso, uma vez que foram extrapolados os ortodoxos consectários decorrentes do delito, não se pode ignorar as nefastas consequências do crime que deixou órfãos três filhos menores da ofendida, que atualmente são criados pela respectiva irmã mais velha (também órfã), uma jovem que, na época do crime, tinha apenas 20 (vinte) anos de idade”, escreveu ainda o juiz.

Leia mais:  PEC transforma agente penitenciário em polícia penal
publicidade

Segurança

Polícia procura homem que torturou gato com vergalhão em Linhares

Publicado

O criminoso usou uma gaiola para prender o felino e desta forma performar a tortura ao animal

A polícia está procurando o homem suspeito de ter torturado um gato com um vergalhão, em Linhares, no Norte do Espírito Santo. O animal foi resgatado e de acordo com a polícia, as investigações já estão avançadas.

Com a ajuda de pessoas que resgataram o felino, a polícia de Linhares se aproxima do autor da tortura. Em um vídeo que circula na internet, um homem aparece retirando os vergalhões do gato.

O criminoso usou uma gaiola para prender o felino e desta forma performar a tortura ao animal. A PM já se aproximou do criminoso e sabe que a tortura foi realizada em uma casa do bairro Jardim Laguna.

O gato foi levado para atendimento veterinário. Após se recuperar, o animal será colocado para adoção. A PM diz que está perto de prender o homem que cometeu o crime.

Leia mais:  Visitas sociais serão retomadas nos presídios do Estado no dia 10 de agosto
Continue lendo

Segurança

Acusado de estuprar duas filhas e três sobrinhas é preso

Publicado

A Polícia Civil informou os crimes estariam acontecendo há muitos anos. Quatro vítimas estão com mais de 18 anos, mas teriam sofrido o abuso quando tinham entre 10 e 13 anos

Um carreteiro de 52 anos foi preso pela Polícia Civil na tarde de segunda-feira (23) acusado de abusar sexualmente de duas filhas e três sobrinhas. De acordo com a polícia, os crimes aconteciam há muitos anos. 
Entre as cinco vítimas, quatro são maiores de idade e denunciaram que os crimes aconteceram quando elas tinhas entre 10 a 13 anos. A quinta vítima é uma menina de apenas sete anos. O nome do acusado e a cidade onde os fatos teriam acontecidos não serão revelados, para preservar a identidade das vítimas. 
A delegada Silvana Soeiro afirmou que o caso era investigado há alguns meses. A primeira denúncia aconteceu porque a mãe da criança supostamente abusada leu uma conversa da menina com uma colega em um aplicativo de mensagens, onde a garota contou para a amiga que foi abusada. Depois dessa denúncia a polícia descobriu os outros casos.
“Uma das vítimas está com 18 anos e foi abusada quando tinha 10 anos de idade. São cinco vítimas, sendo duas filhas e três sobrinhas. Todas são do ciclo familiar do acusado”, disse a delegada.
Ainda que neste caso o acusado seja pai de duas vítimas, a delegada alerta que as famílias precisam estar muito atentas para identificar se uma criança está sofrendo abusos. A previsão é que o acusado seja transferido para um presídio da Grande Vitória ainda na manhã desta terça-feira (24). 

Leia mais:  Unidades produzem máscaras de pano para prevenção ao novo Coronavírus
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana