conecte-se conosco


Camisa 10

14 sul-americanos têm Covid-19 após irem às Eliminatórias

Publicado

Godín é o mais novo caso registrado entre positivos da seleção uruguaia depois da última Data Fifa do ano na América do Sul

Nas últimas duas partidas do ano pelas eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2022, o covid-19 atingiu mais jogadores do que o “vírus Fifa” (como são apelidadas as lesões sofridas no período de partidas de seleções). No total, 15 jogadores testaram positivo enquanto serviam aos países ou logo depois de voltarem aos seus clubes e viraram desfalques para a rodada do fim de semana. Enquanto isso, as lesões sofridas em treino ou jogo sob o comando de comissões técnicas das equipes nacionais causaram apenas três baixas.

O Uruguai lidera a lista com oito atletas com teste positivo para covid-19, seguido do Equador, com seis. O Brasil precisou cortar Gabriel Menino, do Palmeiras, ainda no início da reunião em Teresópolis.

Uruguai

Nos casos de coronavírus da Celeste, Matías Viña, lateral do Palmeiras, foi o primeiro. Luís Suárez (Atlético de Madrid) e Rodrigo Muñoz (Cerro Porteño) foram diagnosticados em seguida. Todos os três ficaram fora da derrota por 2 a 0 para o Brasil, em Montevidéu.

Depois de uma leva de testes após o jogo contra a Seleção, a equipe uruguaia confirmou que Alexis Rolín (Olimpia) e Diego Rossi (Los Angeles FC) também contraíram o vírus. Ambos foram relacionados para a partida de terça-feira, mas não saíram do banco.

Na testagem de volta ao Atlético de Madrid, o volante Lucas Torreira se somou a Suárez nas baixas de Simeone. Os dois não jogam contra o Barcelona, pelo Campeonato Espanhol, neste sábado. Na partida contra o Lokomotiv Moscou pela Champions League, na próxima quarta-feira, também não estarão à disposição do Atleti.

Os últimos a serem diagnosticados com covid foram Darwin Núñez, em Portugal, e Godín, na Itália.O centroavante do Benfica e o zagueiro do Cagliari, titulares na derrota para o Brasil, são a sétima e oitava baixas do Uruguai. A seleção também teve seis integrantes da equipe técnica contaminados.

Darwin Núñez, titular contra o Brasil, foi o sétimo jogador do Uruguai a testar positivo para coronavírus — Foto: Reuters

Darwin Núñez, titular contra o Brasil, foi o sétimo jogador do Uruguai a testar positivo para coronavírus

Equador

A equipe foi 100% nas últimas duas partidas pelas eliminatórias: 3 a 2 contra a Bolívia, além da goleada de 6 a 1 na Colômbia. Os jogadores, porém, não voltaram ilesos aos seus respectivos clubes. Um surto de Covid chegou à seleção equatoriana, com seis jogadores positivos ao final da Data Fifa.

Alan Franco (Atlético-MG), Enner Valencia (Fenerbahce) e Diego Palacios (Los Angeles FC) foram os três primeiros da delegação a contraírem o vírus. Antes da última partida contra os colombianos, o número dobrou com Mario Pineida (Barcelona de Guayaquil), José Cifuentes (Los Angeles FC) e Moisés Corozo (LDU).

Além dos seis casos de Covid, o atacante Adolfo Muñoz, também da LDU, se lesionou. Na partida contra a Colômbia, o jogador saiu aos 32 do primeiro tempo com ajuda de uma maca.

Na goleada do Equador sobre a Colômbia, seis jogadores equatorianos já haviam sido afastados por Covid-19 — Foto: Rodrigo Buendia-Pool/Getty Images

Corozo e Muñoz desfalcam a LDU na Libertadores e no campeonato nacional por, pelo menos, duas rodadas. O próximo adversário da competição internacional é o Santos, na próxima terça-feira.

No caso de Alan Franco, o volante depende de um teste negativo para voltar ao Brasil e integrar o time de Sampaoli novamente.

Brasil

Na seleção brasileira, Pedro foi o único a voltar lesionado ao clube depois de entrar em campo nas eliminatórias. O atacante do Flamengo substituiu Richarlison aos 30 minutos do segundo tempo na vitória por 1 a 0 sobre a Venezuela, na terceira rodada. No treino do dia seguinte da partida, sentiu dores no músculo adutor da coxa. O jogador está em tratamento no clube, sem data definida para voltar aos gramados.

Pedro, atacante do Flamengo, sentiu dores no músculo adutor da coxa e foi cortado da seleção — Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Gabriel Menino integrou a delegação na Granja Comary, em Teresópolis, mas não passou na segunda bateria de testes. O jogador do Palmeiras está assintomático e faz parte de uma longa lista de 15 jogadores do time paulista infectados.

Argentina

caso mais grave de lesão durante as eliminatórias foi o de Exequiel Palacios. O volante argentino sofreu uma fratura nas costas após levar uma joelhada de Ángel Romero, ex-Corinthians, no empate em 1 a 1 com o Paraguai.

A lesão na lombar é parecida com o caso de Neymar na Copa do Mundo de 2014, que o deixou fora do resto da competição. O tempo de recuperação de Palacios, no departamento médico do Bayer Leverkusen, é de até três meses.

Leia mais:  Contrato assinado: SBT vai transmitir a Libertadores
publicidade

Camisa 10

Olympique oferece R$ 160 milhões ao Flamengo para contratar Gérson

Publicado

Técnico argentino Sampaoli definiu o volante convocado para a seleção olímpica como uma das prioridades no mercado. Diretoria negocia aditivos e deseja permanecer com percentual do volante

Unanimidade pelo Flamengo, convocado pela seleção olímpica e agora também assediado oficialmente pelo mercado europeu. Novidade na última lista do Brasil antes da relação definitiva para os Jogos Olímpicos de Tóquio, Gerson está na mira do Olympique de Marselha a pedido de Jorge Sampaoli, e os franceses já formalizaram uma oferta de 25 milhões de euros (R$ 160 mi na cotação atual) mais aditivos por metas. A diretoria rubro-negra ficou de avaliar.

Gerson Flamengo — Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Esta é a segunda investida do clube de Marselha pelo volante. A primeira foi considerada baixa e o Flamengo sequer abriu conversas, mas, ciente das pretensões rubro-negras no mercado, o Olympique enviou o ex-atacante Túlio de Mello e um sócio francês para intensificar as tratativas. A dupla foi responsável pela negociação de Thuler com o Montpellier recentemente e tem bom diálogo com a diretoria.

O Flamengo não descarta avançar na negociação, mas trabalha por cláusulas de bônus que façam com que o montante possa chegar aos 30 milhões de euros, além de exigir a manutenção de percentual de Gérson para venda futura. Marcos Braz e Bruno Spindel já se reuniram com Marcão, pai de Gérson, e os dois representantes do Olympique.

A situação contratual de Gérson, por sinal, é prioridade no Flamengo. O volante tem um dos menores salários entre os titulares e o clube entende que um reajuste é emergencial. A promessa era de que o aumento aconteceria até o fim de 2020, mas a pandemia fez com que os planos fossem adiados.

O Flamengo sabe que Gérson é o jogador do elenco com maior potencial de mercado e a dúvida agora está em esticar a corda nas negociações com o Olympique de Marselha ou aguardar a abertura da janela na expectativa por ofertas de clubes de maior expressão. O tema é tratado com paciência nos bastidores.

O volante rubro-negro volta ao time no Fla-Flu deste sábado, após duas semanas se recuperando de uma lesão muscular. Gérson é um desejo antigo de Sampaoli, que o indicou assim que chegou ao Olympique, em março, como informou na época o jornalista Giuliano Cossenza.

Gérson teve 100% dos direitos econômicos comprados ao Roma em julho de 2019 por € 11,8 milhões (cerca de R$ 49,7 milhões na época). Desde então, o volante conquistou sete títulos pelo clube, participou de 100 jogos e marcou sete gols.

Leia mais:  PSG aceita Dembélé e mais R$ 485 milhões do Barça por Neymar
Continue lendo

Camisa 10

Tite anuncia convocados para partidas contra Equador e Paraguai

Publicado

Rodadas das Eliminatórias da Copa de 2022 serão disputadas nos dias 4 e 8 de junho, em Porto Alegre e em Assunção

O técnico Tite anunciou nesta sexta-feira (14) os convocados para as partidas contra Equador e Paraguai, válidas pela Eliminatórias da Copa 2022. Os nomes selecionados para os jogos muito provavelmente já são uma base da seleção que vai disputar a Copa América deste ano.

A primeira partida, contra o Equador, acontece no dia 4 de junho, em Porto Alegre. Já o confronto diante do Paraguai será realizado em Assunção, no dia 8 de junho. 

Entre os jogadores convocados, vale destacar Gabigol, que vive ótima fase pelo Flamengo, as voltas de Daniel Alves, que se reencontrou como ala direito no São Paulo, e Thiago Silva, que está na final da Liga dos Campeões com o Chelsea. Lucas Veríssimo, atualmente no Benfica, foi uma das surpresas, não pelo desempenho, mas por nunca ter sido chamado anteriormente. 

Vale lembrar que, por conta da pandemia, a rodada que aconteceria em março, com jogos contra Colômbia e Argentina, foi adiada. Apesar do apoio da Conmebol em realizar as partidas, os clubes europeus não liberaram seus atletas sul-americano, o que inviabilizou os confrontos.

A convocação para a Copa América, segundo Juninho Paulista, coordenador de Futebol da CBF, será um dia após o confronto contra o Paraguai, no dia 9 de junho.

Veja a lista completa

Goleiros

Ederson (Manchester City – Inglaterra)
Alisso (Liverpool – Inglaterra)
Weverton (Palmeiras – Brasil)

Defensores

Thiago Silva (Chelsea – Inglaterra)
Marquinhos (PSG – França)
Lucas Verissimo (Benfica – Portugal)
Éder Militão (Real Madrid – Espanha)
Dani Alves (São Paulo – Brasil)
Danilo (Juventus – Itália)
Alex Sandro (Juventus – Itália)
Renan Lodi (Atlético de Madrid – Espanha)

Meio-campistas

Casemiro (Real Madrid – Espanha)
Douglas Luiz* (Aston Villa – Inglaterra)
Fabinho (Liverpool – Inglaterra)
Everton Ribeiro (Flamengo – Brasil)
Fred (Manchester United – Inglaterra)
Lucas Paquetá (Lyon – França)

Atacantes

Neymar Jr (PSG – França)
Vinícius Jr (Real Madrid – Espanha)
Everton (Benfica – Portugal)
Roberto Firmino (Liverpool – Inglaterra)
Gabigol (Flamengo – Brasil)
Gabriel Jesus (Manchester City – Inglaterra)
Richarlison (Everton – Inglaterra)

*Douglas Luiz está suspenso e não enfrenta o Equador, no dia 4. Por conta disso, a convocação desta sexta-feira tem 24 nomes, ao invés dos tradicionais 23 convocados.

Leia mais:  Acusações de suborno na Fifa geram mais suspeitas sobre Copa no Catar
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana