conecte-se conosco


Entretenimento

11ª edição do Circuito Banestes de Teatro acontece em formato on-line

Publicado

Heloisa Périssé, Júlia Rabello, Matheus Ceará, José Augusto Loureiro e outros artistas renomados estrelam a 11ª edição do Circuito.

Vitória – 11ª edição do Circuito Banestes de Teatro, lançada em março deste ano, teve sua programação presencial suspensa, com o advento da pandemia no novo Coronavírus (Covid-19).

A necessidade do distanciamento social, no entanto, não representou o fim do projeto para 2020, que teve sua estrutura readequada para o formato on-line, com transmissão por meio de lives realizadas ao vivo e de forma gratuita para o público geral, mantendo, inclusive, a característica de acessibilidade, com intérprete de libras em todas as transmissões.

O 11º Circuito Banestes de Teatro em formato on-line terá início no próximo dia 25 de outubro, mês de comemoração do 83º aniversário do Banestes. A estreia será com o espetáculo “E foram quase felizes para sempre”, com a atriz Heloísa Périssé, transmitida do Teatro Universitário da Ufes, em Vitória.

Realizado pelo Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes) e produzido pela WB Produções, com recursos da lei de incentivo à cultura do Ministério da Cidadania, a 11ª edição do Circuito Banestes de Teatro contará com oito espetáculos, sendo quatro espetáculos locais, da Grande Vitória e Cachoeiro de Itapemirim; e quatro espetáculos nacionais. Quatro grupos teatrais estão envolvidos no projeto e as apresentações serão transmitidas em quatro estruturas e locais diferentes.

Fazem parte da programação espetáculos musicais, comédia e, também, uma estreia nacional pensada exclusivamente para o Circuito. As transmissões serão realizadas por meio do canal da WB Produções no Youtube, com acesso gratuito tanto em território nacional quanto internacional.

Os espetáculos serão transmitidos ao vivo, diretamente dos locais informados em divulgação, sem a presença de plateia e com adoção de todas as medidas para prevenção à Covid-19.

Ação social

A temática social também estará no ar com o 11º Circuito Banestes de Teatro, que irá contribuir com uma causa nobre a partir da divulgação de um QR Code, por meio do qual o público poderá fazer doações em dinheiro para o movimento social “SOS Graxa ES”, projeto que ajuda os profissionais capixabas do ramo de evento e da música.

Leia mais:  Lexa se forma em Marketing e comemora nas redes sociais

Bate-papo virtual com os atores

Os artistas Júlia Rabello, Matheus Ceará e José Augusto Loureiro estarão disponíveis para responder perguntas, por meio de um bate-papo virtual com o público após as apresentações.

As peças serão transmitidas nos canais da WB Produções no Youtube e Facebook, de forma gratuita e ao vivo. Com essa inovação, o projeto vai atingir ainda mais pessoas, não só no Estado, mas em todo o País. As apresentações também terão interpretação em libras, o que reforça ainda mais a acessibilidade dessa iniciativa. A estimativa de público é alcançar até 30 mil pessoas.

O objetivo maior dessa ação por meio digital é dar continuidade às atividades culturais e movimentar a economia local, permitindo que profissionais da arte possam continuar realizando seus trabalhos. O Circuito Banestes de Teatro gera, desta forma, empregos diretos e indiretos do setor de cultura e entretenimento, movimentando a economia de uma área prejudicada.

O diretor-presidente do Banestes, José Amarildo Casagrande, avalia a retomada do Circuito Banestes de Teatro: “O Banestes valoriza a cultura e o desenvolvimento social do Espírito Santo e, por isso, apoia iniciativas que promovem o acesso ao entretenimento de qualidade. O projeto Circuito Banestes de Teatro é o maior do Estado na categoria e, em 2020, completa 11 anos de realização. Com a pandemia, a 11ª edição foi reajustada para o formato on-line, como forma de permanecermos contribuindo com a economia criativa e, sobretudo, prezando pela saúde e segurança da população capixaba. As apresentações virtuais proporcionarão um alcance ainda maior à população. Estamos confiantes de que será mais uma grande e inesquecível edição, de ricas apresentações teatrais”, destacou. 

Estrutura

As lives ficarão disponíveis pelo período de um mês no Youtube da WB Produções. Serão oito apresentações, ao todo, com temáticas diferentes. A estrutura será montada respeitando todas as determinações dos órgãos da saúde em relação ao distanciamento social.

Leia mais:  Sobremesa para o fim de semana: Bolo piscina de leite Ninho, receita deliciosa

A ideia é oferecer ao público espetáculos dotados dos mesmos rigores técnicos aplicados nas peças presenciais, em um palco especialmente preparado com sistemas específicos de vídeo, iluminação e sonorização, que vão assegurar a melhor experiência, com todo o respeito que o teatro merece. Os colaboradores seguirão todos os critérios de segurança estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

Serviço:

Programação do 11º Circuito – edição especial on-line

 

  • 25 de outubro (domingo às 18 horas) – “E foram quase felizes para sempre”, com Heloísa Périssé. Espetáculo nacional, com transmissão do Teatro Universitário Ufes.
  • 01 de novembro (domingo às 18 horas) – “Crash – Ensaio sobre a Falência”, da Cia Teatro Urgente, com transmissão da Sede do Grupo Folgazões.
  • 07 de novembro (sábado às 20 horas) – “Romeu & Julieta (E Rosalina)”, com Júlia Rabello. Espetáculo nacional, com transmissão do Teatro Universitário Ufes.
  • 13 de novembro (sexta-feira às 20 horas) – “A Culpa”, do Grupo Anônimos do Teatro, com transmissão da Sede do Grupo.
  • 14 de novembro (sábado às 20 horas) – Estreia nacional com Matheus Ceará no show “LaiveM Ele Com Graça”. Espetáculo nacional, com transmissão do Teatro Universitário Ufes.
  • 21 de novembro (sábado às 20 horas) – “Nany é Pop”, com Nany People. Transmissão do Teatro Universitário Ufes.
  • 29 de novembro (domingo às 18 horas) – “A Mais Forte”, do Grupo Boyasha Trupe de Teatro, com transmissão do Teatro Universitário Ufes.
  • 04 de dezembro (sexta-feira às 20 horas) – “Rubem Braga – A vida em voz alta”, do Grupo Teatro Folgazões, com transmissão do Palácio Sônia Cabral.

Realização: WB Produções
Canal de Acesso no Youtube

publicidade

Entretenimento

Iluminação do Grande Buda de Ibiraçu chama atenção para o Maio Amarelo

Publicado

O Grande Buda do Mosteiro Zen Morro da Vargem foi iluminado em alusão ao Maio Amarelo com o objetivo de alertar os motoristas e motociclistas que trafegam pela BR-101 em Ibiraçu, na região norte do Estado, para o movimento internacional de conscientização com foco na redução dos acidentes de trânsito. A cerimônia de iluminação oficial aconteceu nessa terça-feira (17) e marca a parceria do Mosteiro com o Governo do Estado, por meio do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES).

A iluminação do local, que atrai turistas por ser a maior estátua de Buda do Ocidente, com 35 metros de altura, e se destaca por sua grandeza e representatividade, é simbólica também devido à localização às margens da BR-101. O ato possibilita a sensibilização para a causa do Maio Amarelo por parte de condutores e passageiros que passam pela rodovia.

“Ter o Grande Buda iluminado de amarelo é um relevante alerta para que todos que transitam pelo local participem desse movimento e contribuam para a redução de acidentes. Principalmente ali, por estar em uma rodovia movimentada, que registra muitos acidentes e mortes. Se cada condutor que passar no local se sensibilizar e seguir sua viagem com a velocidade adequada da via, obedecendo à sinalização, temos certeza que vamos ter viagens mais tranquilas e vidas salvas, que é o objetivo principal do Maio Amarelo”, afirmou o diretor geral do Detran|ES, Harlen da Silva.

O abade do Mosteiro, monge Daiju Bitti, destacou a importância das parcerias para a realização de ações voltada à população. “Juntos salvamos vidas sim! E juntos podemos fazer muitas coisas. Toda essa estrutura da praça é porque construímos parcerias entre o Mosteiro, a Prefeitura de Ibiraçu, a Diocese e o Santuário. Temos também a escola de cerâmica, voltada para pessoas de baixa renda. Tudo isso só é possível graças às parcerias”, reforçou.

Leia mais:  Liberação de shows para 600 pessoas no ES será discutida nesta sexta-feira pelo governo

O prefeito de Ibiraçu, Diego Krentz, salientou que a educação no trânsito deveria ser iniciada nas escolas, já que é importante educar os jovens desde muito cedo. “Venho acompanhando o trabalho que vem sendo realizado pelo Detran|ES. A gente fica muito feliz quando vê os concretos do órgão nesse sentido. Sabemos que trabalhar a conscientização é trabalhoso e precisa ser constante. Por isso, o Detran|ES vem fazendo um trabalho muito positivo com todos os municípios”, declarou.

O representante da empresa Suzano, responsável pelas Relações Corporativas, Leonardo Conde, falou sobre a satisfação da empresa em fazer parte desse marco para a campanha Maio Amarelo. “Para nós, a segurança no trânsito é um valor inegociável. Não pelo transporte da nossa matéria prima, mas sim pelos nossos colaboradores. Atualmente, a Suzano tem alguma interface em 72 dos 78 municípios capixabas. Então, nossos colaboradores se deslocam bastante pelas estradas e rodovias. Por isso, para a empresa, a segurança no trânsito é uma regra de ouro, uma matriz de consequência muito firme. Não devemos esperar que algo aconteça para que tenhamos consequência. Precisamos trabalhar um passo antes, a conscientização. Fixar no condutor que ele tem responsabilidade nas suas atitudes”, comentou.

De acordo com Leonardo Conde, esse é um dos motivos que levaram a Suzano a abraçar o Maio Amarelo e colaborar para a iluminação do Grande Buda. “Esse é um monumento que por si só já chama a atenção de quem passa na via. Certamente, na cor amarela, vai possibilitar que os motoristas que por aqui passarem possam refletir e tentar melhorar o seu comportamento no trânsito. Não basta só fiscalização e sinalização, o condutor precisa melhorar esse comportamento”, acrescentou.

Leia mais:  Raí Saia Rodada tem dívida de R$ 160 mil com pensão de filha

Além do Mosteiro Zen Morro da Vargem, outros pontos do Estado também aderiram ao movimento Maio Amarelo. Quem chega ao município de Aracruz passa pelos portais da cidade iluminados de amarelo, tanto nas rodovias BR-101 quanto na ES-010. Em Colatina, o Cristo Redentor e a Ponte Florentino Avidos estão iluminados desde o início do mês. Os pilares da Terceira Ponte, que liga Vitória a Vila Velha, também estão com iluminação amarela.

Participaram também da cerimônia, a diretora técnica do Detran|ES, Édina de Almeida Poleto; o diretor de Habilitação, Veículos e Fiscalização, Marcus Perozini; o bispo emérito Dom Décio Sossai Zandonade; o vice-prefeito de João Neiva, Renan Pattuzzo; além de vereadores de Ibiraçu, João Neiva e Aracruz; representantes do Sebrae; e da Polícia Militar do Espírito Santo (PMES).

Programação

Durante todo o Maio Amarelo, o Detran|ES está desenvolvendo ações educativas e atividades em parceria com outros órgãos de trânsito e instituições públicas e privadas para chamar a atenção da sociedade para o alto número de acidentes e a importância da participação de todos, visando à construção de um trânsito mais gentil e seguro em todos os 78 municípios capixabas.

Confira a programação do Movimento Maio Amarelo aqui

Maio Amarelo

O Maio Amarelo é um movimento internacional de conscientização para a redução de acidentes de trânsito. As atividades realizadas neste mês no Espírito Santo e em todo o mundo têm o objetivo principal de alertar e mostrar a dimensão e o impacto que os acidentes têm no cotidiano.

O tema deste ano, “Juntos salvamos vidas”, foi definido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e pretende mostrar à sociedade que todos nós, independente do nosso ofício, podemos salvar vidas, conhecendo e cumprindo as regras.

Continue lendo

Entretenimento

Influencer sente dores, manda remover o silicone dos seios e o que encontra dentro das próteses é apavorante

Publicado

Ela precisou remover as próteses de silicone após sentir dores na região dos seios e outros sintomas

Viralizou nas redes sociais um vídeo chocante uma influenciadora digital mostra o resultado de sua retirada de implantes de silicone após mais de uma década de uso. Brunnie DeFord fazia uso dos implantes há exatos 13 anos e, após a remoção das próteses, mostrou a seus seguidores no TikTok algo extremamente surpreendente: elas apresentavam mofo.

No vídeo, DeFord aparece com um pacote de plástico onde se encontram as próteses.

Em seguida, a influenciadora passa a retirá-las de dentro da embalagem e, colocando-as contra a luz, exibe ao seu público inúmeros partículas boiando dentro do conteúdo do implante.

Brunnie, então, explica que a intenção do vídeo é mostrar aos seus seguidores o que é colocado no corpo humano. “Eu removi meus implantes em 2020 e eles estão aqui. Olhem isso. Isso vai dentro de um corpo humano. Olhem o mofo!”, diz a influenciadora, afirmando ainda que não é se surpreender que muitas mulheres tenham complicações enquanto fazem uso deste tipo de prótese.

Leia mais:  Lexa se forma em Marketing e comemora nas redes sociais

De acordo com a influenciadora, a remoção de seus implantes de silicone se fez necessária após a aparição de alguns sintomas, como dores corporais, na região dos s€ios. Além disso, Brunnie relatou também problemas psicológicos e emocionais relacionados ao uso das próteses.

Após buscar ajuda nos mais variados especialistas, ela simplesmente desistiu de continuar utilizando o silicone e providenciou sua remoção. “Foi a melhor decisão que já tomei”, esclarece ela, dizendo ainda que todos os seus sintomas desapareceram após a retirada, com exceção da ansiedade eventual.

Outro fator importante foi a questão da aceitação. Brunnie disse que seus seios naturais estão muito bonitos e não estão nada assustadores. “Me sinto mais confiante com meu corpo natural”, afirmou.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana