conecte-se conosco


Política e Governo

Qualificar ES forma turmas da última oferta de cursos presenciais de 2019

Publicado

Investir no potencial da educação profissional como instrumento de transformação social. Com esse objetivo, o Qualificar ES realizou a formatura de mais de 3 mil alunos da terceira e última oferta de vagas de cursos presenciais do Programa em 2019. O evento aconteceu na manhã desta terça-feira (17) no Centro Estadual de Educação Técnica (CEET) Vasco Coutinho, em Vila Velha, e contou com a presença do governador Renato Casagrande.

Na ocasião, foram entregues certificados de conclusão de curso a todos os concluintes presentes. Estudantes representantes de cada município participante desta oferta também receberam das mãos do governador certificados simbólicos em nome de todos os alunos de seu município. Nesta oferta, os municípios de Aracruz, Cariacica, Conceição da Barra, Guarapari, João Neiva, Santa Leopoldina, Serra, Viana, Vila Velha e Vitória ofereceram 5.690 vagas de cursos presenciais.

Casagrande lembrou que os cursos abrem as portas para oportunidades e que já foram entregues 42 mil diplomas este ano. “Tomar a decisão de fazer o curso já muda o mundo de quem tomou essa atitude. O curso não garante emprego, mas abre portas para as oportunidades. É um passaporte para segurar as oportunidades que possam aparecer. Os cursos têm carga horária, em média, de 120 horas, garantindo que a pessoa se prepara bem. E a qualificação não é apenas para arrumar emprego, pois a grade curricular carrega uma forte dose de empreendedorismo, então muitos se formam e começam a empreender”, disse.


A secretária de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional, Cristina Engel, avaliou que a formatura da terceira oferta de cursos presenciais demonstra o compromisso do Qualificar ES em promover a profissionalização e a inclusão social da população no atual mercado de trabalho.


“Nós estamos comprometidos em oferecer à população chances de profissionalização e sabemos que é a partir da educação que podemos contribuir para a redução das desigualdades, principalmente, nos desafios que enfrentamos economicamente no País. Por isso, além de oferecermos a formação técnica, trabalhamos aspectos comportamentais do empreendedorismo”, ressaltou.

A oradora da cerimônia, Jaqueline dos Santos, de 18 anos, está iniciando sua carreira profissional e decidiu realizar o curso de Auxiliar de Departamento Pessoal. Jaqueline, que atuou como menor aprendiz em serviços de supermercado durante o Ensino Médio, afirmou que sua escolha se baseou, além de seu interesse e identificação, em oportunidades que enxerga na área.

“Vejo muitas dificuldades no mercado de trabalho hoje. Com o curso, acredito que conseguirei oportunidades de atuação e de crescimento. O Qualificar ES me ajudou muito. Lembro de uma reflexão muito importante sobre plano de carreira no primeiro dia de aula. Nós devemos projetar o que desejamos para nossas carreiras em vez de depender apenas das decisões empresariais. Essa reflexão mudou minha postura profissional”, destacou.

O formando do curso de Informática Rubem Moraes, de Santa Leopoldina, é participante e militante da cultura hip hop há quase 30 anos. Para expressar seu agradecimento à oportunidade de profissionalização por meio do Qualificar ES, Rubem produziu um rap sobre o Programa. White Jay, como é conhecido, defende que o Programa é essencial para a formação de moradores de seu município, principalmente por ser do interior do Estado.

“A gente precisa de formação aqui na região. Por ser uma cidade pequena, a gente não tem muita oportunidade de trabalho e, muitas vezes, surgem oportunidades e não temos certificação para concorrer às vagas. O rap para mim é a expressão viva da linguagem do povo. Então, nada mais justo do que fazer uma homenagem para esse projeto, que é tão importante”, afirmou Moraes.

Cursos semipresenciais e on-line

Leia mais:  Plenário aprova custeio de exames por planos de saúde

Na terceira oferta do Programa, foram oferecidas 10.500 vagas de cursos on-line e 300 vagas de cursos semipresenciais. As aulas para tais modalidades permanecem até 21 de dezembro. 

Acreditar ES

Em outubro deste ano, o Governo do Estado lançou o projeto Acreditar ES, por meio de uma parceria entre a Secretaria da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti) e a Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes). A iniciativa oferece uma linha de crédito voltada especificamente aos alunos do Qualificar ES para financiamento de novos empreendimentos.

Para ter acesso ao benefício, o aluno deve apresentar um plano de negócios. A linha de crédito é de até R$ 3 mil, com até 30 meses para pagar e taxa de 1,1% a.m.

publicidade

Política e Governo

Estado será o primeiro no país a ter contrato de descomissionamento de plataformas de petróleo com a Petrobras

Publicado

O secretário de Estado de Desenvolvimento, Marcos Kneip, abordou o tema “Descomissionamento de Plataformas”, nesta terça-feira (27), durante sua participação no “Fórum “Oil & Gas Week 2020 Espírito Santo”. Na ocasião, as potencialidades do Estado foram destaque. O evento está sendo realizado pela Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), por meio do Fórum Capixaba de Petróleo e Gás, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Mais de 200 participantes acompanharam a apresentação conduzida pelo secretário de Estado de Desenvolvimento, Marcos Kneip, que durante sua fala afirmou que o Espírito Santo é pequeno em extensão territorial, mas imenso em oportunidades.

“O Estado vem enfileirando rankings que transmitem segurança para quem quer empreender. Aqui mantemos o diálogo constante, republicano e transparente com os empresários. Somos nota A, de acordo com o Tesouro Nacional; 64% do PIB brasileiro está dentro de um raio de 1000 quilômetros da capital; somos o oitavo estado que mais exporta no Brasil, de acordo com o Ministério da Economia; temos a melhor nota no Ensino Médio no País, segundo o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Estamos em quarto lugar em eficiência dos estados e ocupamos a quinta colocação em competitividade. E queremos ir mais longe”, afirmou.

O Estado será o primeiro do País a ter contrato de descomissionamento marítimo com a Petrobras e o início dos trabalhos está previsto para o mês de novembro. “A estimativa é que nos próximos cinco anos sejam contratados R$ 26 bilhões em serviços de descomissionamento somente pela Petrobras. Neste contexto, podemos oferecer: apoio marítimo, matéria-prima, manutenção preventiva e corretiva e estaleiro, comercialização de sucata, serviços submarinos, mão de obra qualificada e incentivos fiscais”, concluiu Kneip.

A especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental da Secretaria de Desenvolvimento (Sedes), Fernanda Orletti, apresentou um panorama técnico sobre o descomissionamento de plataformas.

Participaram do evento o diretor técnico do Sebrae/ES, Luiz Henrique Toniato; a diretora geral da Organização Nacional da Indústria do Petróleo (ONIP), Karine Fragoso; e o gerente geral de descomissionamento da Petrobras, Eduardo Zacaron.

Oil & Gas Week 2020 Espírito Santo

O evento visa a criar e conectar negócios entre empresas, aproximar players e possíveis parceiros, divulgar as competências do Estado do Espírito Santo, atrair investidores e promover conhecimentos e oportunidades no setor. Empresas, fornecedores, entidades e associações de P&G, profissionais e estudantes do setor, startups e empresas de base tecnológica, farão parte do público participante dos Seminários e Rodadas de Negócios promovidas na ocasião.

Leia mais:  Deputado Freitas é o novo líder de Casagrande na Assembleia Legislativa
Continue lendo

Política e Governo

Governo do Estado lança primeiro portal específico para desaparecidos do País

Publicado

O governador do Estado, Renato Casagrande, lançou, na manhã desta terça-feira (27), o Portal de Pessoas Desaparecidas. Criado pela Gerência do Disque-Denúncia 181, da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), a ferramenta torna o Espírito Santo pioneiro no Brasil em uma solução tecnológica, eficaz e transparente para tratar do tema. Essa é mais uma ação dentro do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, que visa à redução da violência no Espírito Santo.

A nova ferramenta está disponível no link https://disquedenuncia181.es.gov.br/desaparecidos e vai contar com as informações completas das vítimas, como a imagem da pessoa, qualificação, local do desaparecimento, idade atual e número do boletim de ocorrência relacionado ao fato, que poderá ser feito de maneira on-line.

Casagrande destacou a eficácia do serviço Disque-Denúncia 181 na resolução de crimes e agora também na localização de pessoas desparecidas. “É um instrumento de contato direto e seguro com o cidadão, que colabora preservando sua identidade. Agora o Disque Denúncia dá mais um passo. Você pode, do seu computador ou celular, divulgar que uma pessoa está desaparecida. As pessoas que lidam com esse assunto no dia a dia precisam de uma fonte segura. As fotos são protegidas e a ferramenta permite que a gente encontre mais pessoas e diminua o sofrimento das famílias”, pontuou.

O novo portal vai dar visibilidade aos desaparecidos e, ao mesmo tempo, criar um canal que possibilita o recebimento de denúncias para auxiliar o trabalho das Polícias. Por meio de uma API (Application Programming Interface), que foi criada e integrada com o sistema de registro de ocorrências policiais que versam sobre desaparecimento, será possível que os dados do BO sejam exibidos automaticamente no site, sem necessidade de nenhuma ação humana.

O governador reforçou a importância do uso da tecnologia na prevenção de crimes, além da maior integração entre as forças de segurança. “Queremos que o trabalho seja único. Essa integração é necessária para que a gente reforce nossa ação. Estamos próximos de lançar o edital do Cerco Inteligente, inicialmente na Região Metropolitana. Estamos dentro de um trabalho de reestruturação desde que assumimos o Governo, com a contratação de efetivo policial, investimentos em infraestrutura e na compra de equipamentos, armamentos e viaturas. A criminalidade avança nos seus métodos e temos que avançar para estarmos sempre um passo à frente”, afirmou.

O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, Alexandre Ramalho, destacou que o portal contribuirá para a elucidação de casos de desaparecimentos. “Quando nós lançamos um site seguro, e possibilitamos que imediatamente após o registro da ocorrência que esses dados sejam inseridos numa ferramenta tecnológica que toda a população capixaba possa interagir como já tem interagido nas questões da criminalidade, nós dialogamos diretamente com o sofrimento dessas famílias”, frisou.

Essa iniciativa proporciona visibilidade às vítimas de desaparecimento e permite que a sociedade colabore com as forças de segurança, fornecendo informações sobre as pessoas desaparecidas por meio virtual, com a possibilidade de inserção de fotos e/ou vídeos, aumentando a eficiência na apuração.

“A grande inovação, além de o Disque Denúncia emprestar toda a credibilidade conquistada ao longo desses 19 anos de funcionamento, é permitir que logo após o registro do desaparecimento, seja presencialmente numa Delegacia de Polícia ou pela internet, por meio da Delegacia On-line, a foto, a qualificação dessa pessoa, o local de desaparecimento, a idade e o número de boletim relacionado ao fato sejam exibidos automaticamente no site do Disque Denúncia, sem necessidade de ação humana”,  explicou o gerente do Disque-Denúncia 181 delegado Paulo Expedicto Amaral.

Desse modo, a sociedade capixaba ganha um sistema de informação de grande relevância social e que não existe em nenhum outro lugar do Brasil, disponível a qualquer hora, com garantia de qualidade e segurança.

Ainda durante a solenidade de lançamento do portal, o governador também parabenizou a ação da Sesp e das forças policiais na resolutividade dos crimes, nas operações e destacou a importância da Delegacia Especializada de Armas e Munições (Desarme) para retirada de armas das mãos dos criminosos.

“Gostaria de parabenizar a Polícia Militar e a Polícia Civil, em nome do secretário Ramalho, que realizou hoje [terça-feira] outra operação que produziu resultados. Queria destacar o número de armas apreendidas pela Polícia Militar. Montamos a Desarme para trabalhar nesse assunto de armas e munições e retirar das mãos dos criminosos. Temos que estruturar cada vez mais a Desarme para identificar de onde vêm essas armas. Tenho plena convicção da capacidade da Polícia Civil na identificação dos criminosos e na Polícia Militar, que vem fazendo operações ostensivas fundamentais”, disse Casagrande.

Leia mais:  Governador anuncia diferimento do ICMS nas importações de milho para produtores capixabas
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana