conecte-se conosco


Segurança

Polícia Militar e Corpo de Bombeiros realizam formatura de novas turmas de sargentos

Publicado

A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros do Espírito Santo realizaram, na manhã desta sexta-feira (16), as solenidades de formatura dos alunos do Curso de Habilitação de Sargentos (CHS). As cerimônias contaram com a presença do governador Renato Casagrande e ocorreram, respectivamente, no auditório do Hospital da Polícia Militar, em Bento Ferreira, e na quadra do Quartel do Comando-Geral dos Bombeiros, na Enseada do Suá, ambos em Vitória.

Ao todo, 347 novos sargentos serão incorporados aos quadros da Polícia Militar e 52 ao Corpo de Bombeiros. Os cursos tiveram duração de 10 meses e passaram por diversas adaptações para que pudessem ser concluídos, mesmo em situação de pandemia causada pelo novo Coronavírus (Covid-19).


Em suas falas, o governador Casagrande parabenizou os formandos e destacou a importância da função. “Os sargentos têm o papel de liderar a equipe de trabalho e de estar à frente das ações da PM e dos Bombeiros, colocando em execução aquilo que estrategicamente foi decidido. Participam também das decisões e execuções estratégicas. Importante saber o papel do sargento para deixar sua tropa motivada. Compreender a responsabilidade que vocês exercem agora é fundamental. A instituição tem dado uma contribuição extraordinária à população capixaba, em especial, neste ano que tem sido difícil para todos nós”, afirmou.

Casagrande reforçou que essa é mais uma ação do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, retomado no início de 2019 e que vem contribuindo com a redução da violência no Espírito Santo.


“Governei o Estado de 2011 a 2014 e, quando assumi, tínhamos uma segurança pública fragilizada, sem efetivo, sem armamento, viatura e equipamento e em quatro anos com o Estado Presente investimos e reestruturamos e deixamos muito mais adequada. Voltamos em 2019 e estamos tendo que refazer o trabalho. Tomamos decisões importantes desde que assumimos o Governo, dando um passo a cada dia. Há muito tempo que nossas forças de segurança não realizavam tantas operações e vamos colher esses frutos. Parabéns pelo trabalho que têm feito pela sociedade capixaba”, pontuou o governador.

O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho, destacou a importância da conclusão dos cursos e as promoções dos cabos a terceiros sargentos.

“Quando a pandemia chegou tivemos uma série de notícias falsas e desanimadoras em relação ao Governo, de pessoas que queriam prejudicar, afirmando que as promoções não sairiam mais e que o governador iria suspender os cursos. Hoje, estamos aqui, mostrando todo o comprometimento do Governo com a tropa e formando novos sargentos nas nossas Corporações. Nós precisamos muito dos nossos sargentos na nossa labuta diária. Temos que agradecer ao Governo que pensa e respira a Segurança Pública e entende os anseios da família e da sociedade capixaba”, afirmou Ramalho.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Alexandre Cerqueira, também citou os desafios trazidos pela pandemia, mas também agradeceu a todos pelo empenho e dedicação durante o período mais crítico do ano de 2020.

“O esforço e trabalho de todos os nossos profissionais, oficiais e equipe de Governo foi fundamental para que esse curso pudesse ser concluído. Hoje estamos entregando militares formados de forma segura, somente pela coragem do governador Renato Casagrande, que mesmo com a pressão, tomou decisões duras e que se mostraram corretas. Não foi fácil, mas hoje estamos colhendo grandes resultados. Nosso Estado virou referência nacional nas ações de enfrentamento à pandemia”, destacou Cerqueira.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Douglas Caus, também lembrou de agradecer aos familiares dos militares formandos, que passaram por momentos de apreensão, mas deram todo o apoio para que os novos sargentos pudessem estar, hoje, à disposição da sociedade capixaba.

“Nessa oportunidade quero começar agradecendo ao governador pelos investimentos que vem fazendo na Corporação, dando mais dignidade aos nossos militares, e a finalização do CHS é uma vitória, possível pelo empenho de toda a equipe de Governo. Quero parabenizar os 347 novos sargentos pela dedicação ao curso e tenho certeza que muitos foram os desafios nessa jornada, mas com perseverança e dedicação as adversidades foram superadas. Agradeço aos familiares por terem sido alicerces para que os nossos novos sargentos tenham chegado”, discursou Caus.

Durante o evento de formatura do CHS da PMES, o governador Renato Casagrande ainda recebeu uma placa de homenagem dos alunos, pelo esforço em dar continuidade ao CHS, mesmo em meio à pandemia da Covid-19.

Promoção de soldados a cabo é antecipada

Durante a solenidade no HPM, o governador realizou o ato simbólico de sanção do projeto de lei que irá permitir a promoção dos soldados aptos ao posto de cabo da Polícia Militar em 28 de outubro, Dia do Servidor Público, que por conta da pandemia haviam sido adiadas somente para o mês de dezembro.

Leia mais:  Sejus reforça atendimento por e-mail nas unidades prisionais

“Essa é mais uma amostra do quanto temos um governador que se preocupa com a dignidade e melhores condições de trabalho dos nossos policiais. Os investimentos estão sendo feitos na parte estrutural e também nos nossos recursos humanos”, concluiu o comandante-geral da PMES, coronel Douglas Caus.

publicidade

Segurança

Mulher presa por deixar filha de 1 ano sozinha em casa é liberada após audiência de custódia

Publicado

Segundo a polícia, ao ser presa, a suspeita escondia maconha e cocaína nas partes íntimas. Ela foi autuada em flagrante por abandono de incapaz e por posse de drogas para consumo próprio

A mulher de 25 anos que foi presa por deixar a filha de 1 ano e 4 meses sozinha em casa foi liberada nesta quarta-feira (28), após passar por audiência de custódia. A criança foi encontrada por vizinhos em um apartamento sujo, com roupas espalhadas pelo chão, pinos de cocaína usados e restos de cigarro, além de fraldas descartáveis e papel higiênico sujos. O apartamento onde a criança foi resgatada fica em um prédio de quatro andares, no bairro Cocal, em Vila Velha.

Os vizinhos arrombaram a porta após ouvirem o choro da criança vindo de dentro do apartamento. A polícia e o Conselho Tutelar foram chamados. A mulher foi detida e o bebê encaminhado para um abrigo.

Segundo a polícia, ao ser presa, a mulher escondia maconha e cocaína nas partes íntimas. A suspeita foi autuada em flagrante por abandono de incapaz e por posse de drogas para consumo próprio.

O uso de entorpecentes, aliás, foi apontado por especialistas como possível motivador do crime. “Uma usuária de drogas, jovem. Ela, sob efeito da droga, não tem noção de gravidade. Provavelmente, ela nem lembra do filho. Essa mãe é incapaz de cuidar e deixa uma pessoa que é frágil, que é incapaz”, frisou a pediatra Iria Giacomin. 

Apesar de não saber se expressar, a criança sente o abandono, mesmo tão nova. A psicóloga infantil Paula Santos afirma que o trauma pode ter consequências para o resto da vida. “Pode ser tornar um sujeito muito inseguro, com muitos medos, com uma probabilidade muito grande de ter crises de pânico, de ansiedade e com muita dificuldade de confiar no outro e se relacionar com outras pessoas”, destacou.

Abandono

De acordo com a Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp), de janeiro a setembro, foram registrados 267 casos de lesão corporal em crianças de 0 a 12 anos em todo o Espírito Santo. A produção da TV Vitória/Record TV também perguntou à secretaria sobre os dados relativos ao abandono de incapaz, mas ainda não houve retorno.

A conselheira tutelar Rúbia Barros diz que recebe muitas denúncias semelhantes. Segundo ela, as consequências vão desde problemas psicológicos a danos irreversíveis. “A menor consequência é realmente o medo, se sentir sozinho. Infelizmente, a maior consequência são os óbitos. Pode vir a acontecer. A criança não tem noção do perigo que tem dentro de casa”, ressaltou.

A pediatra confirma o perigo de uma criança sozinha em casa. “Criança abaixo de 2 anos é uma criança que ainda não verbaliza. A parte nutricional é muito grave. Uma criança que fica abandonada, que fica presa num quarto, pode até não aprender a falar, a não se verbalizar. Porque isso é um aprendizado. E se ela fica presa num quarto escuro, pior ainda”, afirmou Iria Giacomin.

Leia mais:  MPES requer condenação de oficial de Justiça que repassava cumprimento de mandados
Continue lendo

Segurança

Policial militar da reserva é flagrado com 230 kg de maconha em Vila Velha

Publicado

Além dele, a esposa e outras duas pessoas que estavam na casa foram detidas. O alvo da operação era um empresário que possui uma distribuidora em Cariacica

Policiais da Delegacia Especializada de Narcóticos (Denarc), da Polícia Civil, com o apoio da Força Nacional, apreenderam 230 quilos de maconha na casa de um tenente da reserva da Polícia Militar. A apreensão foi realizada no bairro Ponta da Fruta, em Vila Velha. A droga estava em um carro na garagem do policial, que foi detido juntamente com a esposa e outras duas pessoas.

De acordo com a Polícia Civil, a operação se tratava de cumprimento de mandados de busca e apreensão em cinco endereços localizados em Guarapari, Cariacica e Vila Velha. Foram apreendidos notebooks, celulares, documentos, uma pistola calibre ponto 380, 90 munições do mesmo calibre, além de balanças de precisão e notas promissórias.

O principal alvo da operação era um empresário, dono de uma distribuidora em Cariacica. Ele foi abordado pelos policiais quando saía do estabelecimento na tarde de terça-feira (27) portando uma mochila, onde foram encontrados mais de R$ 77 mil em dinheiro, além de três aparelhos celulares e um caderno de anotações. Um veículo foi apreendido e, dentro dele, em um fundo falso, foram encontradas drogas, como haxixe e maconha.

Todo o material apreendido e os suspeitos detidos foram encaminhados à Delegacia Especializada de Narcóticos (Denarc).

A Corregedoria da Polícia Militar informou que instaurará um procedimento administrativo para apurar o caso assim que receber toda a documentação da Polícia Civil referente ao fato. A prisão do tenente da reserva remunerada foi acompanhada por um oficial de serviço da Polícia Militar. Ele está no presídio militar da PMES.

Leia mais:  Vídeo | Homem é preso após furtar nove potes de creme de avelã de supermercado em Vila Velha
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana