conecte-se conosco


Internacional

Carro voador é testado no Japão e empresa pretende torná-lo acessível em 2023

Publicado

Modelo é considerado o menor do tipo no mundo e cabe em vagas de carro convencional. Empresa, que tem patrocínio da Toyota, espera lançar serviço de veículos voadores em 2023.

Um carro voador da startup Skydrive realizou um voo de 4 minutos em uma área de testes na cidade de Toyota, no Japão.

O sobrevoo do SD-03 aconteceu no início de agosto e foi divulgado na última sexta-feira. A expectativa da empresa, que tem mais de 100 patrocinadoras, entre eles, a Toyota, é lançar o serviço de veículos voadores leves e tripulados em 2023.

De acordo com a Skydrive, o modelo SD-03 é o menor carro voador do mundo, medindo quatro metros de comprimento e largura e dois metros de altura, e foi projetado para caber em vagas de estacionamento para dois carros regulares.

Com incentivos do governo, o Japão é um dos países que está mais avançado no desenvolvimento de veículos leves elétricos. Além de modelo maiores, como carros, os japoneses também estão desenvolvendo uma moto voadora.

Carro voador ou ‘drone gigante’?

Ainda não está certo qual será o modelo definitivo dos chamados carros voadores, mas a maioria dos protótipos não tem rodas. Além disso, os veículos em testes parecem mais “drones gigantes” tripulados, já que a tecnologia para voar, baseada em várias hélices, é muito similar a dos drones.

Em fase ainda de experimentos, esses veículos não estão aptos a voarem pelas cidades, tanto por falta de legislação específica, como pela segurança. Em junho passado, a empresa Hoversurf divulgou um acidente de sua moto voadora em Dubai.

Leia mais:  Delegação da OMS vai à China esta semana para investigar origem do coronavírus
publicidade

Internacional

Motorista acende cigarro após passar álcool em gel nas mãos e incendeia carro

Publicado

De acordo com publicação, o condutor sofreu queimaduras de 1º e 2º grau nas mãos e na parte interna das coxas. Ele foi hospitalizado e passa bem

Um motorista da pequena cidade de Rockville, em Maryland, nos Estados Unidos levou um susto ao higienizar as mãos dentro de seu carro. É que depois de passar álcool em gel nas mãos, o condutor decidiu acender um cigarro e acabou botando fogo no próprio carro.

O momento foi registrado por um helicópitero de uma emissora de TV que passava pelo local no exato momento. As imagens compartilhadas pelo NYPost, mostram os bombeiros correndo para apagar o fogo que se alastrou por todo o carro.

Motorista acende cigarro depois de passar álcool em gel nas mãos e carro pega fogo (Foto: Reprodução/Twitter)

“Usar desinfetante para as mãos e fumar um cigarro é uma combinação ruim em áreas sem ventilação, como um carro”, disse um funcionário do Serviço de Bombeiros e Resgate do Condado de Montgomery em entrevista. 

De acordo com a publicação, o motorista que não foi identificado estava fumando um cigarro e então começou a usar o álcool em gel, que pegou fogo e incendiou todo o carro como uma espécie de coquetel molotov.

Motorista acende cigarro depois de passar álcool em gel nas mãos e carro pega fogo (Foto: Reprodução/Twitter)

O homem foi levado para o hospital, onde foi tratado por pequenas queimaduras e outros ferimentos sem risco de vida. O veículo, por outro lado, foi incendiado além do reparo. “O paciente sofreu queimaduras de 1º e 2º grau nas mãos e na parte interna das coxas e foi transportado para o hospital. Ele passa bem”, informava um tweet do corpo de bombeiros.

Motorista acende cigarro depois de passar álcool em gel nas mãos e carro pega fogo (Foto: Reprodução/Twitter)

Motorista acende cigarro depois de passar álcool em gel nas mãos e carro pega fogo (Foto: Reprodução/Twitter)

Leia mais:  Trump anuncia acordo comercial com China e cancela novas tarifas
Continue lendo

Internacional

“Chuva de ratos” intriga internautas e imagens viralizam na web; assista!

Publicado

A jornalista informou que os fazendeiros vivem um problema com os ratos, que entram em silos que armazenam grãos e se alimentam dele, causando prejuízos

Um flagrante divulgado nesta semana pela jornalista Lucy Thackray, mostra centenas de ratos sendo despejados por um cano de um silo de uma fazenda na Austrália, dando a impressão de uma “chuva de roedores”. 

A jornalista informou que os fazendeiros vivem um problema com os ratos, que entram em silos que armazenam grãos e se alimentam dele, causando prejuízos.

As imagens viralizaram nas redes sociais. 

Assista abaixo: 

Leia mais:  Nasa quer lançar, até 2023, robô que vai procurar água na Lua
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana