conecte-se conosco


Medicina e Saúde

Aprenda a fazer uma prática rápida de meditação

Publicado

O facilitador Fernando Gabas, criador do protocolo de meditação e expansão da consciência Life Matters, ensina a técnica para praticar em casa

A meditação pode ser uma das grandes aliadas durante a pandemia para a busca e a manutenção de um estado mental mais presente, menos preocupado e dirigido para a coletividade. O facilitador Fernando Gabas, do Life Matters, explica que com as práticas meditativas, a vivência muda e é possível uma ampliação da consciência.

“Quem passa por esse processo tende a deixar de ser obcecado pelo EU, EU, EU e passa a se sentir conectado com o todo. Esses indivíduos que denomino de SEERs (do inglês “o que vê”), passam a ter uma experiência de vida mais inclusiva e não exclusiva, de um ser isolado. Isso ocorre com outras pessoas que passam por processos de expansão da consciência. Após terem enfrentado dificuldades extremas, passaram a ter uma clareza diferente dos fatos e um olhar maior para a coletividade”, frisa.

Para quem está em casa na quarentena, Gabas recomenda o Método Refresh, que ativa o sistema nervoso parassimpático, provoca o equilíbrio do corpo e da mente, e libera suas potencialidades. Veja como fazer.

Duração: a Refresh tem um diferencial muito positivo. Por ser uma prática rápida, ela pode ser feita em qualquer horário e quantas vezes se sentir estressado(a), sufocado(a), nervoso(a), triste ou com qualquer outro estado mental desagradável.

Como fazer: escolha um local da casa tranquilo, no qual não será interrompido(a). O exercício pode ser realizado com ou sem música.

Passo a passo:
Coloque as mãos na altura do seu coração e respire lenta e profundamente três vezes.
Enquanto respira, sinta a força do seu coração que bate incessantemente antes mesmo de você nascer, sem pedir nada em troca. Seja agradecido por ele.
Observe a sensação desagradável que está sentindo. Ao observar você já cria uma distância dela. Reconheça que ela não te traz nenhum benefício.
Constate que transformar seu estado está em suas mãos. Traga agora a sua memória, experiências profundamente positivas em sua vida. O momento em que você se sentiu cuidado, com amor… Vivencie esse momento.
Pense também em um momento divertido que você sorriu muito. Coloque um sorriso em seu rosto e experiencie novamente essa sensação agradável.
Recorde também de um momento em sua vida em que você se sentiu extremamente agradecido. Às vezes, até uma coincidência não esperada. Sinta a gratidão novamente.
Lembre ainda de um momento de conexão verdadeira, um abraço gostoso… Curta esse estado.
E agora, sentindo o estado totalmente transformado, respire mais uma vez lenta e profundamente.
Aja sempre desse estado. Sua inteligência e sensibilidade aumentam e você saberá o que fazer independente do desafio.
Quando estiver pronto, pode abrir os olhos.

Leia mais:  Zika pode ser arma contra o câncer de próstata
publicidade

Medicina e Saúde

ES tem quase 2 mil novos casos de covid-19 em 24 horas; total de mortos chega perto de 4,3 mil

Publicado

Mais 17 mortes em decorrência da doença foram contabilizadas entre esta segunda e terça-feira no estado

Quase 2 mil novos casos do novo coronavírus foram registrados no Espírito Santo em 24 horas. De acordo com informações do Painel Covid-19, atualizadas na tarde desta terça-feira (1), nesse período foram confirmados mais 1.972 casos da doença no estado, elevando o total de infectados, desde o início da pandemia, para 191.973.

Além disso, mais 17 mortes em decorrência da doença foram contabilizadas entre esta segunda e terça-feira. Com isso, o total de óbitos causados pelo coronavírus no Espírito Santo chegou a 4.296. Por outro lado, 177.237 pessoas já conseguiram vencer a covid-19 no estado.

O painel aponta ainda que Vila Velha, município capixaba com o maior número de pessoas infectadas pela doença, chegou a 28.076 casos registrados. A Serra continua na segunda colocação do ranking, com 24.688 registros. A capital Vitória, por sua vez, já contabilizou 24.294 casos, ocupando a terceira posição.

Vila Velha também é o município com o maior número de óbitos por covid-19 registrado até o momento no Espírito Santo: 603. Logo em seguida, aparece a Serra, com 593. Na terceira colocação, está Cariacica, com 535 registros. Já Vitória contabilizou, até o momento, 515 mortos pela covid-19.

Ainda segundo o painel, Jardim Camburi, na capital, continua sendo o bairro capixaba com o maior número de casos confirmados da doença. Ao todo, 3.612 pessoas já foram infectadas na região. Praia da Costa, em Vila Velha, é o segundo bairro, com 3.193 casos.

 

Leia mais:  Descoberto novo sintoma da covid-19 que pode durar meses

Continue lendo

Medicina e Saúde

Dezembro Laranja alerta para casos de câncer de pele no Espírito Santo

Publicado

A campanha nacional busca alertar a população dos fatores de risco e chama atenção para a importância do diagnóstico precoce da doença e das medidas de prevenção

O último mês do ano tem uma bandeira: e é laranja. Inspirado na cor do sol, o Dezembro Laranja é o mês da conscientização sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer da pele, que, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), é o tipo mais frequente no Brasil. 

A campanha tem como principais objetivos proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento, contribuir para a redução da mortalidade e alertar a população em geral dos fatores de risco da doença. No Espírito Santo, até o final deste ano, são previstos mais de 1400 novos casos de câncer da pele, de acordo com o Inca.

A dermatologista da Medquimheo, Mary Lane Nemer, explica que o tipo mais comum da doença – o câncer da pele não melanoma – tem letalidade baixa, porém preocupa devido sua alta incidência no país. A especialista também ressalta que quanto mais cedo o diagnóstico, maior a possibilidade de cura da doença. “As pessoas precisam, além de usar filtro solar todos os dias, ficar atentas quanto a sinais ou pintas que mudam de forma ou cor, feridas que não cicatrizam em até 4 semanas e a manchas que coçam ou sangram, que estão entre os principais sintomas desse tipo de câncer”, alerta a médica.

Formas de prevenção e fatores de risco

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), evitar a exposição excessiva ao sol e proteger a pele dos efeitos da radiação UV são as melhores estratégias para prevenir o melanoma e outros tipos de tumores na pele. Como a incidência dos raios ultravioletas está cada vez mais agressiva, as pessoas de todos os fototipos devem estar atentas e se protegerem quando expostas ao sol.

A dermatologista também explica que os fototipos I e II são os que apresentam maior risco de desenvolverem a doença. “Os grupos de maior risco para o câncer da pele são as pessoas de pele clara com sardas, cabelos claros ou ruivos e olhos claros. Além disso, é importante destacar que as que possuem histórico familiar da doença e muitas pintas, devem ter cuidados redobrados”, explica a especialista.

Atenção para o bronzeamento artificial

A dermatologista traz um alerta para uma prática cada vez mais comum em nosso estado: o bronzeamento artificial. Isso porque, as câmaras de bronzeamento artificial trazem riscos comprovados à saúde e foram reclassificadas como agentes cancerígenos pela Organização Mundial de Saúde (OMS), no mesmo patamar do cigarro e do sol. Vale ressaltar que essa prática antes dos 35 anos de idade aumenta em 75% o risco de câncer da pele, além de acelerar o envelhecimento precoce.

Leia mais:  Zika pode ser arma contra o câncer de próstata
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana