conecte-se conosco


Política e Governo

Pernambuco sedia reunião de secretários estaduais de Educação

Publicado

Teve início nesta quarta-feira (12) e segue nesta quinta-feira (13) a reunião ordinária do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), que acontece em Pernambuco. O secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, participa do evento ao lado de gestores da área da educação de todo o País.

Também participam da reunião os secretários de Educação Básica do Ministério de Educação (MEC), Jânio Macedo, e de Alfabetização, Carlos Nadalin, além do presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes. O evento tem como anfitriões o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, e o secretário de Educação e Esportes daquele Estado e vice-presidente do Consed, Fred Amancio.

Entre os assuntos da pauta da reunião dos secretários está o Novo Fundeb – Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação –, cuja proposta de emenda à Constituição está em tramitação no Congresso.  Outro ponto de debate é o planejamento da atuação do Consed em 2020, que deverá ampliar as frentes de trabalho de sua agenda estratégica, a Agenda da Aprendizagem. A programação conta ainda com uma conversa sobre o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

Com informações da Assessoria de Comunicação do Consed

Leia mais:  Jaqueline Moraes participa de inauguração do Cras em Conceição da Barra
publicidade

Política e Governo

Deputado estadual não é candidato em Guaçuí

Publicado

Para o suplente não é uma boa notícia, mas a verdade é que o deputado estadual, Luciano Machado não será pré-candidato a prefeito do município de Guaçuí. Havia muita especulação de que o parlamentar poderia vir a tentar se eleger prefeito, até porque desfruta de muito prestígio na região, principalmente no seu município.

Deputado Luciano Machado vai continuar na Assembleia.

De acordo com o parlamentar a sua decisão é uma questão de coerência, responsabilidade e compromisso assumido quando da sua eleição de deputado estadual. Ele é o único representante na Assembleia Legislativa da região do Caparaó e, por isso, “não seria justo deixar o cargo para o qual foi eleito, para virar pré-candidato a prefeito de um município”, disse o parlamentar que ocupa na Assembleia a Mesa Diretora como um dos vice-presidentes da Casa.

Quem é Luciano Machado

Formado em Letras, é empresário desde 1987. Em 1988, foi eleito vereador constituinte, em Guaçuí, onde também foi vice-prefeito (1996) e prefeito por dois mandatos (2000 e 2004). Ex-presidente do Consórcio Caparaó, também exerceu o cargo de diretor de Obras da Cohab-ES, foi representante do governo do Estado na Junta Comercial e gerente de programas e projetos da Secretaria de Agricultura. Em seu primeiro mandato na Assembleia Legislativo, foi eleito em 2018 com 15.221 votos. É o 1º secretário da Mesa.

Leia mais:  Comissão vai investigar contrato da Rodosol
Continue lendo

Política e Governo

Programa conscientiza alunos sobre uso de novas tecnologias

Publicado

Proposta busca incentivar os pais a ensinarem seus filhos no uso da internet com segurança

A deputada Raquel Lessa (Pros) é autora do Projeto de Lei (PL) 111/2020, que prevê a criação do Programa Cidadania Digital nas escolas estaduais. A proposta é conscientizar alunos, pais e professores para um comportamento  responsável e saudável no uso das novas tecnologias disponíveis nas bibliotecas públicas.

O programa tem como objetivo a filtragem do acesso à internet no ambiente escolar para impedir a visualização de conteúdo prejudicial ou inadequado por alunos e funcionários da escola e também promover alfabetização digital com a conscientização dos perigos do uso excessivo dos meios eletrônicos. A matéria inclui a família dos estudantes no processo de cidadania digital e busca incentivar os pais a ensinarem seus filhos no uso da internet com segurança.

Caso seja aprovada, a proposta vai contar com ferramentas para apoio pedagógico. Entre elas orientações em tempo real para professores que desejam compartilhar informações, ouvir dicas sobre como trabalhar os conteúdos em sala de aula e tirar dúvidas com psicólogos sobre formas de lidar com casos de cyberbullying  e exposição dos alunos na internet.

Estabelece ainda como instrumento para os professores a promoção de palestras, encontros e seminários sobre temas cotidianos do universo online, como crimes de internet, informações falsas, superexposição nas redes e  proteção da privacidade.

“A internet é um dos avanços mais significativos da modernidade, pois abre portas para inúmeras oportunidades, inclusive, para o compartilhamento de informações, produção de conteúdo e construção de conhecimento, a comunicação, o lazer e o entretenimento. Embora a mídia e a tecnologia tenham uma grande promessa de aprendizado, os jovens precisam de apoio e educação para aprenderem a fazer julgamentos sólidos ao navegar no mundo digital”, explica a autora.

Raquel Lessa disse que é preciso fazer um contraponto aos investimentos que os governos vêm fazendo em informatização das escolas. “Como os estados investem na tecnologia do século XXI, os legisladores estaduais estão tomando medidas para garantir que os alunos tenham as habilidades de alfabetização digital e cidadania que lhes permitam aproveitar ao máximo as oportunidades de aprendizagem online. Isso inclui ajudar os alunos a discernir a origem e a validade do conteúdo online e a praticar comportamento online seguro e ético”, conclui.

Tramitação

As comissões de Justiça, Ciência e Tecnologia, Educação e Finanças emitirão parecer sobre a matéria.

Leia mais:  Matéria fixa tempo de espera em fila de pedágio
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana