conecte-se conosco


Camisa 10

Acusações de suborno na Fifa geram mais suspeitas sobre Copa no Catar

Publicado

Rumores há muito tempo cercam a votação de 2010 do comitê executivo da Fifa para entregar a Copa do Mundo de 2018 à Rússia e a de 2022 ao Catar

A Copa do Mundo de 2022 no Catar se tornou foco de novas alegações de corrupção na Fifa após acusação do Departamento de Justiça dos Estados Unidos, que afirma que subornos foram pagos a dirigentes do futebol, incluindo o ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) Ricardo Teixeira, para garantir votos na disputa para sediar a competição.

Suspeita e rumores há muito cercam a votação de 2010 do comitê executivo da Fifa para entregar a Copa do Mundo de 2018 à Rússia e a de 2022 ao Catar. Mas na segunda-feira, pela primeira vez, os promotores mostraram alegações formais e diretas.

De acordo com os promotores, representantes que trabalhavam para Rússia e Catar subornaram dirigentes do comitê executivo da Fifa para obter votos na decisão crucial da entidade que controla o futebol mundial.

A Fifa e os organizadores da Copa do Mundo do Catar não responderam imediatamente a um pedido de comentário. As candidaturas de Catar e Rússia para sediar a Copa do Mundo sempre negaram o pagamento de subornos.

Leia mais:  Anderson Silva confirma fim da carreira após luta de 31 de outubro

Embora a Fifa tenha reagido a alegações anteriores da mídia sobre o processo de candidatura do Catar, insistindo que o torneio não será afetado, as acusações dos EUA levarão a novas perguntas sobre o Mundial, que está programado para novembro e dezembro de 2022.

A acusação formal sustenta que os três integrantes sul-americanos do comitê executivo da Fifa em 2010 – o brasileiro Ricardo Teixeira, o falecido Nicolás Leoz, do Paraguai, e um co-conspirador sem identificação – aceitaram propinas para votar no Catar como sede da Copa de 2022.

“Ricardo Teixeira, Nicolás Leoz e o co-conspirador número 1 receberam pagamentos de suborno em troca de seus votos a favor do Catar para sediar a Copa do Mundo de 2022”, diz o indiciamento.

Teixeira, ex-genro do ex-chefe da Fifa João Havelange e ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol, não estava imediatamente acessível para comentar.

O indiciamento também alega que o vice-presidente da Fifa Jack Warner recebeu 5 milhões de dólares através de várias empresas de fachada para votar na Rússia como sede da Copa do Mundo de 2018.

Leia mais:  CBF divulga datas e tabela da Copa do Brasil de 2022

Warner foi acusado de vários crimes na investigação de longa data dos EUA e está lutando contra a extradição de sua terra natal, Trinidad e Tobago. Warner, que não estava imediatamente disponível para comentar, sempre negou qualquer irregularidade.

Alexei Sorokin, CEO do comitê organizador local da Copa do Mundo da Rússia em 2018, disse à agência de notícias Interfax: “Esta é apenas a opinião de advogados. Dissemos repetidamente que nossa candidatura era transparente”.

publicidade

Camisa 10

Túlio Maravilha é apresentado oficialmente como reforço do Sport-ES

Publicado

O centroavante vestiu pela primeira vez a camisa do clube capixaba em evento no Shopping Praia da Costa. Com nome no BID, ele pode estrear neste fim de semana

O atacante Túlio Maravilha já está em terras capixabas para a disputa do Capixabão Série B 2022 pelo Sport-ES. 

Nesta quinta-feira (11) o jogador foi apresentado oficialmente pelo clube em evento realizado no Shopping Praia da Costa, em Vila Velha.

O eterno ídolo do Botafogo vestiu uma camisa personalizada com metade da equipe capixaba e outra do clube alvinegro. 

Devidamente apresentado, o principal reforço do Tigre para a Série B do Capixaba pode estrear já nesta 1ª rodada.

Nesta quarta-feira (10) o clube informou que o atacante de 53 anos já está regularizado e pode entrar em campo na estreia do time diante do Castelo. A partida está marcada para às 15 horas deste sábado (13), no estádio Kléber Andrade, em Cariacica.

O Sport-ES está no grupo B da competição que conta com 12 clubes. Os quatro melhores das duas chaves de seis equipes avançam para as quartas de final da competição. Os dois finalistas garantem o acesso para o Capixabão de 2023.

Leia mais:  CBF divulga datas e tabela da Copa do Brasil de 2022

Continue lendo

Camisa 10

Com emoção! São Paulo elimina o Ceará nos pênaltis na Sul-Americana

Publicado

Tricolor agora enfrenta o Atlético-GO que passou pelo Nacional-URU pelas semifinais da competição

O Ceará recebeu o São Paulo na noite desta quarta-feira (10) em partida válida pelas quartas de final da Copa Sul-Americana. O Tricolor perdeu por 2 a 1 no tempo regulamentar, mas devido a vantagem no placar por 1 a 0 no jogo de ida encaminhou a partida para os pênaltis, onde venceu pelo placar de 4 a 3. 

Com o resultado, o São Paulo está classificado para a semifinal da competição e enfrentará o Atlético-GO, que venceu o Nacional na última terça-feira (9) por 3 a 0 e carimbou o passaporte nas semis do torneio continental.

Mendoza abriu o placar para o Vozão aos 44 minutos. O empate do São Paulo veio aos 8 minutos do segundo tempo com Igor Vinicius, mas Guilherme Castilho com um belo gol de fora aos 18 da segunda etapa levou o jogo para os pênaltis. 

Agora, ambas as equipes voltam suas atenções para o Campeonato Brasileiro. O Ceará disputa o clássico diante do Fortaleza no próximo domingo (14), às 16h (de Brasília), no Castelão. Já o São Paulo recebe o RB Bragantino, também no domingo (14), às 16h (de Brasília).

Leia mais:  Sesport sedia Campeonato Regional de Goalball

FICHA TÉCNICA
Ceará x São Paulo
Local: Castelão (Fortaleza-CE)
Data e hora: Quarta-feira (10), às 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)
Auxiliares: Juan Pablo Belatti (ARG) e Gabriel Chade (ARG)
Cartões amarelos: Reinaldo, Igor Vinicius, Miranda e Galoppo (São Paulo); Richardson, Víctor Luis (Ceará)
Gols: Mendoza aos 43’/1T e Guilherme Castilho aos 17’/2T (Ceará) ; Igor Vinícius aos 8’/2T (São Paulo)

CEARÁ: João Ricardo; Michel Macedo (Buiú), Luis Otavio, Messias e Vitor Luis; Guilherme Castilho, Richardson (Erick), Lima (Fernando Sobral), Vina e Mendoza (Iury Castilho); Zé Roberto (Matheus Peixoto). Técnico: Marquinhos Santos.

SÃO PAULO: Felipe Alves; Diego, Leo e Miranda; Igor V, Pablo Maia (Gabriel), Galoppo (Rodrigo Nestor), Igor Gomes e Nikão (Luciano), Reinaldo (Welington) (Patrick); Calleri. Técnico: Rogério Ceni.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana