conecte-se conosco


Camisa 10

Câmara aprova auxílio emergencial para profissionais do esporte

Publicado

Será destinado um total de R$ 1,6 bilhão para a ajuda aos trabalhadores; veja quem poderá ter direito ao socorro

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (16) ações emergenciais destinadas ao setor esportivo durante a pandemia de coronavírus. Entre as medidas, estão auxílio para atletas, renegociação de dívidas de entidades e liberação de linhas de crédito. Será destinado um total de R$ 1,6 bilhão para a ajuda aos trabalhadores. O texto agora segue para o Senado.

Pela redação aprovada nesta quinta-feira, profissionais do setor terão direito a três parcelas de auxílio emergencial de R$ 600. A regra vale para atletas, paratletas, técnicos, preparadores, professores de educação física, árbitros, promotores de competições, profissionais de saúde, massagistas, entre outros.

“O esporte nacional pede socorro, está falindo. As atividades esportivas, de toda natureza, de todas as modalidades — profissionais, não profissionais, olímpicas, paralímpicas, iniciantes —, não foram normalizadas. E não há como serem retomadas porque a pandemia está fora de controle”, afirmou o deputado Alexandre Frota.

Requisitos

Para receber o auxílio, os profissionais devem comprovar atuação na área esportiva nos 24 meses anteriores à lei, não ter emprego formal ativo, e cumprir os seguintes requisitos financeiros: renda per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários.

Quem recebe aposentadoria, seguro-desemprego, Bolsa-Atleta ou já recebeu o benefício emergencial também não poderá receber o auxílio.

O trabalhador deverá comprovar inscrição em cadastros de esporte, e o regulamento da lei pode permitir inclusão nos cadastros de forma autodeclaratória ou documental.

Atletas

Atletas e paratletas poderão receber, a titulo de premiação da União, até R$ 30 mil. O valor equivale ao Imposto de Renda incidente sobre as premiações recebidas durante o estado de calamidade pública – até 31 de dezembro de 2020 – no âmbito de entidades locais ou internacionais de administração esportiva.

A inclusão no Bolsa-Atleta durante a pandemia poderá levar em conta competições ocorridas em 2019 ou 2020, com exceção das modalidades voltas ao alto rendimento (categoria Atleta Pódio).

Entidades

A proposta prevê ainda linhas de crédito para pessoas físicas e micro e pequenas empresas do setor; renegociação de dívidas tributárias; regras para a retomada de competições esportivas – com incentivo às modalidades transmitidas pela internet e cumprimento de regras sanitárias.

O texto aprovado também inclui medidas de governança para clubes e outras entidades esportivas: garantia de que não haverá fraude em votações não presenciais; publicidade às contas; responsabilização de dirigentes por ilícitos praticados; entre outros.

 

Leia mais:  FIFPro lamenta demissões de jogadores e reduções unilaterais de salários por parte dos clubes

publicidade

Camisa 10

Ainda sem reforços, Flamengo de Paulo Sousa inicia ano com 24 remanescentes do grupo de 2021

Publicado

“Emprestados” para o começo do estadual, Ramon e João Gomes estão à disposição de Fábio Matias, enquanto Lázaro e Matheus França vêm trabalhando sob orientação do português

O Flamengo vai se reforçar, e Paulo Sousa deixou isso claro em suas primeiras entrevistas. Ele entende que é preciso qualificar o plantel. Mas, além de melhorar o nível, é preciso também encorpar o grupo. O treinador deu o start em 2022 com um plantel enxuto, composto por apenas 24 remanescentes do grupo que encerrou a temporada passada.

São dois goleiros: Diego Alves e Hugo Souza
Seis laterais: Isla, Matheuzinho, Rodinei, Filipe Luís, Renê e Ramon*
Quatro zagueiros: Rodrigo Caio (indisponível), Léo Pereira, Gustavo Henrique e David Luiz
Quatro volantes: Willian Arão, Thiago Maia, Andreas e João Gomes*
Três meias: Arrascaeta, Everton Ribeiro e Diego
Cinco atacantes: Gabigol, Bruno Henrique, Pedro, Michael e Vitinho

Por questões de ordem médica e planejamento, o número cai para 22 atletas. Rodrigo Caio, em recuperação de nova cirurgia, e Matheuzinho, que testou positivo para Covid-19, não se reapresentaram na última segunda-feira. O lateral-direito, porém, se junta ao grupo no próximo dia 17.

Além disso, João Gomes e Ramon, que já integravam o elenco profissional, foram “emprestados” para o grupo designado para disputar as primeiras rodadas do Carioca. Fábio Matias, técnico do sub-20, é quem vem tocando a preparação para o estadual desde a saída de Maurício Souza. Em compensação, Lázaro e Matheus França vêm treinando com Paulo Sousa. A “promoção”, porém, não impede que a dupla atue no estadual.

Do grupo que terminou a temporada passada, saíram nos últimos dias o goleiro César, o atacante Kenedy e o volante Piris da Motta. Gabriel Batista, fora dos planos da comissão técnica, treina à parte e deixará o Flamengo tão logo que chegue uma proposta interessante para as duas partes. Gabriel tinha situação encaminhada para o futebol europeu, mas esta acabou dando para trás. Apesar da mudança de panorama, o jogador de 23 anos não seguirá na Gávea.

Enquanto Paulo Sousa aguarda peças para encorpar seu elenco, a equipe dirigida por Fábio Matias faz seu primeiro jogo-treino neste sábado, às 16h, contra o Nova Iguaçu, no Ninho do Urubu.

Leia mais:  Com sintomas de Covid-19, Renato é vetado de viagem do Grêmio para Libertadores
Continue lendo

Camisa 10

Marechal Floriano recebe etapa do Campeonato Estadual de Ciclismo

Publicado

Mais de 200 atletas capixabas vão disputar, no domingo (16), o Campeonato Estadual MTB XCM de Ciclismo. Organizada pela Federação Espirito Santense de Ciclismo (FESC), a competição conta com o apoio da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport), por meio do programa Chamamento Público para Eventos.

A prova será realizada em dois percursos distintos: um de 69 quilômetros, para os atletas profissionais, e outra de 49 quilômetros, para os ciclistas amadores. A largada das duas provas acontecerá às 8 horas, em frente ao campo Bom de Bola do município.

Válida ainda como a última etapa do campeonato de 2021, a prova contará com mais de 20 categorias, entre Elite, Master e Pessoa com Deficiência (PCD).

O evento contará com um investimento de, cerca de, R$ 66 mil por parte da Sesport. Esse apoio, segundo Marcos Duarte, o presidente da FESC, foi fundamental para a realização da competição.

“O apoio do Governo do Estado é muito importante para o fomento do esporte. Os custos para a realização de um evento como esse são muito altos, afinal temos que arcar com toda a estrutura. Vale frisar também a importância de competições como essa para o alto rendimento, mas também para o lado social, afinal o ciclismo é um esporte democrático, que pode começar a ser praticado por pessoas de todas as idades”, contou.

Congresso técnico

Antes da prova, que será realizada no domingo, o Campeonato Estadual de Ciclismo promoverá, com os atletas inscritos, um congresso técnico virtual. A ação está prevista para ser realizada, nesta sexta-feira (14), às 20 horas, pela página da Federação no Instagram (@fesc_ciclismo).

Leia mais:  Clubes do Capixabão liberados para treinar a partir de setembro
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana