conecte-se conosco


Política e Governo

Bruno fiscaliza e engenheiro diz que obra da nova Aristóbulo Barbosa Leão vai ser entregue no prazo

Publicado

O engenheiro Heveraldo Claudino dos Santos, que foi contratado pela empresa mineira RG Construções para atuar na reconstrução da Escola Aristóbulo Barbosa Leão, em Laranjeiras, na Serra, garantiu ao deputado estadual Bruno Lamas (PSB) que, mesmo com a pandemia do coronavírus, o andamento dos trabalhos está no seu ritmo normal e que a escola será entregue em janeiro de 2023, para o reinício das aulas em fevereiro daquele ano.

Cerca de cinco meses após a sua última visita à obra, no dia 29 de janeiro, o deputado, junto com uma comitiva formada por lideranças comunitárias, moradores e professores, voltou ao local, há uma semana (no dia 14), para cobrar agilidade nos trabalhos, uma vez que a reforma foi iniciada em 2012, há cerca de 9 anos.

“A obra se arrasta há anos e já consumiu precioso recurso público. Não há mais espaço para atrasos e erros. Nossos alunos precisam voltar a estudar nesse patrimônio histórico da Serra e dos capixabas”, declarou Bruno, que esteve no local na companhia do ex-presidente da Associação de Moradores de Laranjeiras Laelio de Aquino e da diretora da escola, Emanuele Freitas, além de moradores.

Heveraldo, por sua vez, lembrou que os atrasos ocorreram porque os projetos foram todos refeitos. A RG Construções, que ganhou a nova licitação, não tinha os projetos para serem executados. Eles foram concluídos em março.

Leia mais:  Governo faz entregas de cestas básicas do programa ES Solidário no Território do Bem

O engenheiro, que também atuou na construção do Terminal de Jacaraípe, na Serra, disse que a fundação da obra está concluída.

“Há 196 estacas cravadas do nível do terreno para baixo, que receberá a estrutura. A partir de outubro, já poderá ser visto o prédio sendo erguido. A fase da instalação da estrutura metálica vai até maio do ano que vem. E aí vem o acabamento, com fechamento, piso, etc”, declarou Heveraldo, lembrando que, depois de pronta, a escola será uma das mais bonitas do Estado, por ser construída em estrutura metálica, protegida com gesso acartonado.

A nova escola está sendo erguida num terreno de mais de 20 mil metros quadrados e terá mais de 8 mil metros de área construída. Serão 22 salas de aulas de ensino médio, com até 2.400 alunos beneficiados nos três turnos.

O novo prédio será totalmente moderno, com salas de aulas climatizadas, laboratórios de Química e Biologia, Física e Matemática, Informática, Centro de Idiomas, biblioteca com sala de catalogação e arquivo, sala de dança e um auditório para 250 pessoas. O governador Renato Casagrande anunciou um investimento de R$ 12.380.138.04 para reconstrução da escola.

Leia mais:  Enivaldo propõe Bolsa Reciclagem para catadores durante calamidade

A obra de reforma começou em 2012, em Laranjeiras, mas foi paralisada dois anos depois: em 2014. Os alunos precisaram ser transferidos para um imóvel então alugado, em Jardim Limoeiro. A área foi desapropriada pelo governo.

Tabela. Entenda a “novela” do Aristóbulo Barbosa Leão

Reforma – A obra de reforma começou em 2012, em Laranjeiras, mas foi paralisada dois anos depois: em 2014. Os alunos precisaram ser transferidos para um imóvel alugado, em Jardim Limoeiro.

Falência – Na ocasião, o Estado alegou que a empresa responsável pela construção faliu e não deu continuidade ao projeto.

Demolição – Em 2018, o governo afirmou que o antigo prédio da escola, que começou a ser reformado, não estava em boas condições e demoliu o imóvel, sem a participação da comunidade escolar.

Licitação – Em agosto de 2020, o atual governo deu nova ordem de serviço à obra. Uma nova licitação foi realizada, vencendo a empresa RG Empreendimentos.

Prazo – Agora, foi concluída a fundação e, posteriormente, terá início a construção. O novo prazo de entrega é em janeiro de 2023.

publicidade

Política e Governo

Ramalho decide disputar a Câmara Federal

Publicado

Após ser rifado pelo partido na disputa do Senado e ter desabafado que o “sistema” tinha retirado o seu sonho, o ex-secretário da Segurança Pública Coronel Alexandre Ramalho (Podemos) vai disputar uma vaga de deputado federal. Ele vai se somar à chapa que já tem o ex-prefeito Gilson Daniel e o vice-prefeito de Vila Velha, Victor Linhalis, entre outros.

A decisão foi divulgada em nota na tarde desta quinta-feira (11), por sua assessoria. O comunicado diz que a homologação da candidatura foi deferida pelo prefeito de Viana, Wanderson Bueno, que representou a Executiva estadual.

Nos bastidores, a ida de Ramalho para a chapa federal do Podemos dá mais tranquilidade aos candidatos que temiam não alcançar nenhuma das 10 vagas. Agora, os cálculos dão conta da possibilidade de conquistar até duas cadeiras, segundo analistas políticos. O Podemos faz parte da base aliada do governo e vai apoiar a senadora Rose de Freitas (MDB) à reeleição.

Leia a nota na íntegra:

“Nesta quinta-feira (11), após refletir sobre a negativa da homologação da sua candidatura ao Senado, o Coronel Ramalho, ex-secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Espírito Santo, decidiu continuar na disputa eleitoral de 2022, agora como candidato a deputado federal.

Sua candidatura foi homologada pelo prefeito de Viana, Wanderson Bueno, que representou a Executiva estadual do Podemos, que também o orientou e motivou a permanecer com seu nome à disposição da sociedade capixaba.

A decisão foi tomada após ouvir sua família, amigos e principalmente as pessoas que o incentivaram a continuar lutando por uma vaga no Congresso Nacional. A deliberação final foi pautada ainda na possibilidade concreta de ser o único candidato com experiência e propostas efetivas no campo da segurança pública.

Ramalho continuará defendendo a modernização e adequação da Legislação Penal Brasileira, que no seu entender, não atende aos anseios dos operadores de segurança pública e das famílias brasileiras, que sofrem nas mãos dos criminosos e não são devidamente alcançados e punidos”.

Leia mais:  Governador participa de evento que marca retomada da Amcham no Espírito Santo
Continue lendo

Política e Governo

Profissionais da Educação do ES vão receber bônus de até um salário a mais este mês

Publicado

Segundo a Sedu, recebem o Bônus Desempenho todos os profissionais da Educação (efetivos, comissionados e de Designação Temporária)

Conforme divulgado pelo governador do Estado, Renato Casagrande, por meio das redes sociais, nesta quarta-feira (10), o “bônus desempenho”, benefício pago aos profissionais ativos da educação, referente ao exercício de 2021, será pago na folha de pagamento de agosto deste ano.

Sobre o assunto, a Secretaria de Educação (Sedu) informou, em nota, que a concessão do bônus por desempenho para profissionais ativos da Educação é um direito e um reconhecimento do trabalho dos professores e servidores, regulamentado pela Lei Complementar nº 504 e pelo Decreto nº 2761-R, alterado pelo Decreto 3949-R e Lei Complementar 887, que concede aos profissionais ativos no âmbito da Secretaria da Educação (Sedu), sendo que o período de avaliação é de acordo com o calendário escolar.

Leia mais:  Governador inicia entrega dos 60 mil chromebooks para alunos da Rede Estadual

Também segundo a Sedu, recebem o Bônus Desempenho todos os profissionais da Educação (efetivos, comissionados e de Designação Temporária). Ao todo, serão beneficiados 12.975 profissionais neste ano.

A bonificação é concedida anualmente aos profissionais que atuam em escolas e outras unidades da Sedu e é calculada com base em indicadores coletivos e individuais. Desse modo, o profissional pode receber até um salário a mais, conforme os resultados apurados pela unidade de ensino onde exerce suas funções.

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana