conecte-se conosco


Cidades

Casagrande anuncia repasse para construção de escolas e início das obras de novo CRAS na Serra

Publicado

O governador do Estado, Renato Casagrande, anunciou, nesta quinta-feira (23), o repasse de R$ 26,7 milhões para o Município da Serra por meio do Fundo Estadual de Apoio à Ampliação e Melhoria das Condições de Oferta da Educação Infantil no Espírito Santo (Funpaes). As verbas serão aplicadas na construção de duas Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEF). Ainda no município, Casagrande autorizou o início das obras do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), no Bairro das Laranjeiras, na região da Grande Jacaraípe.

“Vamos ajudar a Prefeitura da Serra a construir duas escolas, fortalecendo a educação e garantindo mais oportunidades e a redução da desigualdade. Também estamos realizando investimentos na proteção social com as obras de um novo Cras, que é um importante equipamento que ajuda a quem mais necessita. São investimentos realizados em conjunto com o Município. Isso mostra que, com uma boa parceria, podemos realizar os sonhos das pessoas”, afirmou o governador, ao lado do prefeito Sérgio Vidigal.

Os recursos do Funpaes serão destinados para a construção da EMEF Jardim Bela Vista e EMEF Jardim Tropical. As unidades vão permitir a ampliação de 620 vagas no Ensino Fundamental I, além da manutenção de 1.140 vagas, totalizando 1.760 crianças atendidas pela medida. As duas unidades contarão com 16 salas de aula, entre outros espaços educacionais e quadra poliesportiva com vestiários.

Leia mais:  Setembro Amarelo inspira escola a criar projeto

O Funpaes tem por finalidade ampliar e melhorar o acesso à educação junto às crianças e aos adolescentes da Educação Infantil e do Ensino Fundamental dos municípios capixabas signatários do Pacto pela Aprendizagem do Estado do Espírito Santo (Paes). De acordo com o secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, o Governo do Estado vai investir mais de meio bilhão de reais em apoio aos municípios.

“Estamos fazendo grandes investimentos em todas as áreas, mas a educação tem uma atenção especial, já que tem um fundo dedicado especificamente para isso: o Funpaes. Somado a isso, temos um governador que prioriza muito a educação. Somente aqui nesse evento na Serra são mais de R$ 26 milhões em investimentos, a exemplo do que tem ocorrido em todos os municípios capixabas”, pontuou Vitor de Angelo.

Assistência Social

A rede de proteção social capixaba será fortalecida com a construção do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), no Bairro das Laranjeiras, na região da Grande Jacaraípe. Durante a solenidade, o governador deu Ordem de Serviço para o início da execução da obra, com investimento de R$ 1 milhão. Os Cras são os equipamentos responsáveis em oferecer serviços para famílias e indivíduos na prevenção de violações de direitos e rompimento de vínculos.

Leia mais:  Gestão Financeira é tema de palestra on-line para empreendedores capixabas

“A proteção social é uma garantia constitucional. Como tal, sua importância se faz ainda mais relevante em cenários de crise social e econômica como a que o País se encontra. Nosso governo, além de investir pesado na construção e reforma dos equipamentos socioassistenciais de nossa rede, também fortalece e amplia os investimentos nas ações e programas de transferência de renda, como foi o cartão ES Solidário e o atual Bolsa Capixaba”, ressaltou a secretária de Estado de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social, Cyntia Figueira Grillo.

publicidade

Cidades

Banestes lança laboratório próprio de inovação com foco no mercado capixaba

Publicado

Na tarde dessa quarta-feira (29), foi oficialmente lançado o hub de inovação do Banestes, chamado de Baneshub. O laboratório terá uma sede física, com instalações na Enseada do Sua, em Vitória, com capacidade para cerca de 90 pessoas trabalharem em diferentes projetos de inovação e também com espaço para realização de eventos, treinamentos, pílulas de inovação, dinâmicas, dentre outras atividades.

Recentemente, a área passou a integrar a diretoria de Tecnologia da instituição, vinculada à gerência de dados e de inovação, sob o comando do diretor Tasso Lugon. Desde então, o projeto de concretizar a existência de um laboratório de inovação próprio do Banestes pôde se concretizar.

O diretor-presidente do Banestes, Amarildo Casagrande, reforçou que esse é mais um importante marco na história de 85 anos do Banestes. “Pela primeira vez, o banco dos capixabas passa não só a integrar o ecossistema de inovação como também a ser uma referência, com a existência do seu próprio hub e desenvolvimento de atividades próprias que irão proporcionar a expansão dos negócios, novas parcerias com startups e fintechs, amplitude aos processos de digitalização, entre outras oportunidades. Nós temos trabalhado internamente em prol do fortalecimento da cultura de inovação, e o lançamento do Baneshub é fruto do trabalho de diversas pessoas e equipes que se conectaram, desde 2019, ao desafio proposto. Uma grande vitória para todo o time Banestes”, ressaltou.

Leia mais:  Banestes oferece linhas especiais de microcrédito para mulheres empreendedoras

O lançamento aconteceu com a realização de um evento de apresentação, na sede do hub de inovação de engenharia e construção capixaba, o Base27, que tem parceria firmada com o Banestes. Participaram do evento a diretoria do Sistema Financeiro Banestes, convidados e lideranças de áreas diversas do banco.

Durante a apresentação da nova iniciativa do banco, o diretor de Tecnologia, Tasso Lugon, destacou ainda que o objetivo não é exclusivo à digitalização, e sim, ao movimento de transformação digital com foco na melhoria da experiência do cliente. “A área de inovação, apesar de vinculada à diretoria de tecnologia do Banestes, não visa somente à transformação digital. Os meios digitais, com o avanço tecnológico, permitem que o Baneshub seja um ambiente que vai fomentar a inovação para toda a estrutura do banco, cooperando com o desenvolvimento e evolução de novos serviços e também com frentes de análise de dados, que irão garantir uma experiência ainda melhor aos clientes, que visam suas necessidades reais. A transformação digital faz parte desse processo, mas o centro da inovação permeia também o contato humano, as necessidades primordiais dos clientes, as facilidades e benefícios que podemos agregar ao dia a dia dos capixabas”, disse Lugon.

Leia mais:  Ceasa adota barreira sanitária no entreposto de Cariacica

Também realizaram apresentações a gerente de Dados e Inovação do Banestes, Camila Zacche, e Francisco Carvalho, um dos criadores do Base 27. Camila Zacche apresentou detalhes dos projetos e principais iniciativas que serão desenvolvidas com o início das atividades. “É importante olharmos para dentro, para incentivarmos a cultura de inovação, mas também é importante reforçarmos o nosso olhar para fora, para as necessidades dos clientes, com foco na transformação inovadora vinculada ao digital. A utilização de dados propicia tomadas de decisão que geram valor e, portanto, aperfeiçoamento do relacionamento com o cliente. Com isso, vamos desenvolver projetos como digitalização de documentos, desburocratização, faq inteligente, novos canais de comunicação interna com foco em inovação, e outros. Estamos inseridos no ecossistema de inovação e temos excelentes parceiros para o desenvolvimento das iniciativas”, enfatizou a gerente.

Continue lendo

Cidades

Banestes realiza nova edição do Feirão Acordo Fácil

Publicado

Começa nesta sexta-feira (1º) mais uma edição do Feirão Acordo Fácil Banestes. Os clientes terão acesso a descontos de até 100% em juros, correção e multa, além do parcelamento da dívida em até 120 meses. É a melhor condição para renegociação de dívidas da história da instituição.

A ação vai ocorrer com atendimento presencial nas agências e de forma on-line, pelo site Banestes. O cliente deve acessar o menu “Créditos” e escolher a opção “Renegociação de Dívidas”, ou clicar direto no link www.banestes.com.br/feiraoacordofacil. Após preencher o formulário, o usuário receberá retorno pelo telefone ou endereço de e-mail informado para negociação.

Podem solicitar a renegociação clientes pessoa física ou jurídica, com dívidas judicializadas ou não. O Banco se disponibiliza a avaliar a concessão de até 100% de desconto em todos os juros, correção e multa, além de definir um novo prazo de parcelamento da dívida, que pode chegar a 120 meses. É importante lembrar que os descontos são sempre maiores para quem decide pagar à vista.  

Leia mais:  Setembro Amarelo inspira escola a criar projeto

Podem ser renegociados todos os produtos oferecidos pelo Banestes. Por exemplo, contratos de antecipação de Imposto de Renda, crédito pessoal, microcrédito, antecipação do 13º salário, cheque especial e cartão de crédito.

É necessário que a dívida não ultrapasse o valor de até R$ 500 mil para clientes pessoa física (PF) e R$ 1 milhão para clientes pessoa jurídica (PJ). Em ambos os casos, o atraso precisa ser superior a 60 dias. O Feirão Acordo Fácil vai até 30 de setembro.

Serviço:

Feirão Acordo Fácil Banestes

  • Período: de 1º de julho a 30 de setembro.
  • Públicos-alvo: pessoas físicas ou jurídicas, com dívidas judicializadas ou não, com valor de até R$ 500 mil para clientes PF e de até R$ 1 milhão para clientes PJ, e com atraso superior a 60 dias.
  • Benefício: condições diferenciadas de negociação, como até 100% de desconto em todos os juros, correção e multa, além de opções de parcelamento em até 120 meses.
  • Link para renegociação: www.banestes.com.br/feiraoacordofacil

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana