conecte-se conosco


Cidades

Autorizada a pavimentação da Rodovia ES-230, trecho Vila Valério x Comunidade de Fátima (Jaguaré)

Publicado

O governador do Estado, Renato Casagrande, assinou, neste sábado (23), a Ordem de Serviço para início das obras de pavimentação da Rodovia ES-230, trecho Vila Valério x Comunidade de Fátima (Jaguaré). As intervenções serão executadas pelo Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES). O investimento total é de R$ 147,33 milhões na implantação do trecho rodoviário com 38,6 quilômetros de extensão.

Os serviços incluem ainda a construção de um mirante e da execução da Ponte sobre o Rio Barra Seca, com 120 metros de extensão.  Ainda fazem parte da intervenção a implantação de pista de rolamento, acostamento, cinco quilômetros de terceira faixa e implantação de 11 interseções.

A obra era um antigo desejo da população dos moradores de Vila Valério e Jaguaré, que vão receber ainda mais investimentos do Governo do Estado. Além da autorização para início das obras da ES-230, Casagrande realizou entregas e fez anúncios de novas ações nos dois municípios.

“Estou entregando essa Ordem de Serviço assinada, que é histórica, nas mãos da Márcia, da Iniciativa Popular. Quero ver esse documento novamente no dia da inauguração. Para mim, é uma alegria muito grande estar aqui na Comunidade do Tesouro. Temos muito a comemorar! Somente ontem [sexta-feira, 22] e hoje são mais de R$ 200 milhões em investimentos que estão mudando a vida dos moradores dessa região”, afirmou o governador.

Casagrande destacou que a nova rodovia pavimentada vai ajudar a agricultura e o turismo, bem como garantir mais conforto e segurança no tráfego aos moradores. “Vamos tirar a lama e a poeira da vida dessas pessoas. É gratificante ver o sorriso no rosto dos moradores com o início da realização desse sonho. Quando estamos no Governo, os investimentos chegam a todas as comunidades”, pontuou.

O prefeito de Vila Valério, David Mozdzen Pires Ramos, o Davi, falou sobre a realização desse antigo desejo dos moradores. “Estamos aqui hoje falando em nome de milhares de habitantes dessa região. Nada adiantaria nossa luta se não tivéssemos um gestor que saiba conduzir o Estado e direcionar bem os investimentos. Em cada canto do Espírito Santo tem obras do Governo do Estado”, observou.

Uma opinião que é compartilhada pelo prefeito de Jaguaré, Marcos Guerra. “Hoje é um dia de muita alegria. O nosso governador Casagrande desconcentra os investimentos e distribui recursos para todos os 78 municípios do nosso Estado. Obrigado, governador, pois o senhor está realizando o sonho não somente de uma comunidade, mas do povo de duas cidades”, asseverou.

Mais entregas

Em solenidade no município de Vila Valério, o governador Renato Casagrande também anunciou a transferência de quase R$ 4,1 milhões em recursos do Fundo Cidades. Os valores serão aplicados na elaboração da carteira de projetos estruturantes do município e em obras de infraestrutura, como a pavimentação urbana, construção da Beira-Rio, na Sede, construção do Campo Bom de Bola no distrito de São Jorge da Barra Seca e na construção do Cemitério Municipal.

Leia mais:  Comunidade pede cobertura de quadra e Prefeitura deve dar início as obras

De acordo com a secretária de Estado de Economia e Planejamento, Maria Emanuela Pedroso, o valor do Fundo Cidades é transferido diretamente para o Fundo Municipal de Investimentos, o que resulta na redução da burocracia, acelerando a execução de obras e a aquisição de equipamentos. “Estamos disponibilizando recursos para todos os 78 municípios capixabas, com o objetivo de promover o desenvolvimento integrado do Estado e melhorar a qualidade de vida da nossa população”, explicou.

Desde o início da atual gestão, a proteção social no Espírito Santo vive um momento inédito em relação a investimentos. Nos últimos anos, o Governo do Estado investiu mais de R$ 49 milhões para construção, reforma e ampliação dos equipamentos socioassistenciais, como os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e do Centros de Referência Especializada de Assistência Social (Creas), beneficiando 51 municípios.

Em Vila Valério, o Estado está repassando R$ 1,26 milhão para a construção do novo Creas e para a reforma do Cras. As unidades são de extrema importância para o atendimento de pessoas e famílias em situação de vulnerabilidade social. “É fundamental que a proteção social seja encarada com relevância dentro de um programa de governo. Acredito que o trabalho que desempenhamos na atual administração, reflete essa perspectiva”, afirmou a secretária de Estado de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social, Cyntia Figueira Grillo.

Também em Vila Valério, o Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport), anunciou a revitalização do gramado de um campo Bom de Bola na sede do município e a doação de um trator cortador de grama. O investimento total é de R$ 348 mil.  

No campo, será implantado um gramado sintético de alto padrão, reconhecido como uma das melhores opções no mercado atualmente, sendo utilizado em estádios e centros de treinamentos dos principais clubes brasileiros. Caberá ao Município como contrapartida a revitalização do alambrado do entorno do campo e a iluminação, caso necessário. Já o cortador de grama vai ajudar a manter em bom estado os campos do município.

“Estamos percorrendo todo o interior e investindo na infraestrutura desses municípios. O Estado tem que estar justamente onde as pessoas mais precisam dele. O governador está fazendo esses investimentos e deixando o Estado cada vez mais perto das pessoas. São os maiores investimentos na área do esporte na história do Espírito Santo”, destacou o secretário de Estado de Esportes e Lazer, Júnior Abreu.

Leia mais:  ES Solidário entrega cestas básicas e absorventes a instituições sociais

Jaguaré ganha Centro de Distribuição de REVSOL

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), e a empresa ArcelorMittal implantaram, neste sábado (23), mais um Centro de Distribuição de REVSOL na região norte capixaba. Desta vez, o município contemplado foi Jaguaré, que terá um espaço destinado à distribuição do produto utilizado no revestimento de estradas e que contribui para a melhoria das vias rurais e vicinais.

A implantação do CDR Noroeste faz parte do Programa Novos Caminhos, uma iniciativa socioambiental da empresa junto ao poder público. O transporte será totalmente custeado pela ArcelorMittal. O CDR vai disponibilizar até dez mil toneladas de REVSOL por mês que serão distribuídos entre as prefeituras conveniadas. O produto deve atender os municípios de Pinheiros, Boa Esperança, Vila Pavão, Nova Venécia, Vila Valério, Sooretama, Jaguaré, São Mateus e Conceição da Barra.

Segundo o secretário de Estado da Agricultura, Mário Louzada, já foram instalados três CDRs no Estado – nos municípios de Alfredo Chaves, Cachoeiro de Itapemirim e Marilândia. “Juntos eles distribuem mais de 25 mil toneladas mensais de REVSOL para mais de 35 municípios. Esses investimentos visam a melhoria da mobilidade e das condições das vias rurais e vicinais do Espírito Santo, levando mais qualidade de vida para o produtor rural e segurança para os moradores que tanto necessitam de estradas em excelentes condições de trafegabilidade”, pontuou.

Mário Louzada lembrou que o investimento proporciona ainda a melhoria do escoamento da produção agrícola e o fortalecimento da infraestrutura rural. “Assim como do acesso das comunidades a serviços, como policiamento, ambulâncias, ônibus escolares, entre outros. Esse é um governo que leva desenvolvimento para todos os municípios do Estado”, completou o secretário.

Ainda em Jaguaré, o governador Renato Casagrande anunciou mais investimentos na área de esportes. Será realizada a revitalização do campo Bom de Bola, com a instalação de grama sintética nova, no bairro Água Limpa, e a doação de dois tratores cortadores de grama. O investimento total será de R$ 366 mil.

Também estiveram presentes a vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes; a senadora Rose de Freitas; os deputados federais Paulo Foletto, Josias Da Vitória e Neucimar Fraga; os deputados estaduais Freitas, Marcos Garcia, Emílio Mameri, Raquel Lessa e Luiz Durão; o diretor-presidente do DER, Luiz César Maretto (DER); além de prefeitos, vereadores e lideranças da região.

publicidade

Cidades

Crianças e Adolescentes atendidas no Cras realizam visita às polícias civil e militar em Jaguaré

Publicado

Policiais apresentaram o trabalho dos agentes de segurança para os jovens

Crianças e adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SFCV do Centro de Referência em Assistência Social – Cras, participaram de uma roda de conversa com os policiais em uma visita à 18ª Companhia Independente de Polícia Militar de Jaguaré e à Delegacia de Polícia Civil do município.

A visita teve o objetivo de levar as crianças a conhecer o trabalho das polícias e sua importância na sociedade, além de criar aproximação e construção de conceitos corretos sobre as forças de segurança.

Cerca de 40 crianças visitaram o espaço físico, a rotina de trabalho que envolve o atendimento, investigação, ronda, e tudo mais que envolve as ações das polícias civil e militar.

Após muita interação no bate papo com os policiais, em que os agentes responderam perguntas dos jovens sobre as ações de segurança, houve um momento de andar na viatura e ter contato com instrumentos de trabalho dos policiais como distintivo, colete à prova de bala e outros.

Leia mais:  Fundação Renova: Mais de 5 mil pessoas indenizadas em 5 meses

Continue lendo

Cidades

Suzano anuncia intenção de construir fábrica de papel tissue e conversão em Aracruz (ES)

Publicado

Projeto, ainda sujeito à aprovação do Conselho de Administração da empresa, terá capacidade produtiva de 60 mil toneladas anuais

A Suzanoreferência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, anuncia a intenção de construir uma fábrica de papel tissue e conversão em Aracruz, município localizado no norte do Espírito Santo. O projeto, ainda sujeito à aprovação por parte do Conselho de Administração da companhia, prevê que a unidade terá capacidade para produzir 60 mil toneladas anuais de tissue, produto a ser convertido em papel higiênico e papel toalha.

Inicialmente estimado em cerca de R$ 600 milhões, o projeto levará dois anos até estar concluído. Durante o período das obras, a previsão é de que sejam gerados 300 postos de trabalho. Após o início da produção, cerca de 200 colaboradores e colaboradoras, diretos e indiretos, trabalharão na unidade.

“A intenção de construirmos uma nova fábrica reforça o compromisso da Suzano com o desenvolvimento do Espírito Santo. No final de 2019, anunciamos investimento de quase R$ 1 bilhão no estado, incluindo a construção de uma fábrica em Cachoeiro de Itapemirim. A unidade entrou em operação no início de 2021 e agora, menos de um ano e meio depois, anunciamos o plano de viabilizar mais um importante investimento no estado”, afirma Walter Schalka, presidente da Suzano.

Leia mais:  Fundação Renova: Mais de 5 mil pessoas indenizadas em 5 meses

A construção de uma fábrica de papel tissue e conversão em Aracruz está alinhada à estratégia da Suzano de avançar nos elos da cadeia, sempre com vantagem competitiva, e garantir o abastecimento ao crescente mercado brasileiro de produtos sanitários. Em Cachoeiro de Itapemirim, por exemplo, a Suzano tem capacidade para converter papel tissue em 30 mil toneladas anuais de papéis higiênicos, o que equivale a 1 milhão de rolos por dia.

O projeto em Aracruz está sujeito à verificação de condições precedentes e ainda será submetido à análise do Conselho de Administração da Suzano e das autoridades locais competentes.

“Já estivemos presentes nos investimentos anteriores da Suzano, que contou com uso de crédito de ICMS, e continuando com a nossa política de atração criamos ambiente para que a empresa tivesse outro investimento em nosso Estado. Para nós a Suzano é uma empresa estratégica para o Estado. Temos política de uso de crédito de exportação que permite que a empresa faça negociações no mercado, desde que a atividade que seja ampliada gere emprego e ICMS. O que importa para nós é que os empreendedores tenham confiança em vir e estar no Espírito Santo. Nossa tarefa é gerar oportunidades aos capixabas”, afirma o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande.

A Suzano emprega direta e indiretamente cerca de 5 mil pessoas em território capixaba. Mais recente fábrica construída pela Suzano, a unidade de Cachoeiro de Itapemirim é a quinta linha de produção da unidade de bens de consumo da Suzano, responsável pela fabricação de itens como papéis higiênicos, guardanapos e papéis-toalha. A companhia possui fábricas de produção de tissue em Belém (PA), Mucuri (BA) e Imperatriz (MA), além de unidades de conversão em Maracanaú (CE) e Cachoeiro de Itapemirim.

Leia mais:  Governador Renato Casagrande e prefeito Enivaldo dos Anjos visitam clínica de hemodiálise em Barra de São Francisco

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana