conecte-se conosco


Mundo Cristão

Barack Obama critica oposição de evangélicos ao aborto e ‘casamento gay’

Publicado

Barack Obama vem, aos poucos, expondo sua verdadeira face: um progressista descompromissado com valores da fé cristã, que ele diz professar. A mais recente evidência disso está numa crítica feita por ele aos evangélicos latinos por se oporem ao aborto e união entre pessoas do mesmo sexo.

O ex-presidente dos Estados Unidos sempre se apresentou como cristão, mas teceu duras críticas aos evangélicos, em especial aos latinos com cidadania norte-americana, que optaram por votar em Donald Trump ao invés de Joe Biden, devido suas posições a respeito de aborto e o chamado “casamento gay”.

“As pessoas ficaram surpresas com muitos latinos que votaram no Trump. Mas há muitos hispânicos evangélicos […] O fato do Trump dizer coisas racistas sobre os mexicanos ou colocar trabalhadores sem documentos nas jaulas, eles acham que isso é menos importante do que seu apoio às suas opiniões sobre o casamento gay ou o aborto”, afirmou Obama durante episódio do podcast The Breakfast Club.

De acordo com informações da agência Associated Press, as “jaulas” a que Barack Obama se refere são os centros de detenções provisórias construídos próximo à fronteira com o México, para manter imigrantes ilegais enquanto a deportação não é oficializada. Essas instalações foram construídas durante os mandatos do próprio Obama e aprovadas por ele.

Recentemente, Obama já havia dito que as igrejas cristãs deveriam parar de enfatizar temas como a proteção à vida e ao casamento, instituição bíblica e primária para a formação da família como célula da sociedade.

O outro lado

Um dos estrategistas de campanha do presidente Donald Trump, Giancarlo Sopo, rebateu as declarações de Barack Obama: “Nossa publicidade e comunicação latina se concentraram amplamente em questões econômicas, segurança pública, América Latina e socialismo”, disse Sopo ao portal National Review.

“Nunca exibimos um único anúncio que mencionasse o casamento gay e, embora nossos apoiadores abordassem o aborto na mídia, nossa única publicidade sobre o assunto se limitou a um modesto espaço numa rádio do Novo México”, acrescentou.

O estrategista de Trump frisou ainda que a busca pelos votos dos latinos foi feita através da abordagem de diversos temas: “Em estados como Texas e Arizona, onde os latinos são predominantemente mexicanos-americanos, as fortes políticas e medidas de fronteira do presidente para combater a pobreza foram muito populares”, disse Sopo.

“Enquanto isso, a lei e a ordem eram a principal prioridade para os eleitores em áreas com grandes comunidades porto-riquenhas, como Orlando e Filadélfia”, destacou.

Outro ponto que pesou contra o voto de latinos com cidadania norte-americana em Joe Biden é o fato de que há, atualmente, no Partido Democrata, um claro viés socialista. A experiência da comunidade latina com modelos de governo e economia socialistas os leva a rejeitar, de forma categórica, a possibilidade de apoiar um candidato que flerte com esse sistema.

Leia mais:  Bispos católicos criticam Joe Biden por causa da política de aborto
publicidade

Mundo Cristão

Governador acompanha visita da imagem de Nossa Senhora da Penha ao Hospital Dr. Jayme

Publicado

O governador do Estado, Renato Casagrande, ao lado da primeira-dama, Maria Virgínia Casagrande, participou, na manhã de sábado (10), da visita da imagem de Nossa Senhora da Penha ao Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, no município da Serra. Na área externa da unidade, foi realizada uma celebração em homenagem aos enfermos e vítimas do novo Coronavírus (Covid-19) e também aos profissionais de saúde, presidida pelo arcebispo de Vitória, Dom Dario Campos. O hospital é referência no Espírito Santo para tratamento da doença.


A celebração foi restrita devido às medidas de biossegurança para evitar o contágio do vírus e contou com a presença da direção do hospital, de profissionais da saúde e familiares dos pacientes. A vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes, e o prefeito da Serra, Sérgio Vidigal, também acompanharam a celebração.


Casagrande pontuou a importância do alimento espiritual nesse momento de pandemia que vivemos:

“Estamos em uma jornada longa. É muito bom receber hoje as bênçãos de Nossa Senhora da Penha, que está descendo o monte e vindo ao Hospital Dr. Jayme dos Santos Neves, que é o nosso hospital referência no tratamento da Covid-19. Muitas pessoas se entristeceram aqui e viram seus entes partirem, mas muitos se alegraram, pois muitos foram salvos no Jayme. Que Nossa Senhora da Penha dê resistência aos profissionais de saúde e que nós, que estamos governando, tenhamos senso de justiça. Obrigado a todos por estarem aqui neste momento, nos fortalecendo espiritualmente”, afirmou o governador.


O arcebispo de Vitória comentou a visita da imagem de Nossa Senhora da Penha ao hospital que é referência no enfrentamento à Covid-19.

“Estamos hoje no Hospital Dr. Jayme com Nossa Senhora da Penha para que possamos encontrar todos os profissionais da saúde, para que a Virgem da Alegria possa pousar seus olhos em todos eles. Um olhar materno, compassivo, que se volta a todos os doentes e suas famílias; a todos que se foram e de seus familiares que padecem da perda e vivem seu luto. Importante ressaltar que a dureza do trabalho tem deixado marcas profundas nos profissionais de saúde. Esgotamento mental, espiritual e também a perda de colegas. A Virgem desce a montanha do Convento para todos os hospitais do Espírito Santo”, declarou Dom Dario Campos.

Leia mais:  Justiça proíbe livro cristão sobre educação infantil de Simone Quaresma
Continue lendo

Mundo Cristão

Luiz Hermínio convoca oração pelo Brasil: “Vamos orar até que algo aconteça”

Publicado

O pastor Luiz Hermínio, fundador da igreja MEVAM, iniciou na segunda-feira (5) uma campanha de oração pelo País, incentivando os cristãos brasileiros a intercederem usando a bandeira do Brasil.

De acordo com Hermínio, em um vídeo publicado nas redes sociais, as instruções da campanha de oração vem “debaixo de uma instrução do Senhor, de uma diretiva dos céus”.

“Vamos orar até que algo aconteça! A nação brasileira pertence ao Senhor!”, declarou o pastor.

As instruções da campanha de oração são formadas por 5 pontos principais, que são:

1. Compre uma bandeira do Brasil;

2. Levante um altar na sua casa e ore pelo Brasil;

3. Leve a bandeira com você quando for buscar a Deus nos cultos, montes e vigílias;

4. Publique uma foto ou vídeo de sua família orando com a bandeira. “Não com o objetivo de mostrar o que você está fazendo, mas incentivar outras famílias a fazer o mesmo”, Hermínio explica;

5. Ore até que algo aconteça no Brasil.

Em um momento de clamor, o pastor orou: “Brasil, que nasça o teu filho chamado Justiça. Que a Justiça do Senhor reine sobre o solo desta nação. Ó Brasil, dos filhos deste solo és mãe gentil”.

 

Leia mais:  Bispos católicos criticam Joe Biden por causa da política de aborto

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana