conecte-se conosco


Cidades

Apresentação de novos projetos e exibição dos cartões Banescard Visa marcam encontro geral de colaboradores do Banestes

Publicado

O “Encontro de Gigantes”, evento anual dos colaboradores do Banestes foi realizado via transmissão on-line.

De forma adaptada às necessidades de distanciamento social, como medida de prevenção ao novo Coronavírus (Covid-19), foi promovida, na manhã desta quarta-feira (14), a quarta edição do grande evento anual de colaboradores do Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes), o “Encontro de Gigantes – Juntos e Conectados”, que, neste ano, teve como tema a expressão “Construindo o Futuro”.

O evento foi transmitido ao vivo, de forma on-line, para os mais de dois mil colaboradores do Sistema Financeiro Banestes (SFB), diretamente do auditório do hub de inovação Base27, no ambiente batizado de Espaço Banestes, localizado na Enseada do Suá, em Vitória. O Banestes é patrocinador oficial do hub de inovação.

No hub, para a condução das apresentações, estavam presentes os membros de diretoria do Sistema Financeiro Banestes e de representantes das áreas de negócios do banco. O evento contou ainda com a presença do governador do Estado, Renato Casagrande, e com a participação do presidente do hub Base27, Francisco Carvalho.

“A partir das necessárias adaptações de convívio social, criamos um novo modelo de reunião geral do time Banestes. A impossibilidade do contato pessoal não poderia afetar a união e a conexão das equipes. Temos realizado todos os meses, desde o início da pandemia, reuniões on-line com todos os colaboradores para facilitar as interações. Mas decidimos criar, neste novo formato, um grande evento especial para este ano, para marcar o início do segundo semestre de 2021. O Banestes tem mantido um crescimento sustentável e superado muitos desafios graças, principalmente, à força e à competência do seu time profissional”, ressaltou o diretor-presidente do Banestes, José Amarildo Casagrande.

O governador Renato Casagrande participou do encontro.

O “Encontro de Gigantes” do Banestes tem como objetivo apresentar os novos projetos para as equipes, compartilhar metas, celebrar e reconhecer conquistas, abrir espaço para interações e perguntas dos colaboradores, além de proporcionar momentos de aprendizagem e troca de conhecimentos.

Leia mais:  Contribuinte que não pagar IPVA terá restrição no CPF e multa

As apresentações foram conduzidas pela empreendedora e influencer digital Bryce Caniçali, a garota propaganda da recente campanha lançada pelo Banestes, com foco no público de servidores públicos. “O Banestes tem tudo a ver com a minha história e com a história da minha família. É uma grande satisfação fazer parte deste momento tão importante para a equipe do verdadeiro banco dos capixabas”, disse Bryce Caniçali.

Após o momento de boas-vindas ao público que acompanhava o evento, conduzido pela influencer e pelo presidente do banco, José Amarildo Casagrande, o governador do Estado, Renato Casagrande, fez questão de deixar uma mensagem ao time do Banestes. “Tive a oportunidade de participar de um encontro com vocês pessoalmente em 2019 e digo que é muito melhor estarmos juntos, mas o momento exige essas precauções. Tivemos que nos adaptar a essa mudança total ao que estamos vivendo. O Banestes teve que funcionar com boa parte dos funcionários em home office”, declarou Renato Casagrande.

O governador comentou ainda as ações conduzidas em parceria com o Banestes, como o auxílio no enfrentamento à pandemia. “Na área social, o banco foi base para o ES Solidário, onde estamos entregando cartões para as pessoas mais vulneráveis. Da mesma forma, colocamos crédito para as pessoas que estão com dificuldade. Com muita gente afastada de home office, vocês tiveram disciplina para alcançar bons resultados. Souberam se colocar e vencer esse desafio. Nosso banco precisa continuar com a tradição capixaba de atender bem o cliente e de forma personalizada. Esse banco precisa produzir resultados, pois é instrumento de desenvolvimento para o uso de políticas públicas. Minha palavra é de gratidão ao trabalho de vocês e de otimismo com o futuro do nosso banco”, ressaltou.

Em seguida, o presidente do hub Base 27, Francisco Carvalho, participou com uma breve fala sobre inovação. “Precisamos nos movimentar sempre. As instituições estão em constante transformação, principalmente setores como a engenharia e também o sistema financeiro. O Base27 tem esse propósito de contribuir com a transformação da economia do Espírito Santo, por meio do incentivo à inovação”, pontuou Francisco Carvalho.

Leia mais:  Obras da Terceira Ponte começam também no trecho de Vila Velha

Sobre a representatividade do Banestes, José Amarildo Casagrande destacou ainda que o cenário é desafiador. “Fazemos parte de um mercado altamente competitivo. Mas tenho certeza que, pela representatividade do Banestes em todo o Estado e com todas as ações de inovação que estamos implementando, vamos construir um futuro ainda mais forte para o banco dos capixabas”.

Também fez parte da programação do evento o fomento de ações especiais nas redes sociais, com o compartilhamento de filtro exclusivo e GIFs temáticos sobre o evento para uso dos colaboradores, por meio da rede social Instagram. Os colaboradores puderam compartilhar, na função “stories” da rede, algumas cenas enquanto acompanhavam a realização do evento, de forma on-line.

Apresentação dos novos cartões Banescard Visa

Um dos pontos altos do grande evento geral de 2021 do Banestes foi a exibição, com exclusividade para todos os colaboradores, da nova marca Banescard e dos layouts da nova família de cartões Banescard Visa.

A proposta de card design foi desenvolvida pela equipe de design da Visa, a partir de rodadas de briefing com a área de cartões, de comunicação e marketing da diretoria do Banestes.

Os primeiros cartões Banescard Visa serão recebidos pelos colaboradores do Banestes, no período de julho até setembro deste ano. Será um período de testes finais antes do início da disponibilização aos demais clientes do banco.

A partir de novembro deste ano, terá início o processo de substituição dos cartões Banescard dos clientes para os novos cartões Banescard Visa. Este processo vai até junho de 2022. A ação alcança cerca de 500 mil clientes, que não precisarão solicitar a troca. Os novos cartões serão emitidos automaticamente e enviados aos clientes.

publicidade

Cidades

Plataforma Recoloca Rio Doce tem vagas de emprego em Linhares e Baixo Guandu 

Publicado

Vagas são direcionadas às empresas contratadas que atuam nas ações de reparação e compensação executadas na região

Interessados em participar de processos seletivos e conquistar uma vaga de trabalho em Linhares, Baixo Guandu e região têm a plataforma Recoloca Rio Doce para cadastrar seus currículos. A ferramenta faz parte de iniciativa da Fundação Renova para reparar e compensar os danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão (MG). Com o foco em recolocar a população no mercado de trabalho, o Recoloca visa também levar desenvolvimento humano aliado ao objetivo de estimular a retomada do desenvolvimento econômico na região atingida.

Nesta semana, estão abertas quatro oportunidades de emprego para atuação nas ações de reparação e compensação executadas pela Fundação Renova. Dessas, duas vagas são disponíveis em Linhares e oferecidas pela empresa Palma Construtora e Incorporadora para a função de pedreiro. As outras duas vagas são em Baixo Guandu, na empresa Gênese Consultoria Ambiental, Planejamento e Construções para Técnico em Segurança do Trabalho.

As vagas e os requisitos podem ser conferidos na plataforma Recoloca Rio Doce, onde os profissionais interessados devem cadastrar seus currículos, e nos Sine locais dos municípios.

A ferramenta on-line e gratuita, desenvolvida pela Fundação Renova em parceria com a Kienbaum Consultoria, é um canal disponibilizado para as pessoas das comunidades atingidas que buscam inserção no mercado de trabalho.

Leia mais:  Atendimento para indenização de pescadores é concluído em Patrimônio da Lagoa no ES

“O objetivo é formar um banco de currículos qualificado, no qual as empresas encontram profissionais conforme suas demandas. As empresas também anunciam as suas vagas”, diz Jucilene Junia Martins, analista do Programa de Estímulo à Contratação Local da Fundação Renova.

Com o uso da plataforma, os currículos impressos não serão mais considerados nos processos seletivos de fornecedores e parceiros da Fundação Renova. O cadastramento do currículo não garante a contratação, mas é requisito para concorrer às vagas. Os documentos digitais, unificados na plataforma, possibilitam um maior alcance e acesso às vagas, já que as necessidades das empresas são mapeadas e os candidatos, direcionados de acordo com as demandas de cada empreendimento. 

Capacitações de mão de obra

O Recoloca Rio Doce também oferece capacitações para o mercado de trabalho, como treinamentos e videoaulas sobre elaboração de currículos, o que possibilita o aprimoramento das habilidades dos profissionais dos profissionais das regiões impactadas pelo rompimento da barragem de Fundão. A iniciativa amplia as possibilidades de os profissionais atingidos retornarem ao mercado de trabalho no município.

Leia mais:  Instituto alerta para tempestade e chuvas intensas no Espírito Santo

Mão de obra local

A valorização da mão de obra local é um dos compromissos da Fundação Renova para execução das atividades de reparação, conforme previsto no Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta (TTAC) e no Termo de Acordo de Mariana. Fornecedores da Fundação Renova também consideram a priorização da contratação local para execução dos seus trabalhos.

Sobre a Fundação Renova

A Fundação Renova é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos, constituída com o exclusivo propósito de gerir e executar os programas e ações de reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão.

A Fundação foi instituída por meio de um Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta (TTAC), assinado entre Samarco, suas acionistas Vale e BHP, os governos federal e dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, além de uma série de autarquias, fundações e institutos (como Ibama, Instituto Chico Mendes, Agência Nacional de Águas, Instituto Estadual de Florestas, Funai, Secretarias de Meio Ambiente, dentre outros), em março de 2016.

Continue lendo

Cidades

“Caixaça Econômica”: distribuidora do ES faz sucesso com nome, mas Caixa pede alteração

Publicado

A distribuidora de bebidas fica no bairro Nova Rosa da Penha, em Cariacica, e viralizou nas redes sociais

Uma distribuidora de bebidas bombou nas redes sociais após adotar um nome fazendo alusão à Caixa Econômica Federal. A criatividade do proprietário do estabelecimento, que fica no bairro Nova Rosa da Penha, em Cariacica, deu o que falar e a “Caixaça Econômica” ganhou destaque nacional. 

A brincadeira, mesmo sendo positiva para o estabelecimento, chamou a atenção até da diretoria da Caixa, que solicitou que o nome da distribuidora fosse alterado, inclusive as cores e a fonte usadas. 

Antes de se tornar uma distribuidora de bebidas, o local funcionava como uma loja de conveniência, que vendia utensílios para o lar. Os proprietários, Adilson Ramos Júnior e Francini Moreira Alves, resolveram mudar o ramo de atuação e colocaram um nome diferenciado para chamar a atenção de clientes e tentar aumentar as vendas.

“Aqui funcionava uma loja de conveniência, mas o negócio não estava dando muito certo. Nessa região, o comércio muito forte é de bebidas. Como atuo nesse negócio há muitos anos, resolvi mudar para uma distribuidora. Eu e minha esposa pensamos juntos e chegamos neste nome para chamar a atenção”, afirmou o proprietário.

Leia mais:  Comunidades vizinhas são protagonistas em projetos da Suzano

Em julho, um pastor, do Rio de Janeiro, estava no Espírito Santo a passeio. Quando esteve em Cariacica, pediu ajuda para encontrar um banco da Caixa, pois precisava realizar uma transação.

Foi quando os moradores deram o endereço da distribuidora do Adilson, conhecido também como “Bil”. Quando o homem chegou no local, ficou impressionado, gravou um vídeo contando a história e publicou em uma rede social.

O que Bil e Francini não imaginavam era que o vídeo daria tanta repercussão. Depois de três dias nas redes sociais, a gravação já passava de 2 milhões de visualizações.

O nome continuou chamando a atenção. Diversos moradores da região contaram que gostaram da criatividade com a escolha do nome da distribuidora. Muitos, inclusive, gravaram vídeos no local, que acabou virando “ponto turístico”.

Por ter viralizado, a história chegou ao conhecimento da Caixa Econômica Federal que, segundo o proprietário da distribuidora, teria notificado ele e a esposa, pedindo que eles retirassem referências à instituição da placa.

“A Caixa me procurou no quinto dia e pediu para tirarmos a identidade deles, que é o X. Já tiramos e já estamos com outra placa para fugir disso”, contou.

Leia mais:  Procon-ES visitou região noroeste do Estado

Procurado pela reportagem, o banco confirmou que encaminhou notificação para a retirada das marcas de qualquer anúncio publicitário, ação promocional, fachada ou referência visual na internet.

A Caixa disse ainda que é a titular exclusiva dos direitos de utilização das marcas institucionais e que a utilização indevida constitui crime contra a propriedade intelectual.

Os empresários fizeram uma alteração na marca e substituíram o “X” nas cores branco e laranja, característico do banco, pelas letras “CH”. O azul-escuro e a tipografia que lembra a mesma utilizada pela instituição foram mantidas. A placa com a nova marca da distribuidora deve ser instalada até o final da semana.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana