conecte-se conosco


Cidades

Aulas presenciais devem ser retomadas em maio na maior parte do Espírito Santo

Publicado

Secretário de Saúde disse que queda no número de casos e de internações deve levar ao crescimento no número de cidades em risco moderado e risco baixo tornando possível mais abertura das atividades como a Educação

As aulas presenciais devem ser retomadas em boa parte do Espírito Santo a partir do mês de maio. A previsão é do secretário da Saúde do Espírito Santo, Nésio Fernandes, dada em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (26), junto com o subsecretário de Vigilância em Saúde do Estado, Luiz Carlos Reblin.

“É possível que, ao longo do mês de maio, o Espírito Santo alcance uma taxa de ocupação de UTI inferior a 80%. Com isso, o nosso Estado deverá apresentar majoritariamente uma maior quantidade de municípios classificados no risco moderado e baixo. Desta maneira, ao longo do mês de maio, de acordo com as regras já divulgadas e estabelecidas na matriz de risco, as atividades educacionais deverão retornar na ampla maioria dos municípios capixabas.”

O secretário anunciou que o Espírito Santo vive uma queda no número de casos de covid-19. “Mantemos a tendência de queda de ocupação das UTIs e das enfermarias próxima a 60%. É possível que o RT (taxa de transmissão dessa semana e da próxima esteja próxima de 1 ou até abaixo”, apontou.

O cenário aponta que o mês de maio pode ser marcado por uma maior flexibilização das restrições das atividades. Ele disse que o número de municípios em risco moderado ou risco baixo pode crescer. Dentro desse contexto, atividades como as da Educação poderão ser retomadas em grande parte das cidades. 

Vacinação dos professores e profissionais da Segurança Pública

Frente ao número incerto de doses enviados pelo Governo Federal, Fernandes informou que as doses da vacina da Astrazeneca serão destinadas exclusivamente para os professores e profissionais da área de Segurança Pública. “Iremos disponibilizar 16 mil doses da Astrazeneca aos professores no nosso Estado. As doses da Coronavac, não serão destinadas a esses grupos. Assim, não haverá prejuízo ou atraso na aplicação de doses para eles”, apontou. 

Segundo o subsecretário Luiz Carlos Reblin, esta estratégia foi definida porque o Ministério da Saúde não deu garantias de envio de doses necessárias para aplicação de primeiro e de segunda dose. “Se não recebermos doses adicionais, não há nenhum problema de aguardar um prazo um pouco maior do que o previsto. No começo de maio, o Governo Federal garantiu que a situação estará normalizada”, revelou.

Reblin também negou que foram aplicadas doses vencidas em pessoas na cidades de Linhares, Vila Velha e Serra conforme notícias veiculadas na mídia nacional. “O que houve foi um erro de registro de lote das doses aplicadas. A população pode ficar tranquila”, reforçou. 

Ele também afirmou que não houve registro de nenhuma reação à vacina. “Não temos nenhum registro de reação à vacina, especialmente ao que se relata sobre trombose. Os registros que nós temos são reações leves em grande maioria, como dor no local da injeção, febre… E isso é esperado em qualquer vacina. Todos nós sabemos historicamente que elas causam algum tipo de reação. Não temos histórico de reação em relação às vacinas no Espírito Santo”, comunicou. 

Vacinação das pessoas com comorbidades

Os gestores da Sesa acreditam que, até o final dessa semana, já estarão definidos os critérios para que se iniciem a imunização de pessoas com comorbidades. “Ao longo desta semana, diversos municípios capixabas terão concluído a vacinação dos idosos com a primeira dose. Assim, eles estarão autorizados a iniciar com o grupo das comorbidades. A Sesa aguarda a resolução até quarta-feira que irá definir todos os procedimentos da vacinação após a população idosa”, apontou Fernandes. 

Número de testagens por município será divulgado

A partir desta segunda-feira (26) a Secretaria de Saúde irá divulgar o número de testagens por antígenos em cada município em seu painel de acompanhamento da covid-19. “Damos mais um passo na transparência,  ao acrescentarmos o número de testes de antígeno em cada município. A população poderá perceber a adesão dos seus municípios à testagem. A quantidade disponibilizada pela Sesa permite 100% de testagem”, garantiu o secretário.

Abertura de leitos e entrega de equipamentos de UTI

O secretário informou que os 230 ventiladores possibilitarão que sejam abertos mais 150 leitos de UTI na rede estadual. Garantiu que esses leitos disponibilizados ficarão permanentes para uso, mesmo com o fim da pandemia. Fernandes contabilizou 500 leitos de UTI e enfermaria livres no último domingo (25), o que reforça que o Estado vive uma fase de recuperação da curva de casos, internações e óbitos. 

Leia mais:  Artesãos da bacia do rio Doce levam arte capixaba à 30ª Feira Nacional de Artesanato
publicidade

Cidades

Detran inova e agora permite indicação do real condutor infrator pelo aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT)

Publicado

Essa é para você, proprietário de veículo. Uma multa autuada pelo Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES), pelas prefeituras cujo trânsito é municipalizado ou pelo Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES) foi registrada no seu veículo, mas não era você o condutor naquele dia e horário? A partir de agora, é possível indicar o real condutor pelo aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT). O Detran|ES é o pioneiro no País na adesão dessa tecnologia, que foi desenvolvida pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) para a Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran) – antigo Denatran, do Ministério da Infraestrutura. 

O aplicativo Carteira Digital de Trânsito reúne uma série de informações sobre o condutor e o veículo. Além de permitir fazer a indicação do principal condutor do veículo, a adesão ao Sistema de Notificação Eletrônica (SNE) e o informe sobre a necessidade de realizar o recall do veículo, agora é possível mais essa facilidade, sem a necessidade de acessar um outro site ou se deslocar até uma unidade do Detran|ES.  

“O mundo está caminhando a passos largos para a digitalização de documentos e procedimentos. E o Detran|ES não fica para trás. Por meio do Detran 100% Digital, programa alinhado ao planejamento estratégico do Governo Casagrande, estamos implementando a modernização do órgão, com tecnologia, equipamentos e procedimentos, facilitando a vida do usuário dos nossos serviços. Hoje, já oferecemos mais de 60 serviços digitais por meio do nosso site e aplicativos parceiros. E podem esperar porque não vamos parar por aqui”, reforçou o diretor geral do Detran|ES, Givaldo Vieira.    

Como vai funcionar 

O proprietário do veículo receberá a notificação de autuação da infração, por meio do aplicativo CDT, logo que aderir ao SNE. Se não for ele o responsável por aquela infração, é preciso acessar a multa, selecionar a opção “Real Infrator” e, posteriormente, a opção “Indicar”, informando o CPF do indicado. Esse, por sua vez, receberá uma notificação da indicação e deverá aceitar e efetuar a autenticação da assinatura, por meio do portal gov.br, para que o procedimento seja efetuado. Após a conclusão, será possível visualizar o documento assinado.  

A analista de negócio do Serpro, Mara Leniza, explica que com a nova funcionalidade de indicação, é possível informar o verdadeiro responsável pela infração. “Caso o indicado realize o aceite pelo aplicativo, assumirá, apenas para aquela infração, os pontos em sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH)”, informa.   

Notificação de infrações a terceiros 

Anteriormente, o aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT) enviava notificações de infrações apenas para o atual proprietário do veículo. Com a nova funcionalidade, o aplicativo agora passa a enviar também notificações eletrônicas para outras pessoas do ciclo de vida da infração, como o proprietário anterior do veículo (ou proprietário à época do cometimento da infração), o principal condutor e o real infrator. Portanto, é essencial que o proprietário do veículo e o indicado já estejam utilizando o aplicativo CDT e tenham feito a adesão ao SNE.  

Outras maneiras de fazer o indicativo de real infrator 

O Detran|ES disponibiliza, no site www.detran.es.gov.br, a possibilidade de o proprietário do veículo realizar a Indicação de Real condutor das multas autuadas pelo órgão, sem a necessidade de se dirigir presencialmente até uma unidade. 

Para ter acesso ao serviço, é necessário que a infração seja de competência do Detran|ES, que não tenha havido abordagem pelo agente de trânsito com identificação do condutor infrator e que a multa em questão seja considerada pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) de responsabilidade do condutor e não do proprietário do veículo. 

Para realizar o serviço, o proprietário do veículo deverá acessar o site do Detran|ES, na área de “Infrações”, e acessar o ícone de “Indicação On-line de Condutor”, na opção de “Serviços On-line”. Para garantir a segurança do processo, será necessário informar a placa e o Renavam do veículo, o CPF ou CNPJ do proprietário e o número do Auto de Infração. 

Na página seguinte, o interessado deverá preencher o formulário com os dados do condutor infrator e anexar a Carteira Nacional de Habilitação do proprietário do veículo e do condutor que cometeu a infração, além da Declaração de Indicação de Real Condutor (Dirc), utilizando a própria Notificação de Autuação de Infração de Trânsito, em que constam os campos que devem ser corretamente preenchidos e assinados. 

O processo será analisado pela equipe do Detran|ES e, caso a indicação cumpra os critérios exigidos, ela será deferida e a pontuação será transferida para o condutor infrator. Caso a indicação seja indeferida, o proprietário do veículo será considerado responsável pela infração. Com o novo serviço, o resultado, com o deferimento ou indeferimento do processo, também será enviado por e-mail para o requerente.

Leia mais:  Artesãos da bacia do rio Doce levam arte capixaba à 30ª Feira Nacional de Artesanato
Continue lendo

Cidades

Encontro com empreendedores de Itaúnas discute ações de promoção para o destino

Publicado

Equipes da Secretaria de Turismo (Setur); da Superintendência Estadual de Comunicação Social do Espírito Santo (Secom), do Instituto Estadual de Meio Ambiente (Iema) e da Associação Brasileira de Agências de Viagem do Espírito Santo (Abav) se reuniram com empreendedores da cadeia produtiva da Vila de Itaúnas, em Conceição da Barra, na última sexta-feira (17) para debater ações de fomento do destino, com vistas à promoção na 48ª Abav Expo & Collab, em Fortaleza-CE – principal feira nacional do setor – focada em agentes de viagem e operadoras de turismo. Também participaram da reunião representantes da prefeitura de Conceição da Barra e da Câmara Municipal.

Com ações voltadas ao ecoturismo e potencial de Itaúnas, o destino deve ser fortalecido com a estruturação da Trilha de Itaúnas, que faz parte da Rede Capixaba de Trilhas, no âmbito da Rede Nacional de Trilhas de Longo Curso. A reunião foi a oportunidade de o poder público, empreendedores e parceiros unirem esforços no sentido de fortalecer meios de hospedagem e atrativos turísticos para qualificar a infraestrutura local, a fim de atender os turistas que chegarão à Vila, vindos de todo o País.

De acordo com a secretária de Estado de Turismo, Lenise Loureiro, este é o momento de fortalecer o turismo sustentável e Itaúnas é a vitrine ideal para que isso aconteça. “A Vila já é conhecida e querida pelo capixaba, que se encanta com a beleza natural e história do local, mas pode ser ainda mais divulgada nacionalmente, uma vez que investimentos recentes foram entregues para qualificar o destino, como a pavimentação da Rodovia ES-010, e outros estão sendo construídos, como as oficinas de capacitação”, enfatiza.

Nesta quinta-feira (23) tem início a Oficina de Sinalização e Manejo de Trilhas de Longo Curso, que tem como público-alvo empreendedores e lideranças locais envolvidos no projeto da Rede Capixaba de Trilhas. A implementação do projeto piloto na região do Parque Estadual de Itaúnas (PEI) será também catalisador do desenvolvimento sustentável na região de forma ordenada, gerando renda para toda a cadeia produtiva do Turismo na região e projetando o destino no cenário nacional. A primeira etapa da trilha será um percurso de aproximadamente 30 quilômetros, entre Guaxindiba, ao sul do Parque, e Itaúnas.

A elaboração da Rede Capixaba de Trilhas é uma ação conjunta entre Setur, Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Diagnóstico

O Sebrae apresentou, na manhã de sexta-feira, em Conceição da Barra, o diagnóstico para o desenvolvimento sustentável do Turismo e da Cultura Barrense, que abrange as regiões de Itaúnas e Meleiras.

O estudo foi realizado por uma consultoria que identificou os principais ativos turísticos da região, capazes de potencializar o turismo e a cultura local, convergindo esforços e recursos das diversas inciativas presentes no município.

Leia mais:  Artesãos da bacia do rio Doce levam arte capixaba à 30ª Feira Nacional de Artesanato
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana