conecte-se conosco


Entretenimento

Cantor Belo se diz arrasado com prisão da filha

Publicado

A prisão da filha do cantor Belo, Isadora Alkimin Vieira, de 21 anos, na quarta-feira, sob a acusação de integrar uma quadrilha especializada em golpes por meio eletrônico, relembra um passado que o cantor gostaria de esquecer. O músico que se disse “arrasado” pelo que ocorreu, foi condenado há 18 anos, sob a acusação de associação com tráfico de drogas. Belo recebeu perdão judicial em 2010.

Belo, que tem outros três filhos, se disse “muito surpreso e arrasado” com a prisão da caçula, que é estudante de Odontologia.

— Eu não sabia de absolutamente nada, falei com ela semana passada por telefone e ainda perguntei de tudo, da faculdade e tal. Dei sempre todo suporte como pai, pensão, faculdade, educação e amor. Me sinto muito triste e quero ser respeitado nesse momento — disse o cantor.

O músico foi condenado no dia 30 de dezembro de 2002 a seis anos de prisão, com direito de aguardar o julgamento do recurso em liberdade. O Ministério Público, então, apresentou recurso e os desembargadores da 8ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio aumentaram a pena do cantor para oito anos e expediram novo mandado de prisão, em dezembro de 2003. Belo foi preso em novembro de 2004. Ele estava escondido dentro de casa, na Zona Oeste do Rio, num quarto com paredes falsas. O cantor passou três anos e oito meses na cadeia.

As suspeitas envolvendo Belo com traficantes surgiram a partir de grampos telefônicos, que revelaram conversas entre ele e Waldir Ferreira, o Vado, apontado como gerente do tráfico na favela do Jacarezinho, na Zona Norte do Rio.

Na conversa, o homem pede a Belo R$ 10 mil para comprar o que chamava de “tecido fino”, que seria, segundo a polícia, uma gíria para cocaína. Belo pedia em troca um “tênis AR”, que seria, ainda de acordo com a polícia, um fuzil AR-15. A passagem pela cadeia foi marcada por contantes pedidos de liberdade condicional revogados e novamente concedidos pela Justiça.

Belo evita falar sobre o período preso, mas durante entrevista ao programa “Conversa com Bial”, em 2019, afirmou que era inocente e que não acreditava que seria preso. O cantor contou que, enquanto preso, apenas lia e cantava, e muitas vezes julgou que “a vida e carreira tinham acabado ali”.

“Eu não acreditei realmente que eu seria preso, até porque a prova material era muito pequena e até por causa de outras coisas da época também. Eu não acreditava! Eu não cometi crime nenhum. Falei com um cara!(…) Cumpri o que foi determinado. Saí de cabeça erguida, dei a volta por cima por causa dos meus fãs”, ressaltou.

O período detido também foi uma reviravolta na vida pessoal do cantor, que se separou de Viviane Araújo e engatou um relacionamento com Gracyanne Barbosa, com quem é casado até hoje.

Leia mais:  Artigo - TEMPO DE AMAR
publicidade

Entretenimento

Band planeja substituir ‘Show da Fé’ de RR Soares por Fausto Silva

Publicado

Fausto Silva deixou a Globo antes do fim do contrato e já se acertou com a Band. Agora, a emissora quer escalar o apresentador em um programa no horário do Show da Fé, e tenta convencer o missionário R. R. Soares a aceitar um espaço na madrugada.

Band planeja colocar no ar um programa diário de Fausto Silva, no horário nobre, para lutar contra suas concorrentes pela audiência de maneira mais firme. Reformas nos estúdios na sede da emissora, no Morumbi, já foram iniciadas com esse propósito.

Para isso, precisa convencer o fundador da Igreja Internacional da Graça de Deus a abrir mão do espaço atualmente ocupado.

Show da Fé é exibido na Band há 18 anos, sempre numa faixa de destaque na programação. O contrato milionário rende um valor significativo, e a direção da emissora não pretende abrir mão dessa fonte de receita.

Para isso, mesmo que tenha que reduzir o valor cobrado, tenta convencer R. R. Soares a ocupar o horário entre 01h30 e 03h45, para que Faustão possa entrar no ar depois do Jornal da Band, às 20h30, esticando o futuro programa até 22h00.

De acordo com informações do Uol, o horário da madrugada vem sendo ocupado por reprises jornalísticas. Até 2019, a Igreja Universal do Reino de Deus alugava essa faixa e desde então concentra o investimento na Rede 21, que pertence ao Grupo Bandeirantes.

“R.R. Soares tem boa relação com a direção da Band e sempre foi um pagador em dia. Em alguns anos mais apertados, o dinheiro vindo da Igreja Internacional da Graça de Deus, da qual Soares é líder, sempre ajudou a Band a fechar as contas”, informaram os jornalistas Daniel Castro e Gabriel Vaquer.

Se o missionário aceitar a oferta da Band, a Igreja Internacional da Graça ocupará a madrugada em duas emissoras, já que desde 2009 ele aluga essa faixa de horário na RedeTV!, além de tocar sua própria emissora, a Rede Internacional de Televisão (RIT TV).

Leia mais:  Mulher destrói obra de Romero Britto após pintor supostamente ter humilhado funcionários
Continue lendo

Entretenimento

Justiça não aceita ação da mãe de Gabriel Medina contra nora

Publicado

A Justiça julgou como improcedente o processo aberto por Simone Medina, mãe de Gabriel Medina, contra Bruna – sua nora e esposa de Felipe, seu outro filho -, nesta semana.

De acordo com o colunista Leo Dias, o magistrado avaliou a ação como um conflito familiar, não um caso para ser avaliado pelo judiciário

“Pela análise das provas produzidas, evidencia-se que não houve lesão aos direitos da personalidade da autora, uma vez que não foram proferidas ofensas em seu desfavor pela requerida, sendo que sequer o nome da autora fora mencionado, circunscrevendo-se a sua fala em típica manifestação do pensamento livre em sociedade democrática, inexistindo danos morais capazes de ensejar uma condenação, não tendo o descontentamento manifestado pela requerida na rede social ultrapassado os parâmetros da razoabilidade”, definiu o juiz.

E destacou: “De igual modo, no que tange ao pedido de retratação, uma vez que as publicações já foram excluídas e datam de meses atrás, é certo que eventual retratação só reavivaria e daria maior, tardia e inoportuna publicidade às postagens debatidas nesta ação, razões pelas quais também deixo de acolher tal pedido”.

A matriarca havia procurado a Justiça para que Bruna fosse obrigada a se retratar publicamente por ter dito que foi expulsa da casa em que morava – que pertence a Simone -, além de exigir uma indenização da nora. Ambas as solicitações foram negadas.

Além da animosidade com o filho Felipe e Bruna, Simone Medina também está com relações cortadas com Gabriel Medina e Yasmin Brunet, esposa do herdeiro.

Leia mais:  Sikêra Jr pede apoio das igrejas após ser condenado a pagar R$ 30 mil a modelo trans
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana