conecte-se conosco


Cidades

Terminais do Transcol recebem reforço das medidas de higiene na prevenção do Covid-19

Publicado

A partir da próxima semana, os nove terminais de integração do Sistema Transcol serão desinfectados diariamente. A medida é mais uma ação da Secretaria de Mobilidade e Infraestrutura (Semobi) e da Companhia Estadual de Transportes Coletivos de Passageiros do Estado do Espírito Santo (Ceturb-ES) para reduzir o risco de contágio no transporte público da Região Metropolitana.

A desinfecção será realizada entre o final da noite e madrugada, com os serviços de lavagem, higienização, desinfecção e pulverização nos pisos das plataformas, nas catracas, bancos, travessias de pedestres, paredes e pilares externos e paredes de sanitários (isto é, toda área construída dos terminais), por meio da aplicação de produto sanitizante ( Nota Técnica nº 22/2020 / SEI / COSAN / GHCOS/ DIRE3 / ANVISA).

“Mesmo com toda restrição de circulação por conta da pandemia e consequente queda significativa do número de passageiros, os terminais de integração continuam sendo uma área onde há uma considerável movimentação de pessoas. Por isso, vamos reforçar a higienização que já vinha acontecendo de maneira regular e agora, será feita todos os dias, nos próximos três meses e será feita de acordo com normas técnicas da Anvisa”, explicou o secretário de Mobilidade Fábio Damasceno. 

Proteção para motoristas

Os coletivos que operam no Sistema Transcol também começaram a receber uma placa de proteção no espaço do motorista, para restringir ainda mais a possibilidade de contato e desta forma, aumentando a segurança do trabalhador. A instalação do equipamento é uma iniciativa das empresas operadoras em conjunto com o GVbus e tem apoio do Governo do Estado.

O Sistema Transcol vem adotando uma série de medidas para diminuir o risco de contágio no transporte coletivo desde o início das restrições de circulação em decorrência da pandemia. Entre elas estão o reforço na higienização dos coletivos com hipoclorito de sódio diluído, conforme orientações da Secretaria da Saúde (Sesa); reforço na limpeza dos terminais e disponibilização de sabonete nos banheiros, afastamento de colaboradores do sistema com mais de 60 anos, com comorbidades ou com sintomas gripais; retirada dos veículos com ar-condicionado de circulação; superdimensionamento da operação para garantir o transporte, minimizando o risco de contaminação; recomendação para que passageiros embarquem somente em veículos com assentos disponíveis; marcação das filas nos terminais e recomendação aos passageiros para manutenção do distanciamento mínimo de 1,5 metro, além da distribuição de álcool gel e máscaras para os trabalhadores do sistema; e distribuição de máscaras para passageiros nos terminais.

Leia mais:  Procon-ES orienta sobre pagamento de mensalidades escolares durante o distanciamento social
publicidade

Cidades

Governo do Espírito Santo divulga 16º Mapa de Risco Covid-19

Publicado

O Governo do Estado anunciou, neste sábado (1º), o 16º Mapa de Risco Covid-19, que terá vigência entre a próxima segunda-feira (03) e o domingo (09). Ao todo, 22 municípios capixabas estão classificados em Risco Baixo, outros 46 estão em Risco Moderado e dez em Risco Alto.


A estratégia de mapeamento de risco teve início no dia 20 de abril, levando em consideração o coeficiente de incidência da doença. No dia 04 de maio, o Mapa de Risco passou a contar a taxa de ocupação dos leitos de UTI. No dia 18 de maio, a Matriz de Risco Ampliada entrou na terceira fase com a inserção da taxa de letalidade, do índice de isolamento social e a porcentagem da população acima dos 60 anos – considerado como grupo de risco. A nova Matriz de Risco Ajustada entrou em vigor no último dia 13, permitindo que todas as cidades capixabas fossem classificadas de forma individual, sem influência do grau de risco dos municípios vizinhos.

O Mapa de Risco segue as orientações dos boletins epidemiológicos do Ministério da Saúde e recomendações da equipe de especialistas do Centro de Comando e Controle (CCC) Covid-19 no Espírito Santo, que é composto pelo Corpo de Bombeiros Militar, Defesa Civil, Secretaria da Saúde (Sesa), Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes). As decisões adotadas pelo Governo do Estado seguem parâmetros técnicos.

Confira a classificação de todos os municípios capixabas:

RISCO ALTO: Águia Branca, Anchieta, Baixo Guandu, Bom Jesus do Norte, Colatina, Ibiraçu, Mucurici, Presidente Kennedy, São Gabriel da Palha e Vila Valério.

RISCO MODERADO: Afonso Cláudio, Alegre, Alfredo Chaves, Alto Rio Novo, Aracruz, Boa Esperança, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Castelo, Conceição da Barra, Divino de São Lourenço, Domingos Martins, Ecoporanga, Fundão, Governador Lindenberg, Guarapari, Ibitirama, Iconha, Itaguaçu, Itapemirim, Iúna, João Neiva, Linhares, Mantenópolis, Marataízes, Marechal Floriano, Mimoso do Sul, Montanha, Nova Venécia, Pancas, Pinheiros, Piúma, Ponto Belo, Rio Bananal, Santa Leopoldina, São Domingos do Norte, São José do Calçado, São Mateus, São Roque do Canaã, Serra, Sooretama, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Velha e Vitória.

RISCO BAIXO: Água Doce do Norte, Apiacá, Atílio Vivácqua, Barra de São Francisco, Brejetuba, Conceição do Castelo, Dores do Rio Preto, Guaçuí, Ibatiba, Irupi, Itarana, Jaguaré, Jerônimo Monteiro, Laranja da Terra, Marilândia, Muniz Freire, Muqui, Pedro Canário, Rio Novo do Sul, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa e Vila Pavão.

Leia mais:  Vila Velha define ações de vigilância para eventuais casos de coronavírus
Continue lendo

Cidades

Sem sair de casa! Serasa promete limpar nome por R$100 em feirão online

Publicado

Empresas e instituições financeiras estão oferecendo condições especiais para consumidores quitarem dívidas; negociações também podem ser feitas pelo Whatsapp

A Serasa Experian está com uma campanha para quem está com dívidas entre R$ 200 e R$ 1.000 com algumas empresas e instituições financeiras. O consumidor que acessar o ‘Feirão Limpa Nome’ poderá negociar os débitos e reduzior o valor para pagamentos de R$ 50 a R$ 100.

As empresas participantes são Ativos S.A, Tricard, Santander, Recovery, BMG e Credsystem.

A Serasa estima que mais de 25 milhões de dívidas poderão ser quitadas.

Para efetuar a negociação, o consumidor precisa acessar o site do Serasa Limpa Nome no endereço: www.serasa.com.br ou aplicativo do Serasa disponível para Android e iOS. Com seu número de CPF é possível verificar sua a situação de crédito.

O consumidor também pode regularizar seus débitos financeiros pelo Whatsapp, através do número: (11) 98870-7025. Fique atentou ao número para não cair em possíveis golpes!

Leia mais:  Camerata Sesi/Findes realiza concertos especiais de Natal em dezembro
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana