conecte-se conosco


Política e Governo

Bandes oferta crédito produtivo para negócios de diferentes setores: Saiba como ser cliente

Publicado

Clientes têm autonomia para submeter o projeto de financiamento no site, solicitar auxílio de um consultor credenciado ou gerente de negócio do banco.

Com o Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), as possibilidades de investimentos são amplas. O banco atua com a oferta de crédito produtivo destinado à pessoa física, empresas, prefeituras, negócios ambientalmente responsáveis, modernização de empresas, automação e inovação. Veja como é fácil obter recursos para investir no seu negócio:

Conheça os itens financiáveis:

No Bandes você pode obter financiamentos para investir em atividades produtivas, como ampliação ou reforma da empresa, compra de equipamentos ou matérias-primas e outras destinações específicas para o desenvolvimento e o aumento da renda.

O investimento do banco se destina, por exemplo, a negócios industriais, agronegócio, economia verde, economia criativa, Fundos de Investimentos em Participações (FIPs) e Parcerias Público-Privadas (PPP). Além disso, o Bandes atua na Secretaria Executiva do Programa de Incentivo ao Investimento no Estado do Espírito Santo (Invest-ES), junto à Secretaria de Desenvolvimento do Espírito Santo (Sedes), e é agente técnico e financeiro do Programa Reflorestar, da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Seama) e do Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema).

Como entrar em contato com o Bandes:

Para conhecer os produtos e condições ofertados pelo banco, basta entrar em contato por meio do site www.bandes.com.br ou pelo telefone 0800 283 4202. O setor público conta com atendimento exclusivo pelo endereço bandes.com.br/procidades.

Caso prefira o atendimento presencial, o Bandes conta com a sede no Centro de Vitória, além de gerentes de Negócio que atuam por segmentos regionais e de setores de mercado.

Como encontrar um gerente de negócio:

Os gerentes de negócio são colaboradores do banco e responsáveis pela prospecção e auxílio a clientes. Eles realizam visitas e reuniões com os empreendedores, apresentando o portfólio de produtos do banco e alinham as melhores condições de prazo ou taxa de juros.

O auxílio pode ser solicitado em toda e qualquer questão durante o andamento da proposta dentro do Bandes, inclusive em projetos que possuem consultores.

Conheça o perfil dos gerentes de negócio:

Ezequiel Nascimento

Atende grandes empresas, projetos especiais de setores econômicos e atração de investimentos.

Fernanda Vargas

Atende à Região Norte e os setores madeireiro e de móveis.

Raisa Coelho

Atende à Região Sul, com destaque para o setor de rochas ornamentais.

Adriana Pessotti

Atua com empresas da Região Metropolitana e nos setores de economia criativa, turismo e lazer, confecção e calçados, além de infraestrutura e logística.

Ricardo Teixeira

Atua junto aos projetos de financiamento para empresas de biotecnologia, nanotecnologia, agroalimentar, avicultura, agronegócio e com o Programa Fundesul, de Presidente Kennedy.

Mario Augusto Jantorno

Financiamentos para eficiência energética, metalomecânico, celulose e papel, construção, petróleo e gás.

Arthur Souza

Atua com projetos de crédito para economia digital; comércio e serviços, além da estruturação de parcerias com entidades e fornecedores de grandes empresas, associações, federações e a Fundação Renova, por meio do programa Desenvolve Rio Doce.

Everaldo Colodetti

Atua na estruturação de projetos e atração de articulação de cadeias produtivas, por meio do Plano de Desenvolvimento Regional, com o Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN).

Como solicitar um financiamento pelo site:

Para começar o processo, você vai precisar dos documentos: cadastro das pessoas físicas e jurídicas envolvidas, garantias (real ou avalista), proposta de financiamento e o projeto de viabilidade econômico-financeira.

Confira a lista dos documentos necessários:

Projeto de Viabilidade: comprovação de faturamento anual; alvarás e licenças vigentes, de acordo com a atividade; orçamentos, além da documentação e outras informações que podem ser solicitadas no roteiro do projeto.

Pessoa jurídica: documento de constituição e alterações posteriores, registrado na Junta Comercial, Cartório ou órgão competente; certidões (Municipal, Estadual, Federal, INSS e FGTS);

Pessoa física: documentos pessoais (Identidade e CPF); certidões de estado civil; negativas de débitos (Municipal, Estadual e Federal); comprovantes de residência e de renda.

Garantias: a documentação será de acordo com o projeto e a análise.

Para iniciar a solicitação do financiamento, é necessário seguir os passos:

Passo 1: Acessando a área Restrita do Cliente

Preencha o Termo de Adesão para ter acesso ao ambiente de solicitação do crédito. Esse termo deverá ser impresso, reconhecido em firma e protocolado no Bandes, juntamente com a cópia do contrato social da empresa. No Termo de Adesão de Pessoa Jurídica são indicadas as pessoas físicas que poderão ter acesso às informações da empresa. Cada pessoa física indicada deverá emitir o seu próprio Termo de Adesão de Pessoa Física para ter acesso à área restrita do cliente. O acesso só será liberado após o protocolo dos Termos de Adesão no Bandes.

Passo 2: Ficha de Cadastro

Já dentro da área restrita, preencher o cadastro da pessoa jurídica e de todas as pessoas físicas (sócios, administradores, avalistas e seus respectivos cônjuges).

Passo 3: Elaboração do Projeto de Viabilidade

No projeto é apresentado a empresa, o empresário e os investimentos. Para te auxiliar, o banco disponibiliza modelos de projetos na área restrita do cliente.

Passo 4: Protocolo no Bandes

Entregar todos os documentos relacionados acima, os formulários preenchidos dentro do site do Bandes (Fichas Cadastrais e o Projeto de Viabilidade) e comprovante original de pagamento das tarifas.

Após o protocolo, o projeto segue um fluxo dentro do Bandes: cadastro, avaliação de garantia, análise, contratação e liberação.

Leia mais:  Prefeitos e vereadores estão entre as denúncias de fura filas no ES
publicidade

Política e Governo

Sedu recebe secretário da Educação de Mato Grosso para compartilhar boas práticas

Publicado

A Secretaria da Educação (Sedu) recebeu, na segunda-feira (18), o secretário da Educação de Mato Grosso, Alan Porto, que veio ao Estado com o objetivo de conhecer as boas práticas que levaram a Educação do Espírito Santo a alcançar, junto com Goiás, a melhor avaliação do Ensino Médio da Rede Pública do País, no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Pela manhã, o secretário da Educação de Mato Grosso foi recebido na Sedu pelo secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, para conhecer e entender como funciona as Superintendências Regionais de Educação (SRE), o serviço terceirizado da merenda escolar, a climatização das escolas, a municipalização das unidades do Ensino Fundamental, o Bônus Desempenho, entre outras ações.

No período da tarde, Vitor de Angelo levou Alan Porto para conhecer o Centro Estadual de Ensino Médio em Tempo Integral (CEEMTI) Fernando Duarte Rabello, a Escola Estadual de Ensino Médio (EEEM) Irmã Maria Horta, ambas em Vitória, e a Superintendência Regional de Educação (SRE) Carapina, no município da Serra.

“O Governo de Mato Grosso está em busca de melhores práticas para transformar a educação do nosso Estado em uma das melhores do País”, disse o secretário Alan Porto.

 

Leia mais:  Governo do Estado lança sistema público para consulta dos dados da Covid-19

Continue lendo

Política e Governo

Espírito Santo é o Estado que mais fez investimentos em 2021

Publicado

Governo do Espírito Santo foi o que mais realizou investimentos, de janeiro a agosto de 2021, segundo aponta o Relatório Resumido de Execução Orçamentária (RREO), divulgado pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN), do Ministério da Economia

De acordo com o relatório, de todas as despesas liquidadas pelo Governo Estadual, 10% foram utilizadas para investimentos em infraestrutura, saúde, esporte, segurança pública, entre outras áreas. Ainda segundo informações divulgadas pela Secretaria do Tesouro Nacional, os estados de Alagoas, Maranhão e Rio Grande do Sul aparecem na segunda colocação, tendo utilizado 8% dos recursos para a realização de investimentos. 

“Esses investimentos podem ser feitos, porque estamos bem organizados. O Espírito Santo mantém equilibrados os gastos com pessoal e encargos sociais, custeio e serviço da dívida, para que cresçam os investimentos em áreas relevância social”, avaliou o secretário de Estado da Fazenda, Marcelo Altoé.

“O Relatório Resumido de Execução Orçamentária, divulgado pela Secretaria do Tesouro Nacional, mostra como o Espirito Santo é beneficiado por uma gestão que cuida das contas públicas de forma responsável, com controle de gastos, o que faz com que o Estado avance em investimentos e realize políticas públicas inovadoras, que beneficiam a população capixaba”, ressaltou o secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc.

Duboc explicou que na proposta orçamentária para 2022, enviada à Assembleia Legislativa, o valor previsto para investimentos é de, aproximadamente, R$ 2,7 bilhões, representando quase 20% da receita líquida de impostos.

Marcelo Altoé também parabenizou as equipes das Secretarias da Fazenda (Sefaz) e de Economia e Planejamento (SEP), pelo trabalho técnico que vem desenvolvendo em conjunto. “Constantemente, as equipes da Sefaz e da SEP se reúnem para analisar as despesas, receitas e investimentos feitos pelo Governo Estadual. Esse acompanhamento diário dos números da gestão refletem o zelo que temos para com as contas públicas”, pontuou.

Leia mais:  Oito cidades concentram 25% das riquezas do Brasil, afirma IBGE
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana