conecte-se conosco


São Mateus

Candidatos se unem para exigir atitude de entidades contra abuso econômico do prefeito Daniel Santana e se reúnem novamente nesta sexta-feira

Publicado

Sete candidatos a prefeito de São Mateus se reuniram para pedir uma ação mais efetiva das instituições para investigarem denúncias de desvio de recursos federais para compra de voto

A reunião aconteceu nesta terça-feira (3), nas dependências do Norte Pálace, onde estiveram sete dos nove candidatos de oposição ao prefeito Daniel Santana (PSDB) que tenta a reeleição. O objetivo foi cobrar das autoridades e entidades, como Ministério Público, Justiça Eleitoral, Tribunal de Contas e Polícia Federal que investiguem as denúncias de compra de voto pelo prefeito. A frente de candidatos está encaminhando documento exigindo apuração rigorosa das denúncias de compra de voto com a distribuição de cestas básicas, fruto de recursos desviados do combate ao covid-19 enviados pelo Governo Federal. Além das cestas, existem denúncias gravíssimas de distribuição de dinheiro aos eleitores. Pessoas relataram à reportagem do JN que o prefeito não dá o dinheiro, mas seus assessores – que caminham com ele – se adiantam para distribuir o dinheiro. De acordo com uma das pessoas ouvidas disse que viu um assessor, que é funcionário da Prefeitura, se adiantar e comprar toda a mercadoria de um feirante. “Sempre tem alguém do prefeito que vai com o dinheiro para comprar o voto”, afirmou a fonte ouvida pela reportagem.

Ainda durante a reunião dos candidatos, foi levantando a possibilidade de uma renúncia coletiva. Todos os presentes concordaram, mas para quem entende o processo político-eleitoral por que vive o município de São Mateus, entendeu que seria apenas uma forma de demonstrar simbolicamente a repulsa às práticas do prefeito Daniel, que para tentar a sua reeleição usa de ferramentas e argumentos condenáveis contando com a impunidade e omissão dos órgãos e autoridades que deveriam coibir esse tipo de ação.

Os candidatos do PL, Nillis Castberg e do PT, Enéas, não compareceram. Com relação ao pastor Nillis o comentário era de que estaria alinhado com o que foi decidido, o que o próprio candidato desmentiu em nota postada nas redes sociais. Já com relação ao candidato do PT seria porque o partido foi (ou é) aliado do prefeito e da sua administração.

O prefeito foi procurado para falar sobre a ação da Frente de Candidatos, mas – como é contumaz – não conseguimos falar nem com ele e muito menos com a sua assessoria.

O idealizador do encontro foi o escritor Maciel de Aguiar, que tem publicado artigos de críticas contundentes ao prefeito e às instituições, no site do Jornal do Norte.

Nesta sexta-feira (6) está marcada nova reunião da Frente de Candidatos.

Leia mais:  Artigo: QUANDO CECIL THIRÉ ESTEVE AQUI
publicidade

São Mateus

Deputado Freitas se reúne com a Polícia Militar pedindo mais segurança para os dos quilômetros

Publicado

Também agradeceu o cerco tático feito pela PM na região

O deputado estadual Freitas (PSB) atendendo reivindicação dos moradores da região dos quilômetros, esteve reunido com o comando do 13º Batalhão da Polícia Militar para tratar de demandas do Conselho de Segurança solicitando ações e para agradecer o cerco tático naquela região efetivado pela PM.

Poucas&Boas: Cai um símbolo da Assembleia: o bigode do deputado Freitas | A  Gazeta

A região dos quilômetros (rodovia Miguel Curry Carneiro e comunidades próximas) tem sofrido com ações de bandidos que assaltam propriedades, roubam bombas e compressores e veículos, levando insegurança para seus moradores.

O deputado esteve com o comandante do 13º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Mateus Garcia, e foi acompanhado pela presidente do Conselho de Segurança, Ana Paula e dos vereadores Robertinho de Assis e Cristiano Balanga. Na oportunidade o parlamentar agradeceu o empenho da polícia e solicitou novas ações para que os moradores tenham mais segurança.

Leia mais:  Viação São Gabriel realiza Escolinha de Formação de Motoristas
Continue lendo

São Mateus

Ipem-ES realiza verificação de taxímetros em São Mateus no mês de março

Publicado

Agendamento pode ser realizado no site do Ipem-ES até o dia 22 de março.
 
O Instituto de Pesos e Medidas do Espírito Santo (Ipem-ES), órgão delegado do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) no Estado, realizará a verificação de taxímetros no município de São Mateus no próximo mês de março. O período de agendamento pelos proprietários de veículos-táxi segue até o dia 22 de março, conforme cronograma estabelecido pelo órgão.A verificação dos taxímetros será realizada entre os dias 23 e 26 de março, na Avenida Praiano, bairro Guriri (no final da Rua Bosque Guriri). Nos dias 23 a 25 de março, a verificação acontece nos horários das 8h às 11h36 e das 13h às 15h30. Já no dia 26, o atendimento será realizado somente pela manhã: das 8h às 11h36.O agendamento deve ser realizado antecipadamente à data da verificação no site do Ipem-ES (www.ipem.es.gov.br), na categoria “Serviços On-line”, aba “Verificação de Taxímetro – Agendamento”. Além disso, o Guia de Recolhimento da União (GRU) deve ser emitido para o pagamento da taxa de serviço.“Em 2020, em razão da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), não foi realizada a aferição dos equipamentos. No próximo mês, vamos iniciar as fiscalizações no norte do Estado, em São Mateus, e, posteriormente, estender para todos os municípios capixabas”, destaca o diretor-geral, Rogerinho Pinheiro.No momento da verificação, obrigatoriamente, deverão ser apresentados os seguintes documentos:

  • Autorização da Prefeitura de São Mateus;
  • Último Certificado de Verificação do Taxímetro;
  • Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV);
  • Carteira Nacional de Habilitação do Motorista (CNH);
  • Comprovante de Pagamento da GRU referente ao serviço de verificação;
  • Ordem de serviço de Oficina Autorizada nos casos em que houve a manutenção do taxímetro.

O proprietário ou o responsável legal do veículo-táxi que estiver impossibilitado de comparecer com o taxímetro para a verificação no prazo pré-estabelecido deverá apresentar justificativa, por escrito e com a devida comprovação, ao agente fiscal do Ipem-ES, mediante protocolo de recebimento, até o último dia do prazo de verificação.O taxímetro que ficar reprovado na verificação e necessitar de reparos deverá ser submetido à nova verificação após a conclusão dos serviços realizados por oficina autorizada. O proprietário deverá agendar a nova data e horário pelo telefone (27) 3636-6087.O veículo-táxi que, no exercício corrente, já tenha submetido o taxímetro à verificação subsequente, estando com a marca oficial com indicação de “VERIFICADO ATÉ 2021”, não necessita realizar nova verificação.Acesse aqui a instrução de serviço N° 16, de 23 de fevereiro de 2021.

Leia mais:  Viação São Gabriel realiza Escolinha de Formação de Motoristas

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana