conecte-se conosco


Camisa 10

Sesport divulga lista com 116 contemplados para o programa Bolsa Atleta 2019

Publicado

Respeitando o prazo de avaliação que se encerra nesta sexta-feira (07), a Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport) divulga os nomes que serão contemplados pelo programa Bolsa Atleta deste ano. Das 130 bolsas que serão distribuídas pela secretaria, 116 já foram destinadas a atletas e paratletas, sendo 28 para aqueles que se inscreveram na categoria estudantil, 72 para a nacional, 14 internacional e duas olímpicas. A lista completa pode ser acessada aqui e terá sua publicação na segunda-feira (10) no Diário Oficial do Estado.  

Com o intuito de alcançar o número de benefícios previstos, a Sesport vai abrir um novo edital para preencher 13 vagas remanescentes da categoria estudantil. Já uma vaga entre os contemplados olímpicos está suspensa, pois uma atleta encontra-se sub judice.

As inscrições para o edital complementar devem iniciar a partir do dia 21 de fevereiro, após a divulgação do resultado final desta primeira fase, que está prevista para ser finalizada no dia 20 de fevereiro.

Aqueles que não foram contemplados neste primeiro edital e desejarem entrar com recursos terão um prazo de três dias úteis, a contar da próxima segunda-feira (10). A documentação deve ser protocolada e entregue na sede da Sesport, localizada na Rua Coronel Schawb Filho, S/N, em Bento Ferreira, Vitória, no horário entre 9h e 17h.

Dentre os beneficiados, a modalidade com maior número de inscrições consideradas habilitadas foi o atletismo, com 12 esportistas, seguido por handebol e vôlei de praia, ambos com 10 contemplados. Foram considerados inabilitados 54 atletas devido à falta de documentação. Além desses, uma lista de espera conta com 29 nomes, para que, caso haja alguma desclassificação, sejam analisados para aprovação.

O secretário de Estado de Esportes e Lazer, Júnior Abreu, comentou sobre a importância do benefício e sobre a abertura de um edital complementar. “Para o Estado é crucial este incentivo ao esporte de alto rendimento, pois esse estímulo contribui para que nossos esportistas continuem treinando e se dedicando. Em 2020, estamos ampliando o número de vagas em relação ao ano anterior. E agora teremos este segundo edital, que é mais uma chance para que os atletas busquem seu benefício”, afirmou Abreu.

Bolsa Atleta

Em 2019, a Sesport aplicou uma verba de quase R$ 2 milhões para contemplar cerca de 117 atletas. Para o ano de 2020, a Secretaria visa, com um investimento de R$ 2,1 milhões, beneficiar 130 atletas, de diversas modalidades.

Leia mais:  São Paulo atrasa pagamento de salários e direitos de imagem de jogadores do elenco profissional
publicidade

Camisa 10

Globo rescinde contrato com o Campeonato Carioca após transmissão do Flamengo pelo Youtube

Publicado

Com a decisão alegando quebra de contrato, a emissora deixará de transmitir jogos da competição do Rio de Janeiro

Após o Flamengo transmitir o duelo contra o Boavista no Youtube do clube, a TV Globo anunciou, no início da tarde desta quinta-feira (2/7), que rescindiu o contrato de transmissão do Campeonato Carioca. Emissora alega que tomou a decisão “após quebra da exclusividade prevista no contrato, mas decide pagar aos clubes valores previstos para este ano.”

A emissora afirma, em nota, que, apesar da rescisão, vai manter os pagamentos previstos para este ano. “Os clubes com contrato e a Ferj foram informados da decisão na manhã desta quinta”, diz. A empresa tinha contrato de exclusividade da competição com 11 clubes, exceção é o Flamengo.

O Flamengo usou a Medida Provisória 984, editada por Jair Bolsonaro no último dia 18, os clubes mandantes têm poder de decidir o destino dos direitos de transmissão dos jogos de que participam.

Sem acordo prévio com a maior emissora de TV do país, o time rubro-negro optou por exibir, ao vivo na internet, o confronto contra o Boavista, válido pela quinta rodada da Taça Rio, nessa quarta-feira (1/7), no Maracanã. 

O evento transmitido por canal e páginas do clube em três plataformas, o rubro-negro somou mais de 2 milhões de dispositivos conectados para visualizar a partida. 

Leia na íntegra a nota da Globo:

“A Globo anunciou hoje que não vai mais transmitir o Campeonato Carioca. A emissora rescindiu o contrato que mantinha com a Federação de Futebol do Rio de Janeiro e com os Clubes, mas manterá os pagamentos desta temporada.

No entendimento da Globo, o contrato foi violado ontem, quando a FlaTV exibiu ao vivo a partida entre Flamengo e Boavista. De acordo com o contrato, a Globo tinha exclusividade na transmissão dos jogos do Campeonato Carioca. A Federação e onze Clubes assinaram o compromisso. A exceção foi o Flamengo. Na ocasião da assinatura e por várias temporadas em que o contrato foi cumprido, a legislação brasileira previa que, para a transmissão de qualquer partida, era necessária a obtenção de direitos dos dois Clubes envolvidos. Legalmente, ninguém poderia transmitir os jogos do Flamengo no Carioca e só a Globo poderia transmitir os demais.

No dia 18 de junho, a Presidência da República editou a Medida Provisória 984, passando ao mandante dos jogos os direitos de transmissão. O Flamengo se baseou nessa MP para transmitir a sua partida ontem no Maracanã. A Globo entende que a Medida Provisória não poderia alterar um contrato celebrado antes de sua edição e protegido pela Constituição.

Como a Federação de Futebol do Rio de Janeiro e os demais Clubes não foram capazes de garantir a exclusividade prevista no contrato, não restou à Globo outra alternativa além da rescisão e o encerramento das transmissões dos jogos do Carioca – incluindo os três jogos de hoje que encerram a quinta rodada da Taça Rio e que seriam exibidos no Sportv e no Premiere.

A Globo é parceira e incentivadora do futebol brasileiro há muitas décadas e entende a importância do esporte para Clubes, jogadores, marcas e torcedores. Exatamente por isso, apesar da decisão de rescindir o contrato imediatamente, a Globo está disposta a fazer os pagamentos restantes desta temporada, em nome da sua parceria histórica com o futebol e da sua boa relação com as equipes. Mas acredita que o futebol só será capaz de vencer as inúmeras dificuldades com planejamento e segurança jurídica para aqueles que investem altas quantias nesse negócio tão importante para o Brasil e para os brasileiros.”

Leia mais:  Criatividade e tecnologia em ação na volta do futebol na Dinamarca
Continue lendo

Camisa 10

Globo estuda pedir trégua. E pagar ao Flamengo pela decisão do Carioca

Publicado

Derrota do Fluminense encurralou de vez a Globo. Se o Flamengo vencer seus três jogos, com dois mandos garantidos, ganha o Carioca

O fraquíssimo desempenho do Fluminense, na vergonhosa derrota para o Volta Redonda por 3 a 0, repercutiu.

Não só nas Laranjeiras.

Com o questionamento em relação a Ganso, Egídio, Fred e Odair Hellmann.

O resultado trouxe muito mais pressão à cúpula da Globo.

Por uma situação simples.

O Flamengo pode ser bicampeão carioca com mais apenas três partidas.

Com a derrota do Fluminense, o clube da Gávea, que não levou a sério, poupou seus titulares, mesmo assim venceu a Taça Guanabara, é o clube com mais pontos na classificação geral.

Basta então vencer o Boavista, quarta-feira.

Ganhar o jogo único da semifinal, que já está classificado como primeiro no seu grupo, antecipadamente, e tem até o benefício do empate.

E superar o adversário da final da Taça Rio.

Três vitórias e o Carioca está acabado.

Para piorar, o Flamengo terá o mando garantido das partidas contra o Boavista, por tabela, e da semifinal, como primeiro de seu grupo.

Ou seja, poderá usufruir da Medida Provisória 948, que permite ao clube mandante transmitir seus jogos.

E ainda, se chegar à final da Taça Rio, a Ferj sorteia o mando.

Ou seja, o Flamengo pode ficar com o direito de transmitir suas próximas três partidas e desmoralizar o contrato assinado entre a Globo e todos os outros clubes do Carioca.

A Globo já entrou na justiça para tentar impedir o Flamengo de transmitir seu jogo contra o Boavista.

Pediu tutela antecipada do jogo.

O Flamengo já se defendeu.

E os dirigentes garantem estarem preparados para a transmissão do jogo pela FlaTV.

Estão acertando até patrocinadores para a partida no seu canal no youtube.

Prometem fazer o mesmo para semifinal e final da Taça Rio, que pode significar o fim do Carioca.

A tensão é tão grande na Globo que já há uma dissidência entre os executivos da  emissora.

Eles propõem uma saída honrosa.

Ou seja, que a emissora ceda.

E faça acordo específico para o Flamengo até o fim do Carioca.

Pagando por partida, com se fosse cachê.

Os dirigentes flamenguistas se mostram abertos.

Desde que a Globo pague algo como R$ 10 milhões por jogo.

Os dirigentes dos outros três grandes clubes cariocas, Fluminense, Botafogo e Vasco acompanham com interesse essa possibilidade.

Eles receberam R$ 18 milhões por todos seus jogos no torneio.

Se o Flamengo receber mais, podem entrar na justiça exigindo o direito de isonomia, ou seja, a igualdade, o mesmo dinheiro que o rubro negro.

A pressão já era enorme na Globo.

O Fluminense deixou tudo pior…

Leia mais:  Fred inicia percurso de bicicleta até o Rio, para se apresentar no Flu
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana