conecte-se conosco


São Mateus

Prefeitura, PM e entidades avaliam ações do Réveillon e planejam outras para o carnaval de Guriri

Publicado

Toda a atenção da Prefeitura de São Mateus para o carnaval de Guriri

Recentemente aconteceu encontro entre a Prefeitura de São Mateus, Polícia Militar e representante de associação e sindicato do balneário de Guriri para avaliar as ações que foram feitas durante o réveillon. Acertos e erros foram levantados para que outras ações sejam implementadas no período do carnaval no balneário mateense.

Questões de logística, sinalização pública, ambulâncias, transporte público, carros de som, descarte de garrafas de vidro, estacionamentos, segurança e outras questões pertinentes foram colocadas, inclusive a logística a ser planejada para os finais de semana em Guriri.

Para a maior parte da população questões tão relevantes não estão inseridas no cardápio a ser servido ao restante do município e não têm merecido a mesma atenção das autoridades municipais. São Mateus, nos últimos anos tem se resumido apenas a Guriri. Ali a Prefeitura executa obras para embelezar a orla, local onde os eventos patrocinados pela municipalidade e de interesse do chefe do executivo são realizados. O restante do bairro fica à mercê da sua própria sorte, principalmente a população como um todo, que se empenha para obter atendimento digno nos postos de saúde e outros setores que deveriam merecer a atenção da Prefeitura.

A cidade de São Mateus tem vivido momentos de muita insegurança e os assaltos, arrombamentos e furto de veículos se intensificaram criando um clima de terror em muitos moradores que, amedrontados se receiam de sair às ruas. “Existe uma total desorganização na cidade e as autoridades se reúnem para discutir carnaval enquanto a sociedade fica abandonada”, disse revoltado um morador do bairro Ideal que pediu para não ter seu nome publicado.

Procurada, como sempre, a Prefeitura de São Mateus não tem respostas para esses questionamentos.

Leia mais:  Reivindicado por Freitas, novo Hospital Roberto Silvares é confirmado por Casagrande
publicidade

São Mateus

Alerta de fortes chuvas para São Mateus

Publicado

O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), emitiu alertas de fortes chuvas para a cidade de São Mateus.

A previsão é de chuva entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, ventos intensos (60-100 km/h), com risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Mateenses ficaram estão em alerta desde a noite de ontem (20/01), após alguns telejornais noticiarem a previsão de fortes chuvas para a cidade.

Leia mais:  CPI dos Maus-tratos Contra Animais, da ALES, ouvirá na câmara o suspeito de matar um cachorro
Continue lendo

São Mateus

Nota sobre o Porto de São Mateus às comunidades do norte do Espírito Santo

Publicado

Uma notícia distorcida tem sido distribuída a sites informativos do interior do Espírito Santo e Minas Gerais dando conta de que foi negada pelo IEMA a licença ambiental para construção do Centro Portuário de São Mateus e que, com isso, o município pode perder o seu tão sonhado porto.
Em primeiro lugar, cabe esclarecer que não foi negada a licença ambiental para o projeto. O que há é um parecer de quatro técnicos do Instituto Estadual de Meio Ambiente contrários ao Estudo de Impacto Ambiental apresentado pela Petrocity Portos para a instalação do porto.
É importante salientar, no entanto, que do parecer cabem recursos, tanto à Diretoria do IEMA quanto ao Conselho Regional de Meio Ambiente e, segundo informações fornecidas pela Diretoria Executiva da Petrocity Portos, 95% das alegações apresentadas pelos técnicos estão eivadas de erros, que estão sendo refutados um a um no recurso preparado pela equipe técnica da empresa.
Há que se reconhecer as dificuldades para analisar um processo tão grande e complexo quanto o do Centro Portuário de São Mateus, que se difere dos demais projetos do segmento no Estado pela sua sofisticação tecnológica.
Diferentemente do que foi veiculado por um site noticioso de Vitória, a comunidade de Urussuquara não é contrária ao porto. Muito pelo contrário. Existe uma grande expectativa não apenas de Urussuquara, mas de toda a população de São Mateus, do Norte e Noroeste do Espírito Santo, e ainda Sul da Bahia e Leste de Minas pela construção do CPSM, pelas oportunidades de emprego e negócio que o empreendimento vai gerar, assim como pela transformação socioeconômica que promoverá.
Como chefe de um poder municipal, a Presidência da Câmara de São Mateus mantém-se alerta quanto a manobras que visem a prejudicar o crescimento e desenvolvimento econômico e social do município e de toda a região e faz eco à reivindicação das lideranças e da população em geral de que sejam agilizadas todas as providências para o início das obras deste projeto, que será a redenção de nosso Estado.
Vários contratos estão assinados, projetos aprovados, a área do CPSM reconhecida como área portuária pelas autoridades federais, e licenças já foram concedidas na instância municipal para a instalação das primeiras unidades de geração de energia.
Sendo assim, repudiamos as manobras feitas contra o CPSM e solicitamos que nossos líderes políticos e empresariais se unam em torno desta causa, impedindo que o Norte do Espírito Santo seja colocado à margem do novo momento que vive o Brasil. Pedimos socorro aos nossos representantes no Congresso Nacional para que, junto ao Governo Federal, assegurem apoio à construção da maior plataforma logística do Sudeste, constituída pelo Porto de São Mateus e pela Estrada de Ferro Minas-Espírito Santo.

Jorge Recla (Jorginho Cabeção)
Presidente da Câmara Municipal de São Mateus

Leia mais:  Funcionário da Petrobras recebe moção da Câmara e manifesta preocupação com plano de aposentadoria
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana