conecte-se conosco


São Mateus

Artigo – Petrocity Portos e seus desafios

Publicado

Por Cássio Caldeira

Por diversas vezes assisti a apresentação do projeto Petrocity Portos. Um projeto muito bem elaborado, com estudos minuciosos de viabilidade técnica, com um playback de curto prazo, com investidores potenciais que acreditam e bancam o projeto, com o apoio expressivo de uma sociedade tão carente de emprego e renda, portanto não há motivos para colocar em dúvida a concretização desse audacioso projeto.

Resultado de imagem para petrocity sao mateus

Lembrando que esse projeto já foi aprovado pela Secretaria Especial de Portos, Agência Nacional de Transportes Aquaviários, Secretaria de Patrimônio da União e Marinha do Brasil, ou seja, o projeto já foi aprovado por quem tinha que aprovar o que se discute nesse momento é meramente uma licença ambiental.

Porém temos vistos algumas lideranças com indiferença ou pior com discursos pessimistas e outros literalmente torcendo contra. Na minha ótica situação puramente normal, pois um projeto de tamanha envergadura incomoda e fere interesses de grandes grupos que sempre quiseram ter a hegemonia do poder e total controle da situação pertinente aos seus interesses pessoais e empresariais, não tendo a mínima preocupação com o interesse coletivo de toda uma sociedade hoje tão carente de emprego e renda.

Fico preocupado quando olhamos para a esfera política que acompanha de camarote toda a situação e lembro que no período eleitoral generalizaram o mesmo discurso que trabalharia incansavelmente pela retomada do desenvolvimento principalmente na região norte do estado.

Sabemos que é um projeto privado, mas a falta de boa vontade política nessa questão deixa grandes interrogações no ar, pois fica tudo sem sentido para não dizer decepcionante. Principalmente quando a classe menos favorecida sempre é a mais prejudicada.

Porém o projeto com toda certeza seguirá em frente, provavelmente com atrasos para a alegria de muitos, mas se viabilizará pois:

1. Não depende de dinheiro público, o capital é privado;
2. Conheço o projeto é muito bem estruturado e fundamentado;
3. Tem até o momento as aprovações necessárias do governo Federal;
4. Tem o apoio expressivo de toda uma sociedade otimista;
5. Muitos contratos já assinados com previsão de início ainda para este primeiro trimestre;
6. O projeto vem de encontro a necessidade e a integração regional do transporte de cargas;
7. Pela necessidade da dinâmica reprimida de cargas ociosas no norte noroeste do estado, sul da Bahia e leste de Minas Gerais;
8.Todos os contratos necessários para a construção do Porto para com as empresas construtoras já foram assinados inclusive com as empresas que irão operar o porto;
9.Possui o reconhecimento técnico de entidades tais como: ANTAC, SEPE, SPU, MARINHA DO BRASIL E PREFEITURA MUNICIPAL;
10. Já está em andamento os cursos de preparação, formação e capacitação de mão de obra, portuária assinado com prefeituras do norte do estado.

Enfim, poderia colocar mais 10 ações adicionais extruturantes e efetivas, apenas a título de esclarecimentos da situação atual do projeto Petrocity.

Finalizando, do meu ponto de vista, tudo será apenas uma questão de tempo curto tempo por sinal, pois a classe trabalhadora tem pressa, os empresários precisam de novos horizontes e a sociedade não é mais burra e com toda certeza saberá como sempre lutar pelos seus ideais!
Quanto aos pessimista, sinto em dizer que já não há mais como voltar atrás, o projeto Petrocity já é uma realidade e não vamos perder o bonde do desenvolvimento no norte do estado.

Cássio Caldeira, 
Empresário, diretor da Qualimec,

São Mateus-ES.

Leia mais:  Covid-19: São Mateus vacina público acima dos 60 anos neste sábado
publicidade

São Mateus

Câmara mateense analisa orçamento de R$ 348,5 milhões para 2022

Publicado

PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA ENVIADA PELO PREFEITO EM EXERCÍCIO FOI LIDA
EM PLENÁRIO E ENVIADA PARA ANÁLISE DAS COMISSÕES PERMANENTES

São Mateus – Já está em tramitação o Projeto de Lei 027/2021 (Lei Orçamentária Anual – LOA 2022), que estima a receita e fixa a despesa dos poderes Executivo (incluindo o Serviço Autônomo de Água e Esgoto – Saae) e Legislativo no exercício financeiro de 2022. Apresentada pelo prefeito em exercício Ailton Caffeu, a proposta orçamentária estima receitas totais em R$ 348.473.000,00. Lida na sessão ordinária de terça-feira (19/10), foi encaminhada para análise e discussão nas comissões legislativas.

O prefeito em exercício pede apreciação e discussão da proposta em caráter de urgência urgentíssima, contudo ainda não há data para votação em plenário. Do total previsto, R$ 337.473.000,00 são destinados ao Poder Executivo, e R$ 11.000.000,00 ao Legislativo.

No desdobramento dos órgãos da Prefeitura, a maior fatia está direcionada ao Fundo Municipal de Educação, que inclui a secretaria homônima, com R$ 126,4 milhões. Para a Secretaria Municipal de Obras, Infraestrutura e Transporte estão programados R$ 56.012.000,00. No Fundo Municipal de Saúde, com a secretaria de mesmo nome, a estimativa é de R$ 51.850.000,00. A Secretaria de Agricultura e Abastecimento tem previsão de R$ 16 milhões.

A LOA em debate prevê R$ 1.255.000,00 para a Secretaria de Cultura. Na Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude, o orçamento para 2022 é de R$ 4.507.000,00, enquanto a Secretaria de Assistência Social tem previsão de R$ 10.864.000,00. A Secretaria de Defesa Social (que envolve a Guarda Municipal e a Defesa Civil) tem estimativa de empregar R$ 10.684.000,00. Para a Secretaria de Turismo estão alocados R$ 4.283.000,00.

A proposta orçamentária prevê o montante de R$ 15 milhões para o Saae. Para o Regime Próprio de Previdência estão previstos R$ 6.520.000,00. O orçamento enviado estabelece ainda R$ 3,3 milhões como reserva de contingência.

O projeto apresentado pelo Executivo prevê a abertura de créditos suplementares, por decreto, até o limite de 50% do total da despesa fixada.

PPA E LDO
Na sessão legislativa em que foi lida a proposta orçamentária, o presidente da Câmara Municipal, vereador Paulo Fundão, adiantou que pretende colocar em votação, se liberadas pelas comissões permanentes, as propostas do Executivo que estabelecem o Plano Plurianual (PPA 2022-2025) e a Lei de Diretrizes Orçamentárias para o exercício 2022 (LDO), que precedem a votação da LOA 2022.

Leia mais:  São Mateus: Idosos retornam para o Lar dos Velhinhos após desinfecção do prédio da instituição
Continue lendo

São Mateus

José Roberto: “Esta Câmara é um templo da democracia e deve ser defendida por todos”

Publicado

São Mateus – Ex-secretário municipal de Educação e coordenador da Área de Saúde I e Licenciaturas da Faculdade Vale do Cricaré (FVC), o professor e pesquisador José Roberto Gonçalves de Abreu fez um discurso eloquente em defesa da democracia e da representatividade popular na Câmara de São Mateus. “Esta Casa é um templo da democracia, e deve ser defendida de forma densa por todos nós”, frisou, em pronunciamento na tribuna popular.

Fisioterapeuta do Hospital Meridional, José Roberto acompanhou a presidente do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 15ª Região – Espírito Santo (Crefito15), Eunice da Encarnação da Silva e Souza, em participação especial na homenagem ao Dia do Fisioterapeuta e do Terapeuta Ocupacional, a convite do vereador Cristiano Balanga.

“Se tem um poder que realmente emana do povo, instituído pelo povo, é o representado pela Câmara de Vereadores”, disse José Roberto, que é também presidente do Comitê de Ética da FVC e membro da Comissão de Educação do Crefito15. Ele salientou que o Legislativo Municipal “é o poder que sente as dores da comunidade, e que muitas vezes é injustiçado”.

José Roberto citou a representatividade de mais de 130 mil mateenses presente na Câmara de São Mateus. “Vocês são excelências porque o povo os colocou aí. A gente precisa reconhecer isso e defender a democracia por meio da Câmara de Vereadores. Sobre os vossos ombros repousam as demandas de toda a comunidade, as nossas esperanças” – acrescenta o pesquisador e professor, que é também orientador de Mestrado.

“Esta Câmara está a serviço da democracia. Que vocês, vereadores, tenham sempre sabedoria e força para enfrentar as adversidades. Que nós, como população, saibamos valorizar o bom político e saibamos defender a democracia a todo custo, pois foi uma conquista dolorosa dos nossos pais que enfrentaram a ditadura, enfrentaram dificuldades e que hoje nos permite usar este microfone e falar de forma aberta. E desta forma aberta eu manifesto aos senhores todo o meu respeito, todo o meu carinho e todo o meu desejo de sucesso nesta trajetória” – continua José Roberto.

GRATIDÃO
Ao sugerir a realização de uma sessão itinerante da Câmara Municipal na Faculdade Vale do Cricaré, José Roberto agradeceu a Comenda Honorífica André Orlandi Nardotto, que recebeu do Parlamento em sessão solene por ocasião do Dia de São Mateus. “É importante demais, para um município deste tamanho, demonstrar que é grandioso inclusive no reconhecimento aos trabalhos aqui realizados”.

Fundador da Clínica-Escola de Fisioterapia, orientou a sociedade mateense a encaminhar para a FVC pacientes com demandas relacionadas ao processo de reabilitação da covid-19. “Lá serão atendidos por alunos que estão aprendendo da forma mais nobre, reabilitando as pessoas”.

José Roberto ainda comunicou que executa o Projeto Fênix, já tendo concluído capítulos de um livro com resultados de uma pesquisa científica sobre reabilitação de pacientes pós-covid.

AULA MAGISTRAL
Ao agradecer José Roberto em nome da Câmara Municipal, o presidente Paulo Fundão disse que é muito prazeroso ver um discurso eloquente e objetivo na forma e no conteúdo. “Foi no ponto nodal do que penso como democracia. Muito obrigado por esta aula magistral de democracia”.

Leia mais:  Servidores da Saúde mais protegidos para combater o Coronavírus em São Mateus
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana