conecte-se conosco


Mundo Cristão

Bíblia, Alcorão e Torá são satirizados em papéis higiênicos, na França

Publicado

Policiais fortemente armados montaram guarda na noite da última quarta-feira (21) quando uma cidade francesa desafiou o terrorismo islâmico ao projetar enormes imagens de desenhos animados do Charlie Hebdo em um prédio do governo local.

As projeções, que incluem caricaturas de Maomé, fazem parte de uma homenagem nacional francesa ao professor Samuel Paty, que ocorre na noite de quarta-feira. Paty, um professor de história na área metropolitana de Paris, foi assassinado na sexta-feira por um terrorista imigrante muçulmano porque mostrava os desenhos aos alunos como parte de uma aula sobre liberdade de expressão.

As imagens projetadas em duas prefeituras na região de Occitanie – Montpellier e Toulouse – por quatro horas na noite de quarta-feira também apresentam os três livros sagrados do cristianismo, islamismo e judaísmo como rolos de papeis higiênicos.

A prefeita regional Carole Delga foi citada pela FranceBleu ao dizer da decisão de mostrar a arte: “não deve haver fraqueza diante dos inimigos da democracia, diante de quem transforma a religião em arma de guerra … quem pretende destruir o República.”

Leia mais:  Conselho de igrejas evangélicas expressa ‘máxima repulsa’ ao STF e TSE

Alvo de terroristas muçulmanos por fazer caricaturas de Maomé, o profeta islâmico, a equipe editorial do jornal foi atacada, e muitos mortos, após escritórios do Charlie Hebdo terem sido invadidos por homens armados em 2015.

O último ataque aos desenhos animados do Charlie Hebdo ocorreu na semana passada, quando Samuel Paty foi decapitado depois de mostrar os desenhos em sala de aula. Mas os ataques são anteriores ao Charlie Hebdo, com o jornal dinamarquês Jyllands Posten objeto de vários planos de ataque terrorista desde que publicou uma imagem de Mohammed usando uma bomba em seu turbante em 2005.

O ataque de sexta-feira gerou uma forte resposta do governo francês, incluindo policiais abordando indivíduos e organizações que expressaram apoio ao ataque e ao agressor imediatamente após a decapitação, e até mesmo à dissolução de organizações islâmicas extremistas no país que anteriormente tinham permissão para operar.

Uma mesquita na França que compartilhou um apelo à ação que, acredita-se, levou ao assassinato de Patey emitiu um pedido de desculpas por suas ações esta semana, insistindo que não era previsível que o chamado pudesse levar à morte de alguém. Apesar do pedido de desculpas, a mesquita não escapou da atenção do governo francês e será fechada na próxima semana.

Leia mais:  Após tiro que matou colega por acidente, ator Alec Baldwin busca orientação espiritual

publicidade

Mundo Cristão

Idosos que têm vida de oração sentem maior bem-estar, afirmam pesquisadores

Publicado

As pessoas mais velhas que se sentem próximas de Deus têm uma sensação de bem-estar maior

Pessoas que envelhecem mais apegadas a Deus são mais propensas a ter uma sensação de bem-estar, segundo da Baylor University.

O estudo, publicado no Journal of Aging and Health, indica que quanto mais as pessoas oram, maior sua sensação de bem estar. Por outro lado, aqueles que se estão mais distantes de Deus não recebem o mesmo benefício.

Para o estudo, os pesquisadores definem a sensação de bem-estar com base em três pontos: otimismo, autoestima e contentamento com a vida. Eles descobriram que para todas elas, existe uma relação entre a comunhão com Deus e a oração.

“A oração pode estar associada ter a mais ou menos bem-estar, dependendo de como você percebe Deus”, disse o pesquisador Blake Kent, doutor em sociologia da religião. “Em poucas palavras, os benefícios psicológicos da oração parecem depender da qualidade do relacionamento de uma pessoa com Deus.”

O estudo de Kent e principal autor, Matt Bradshaw, Ph.D., professor assistente de sociologia na Faculdade de Artes e Ciências, descobriu que a maneira como a pessoa percebe a Deus também influencia em seu bem-estar.

Leia mais:  Silas Malafaia chama STF de “guardião de corruptos” e diz que não tem medo de ser preso pelo que fala

“Deus é visto como alguém que dá segurança e proteção? Então a oração parece ter um benefício positivo. Deus é visto como alguém distante, ou mesmo não confiável? Então pode ser uma história diferente”, disse Kent. 

“Quando você não consegue confiar em Deus, a oração não é associada à confiança nos cuidados Dele, mas à incerteza e ansiedade. Há uma percepção geral de que a oração é automaticamente boa para o seu bem-estar. Isso pode não ser o caso para todos, porque tal percepção pressupõe que Deus irá responder e que é confiável. Mas muitas pessoas não experimentam Deus dessa maneira”, avalia o pesquisador.

Percepção de Deus

Bradshaw e Kent analisaram dados da Pesquisa Nacional de Religião, Envelhecimento e Saúde dos Estados Unidos. Os 1.024 entrevistados tinham pelo menos 65 anos.

Bradshaw e Kent observaram que a percepção de Deus como amoroso é importante entre os idosos que lidam com problemas de saúde, discriminação por idade, perda de amigos e talvez perdas financeiras devido à aposentadoria. 

Leia mais:  Relatório revela que a Coreia do Norte organizou uma campanha para ‘exterminar cristãos’

Além disso, muitos idosos querem acertar as coisas e obter resolução em suas vidas pessoais com familiares e amigos, à medida que envelhecem.

“Nós argumentamos que isso também ocorre no relacionamento com Deus”, escreveram eles. “Um Deus amoroso e solidário que também é onipotente, onipresente e onisciente pode fornecer considerável conforto, segurança e resiliência aos crentes que estão se aproximando do fim de suas vidas”.

Continue lendo

Mundo Cristão

Maranata desenvolve trabalho para que pessoas com deficiência visual e auditiva conheçam a Palavra de Deus

Publicado

Com o intuito de incluir a todos durante a pregação, a Maranata tem incentivado pastores a dominarem Libras, para que assim consigam se comunicar com mais fiéis

A Igreja Cristã Maranata (ICM) tem executado um trabalho de acessibilidade que tem como objetivo assistir aqueles que têm algum tipo de deficiência, seja física, mental, intelectual ou sensorial. Com isso, a Igreja tem aberto portas para que todos estejam incluídos nos conteúdos dos ensinamentos da Palavra de Deus.

Como exemplo disso, a Maranata tem espalhado pelo Brasil diversos pastores que possuem a fluência na Língua Brasileira de Sinais (Libras) e atuam ativamente no atendimento de pessoas com deficiência auditiva e de pessoas com deficiência auditiva e visual. Além disso, os pastores também fazem cultos na linguagem de sinais e ministram as aulas dos seminários nacionais em Libras nos Maanains.

Os seminários realizados diretamente em Libras, respeitando as especificidades da língua, têm sido de grande importância para todos os participantes. E todos recebem atendimento diferenciado na sua singularidade: as pessoas com deficiência auditiva em Libras, as pessoas com deficiência visual dispõem de audiodescrição, e as pessoas com deficiência auditiva e visual são contemplados na forma da comunicação que utilizam e os ouvintes possuem o apoio da tradução para o Português.

Além desse trabalho com a interpretação de Libras para o Português e de Português para Libras, a Maranata ainda conta com a acessibilidade para pessoas com deficiência auditiva que se comunicam por meio da Língua Americana de Sinais (ASL). Essa tradução ocorre da Língua Americana de Sinais para Libras e da Libras para a Língua Americana de Sinais e, em alguns momentos, com a tradução ainda para o Português oral.

Leia mais:  “Fechar igrejas de forma arbitrária viola a Constituição”, diz Augustus Nicodemus

A ICM ainda possui o grupo de pessoas com deficiência auditiva, assim como as que possuem deficiência auditiva e visual que usam Libras em campo reduzido, repetidor oral, o que requer intérprete individual.

Assistência na pandemia

Antes da Covid-19, os cultos eram configurados presencialmente com a participação das pessoas com deficiência auditiva, porém, neste período de pandemia, os cultos passaram a ser onlines, sempre com intérprete de Libras. Apenas em março de 2022 os cultos voltaram a ser presenciais. Enquanto isso não acontecia, a igreja aumentou a produção de vídeos veiculados em suas redes sociais, além de organizar a transmissão dos cultos pela madrugada e cultos ao meio-dia pela Rádio e TV Web Maanaim, sendo necessário um reforço da equipe de intérpretes.

Nesse contexto, um grupo de intérpretes voluntários, de várias partes do país, coordenado pelo Pastor Bizio, de São Paulo, iniciou a interpretação em tempo real dos cultos das madrugadas e ao meio-dia.

Além dos intérpretes, o grupo conta com voluntários que ficam nos bastidores fazendo a transmissão e edição posterior. Há a transmissão ao vivo de um culto semanal em Libras e, ao término, assistência pastoral individual em Libras com abertura de várias salas virtuais. As pessoas com deficiência auditiva participam ativamente destes cultos cantando louvores, orando e relatando suas experiências com o Senhor.

Leia mais:  Comida e água são multiplicadas em abrigo na Ucrânia: “Milagre da multiplicação”

Mensagem

A Igreja Cristã Maranata existe para difundir a Obra que o Espírito Santo está encarregado de realizar nesta última hora, revelando que o Senhor Jesus está vivo, manifestando a presença real de Cristo no meio da Igreja e preparando a Noiva para o arrebatamento.

Para a Maranata, o mundo vive o momento profético que precede a volta do Senhor Jesus em glória para arrebatar Sua Igreja. Não se sabe o dia, a hora, mas cabe à Igreja de Cristo discernir e anunciar os sinais dos tempos. Foi para que as pessoas pudessem entender este momento profético que o Senhor Jesus pregou sobre tantos sinais em seu Sermão Profético e no livro do Apocalipse.

Além de proclamar que o Senhor Jesus está vivo, a Igreja tem o grande dever de anunciar que Ele em breve voltará! De acordo com a Bíblia, a igreja é tida como a Noiva de Jesus, logo, seus membros estão atentos ao momento em que o Senhor voltará com candeias cheias de azeite, ou seja, com os corações cheios do Espírito Santo, porque além de terem sido batizados com o Espírito Santo, os servos fiéis do Senhor enchem-se continuamente do Espírito (Ef. 5:18-21).

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana