conecte-se conosco


Medicina e Saúde

Câncer de mama: ES tem 1.100 casos novos por ano

Publicado

Em reunião na Comissão de Saúde, oncologista ressaltou importância do diagnóstico precoce da doença, que registra no país anualmente 60 mil novos casos

A campanha Outubro Rosa termina nesta semana, mas os cuidados para prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama têm de ser tomados durante o ano todo. O oncologista chefe do Serviço de Tumores Femininos do Hospital Santa Rita, Luiz Augusto Fagundes Filho, participou da reunião da Comissão de Saúde nesta terça-feira (29) e alertou para os números da doença: são 60 mil novos casos no Brasil e 1.100 novas ocorrências no Espírito Santo todos os anos.  

De acordo com o médico, o Estado ainda tem um perfil epidemiológico intermediário, portanto, a situação ainda pode piorar. “Quanto mais hábitos ocidentais, mais obesos, mais sedentários, com um consumo cada vez maior de comidas industrializadas, maior o índice de câncer”, afirmou. 

Luiz Augusto Fagundes Filho

Comissão de Saúde se reuniu na manhã desta terça-feira.

O médico enumerou outros fatores de risco: idade (quanto mais velha a pessoa, maior a chance de ter câncer de mama); gênero (99% dos diagnósticos são em mulheres); consumo de bebida alcoólica; obesidade; menarca precoce e menopausa tardia; nuliparidade (mulher que não teve filhos) e idade do primeiro parto (quanto mais tardia a gravidez, maior o risco); história familiar; exposição à radiação; reposição hormonal; e tabagismo. 

Entre as recomendações para evitar a doença, o oncologista ressaltou a importância da amamentação, a adoção de uma dieta saudável, a prática de atividade física e manutenção de peso saudável, além da moderação no uso de bebidas alcoólicas. Segundo Fagundes, os vegetais e os alimentos ricos em fibras, vitamina A e selênio atuam como protetores e evitam o aparecimento da doença. 

Diagnóstico 

Para o diagnóstico precoce do câncer de mama, é muito importante, segundo o médico, que a mulher conheça o próprio corpo para notar quando há alterações na mama. Além do autoexame, é essencial que a mulher realize o exame clínico com o especialista. O médico saberá orientá-la sobre a necessidade de realizar mamografia, ultrassonografia ou ressonância magnética, de acordo com sua idade e histórico. O Ministério da Saúde recomenda a mamografia a todas as mulheres a partir dos 50 anos de idade, no intervalo máximo de 2 anos.  

Mulheres cadeirantes

O presidente da Comissão de Saúde, deputado Dr. Hércules (MDB), apresentou ao médico a reivindicação das mulheres cadeirantes que têm dificuldades em realizar a mamografia na rede pública de saúde. O oncologista explicou que a máquinas modernas têm capacidade para realização do exame nessa população. O que acontece é que os equipamentos são colocados em locais de difícil acesso para esse público. Portanto, o problema não são as máquinas, mas os locais onde elas são colocadas. 

O deputado Dr. Emílio Mameri (PSDB) foi quem propôs o tema à comissão: “É possível fazer a prevenção. Estamos no mês de outubro, mas temos de ter um ‘ano rosa’, temos de estar atentos o ano todo”, alertou o parlamentar. 

Leia mais:  Qual tipo de máscara é mais eficaz contra variante da covid-19?
publicidade

Medicina e Saúde

5 benefícios do shot matinal e como adicioná-lo à sua rotina

Publicado

Será que o shot matinal contribui para uma rotina mais equilibrada? Para tirar todas as dúvidas e conhecer mais sobre a bebida, além de conferir receitinhas energizantes, acompanhe a matéria que preparamos para você!

O que é shot matinal?

o shot matinal é um concentrado de vitaminas, fitoquímicos e compostos digestivos. Ele é feito com a mistura de alguns ingredientes como limão, vinagre, gengibre, cúrcuma, pimenta, glutamina, canela, própolis, matchá, entre outros. Confira abaixo os seus principais benefícios!

5 benefícios do shot matinal

  1. Combate os radicais livres;
  2. Acelera o metabolismo;
  3. Tem efeito anti-inflamatório;
  4. Melhora a imunidade;
  5. Auxilia no emagrecimento.

Os shots concentram muitos nutrientes e podem ter propriedades antioxidantes, combatendo, assim, os radicais livres. Eles podem ser termogênicos, responsáveis por acelerarem o metabolismo, além dos que possuem efeito anti-inflamatório e de fortalecimento do organismo.

Dúvidas sobre shot matinal

Reunimos as principais dúvidas sobre os shots matinais, e a nutricionista nos explicou sobre cada uma delas detalhadamente. Acompanhe a seguir:

  • Precisa tomar todos os dias? Para alguns especialistas, isso depende dos seus objetivos, mas ela esclarece que a constância é muito importante para incorporar novos hábitos.
  • Como fazer um shot matinal termogênico para antes do treino? Se a sua intenção é ter o efeito termogênico, misture 30 ml de água com uma colher (sopa) de vinagre de maçã, uma colher (café) de canela em pó e uma de gengibre ralado.
  • Shot matinal emagrece? Ele pode auxiliar no emagrecimento quando aliado a uma alimentação saudável e balanceada.
  • Como o shot matinal pode ajudar na imunidade? Para que tenha esse efeito, você pode seguir a seguinte receita: suco de 1 limão + 15 gotas de própolis e 15 gramas de glutamina.
  • Há uma temperatura indicada para a água usada no shot matinal, como morna ou gelada? Não há nenhuma relação entre a temperatura da água e os benefícios.
  • Qual a melhor combinação para um shot matinal anti-inflamatório? Visando esse resultado, uma dica é usar 20 ml de água + 1 colher (sopa) de vinagre de maçã e 1 colher (café) de cúrcuma em pó.

Veja, na sequência, qual a melhor forma de consumir os shots matinais, além de outras receitas para você escolher a sua preferida!

Como consumir shots matinais

Os shots matinais podem ser consumidos em jejum ou entre alguma refeição. Aprenda a preparar opções que farão a diferença na sua rotina!

Alertas e contraindicações

Os shots não devem ser consumidos por pessoas que tenham alergia a algum componente presente na mistura. Fique sempre de olho e consulte um nutricionista para alinhar as suas necessidades com as melhores estratégias nutricionais.

Agora que você já conhece mais sobre shot matinal, que tal transformar toda a sua rotina pensando no bem-estar físico e mental? Se você ficou curiosa para saber mais, aprenda sobre meditação matinal para praticar todos os dias!

Leia mais:  Covid-19: o que fazer se tiver sintomas após as festas?
Continue lendo

Medicina e Saúde

Gestantes e a Covid-19: quais os fatores de risco na gravidez?

Publicado

Com pouco mais de oito meses, a gestação de Thaís Lopes já estava com os dias contados e tudo corria bem. Mas a tranquilidade foi interrompida quando a gestante, que tem apenas 26 anos, começou a relatar falta de ar, sintoma típico da Covid-19. No início de fevereiro, ela foi diagnosticada com a doença, e exames mostraram que mais de 40% dos pulmões já estavam comprometidos. Os 12 dias seguintes foram marcados por um parto às pressas e pela intubação de Thaís.

A jovem gestante se juntou à estatística de centenas de mulheres grávidas contaminadas pelo coronavírus. Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, relatou que a incidência da Covid-19 é até 70% maior em grávidas do que em mulheres da mesma faixa etária. O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA também relatou maiores taxas de internação e intubação. Thaís Lopes, felizmente, escapou de uma terceira estatística: o Brasil ostenta uma das maiores taxas mundiais de mortalidade de gestantes pela Covid-19.

Estudos recentes apontam que a incidência da Covid-19 pode ser até 70% maior entre mulheres grávidas, e a taxa de intubação até 88% maior. 

Leia mais:  Covid-19: pacientes graves que se recuperaram desenvolveram ansiedade, depressão e fadiga
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana