conecte-se conosco


Internacional

Rainha concorda com ‘período de transição’ de Harry e Meghan

Monarca disse que dá ‘apoio incondicional’ ao casal, que vai se dividir entre o Canadá e o Reino Unido, mas preferiria que eles continuassem na família

Publicado

A rainha concordou em dar um “tempo de transição” para o príncipe Harry e Meghan Markle, que vão passar um tempo vivendo entre o Canadá e o Reino Unido. A duquesa, inclusive, já está no país.

Elizabeth II disse em comunicado que dá “apoio incondicional” ao desejo dos dois de abdicar funções reais, mas “preferiria que eles continuassem trabalhando em tempo integral para a Família Real”.

Leia abaixo o comunicado da rainha:

Hoje minha família teve uma conversa construtiva sobre o futuro de meu neto e sua família.

Minha família e eu damos apoio incondicional ao desejo de Harry e Meghan de criarem uma nova vida como uma jovem família. Ainda que nós preferiríamos que eles continuassem trabalhando em tempo integral como membros da Família Real, nós respeitamos e entendemos o desejo deles de viver uma vida mais indepedente como família e ainda serem uma parte valiosa da minha família. 

Harry e Meghan deixaram claro que eles não querem depender dos fundos públicos em suas novas vidas.

Dessa forma, foi decidido que haverá um período de transição em que o duque e a duquesa de Sussex vão permanecer no Canadá e no Reino Unidos.

Esses são assuntos muito complexos para minha família resolver. e temos muito trabalho pela frente, mas pedi que decisões finais sejam tomadas nos próximos dias.

Leia mais:  Mais jovem a testar positivo para Covid-19 está "fora de perigo'

publicidade

Internacional

Com clima favorável, nave tripulada parte em direção à Estação Espacial

Publicado

Lançamento histórico foi transmitido em tempo real. Astronautas Hurley e Behnken partiram na Crew Dragon graças a parceria entre a Nasa e a SpaceX

Com clima favorável e uma torcida animada na internet, a cápsula espacial Crew Dragon partiu neste sábado (30) em direção à Estação Espacial Internacional, levando dois tripulantes. O lançamento histórico da nave ocorreu graças a uma parceria entre a Nasa (Agência Espacial norte-americana) e a SpaceX, do bilionário Elon Musk. 

O lançamento foi transmitido ao vivo no canal oficial da Nasa no YouTube.

A nave partiu em segurança e os astronautas Douglas Hurley e Robert Behnken já estão a caminho da Estação Espacial na elegante cápsula Crew Dragon, o primeiro veículo de Musk a ir para o espaço, após anos de pesquisas e testes.

Os tripulantes passarão uma temporada na Estação Espacial. Desde 2011, quando aposentaram a Space Shuttle, nenhuma nave tripulada havia partido do Kennedy Space Center, no cabo Canaveral, em direção ao espaço até este sábado.

O presidente norte-americano Donald Trump, acompanhou o lançamento.

Leia mais:  'Sol artificial' vai começar a funcionar na China em 2020
Continue lendo

Internacional

Macacos atacam agentes de saúde e pegam amostras de sangue com coronavírus na Índia

Publicado

Os macacos vêm adentrando cada vez mais em assentamentos humanos, causando distúrbios, chegando a atacar pessoas. Ambientalistas dizem que a destruição do habitat natural é a principal razão para eles migrarem para áreas urbanas em busca de alimento.

Um grupo de macacos atacou um profissional de saúde e pegou amostras de sangue de pacientes que tiveram diagnóstico positivo do coronavírus na Índia, disseram autoridades nesta sexta-feira.

O ataque ocorreu nesta semana quando um técnico de laboratório percorria o campus de uma universidade médica estatal de Meerut, situada 460 quilômetros ao norte de Lucknow, capital do Estado de Uttar Pradesh.

“Macacos agarraram e fugiram com as amostras de sangue de quatro pacientes de Covid-19 que estão em tratamento… tivemos que tirar amostras de sangue de novo”, contou o douto S. K. Garg, uma autoridade graduada da universidade.

As autoridades disseram que não têm certeza se os macacos derramaram as amostras de sangue, mas pessoas que moram perto do campus arborizado temem uma disseminação ainda maior do vírus se os macacos levarem as amostras para áreas residenciais.

Garg disse que tampouco está claro se os animais podem contrair o coronavírus se tiverem contato com sangue infectado.

“Não tem se encontrado indícios de que macacos podem contrair a infecção”, disse Garg à Reuters.

Acredita-se que o vírus passou de animais para pessoas no mercado de animais silvestres da cidade chinesa de Wuhan no final do ano passado.

A Índia teve 165.799 casos de coronavírus e 4.706 mortes até agora.

Os macacos vêm adentrando cada vez mais em assentamentos humanos da Índia e causando distúrbios, chegando a atacar pessoas. Ambientalistas dizem que a destruição do habitat natural é a principal razão para eles migrarem para áreas urbanas em busca de alimento.

Leia mais:  Astronauta Christina Koch fica 288 dias no espaço e bate recorde
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana