conecte-se conosco


Internacional

Senado paraguaio cassa senador que pediu morte de brasileiros

Publicado

Paraguayo Cubas Colomés, que apareceu em vídeo defendendo a morte de 100 mil brasileiros e agredindo policiais foi afastado do cargo

O senador paraguaio Cubas Colomés, que no início da semana apareceu em um vídeo defendendo a morte de “pelo menos 100 mil brasileiros” e agredindo dois policiais no leste do país, foi cassado pelo Senado do Paraguai na noite de quinta-feira (28).

A decisão foi tomada também porque essa seria a terceira sanção contra o senador por mau comportamento. Cubas Colomés, que já havia sido suspenso outras duas vezes por agressão, representava o partido Movimento da Cruzada Nacional, de extrema-direita, que combate a presença de estrangeiros no país.

A cassação teve o apoio de 23 dos 45 senadores da casa, com apenas um voto contra, 3 abstenções e 18 ausências, incluindo o próprio senador cassado.

A saída de Cubas Colomés havia sido pedida pelo ministro do Interior do Paraguai, Euclides Acevedo, que condenou as agressões cometidas pelo senador em uma carta dirigida ao Parlamento.

Entenda o caso do senador

O senador Paraguayo Cubas Colomés esteve na última segunda-feira (25) em Minga Porã, no departamento do Alto Paraná, depois que três caminhões com árvores recém-derrubadas foram parados pela população local. Ele acusou brasileiros moradores da região de terem cortado as árvores.

“Esses brasileiros são bandidos, invasores. Estão desmatando o país. Temos que matar aqui pelo menos 100 mil brasileiros”, diz Cubas Colomés a seus apoiadores.

Leia mais:  Ataque com faca em sede da polícia em Paris deixa cinco mortos
publicidade

Internacional

Papai Noel anônimo dá dinheiro a passageiros de ônibus

Publicado

Empresário, que não revela sua identidade, recrutou motoristas da cidade para ajudá-lo na entrega de US$ 100, US$ 200 e até US$ 300 a estranhos

Um empresário de Milwalkee, nos Estados Unidos, resolveu dar dinheiro aos passageiros dos ônibus urbanos da cidade como presente de Natal. A história do Papai Noel norte-americano, que faz questão de se manter anônimo, foi contada pela rede de TV CBS News. 

O empresário costuma fazer viagens pelo país distribuindo US$ 100, US$ 200 e até US$ 300 a estranhos. Desta vez, ele recrutou motoristas do Sistema de Trânsito do Condado de Milwaukeede para ajudá-lo na entrega do dinheiro.

Segundo a CBS, em um só dia, cinco motoristas entregaram milhares de dólares em notas de cem.

A bondade impressionou os moradores de Milwalkee. “Eu disse o quê? Isso é um sonho ou algo assim”, disse um passageiro após o presente. 

“Foi uma ótima experiência. Vou guardá-la pelo resto da vida”, acrescentou um dos motoristas.

Antes das viagens e da entrega dos presentes, o empresário afirmou à TV que os ônibus se tranformariam no “maior trenó que já tivemos”. “Se você se sentir um pouco deprimido, saia e faça algo gentil com alguém”, ensinou o Papai Noel anônimo.

Leia mais:  Hong Kong estuda restringir internet para evitar protestos
Continue lendo

Internacional

Homem mata 3 em base naval na Flórida e é morto em seguida

Suspeito, segundo fontes, seria um soldado saudita em treinamento. É o segundo caso de tiros em base militar americana esta semana. Na quarta (4), um marinheiro matou duas pessoas em Pearl Harbor, suicidando-se em seguida.

Publicado

Um homem matou três pessoas a tiros e feriu outras na base de aviação naval de Pensacola, na Flórida (EUA), na manhã desta sexta-feira (6). Em seguida, ele foi morto após trocar tiros com dois agentes, informou o xerife local.

Um hospital afirmou que recebeu pessoas relacionadas ao incidente. A base foi fechada pelas autoridades.

Fontes de Defesa disseram à imprensa que o suspeito é um soldado saudita que estava na base para treinamento, o que ainda não foi divulgado oficialmente.

A polícia e a segurança da base começaram a receber ligações sobre o tiroteio por volta das 6h30 da manhã (hora local). Os fatos ocorreram em uma das áreas de treinamento da base.

Leia mais:  Pela primeira vez, água é detectada em um planeta que fica em "zona habitável"
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana