conecte-se conosco


São Mateus

Pré-candidatos começam a se preparar para as eleições e novos nomes estão se apresentando ao eleitorado

Publicado

Em outubro o eleitor será convocado a dar o seu voto com a finalidade de eleger o seu candidato e, com isso, mudar o destino do seu município. Os nomes de pré-candidatos começam a ser expostos na vitrine político-eleitoral para dar visibilidade a sua imagem, ao nome e seus propósitos.

Em São Mateus vários nomes estão aparecendo, além daqueles que em toda eleição costumam concorrer. Existem também os que tiveram a sua oportunidade e só trouxeram esperança e, no segundo momento, frustração ao eleitor mateense. Aparecem também os oportunistas que mesmo sem nenhum lastro de conhecimento do município e de gestão para apenas ocupar espaço e negociar a sua candidatura. Isso é algo muito comum e, em São Mateus tem exemplos nesse sentido.

O empresário Cássio Caldeira assumiu a direção do Progressistas e estuda com seus membros e amigos a possibilidade de colocar o seu nome como pré-candidato a prefeito de São Mateus. O vereador Carlos Alberto (PSB) é outro nome que também está sendo comentado como possibilidade ao pleito de outubro. Todos eles, candidatos ou não, estão se articulando para que fortaleça a intenção e as condições de se apresentarem perante o eleitor como pré-candidatos.

Para Cassio seria uma experiência nova, pois nunca disputou uma eleição e seria o seu batismo até para medir o seu desempenho e capacidade de convencer o eleitor de dar o seu voto.

Outra novidade é o historiador Eliezer Nardoto (PV). Vem apresentando seu nome e projetos para o município e a sociedade. Sua pré-candidatura está nas ruas e vem conversando com famílias, produtores rurais e vários segmentos produtivos, inclusive com servidores públicos municipais.

O Governo do Estado ainda não definiu em quem vai apostar as suas fichas. Um assessor próximo do governador disse que essa questão só será pauta em abril, inclusive para candidatura a prefeito de Vitória. O médico e ex-deputado Jorge Silva (SD) foi sondado e demonstrou que não deseja se candidatar à Prefeitura de São Mateus.

O atual prefeito, Daniel Santana (PSDB) é outro nome que tem o apoio de lideranças em nível estadual e até mesmo federal. Não o governo estadual, que tem o deputado Freitas (PSB) um conselheiro antenado no cenário político do Norte e sabe do desempenho do prefeito na atual administração municipal.

O que se comenta nos bastidores da política local é que o padre Patrick seria um nome a compor com o prefeito Daniel vindo como vice numa possível pré-candidatura. Essa insinuação ganhou corpo quando o religioso tece críticas a situação do município e depois faz elogios ao prefeito e ainda sobe em trio para externar o seu apoio, mesmo que velado, ao prefeito. Não se sabe se a cúpula da igreja aprova essa movimentação do padre e nem poderia se posicionar por não ser uma ação oficial, apenas de um padre que, pela sua juventude, “está vivenciando uma nova experiência”, disse uma fonte ouvida pelo JN.

Outros pré-candidatos estão se apresentando, mas a medida que forem se mostrando mais para o eleitorado certamente serão motivo de uma citação na imprensa mateense.

Leia mais:  Marinha terá unidade militar no porto de São Mateus
publicidade

São Mateus

Editorial – São Mateus sem motivo para comemorações

Publicado

Neste 21 de setembro a cidade de São Mateus comemora seus 476 anos de colonização. Em termos históricos e como comprovação da sua longevidade e demonstração da sua importância para o Brasil nos primórdios tempos da construção do País, sem dúvida que comemorar uma data como esta é louvável.

O problema atualmente é que o mateense e moradores da cidade de São Mateus não têm motivos para nenhum tipo de comemoração, exceto de revolta com a atual administração pública municipal que tem feito com maestria e competência a destruição da cidade e promovido ações estranhas que têm suscitadas denúncias de corrupção.

Uma cidade aviltada por uma camarilha que se instalou no poder e quem tem como marca registrada a incapacidade de gerir os negócios públicos, atuando com desleixo, desprezo aos interesses da população e sucateamento da máquina pública. Não se aponta nenhuma obra de importância para o desenvolvimento do município como um todo e da cidade de São Mateus. Uma população aviltada na sua dignidade, nos direitos oriundo de impostos pagos sem contrapartida em benefícios, com uma grande legião de jovens e adultos sem qualquer perspectiva de futuro. O atual governo municipal de São Mateus, capitaneado pelo promotor de festas de arromba nada mais fez do que arrombar o município e sua sede. A única coisa que prosperou foi a realização de eventos populistas que geraram fortunas para os cofres, não municipais, mas do chefe do executivo e de seus apaniguados. Tudo isso sob a omissão de autoridades constituídas e de lideranças locais e estaduais. O povo de São Mateus se sentiu abandonado. Agora até que será lembrado por aqueles omissos que nada fizeram a seu favor e vão bater em suas portas à caça ao voto.

A Festa da Cidade não vai acontecer este ano. O Covid-19 atrapalhou os planos do prefeito. Aliás, a pandemia acabou sendo parceira da atual administração…. Não permitiu a realização da farra com o dinheiro público no período festivo, mas tem proporcionado outra farra. A das Tendas dos Milagres. Milhões sendo canalizados para dar saúde financeira a alguns sadios e migalhas para tratar do povo doente.

Parabéns São Mateus! A oportunidade de retirar uma camarilha do poder é agora, mas é preciso ter cuidado para esta não ser substituída por outra que está ávida para votar.

Que as bênçãos de Deus caiam sobre a população, porque só São Mateus e São Benedito não estão dando conta de combaterem tanta corrupção no município.

Leia mais:  FAKE NEWS - Diretora Geral do HRAS Vanete Miguel Timóteo desmente portais de comunicação
Continue lendo

São Mateus

Eliezer foi a Brasília e gravou vídeo com o vice-presidente da República

Publicado

Hamilton Mourão declarou apoio à candidatura de Eliezer a prefeito de São Mateus

BRASÍLIA – O candidato a prefeito de São Mateus, Eliezer Nardoto (PRTB) esteve em Brasília onde gravou um vídeo com o vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), em que ele apoia a sua candidatura e o qualifica como um nome capaz de dignificar o mandato e bem representar a nova mentalidade política que a população tanto tem pedido.

Na oportunidade, Eliezer levou ao vice-presidente da República algumas importantes demandas do município como, por exemplo, a construção de três escolas cívico-militar sendo uma em Nestor Gomes, outra no centro da cidade e também no balneário de Guriri. Além da questão de segurança, Eliezer falou também sobre a importância e a necessidade do apoio ao agronegócio “que uma das mais importantes atividades econômicas do município” e ainda abordou a questão de infraestrutura de Guriri e “que para isso vai depender de recursos, principalmente por ser um balneário e o turismo é um dos focos do governo Bolsonaro e temos 43 quilômetros de praia, uma das mais bonitas do Espírito Santo e é preciso que façamos o seu desenvolvimento”, disse Eliezer.

Ainda segundo Eliezer, a recepção foi muito boa e o vice-presidente Mourão lembrou que esteve em São Mateus alguns anos atrás, quando houve exercícios militares na região e, naquela ocasião teve a oportunidade de o conhecer, pois era secretário de Planejamento da Prefeitura de São Mateus.

O candidato a prefeito também foi recebido pelo presidente nacional do PRTB, Levi Fidélis, que foi seu contemporâneo de seminário.

Leia mais:  Pré-candidatura de Eliezer vai ganhar reforço do vice-presidente da República Hamilton Mourão
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana