conecte-se conosco


Cidades

Vivescer realiza live em homenagem ao ‘Dia do Professor’

Publicado

A plataforma Vivescer realizará nesta quinta-feira (15), quando é celebrado o Dia do Professor,  uma live especial com o tema “Afeto, Educação, Propósito, Arte e outras reflexões”. A transmissão será às 19 horas, por meio do Facebook (https://www.facebook.com/Vivescer) e pelo YouTube (https://www.youtube.com/channel/UCQ-GDzS4a-y3Sb17uYfK_2g) da plataforma.

A Vivescer é uma plataforma gratuita de apoio pedagógico e desenvolvimento da dimensão socioemocional dos docentes do Espírito Santo – ação da Secretaria da Educação (Sedu), por meio de uma parceria com o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime).

Como fazer parte da Vivescer

Ao se cadastrar na Vivescer e criar o seu perfil, o educador passa a fazer parte da comunidade: um espaço de reflexões e troca de ideias sobre a profissão. Nesse espaço, é possível fazer perguntas, compartilhar relatos e vídeos sobre as práticas educativas e trocar arquivos, como textos e planos de aula.

Além da comunidade, a Vivescer oferece quatro jornadas de aprendizagem: corpo, emoções, mente e propósito. Cada jornada é composta por quatro percursos de aprendizagem, que refletem as dimensões das experiências individuais, dos comportamentos, relações e sistemas.

Saiba mais e cadastre-se em https://vivescer.org.br/cadastro/.

Leia mais:  Contagem regressiva para o Réveillon com balsas e fogos em Vila Velha
publicidade

Cidades

Inmet emite alerta para chuvas intensas no ES; confira a previsão do tempo para o fim de semana

Publicado

Segundo o Instituto, há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas em algumas regiões do estado

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta laranja de chuvas para o Espírito Santo e Rio de Janeiro. São esperadas chuvas entre 30 e 60 mm/h e ventos intensos de até 100 km/h. O alerta vai até às 17 horas deste sábado (31). 

Segundo o Inmet, há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas. A Marinha do Brasil, por meio do Centro de Hidrografia (CHM), também emitiu um alerta sobre a passagem de uma frente fria em boa parte do litoral brasileiro. 

O Incaper, por sua vez, alerta os capixabas sobre a ocorrência de chuvas contínuas, que podem resultar em acumulados expressivos de precipitação em alguns trechos do Espírito Santo até o próximo domingo (01). 

Confira a previsão do tempo para o final de semana:

Neste sábado (31), segundo o Incaper, há possibilidade de pancadas isoladas, com trovoadas, a partir da tarde em todas as regiões do estado. Na Grande Vitória deve ser registradas variações de nuvens e previsão de chuva ao longo do dia. Temperatura mínima de 23 °C e máxima de 29 °C.

Na região Sul, as áreas menos elevadas devem registrar temperatura mínima de 21 °C e máxima de 28 °C. Nas áreas altas, mínima de 19 °C e máxima de 25 °C. Nas áreas menos elevadas da região Serrana, a temperatura mínima esperada é de 20 °C e máxima de 27 °C. Nas áreas altas, mínima de 17 °C e máxima de 26 °C.

Na região Norte, temperatura mínima de 23 °C e máxima de 29 °C. No Noroeste do estado, as áreas menos elevadas devem registrar temperatura mínima de 23 °C e máxima de 30 °C. Em Mantenópolis e Alto Rio Novo, mínima de 22 °C e máxima de 26 °C. Na região Nordeste, temperatura mínima de 24 °C e máxima de 30 °C.

No domingo (01), a presença de um canal de umidade deixa o tempo encoberto e chuvoso em quase todo o Espírito Santo. O sol aparece timidamente na região Sul e em parte da região Serrana. Em alguns trechos são esperados acumulados expressivos de chuva. 

Na Grande Vitória, céu encoberto e previsão de chuva a qualquer hora. Temperatura mínima de 23 °C e máxima de 27 °C. Na região Sul, as áreas menos elevadas devem registrar temperatura mínima de 22 °C e máxima de 27 °C.  Nas áreas altas: mínima de 20 °C e máxima de 27 °C.

Nas áreas menos elevadas da região Serrana, temperatura mínima de 21 °C e máxima de 26 °C. Nas áreas altas: mínima de 19 °C e máxima de 24 °C. Na região Norte, temperatura mínima de 23 °C e máxima de 27 °C. 

Na região Noroeste, as áreas menos elevadas devem registrar temperatura mínima de 23 °C e máxima de 28 °C. Em Mantenópolis e Alto Rio Novo, mínima de 22 °C e máxima de 25 °C. Na região Nordeste, temperatura mínima de 24 °C e máxima de 27 °C.

Na segunda-feira (02), feriado de Finados, o canal de umidade se afasta do Espírito Santo. Mesmo assim, ainda são esperadas chuvas em todo o Espírito Santo até o final da manhã. A partir da tarde, as chuvas devem se concentrar na região Norte e em trechos das regiões Nordeste e Noroeste.

Na Grande Vitória, temperatura mínima de 21 °C e máxima de 29 °C. Na região Sul, os termômetros das áreas menos elevadas devem registrar mínima de 20 °C e máxima de 29 °C. Nas áreas altas: mínima de 18 °C e máxima de 27 °C. Na região Serrana, as áreas menos elevadas: temperatura mínima de 18 °C e máxima de 27 °C. Nas áreas altas: mínima de 16 °C e máxima de 24 °C.

Na região Norte, variação de nuvens e previsão de chuva ao longo do dia. Temperatura mínima de 22 °C e máxima de 29 °C. Na região Noroeste, variação de nuvens e previsão de chuva em alguns momentos. Nas áreas menos elevadas: temperatura mínima de 21 °C e máxima de 31 °C.

Em Mantenópolis e Alto Rio Novo, mínima de 21 °C e máxima de 27 °C. Na região Nordeste, variação de nuvens e previsão de chuva em alguns momentos. Temperatura mínima de 22 °C e máxima de 28 °C.

Leia mais:  Governo inaugura obras de contenção de rochas e calçamento rural em Rio Novo do Sul
Continue lendo

Cidades

COVID-19: Mapa de Risco aponta apenas uma cidade em risco moderado

Publicado

Com a manutenção no risco moderado, Ecoporanga seguirá, na semana que vem, com as mesmas restrições no funcionamento das atividades econômicas

Pela segunda semana consecutiva, Ecoporanga, no norte do estado, será o único município capixaba classificado como de risco moderado para o novo coronavírus. As demais 77 cidades do Espírito Santo seguem no risco baixo para a doença. A informação é do 29º Mapa de Risco Covid-19, divulgado nesta sexta-feira (30) pelo governo do Estado e que passa a vigorar a partir da próxima segunda-feira (02).

Com a manutenção de Ecoporanga no risco moderado, o município seguirá com as mesmas restrições no funcionamento de suas atividades econômicas, como o comércio, bares e restaurantes, por exemplo. Além disso, a proibição quanto à realização das aulas presenciais nas escolas da cidade continua.

RISCO MODERADO: Ecoporanga.

RISCO BAIXO: Afonso Cláudio, Água Doce do Norte, Águia Branca, Alegre, Alfredo Chaves, Alto Rio Novo, Anchieta, Apiacá, Aracruz, Atílio Vivácqua, Baixo Guandu, Barra de São Francisco, Boa Esperança, Bom Jesus do Norte, Brejetuba, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Castelo, Colatina, Conceição da Barra Conceição do Castelo, Divino de São Lourenço, Domingos Martins, Dores do Rio Preto, Fundão, Guaçuí, Guarapari, Ibatiba, Ibiraçu, Ibitirama, Iconha, Irupi, Itaguaçu, Itapemirim, Itarana, Iúna, Jaguaré, Jerônimo Monteiro, João Neiva, Laranja da Terra, Linhares, Mantenópolis, Marataízes, Marechal Floriano, Marilândia, Mimoso do Sul, Montanha, Mucurici, Muniz Freire, Muqui, Nova Venécia, Pancas, Pedro Canário, Pinheiros, Piúma, Ponto Belo, Presidente Kennedy, Rio Bananal, Rio Novo do Sul, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa, São Domingos do Norte, São Gabriel da Palha, São José do Calçado, São Mateus, São Roque do Canaã, Serra, Sooretama, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Pavão, Vila Valério, Vila Velha e Vitória.

Matriz de risco

A Matriz de Risco de Convivência considera no eixo de ameaça: o coeficiente de casos ativos por município dos últimos 28 dias, além da quantidade de testes realizados por grupo de mil habitantes e a média móvel de óbitos dos últimos 14 dias. Já o eixo de vulnerabilidade considera a taxa de ocupação de leitos potenciais de UTI exclusivos para tratamento da Covid-19, isto é, a disponibilidade máxima de leitos para tratamento da doença. A estratégia de mapeamento de risco teve início no dia 20 de abril.

O Mapa de Risco segue as orientações dos boletins epidemiológicos do Ministério da Saúde e recomendações da equipe de especialistas do Centro de Comando e Controle (CCC) Covid-19 no Espírito Santo, que é composto pelo Corpo de Bombeiros Militar, Defesa Civil, Secretaria da Saúde (Sesa), Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes). As decisões adotadas pelo Governo do Estado seguem parâmetros técnicos.

Leia mais:  Contagem regressiva para o Réveillon com balsas e fogos em Vila Velha
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana