conecte-se conosco


São Mateus

Antigo Ginásio do Greca continua abandonado e não há definição para o seu destino

Publicado

A Suzano, empresa proprietária do complexo sócio esportivo do antigo Greca, ainda não definiu uma solução para aquele patrimônio que está abandonado por anos e se deteriorando ainda mais pela ação do tempo.

O antigo ginásio do Greca, localizado no bairro Novo Horizonte, em São Mateus, que está abandonado há mais de 15 anos, já foi palco de muitas competições esportivas e até mesmo local para apuração eleitoral. Teve seus dias de glória. Mas, continua abandonado num desperdiço de um patrimônio que poderia estar sendo de grande utilidade para a sociedade mateense, principalmente para a região aonde está localizado. Por isso requer uma ação que possa dar um destino mais alvissareiro diante da importância daquele patrimônio.

A Suzano, proprietária de todo o complexo sócio-esportivo, que inclui o ginásio, os campos de futebol e grande área construída com estrutura de clube recreativo e social, vem pensando em uma solução que favoreça a si e também ao município de São Mateus. Essa questão chegou a ser levantada por um ex-diretor, assumindo por conta e risco compromisso que depois não cumpriu. Primeiro porque não havia uma determinação da empresa para que fizesse qualquer acordo sem uma definição da direção da empresa. Depois foi demitido do cargo de diretor. Sendo assim, qualquer negociação que possa ter existido se tornou nula. Isso não quer dizer que não vá haver nova rodada de conversação, desta vez oficial e por quem conheça o município e os interlocutores, até porque o diretor demissionário não tinha vivência do problema, do município, da região e pouco conhecia as autoridades da municipalidade envolvidas na questão. “O antigo diretor prometeu algo que não podia entregar e nem tinha respaldo para isso”, disse uma fonte ouvida pela reportagem do Jornal do Norte.

Para consertar todo esse “mal-entendido” e que desgasta, de certa forma, a relação empresa-município, entrou no circuito membros da Suzano, que têm o conhecimento da região, de suas demandas e bom trânsito junto as autoridades locais, principalmente junto ao prefeito. Sabe-se que até o momento não há uma definição das providências a serem tomadas e o que existe é a intenção da empresa em manter uma boa relação com o município e buscar o entendimento que favoreça ambas as partes.

Um sonho

Uma questão muito comentada pelas pessoas, com a reportagem foi saber a finalidade de qual seria o melhor destino do complexo sócio esportivo do antigo Greca. O que mais se ouviu foi transformá-lo em um centro de excelência de educação e lazer, incluindo a implantação de uma escola cívico-militar.

“Seria um sonho para muitos pais que desejam ver seus filhos bem encaminhados e se tornando verdadeiros cidadãos”, disse Alexandre Medina, pai de dois filhos menores. O mesmo pensa a dona de casa Maria do Carmo Santos, que acredita que “uma escola desse tipo poderia ajudar muito na educação, disciplina e no afastamento dos jovens dos maus elementos e das drogas”.

De acordo com uma fonte ouvida pela reportagem, caso haja um entendimento entre empresa e prefeitura, algumas exigências devem ser celebradas. Seria acordado, dentre outras obrigações, um determinado valor a ser investido e prazo definido para esse investimento. Nesse contrato traria também algumas finalidades para o uso daquela área.

O JN tentou contato com a Suzano, mas não obteve qualquer manifestação sobre o que pretende fazer com o antigo Grega que, há anos está abandonado, se deteriorando pela ação das intempéries e frustrando grande parte da população e o desejo que aquele complexo traga benefícios de maneira que contribuam para a sua qualidade de vida.

Problema antigo

O Jornal do Norte, em reportagem especial do jornalista Paulo Borges, fez uma ampla matéria denunciando o estado em que se encontrava aquele patrimônio, à época pertencente a Bahia Sul-Fíbria. Havia, naquela ocasião, o interesse do Governo do Estado e até mesmo de uma igreja em adquirir o complexo, mas tudo não passou de intenção e nada aconteceu. Na reportagem, o jornalista do JN sugeriu a possibilidade de a Polícia Militar assumir a administração daquele patrimônio, caso houvesse a compra pelo governo, desenvolvendo ali os projetos sociais voltados para a comunidade, direcionados principalmente aos jovens que moram numa região da cidade que não contava com uma área de lazer. Na mesma época, o jornal questionou a construção da praça esportiva Amélia Boroto em uma área de difícil acesso para as famílias que moram em áreas afastadas do centro, principalmente em relação aos bairros populares da parte oeste da cidade, cortada pela BR 101, onde o risco é grande, principalmente para quem tem filhos e precisam usar a bicicleta ou pagando o transporte coletivo para chegar ao Amélia Boroto.

Além do abandono do antigo Greca já havia um grupo se movimentando para invadir a área e isso também foi denunciado na matéria do JN.

Leia mais:  Feiras livres em São Mateus estão liberadas apenas para feirantes do município
publicidade

São Mateus

Detran autoriza serviços de sinalização em São Mateus

Publicado

Balneário de Guriri ganhará mais vagas de estacionamento, faixas de pedestres e sinalização turística

O Departamento Estadual e Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) autorizou, nesta sexta-feira (23), a execução dos serviços de sinalização viária no balneário de Gururi, em São Mateus. A Ordem de Serviço, no valor de R$ 320.384,21, contempla a implantação e manutenção de sinalização horizontal, vertical e dispositivos auxiliares. O objetivo é organizar o trânsito e oferecer mais segurança aos condutores, ciclistas e pedestres.

A Ordem de Serviço foi assinada pelo diretor geral do Detran|ES, Givaldo Vieira, e pelo prefeito Daniel Santana, em solenidade na Prefeitura de São Mateus. As ações incluem a ampliação da oferta de vagas de estacionamento, faixas de pedestres e sinalização de pontos turísticos do balneário. A previsão é que os serviços sejam executados até o mês de setembro.

O diretor gral do Detran|ES, Givaldo Vieira, destacou que o projeto de sinalização que será executado foi feito em diálogo com a Prefeitura e busca atender às necessidades no trânsito de Guriri. “Procuramos focar em questões importantes para o local, como a ampliação em grande número dos estacionamentos, o que era uma demanda da comunidade e é muito importante para uma localidade que já tem muitos moradores, recebe milhares de turistas no Verão e precisa organizar a parada dos veículos. Além disso, o projeto busca focar na segurança dos pedestres, principalmente na avenida da orla, onde serão pintadas várias faixas de pedestres para facilitar o deslocamento seguro das pessoas que estão na praia. Também consideramos as características locais e os suportes das placas, que serão de alumínio para resistir à maresia e durar mais tempo. Então, trata-se de um investimento para prevenção de acidentes e proteção da vida de muita gente”, disse.

Vieira destacou ainda a sinalização turística para valorizar os atrativos locais. “Outro aspecto, que é uma novidade dessa gestão, é a sinalização turística junto com a sinalização viária, para destacar as potencialidades do balneário, como a praia, o Bosque da Praia, Barra Nova, Meleiras, Projeto Tamar, dentre outros. Isso facilita a localização dos pontos turísticos e mostra que a cidade está pronta para receber o turista”, considerou.


“A sinalização é a educação de ir e vir, de parar e seguir, tanto 
para carros quanto para pedestres, e traz segurança para a comunidade. Também fortalece o comércio e a cidade. Guriri estava precisando dessa sinalização porque também incentiva a geração de emprego e renda, dando mais visibilidade ao potencial turístico do balneário”, disse a moradora e liderança comunitária de Guriri Sila Mesquita.

Dentre as intervenções relacionados à sinalização horizontal, estão a demarcação de faixa elevada para travessia de pedestres; faixa de travessia de pedestres; marca de delimitação e controle de estacionamento; demarcação de vaga para Pessoa com Deficiência e para idoso, além de outros dispositivos. Já a sinalização vertical, compreende o pórtico e semipórtico na chegada dos municípios; placa indicativa turística; placas de regulamentação, dentre outros.

Os projetos de sinalização são revisados pelos engenheiros e técnicos do Detran|ES, com base em estudos e levantamentos realizados em cada município, com a participação das prefeituras, autoridades, Polícia Militar (PMES) e sociedade civil organizada, buscando atender às principais necessidades do trânsito nas localidades.

Também participaram da assinatura da Ordem de Serviço vereadores, representantes da Associação dos CFCs e do Sindicato dos CFCs, lideranças comunitárias e chefes de Ciretrans.

Prazo

A Ordem de Serviço N° 040/2021 foi publicada no Diário Oficial do Estado do dia 16 de julho. A realização dos serviços tem o prazo de 60 dias a partir dessa data, podendo ser prorrogado. Caso necessário, novos serviços podem ser acrescentados no decorrer da implantação da sinalização em determinado município, desde que haja formalização de uma nova Ordem de Serviço complementar.

Leia mais:  São Mateus investe em mais ações no Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra crianças e adolescentes
Continue lendo

São Mateus

Detran autorizará serviços de sinalização viária em São Mateus, nesta sexta-feira (23)

Publicado

O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) autorizará, nesta sexta-feira (23), os serviços de sinalização viária no balneário de Guriri, em São Mateus. O investimento, no valor de R$ 320.384,21, contempla a implantação e manutenção de sinalização horizontal, vertical e dispositivos auxiliares. O diretor geral do Detran|ES, Givaldo Vieira realizará a assinatura da Ordem de Serviço na Prefeitura Municipal e acompanhará a realização dos trabalhos nas vias do município.

Serviço:

Assinatura da Ordem de Serviço e início dos serviços de implantação e manutenção de sinalização em Guriri, São Mateus

Data: 23/07 (sexta-feira)

Horário: 10 horas

Local: Prefeitura Municipal

Leia mais:  Deputado Freitas se reúne com a Polícia Militar pedindo mais segurança para os dos quilômetros
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana