conecte-se conosco


Cidades

Qualificar ES abre mais 26 mil vagas em cursos on-line gratuitos com novidades

Publicado

O Programa Qualificar ES abre, nesta terça-feira (30), mais 26 mil vagas em cursos on-line gratuitos para a população capixaba. São 13 opções de cursos disponíveis, sendo oito novos e todos com novidades: os cursos foram remodelados e passam a oferecer uma nova proposta para as videoaulas, apostilas digitais e tutorias. 

A secretária de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti), Cristina Engel, explicou como a Secretaria investiu nos cursos a distância: “O futuro chegou mais cedo do que a gente esperava. Nós já tínhamos alguns cursos presenciais e on-line, que era nossa forma de atingir todo o Estado. Com a pandemia do novo coronavírus, nós verificamos que não podíamos manter os cursos presenciais, para respeitar o isolamento social, e ao mesmo tempo não poderíamos deixar de ofertar os cursos a distância, para dar uma oportunidade do cidadão se qualificar durante a quarentena”, enfatiza.

“Nossa equipe estudou novas abordagens de conteúdo para os cursos já existentes e os novos cursos, que atendessem a essa necessidade que, de repente, apareceu na vida de todo mundo. Nossa preocupação é de, além de ter um conteúdo mais adequado e em maior quantidade, também ser uma atividade mais atraente para o cidadão”, afirmou Cristina Engel.

O edital de seleção já está disponível para consulta no site do Programa (www.qualificar.es.gov.br) e pode ser acessado clicando aqui. As inscrições iniciam nesta terça-feira (30) e encerram no dia 15 de julho, e devem ser feitas no site do Qualificar ES. De acordo com o edital, os requisitos para participar do processo seletivo são:

  • Ter idade mínima de 16 anos;
  • Ter acesso à internet;
  • Ter noções básicas de informática e de navegação na internet.

O candidato pode se inscrever em dois cursos e a seleção será realizada pela ordem de inscrição no site. O resultado será divulgado no dia 29 de julho também no site do Qualificar ES.

Os cursos acontecem no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), no site do Programa, por meio de videoaulas, apostilas digitais e tarefas. As aulas podem ser feitas de qualquer lugar do Estado e em qualquer horário, por meio de smartphones, tablets e computadores. Os alunos aprovados no curso recebem certificação.

O Programa é desenvolvido pela Secretaria da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti) e essa é a terceira vez que oferece cursos a distância gratuitos em 2020.

Novidades nos cursos

Nesta oferta, os cursos foram remodelados para serem mais atrativos. As videoaulas possuem novo cenário, mais dinamismo e maior quantidade de conteúdo por módulo. Já para as apostilas foi planejado um novo design gráfico, deixando o conteúdo mais atrativo, ilustrativo e com fácil leitura, especialmente para aqueles que fazem os cursos pelo celular. Outra novidade é o retorno das tutorias on-line, que permite que os alunos recebam uma mediação pedagógica constante enquanto estudam.

Cursos:

 

CURSOS CARGA HORÁRIA VAGAS
Agente Epidemiológico 120h 2000
Assistente de Tecnologia da Informação 120h 2000
Auxiliar Administrativo 120h 2000
Bolos e Suas Variações 120h 2000
Criação e Edição de Videoaulas com Aplicativo Gratuito 120h 2000
Design de Sobrancelhas 120h 2000
Digital Influencers: Marketing de Influência 120h 2000
E-Commerce 120h 2000
Formação de Tutores EaD 120h 2000
Inglês Intermediário 120h 2000
Maquiagem 120h 2000
Panificação 120h 2000
Tecnologias Educacionais 120h 2000
TOTAL 26.000

 

Leia mais:  Majeski aciona MPF contra crimes ambientais na Baía de Vitória

 

  

INSCRIÇÃO

 

RESULTADO

 

INÍCIO DAS AULAS

 

TÉRMINO AULAS

 

30/06/2020 a 15/07/2020

 

29/07/2020

 

11/08/2020

 

09/10/2020

publicidade

Cidades

Mapa de Risco: município de Linhares e outras seis cidades entram para o risco alto

Publicado

Além disso, saem do risco alto os municípios de Afonso Cláudio, São Roque do Canaã e Vila Valério

A partir desta segunda-feira (6) entra em vigor o novo Mapa de Risco da covid-19 do Espírito Santo, que é valido até domingo, dia 12. Nesta semana, 41 cidades estão com risco alto e outras 37 em risco moderado. 

Entram para o risco alto: Águia Branca, Bom Jesus do Norte, Iconha, Linhares, Marilândia, Montanha e Santa Leopoldina. Os municípios que entraram em risco alto permanecem por 14 dias. Ale´m disso, saem do risco alto os municípios de Afonso Cláudio, São Roque do Canaã e Vila Valério.

A estratégia de mapeamento de risco teve início no dia 20 de abril, considerando apenas o coeficiente de incidência. No dia 04 de maio, foi inserida a matriz de risco como ferramenta do mapa de risco, constando o coeficiente de incidência e taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). 

Já em 18 de maio, a matriz de risco foi ampliada com a inserção da taxa de letalidade, índice de isolamento social porcentagem da população acima de 60 anos.

O mapa de risco segue orientações dos boletins epidemiológicos do Ministério da Saúde e recomendações da equipe de especialistas do Centro de Comando e Controle, composta pelo Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo (CBMES), Defesa Civil, Secretaria da Saúde (SESA), Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e Resultados da pesquisa do Instituto Federal do Espírito Santo (IFES). As decisões adotadas no ES seguem parâmetros técnicos.

Leia mais:  Procon Estadual dá dicas para a compra de material escolar
Continue lendo

Cidades

ES Solidário alcança marca de 100 toneladas de cestas básicas doadas no Estado

Publicado

O ES Solidário atingiu a marca de 100 toneladas de cestas básicas doadas para famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica de norte a sul do Espírito Santo. O programa integra as ações sociais do Governo do Estado, desenvolvidas em decorrência da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

Durante o mês de junho, foram entregues 1.669 cestas básicas e 399 kits de higiene e limpeza nos municípios de Aracruz, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Fundão, Guarapari, Ibiraçu, João Neiva, Muniz Freire, Serra, Vila Velha e Vitória.

Os donativos são recebidos por meio de doações feitas por empresas e pela sociedade civil. Contribuições em dinheiro são usadas para a compra de alimentos e outros itens essenciais.

A secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, frisou ainda que o ES Solidário também recebe e repassa outros tipos de doações, que são importantes nesta época de pandemia, como fraldas descartáveis, máscaras e álcool 70%.

“Isso faz com que a gente atinja um maior número de pessoas e algumas doações específicas têm permitido que a gente alcance aquelas que possuem necessidades diferenciadas. O ES Solidário é um programa que vem crescendo graças à parceria da sociedade civil e de empresas que abraçam a causa”, explicou Nara Borgo.

ES Solidário em números

Leia mais:  Governo do Estado e municípios capixabas recebem R$ 260 milhões da cessão onerosa

O programa atende às demandas por meio de solicitações feitas por municípios, coletivos, associações e igrejas com ações sociais, que direcionam as doações de donativos às famílias em situação de pobreza e extrema pobreza. Os repasses são feitos em parceria com o Corpo de Bombeiros, responsáveis pela logística de entrega.

Desde o início do programa, foram arrecadadas e distribuídas 10.484 cestas básicas, 4.595 kits de higiene e limpeza, 351 pacotes de fraldas geriátricas, 210 frascos de álcool em gel, 938 máscaras, além de 4.646 itens avulsos. No total, até o momento, famílias de 39 cidades capixabas foram atendidas pelo ES Solidário.

Como doar

As cestas básicas, kits de higiene pessoal e de limpeza podem ser entregues em uma das 17 bases operacionais do Corpo de Bombeiros Militar em todo o Estado ou nas unidades da Defesa Civil nos municípios. Há também uma campanha de arrecadação em cinco terminais da Grande Vitória:

  • Terminal Ibes
  • Terminal Jardim América
  • Terminal Campo Grande
  • Terminal Carapina
  • Terminal Laranjeiras

O programa ainda tem uma parceria com o PicPay. Para fazer sua contribuição, basta baixar o aplicativo, procurar o @essolidario e fazer sua doação na quantia que desejar.

É possível também fazer doações em dinheiro, por meio de Documento Único de Arrecadação (DUA) ou depósito em conta bancária do Governo do Estado, além da doação de serviços comuns, bens móveis ou imóveis, licenças de softwares e o comodato em favor de órgãos e entidades da Administração Pública Estadual, enquanto perdurar o Estado de Emergência em Saúde Pública.

Saiba mais informações sobre como doar em: https://coronavirus.es.gov.br/ESsolidario.

Leia mais:  Vítima fatal da covid-19 no ES era hipertenso e obeso
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana