conecte-se conosco


Segurança

Polícia Civil encaminha mais de uma tonelada de drogas para incineração

Publicado

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES) encaminhou, nesta sexta-feira (26), mais de uma tonelada de entorpecentes para destruição e incineração em uma siderúrgica. O material é fruto de apreensões realizadas pelas forças de segurança do Estado. A ação é alusiva ao Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas, que está inserido na Semana Nacional de Políticas Sobre Drogas (que acontece na quarta semana do mês de junho). O Departamento Especializado em Narcóticos (Denarc) é responsável pela logística e pelo transporte do material.


Em cerimônia reservada, o governador Renato Casagrande, o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho, o delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda, e policiais da Denarc, acompanharam a saída do material da delegacia para o local da incineração. Por motivos de segurança, o acesso ao local de destruição da droga é restrito a poucas pessoas. Apenas policiais e alguns funcionários da empresa permanecem na área durante a incineração.


Na ocasião, o governador Casagrande destacou o trabalho realizado pelas forças de segurança no combate ao tráfico de drogas, que é responsável por maior parte dos casos de criminalidade violenta.  “O trabalho feito pelas policias é um trabalho que produz resultados, representando por todas essas drogas apreendidas e que agora serão incineradas. Vamos continuar nesse trabalho forte da Policia Militar e da Policia Civil, integradas com outras forças de segurança”, afirmou.


O governador também conclamou que outros setores da sociedade também façam parte do esforço no enfrentamento à criminalidade, em especial, do tráfico de drogas. “É fundamental que a gente tenha a participação da família, comunidade e da igreja para que possamos retirar as pessoas do tráfico e reduzir ainda mais a criminalidade em nosso Estado”, pontuou Casagrande.

O secretário da Segurança Pública fez coro às palavras do governador e agradeceu o empenho de policiais civis e militares no enfrentamento ao crime. “A queima dessas drogas simboliza a extinção dos males que elas trazem para a nossa sociedade. Hoje em dia, o comércio desses entorpecentes é a atividade criminosa que mais tira as vidas dos nossos jovens. Agradeço muito aos nossos policiais pelo empenho no combate ao tráfico e damos muito valor a cada grama apreendido. Também não podemos deixar de destacar o trabalho de denúncia da população pelo telefone 181, que contribui de forma crucial para o sucesso da Segurança Pública”, disse coronel Ramalho.

O delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda, também pontuou a importância do trabalho integrado entre as várias forças de segurança para desarticular as organizações criminosas no Espírito Santo. “A retirada dessa droga do mercado representa um forte golpe na estrutura do tráfico de drogas. Isso é fruto de um trabalho das Polícias Civil, Militar, Rodoviária Federal, além das Guardas Municipais, que atuam em conjunto, e demonstram para a sociedade o quanto as polícias vêm trabalhando no combate à oferta da droga’, ressaltou.

A Semana Nacional de Políticas Sobre Drogas foi criada em 2019, a partir da inclusão do artigo 19-A, na Lei de Drogas nº 11.343/2006, no Brasil. O Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas – celebrado todo ano em 26 de junho – se dá como expressão de sua determinação em fortalecer a ação e a cooperação para alcançar a meta de uma sociedade internacional livre do abuso das drogas.

“Durante a Semana, são intensificadas as ações de promoção de eventos para o debate público sobre as políticas antidrogas. Como símbolo de um dos eixos fundamentais do enfrentamento às drogas, o Denarc realizou o encaminhamento para destruição de mais uma tonelada de drogas apreendidas nesse primeiro semestre de 2020. Essas apreensões demonstram o compromisso com ações de redução de oferta de drogas”, declarou o chefe do Denarc, delegado Tarcísio Otoni.

Na ocasião, o chefe do Departamento Especializado em Narcóticos também fez um balanço sobre o trabalho do Denarc no primeiro semestre de 2020. Entre janeiro e junho deste ano, mais de 400 quilos de drogas foram apreendidos nas operações realizadas pelo Órgão. Em 240 operações, foram retirados de circulação quase 395 quilos de maconha, mais de dois quilos de crack e 11 quilos de cocaína. Isso representa um aumento 20% no volume de apreensões, em relação ao mesmo período do ano passado.

Leia mais:  Polícia Militar apreende 148 pés de maconha em Mimoso do Sul
publicidade

Segurança

Polícia Militar apreende moeda falsa e detém três suspeitos em São Gabriel da Palha

Publicado

Policiais Militares do 2º Batalhão prenderam, na noite desta quarta-feira (01), na Rodovia ES 130, que liga o município de São Gabriel da Palha a São Domingos do Norte, três homens suspeitos de praticar crime de incolumidade/ moeda falsa.

Eles foram detidos por agentes do Serviço de Inteligência e da Radiopatrulha por terem passado uma nota de R$100,00 falsificada a uma funcionária de um açougue, em São Gabriel. Ela percebeu o ato criminoso e em seguida, os suspeitos fugiram do local em um veículo Renault Logan, de cor cinza.

Os militares realizaram um cerco e conseguiram interceptar o veículo. Os suspeitos de 23, 36 e 39 anos foram abordados e com eles apreendido um total de R$1.382,00 em espécie. Durante a prisão um dos detidos confessou que as notas eram falsas.

Os detidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Plantão.

Leia mais:  NOTAER realiza Operação Natal em apoio à Polícia Militar
Continue lendo

Segurança

Polícia Militar apreende drogas com auxílio de cão farejador em Nova Venécia

Publicado

Policiais militares da Força Tática, da equipe K-9 e da radiopatrulha do 2º Batalhão apreenderam 31 buchas de maconha na manhã desta segunda-feira (29), no bairro Parque das Flores, em Nova Venécia.

A ação ocorreu após a apreensão de um adolescente com uma grande quantia em dinheiro, uma bucha de maconha e que estava escondido em um matagal nas proximidades.

Após o emprego da cadela Jade, foi encontrada em um ponto uma carga de maconha, sacolas para embalo, um martelo e uma pedra com marcas de faca, onde era feito o corte e embalo para comercializar os entorpecentes.

O suspeito e todo o material apreendido foram entregues na 17ª Delegacia Regional de Nova Venécia.

 

Leia mais:  Polícia Militar apreende 148 pés de maconha em Mimoso do Sul
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana