conecte-se conosco


Política e Governo

Casagrande participa de videoconferência com governadores das regiões Sul e Sudeste

Publicado

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, participou, nesta segunda-feira (23), de uma reunião, por meio de videoconferência, com os governadores que fazem parte do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud). Os chefes dos Executivos estaduais alinharam as ações e estratégias no combate ao novo Coronavírus (Covid-19). A reunião teve a participação do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas.

Casagrande explicou que a interlocução dos governadores com o Ministério permitiu a realização de ajustes nos decretos publicados com medidas para combater a disseminação do vírus.


“Fizemos o ajuste que permitiu que borracharias e restaurantes às margens das rodovias federais possam abrir e dar suporte ao transporte de carga. Pedimos ao ministro Tarcísio que encerre o transporte interestadual de pessoas. É uma medida que pode aumentar o isolamento. Pedimos ainda que as pessoas com passagens já compradas possam ser indenizadas e que seja estabelecido um prazo para troca”, apontou.

Durante a reunião, o governador capixaba sugeriu ainda que os colegas aguardem o anúncio da União com as medidas voltadas para os Estados. “Acredito que a melhor situação é aguardar a apresentação do pacote do Governo Federal, que será anunciado agora à tarde para que possamos, de forma oficial, estabelecer uma posição dos governadores do Sul e do Sudeste”, disse Casagrande.

Leia mais:  STJ mantém condenação de ex-prefeito de Itapemirim a mais de 8 anos de prisão

Participaram da reunião, os governadores João Dória (São Paulo); Wilson Witzel (Rio de Janeiro); Romeu Zema (Minas Gerais); Carlos Moisés (Santa Catarina); Ratinho Junior (Paraná); e Eduardo Leite (Rio Grande do Sul). Pelo Governo do Espírito Santo, também participaram os secretários de Estado, Tyago Hoffmann (Governo); Rogelio Pegoretti (Fazenda) e Fábio Damasceno (Mobilidade e Infraestrutura).

Nesta terça-feira (24) será realizada a reunião ordinária do Fórum dos Governadores, também por meio de videoconferência.

publicidade

Política e Governo

Lista do TCU: Guerino Zanon diz que está elegível e que processo já foi julgado a seu favor em 2020

Publicado

Ex-prefeito de Linhares e candidato ao governo do Estado, político consta em lista entregue ao TSE para análise de elegibilidade

O presidente em exercício do Tribunal de Contas da União (TCU), ministro Bruno Dantas, entregou nesta quarta-feira (10) ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, a relação com os nomes de todos os gestores de recursos públicos que, nos últimos oito anos, tiveram as contas julgadas irregulares em definitivo pelo TCU.

No Espírito Santo, 73 gestores de recursos públicos tiveram as contas julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas da União, e por isso, podem ficar inelegíveis. Entre os nomes está o ex-prefeito de Linhares e candidato ao governo do Estado, Guerino Zanon (PSD). Ele, no entanto, nega qualquer irregularidade apontada e informou, por meio de sua assessoria, que segue elegível. 

Segundo a assessoria de Guerino o processo, que é de 2014, não impediu que ele, por exemplo, disputasse o pleito de 2020, uma vez que a Justiça Eleitoral entendeu pela regularidade de sua candidatura.

Leia mais:  Vice-governadora rebate Rigoni, defende o PSB e deputado vai para a tréplica

A defesa do ex-prefeito já entrou com uma ação na Justiça Federal, pedindo a anulação do processo, atestando todas as regularidades de atos praticados por Guerino à frente da prefeitura, de acordo com sua assessoria.

O nome de Guerino integra uma relação de 6.791 nomes que foram entregues ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, e cuja elegibilidade será analisada pelo presidente da Corte eleitoral. 

No balanço divulgado pelo TCU, o Tribunal ressalta que os dados de 2022 referem-se a condenações transitadas em julgado entre 2/10/2014 a 2/10/2022, atualizados até 31/12/2022.

No caso de contas públicas, a Lei da Ficha Limpa prevê a inelegibilidade de todo gestor público que tiver suas prestações de contas rejeitadas “por irregularidade insanável ou que configure ato doloso de improbidade administrativa, e por decisão irrecorrível do órgão competente, salvo se esta houver sido suspensa ou anulada pelo Poder Judiciário”.

Leia na íntegra a nota enviada pela assessoria de Guerino Zanon:

“O ex-prefeito de Linhares Guerino Zanon é elegível, estando totalmente apto para disputar a eleição. O processo no Tribunal de Contas da União (TCU) sobre este tema já foi analisado na eleição municipal de 2020 pela Justiça Eleitoral, que na época julgou pela regularidade da candidatura. Também foi proposta uma ação na Justiça Federal pedindo a anulação do processo, atestando todas as regularidades de atos praticados por Guerino à frente da prefeitura.”

Leia mais:  Estado anuncia municípios habilitados para Programa de Coinvestimento da Cultura – Fundo a Fundo

Continue lendo

Política e Governo

Magno lidera para o senado com 29,83%

Publicado

A amostragem foi extraída do LEIA PESQUISA. Empate técnico entre Bolsonaro com 42,75% e Lula 40,33%

O instituto LEIA PESQUISA avaliou a vontade do eleitor para o Senado da República no Espírito Santo. Magno Malta (PL) foi apontado com a preferência de 29,83% dos entrevistados. Ouviu 1200 pessoas entre os dias 3 e 5, com margem de erro de 2,82% (para mais ou para menos) e confiabilidade de 95%. A pesquisa está registrada no TSE com o número ES/09833/22.

Logo em seguida, figuram a senadora Rose de Freitas (MDB) com 14,17%, empatada, tecnicamente, com o presidente da Assembleia Erick Musso (Republicanos) que obteve o percentual de 10,08%. Os demais ficaram abaixo de 3%. O Republicano saiu da disputa para o Governo do ES e o seu colega de partido Sérgio Meneguelli, do mesmo partido, foi barrado para disputa do mesmo cargo.

QUADRO COMPLETO

Para o senado da República, o eleitor está mais arredio, por enquanto. Os números inválidos e de indecisos são mais altos do que para o Governo do Estado e para a Presidência da República, vejam:

Leia mais:  Vice-governadora rebate Rigoni, defende o PSB e deputado vai para a tréplica

No Espírito Santo, no campo hipotético de um segundo turno entre Bolsonaro e Lula, os dois estariam empatados pela margem de erro de 2,82%.

Metodologia de pesquisa:
Pesquisa quantitativa, não probabilística, com aplicação de questionário estruturado e abordagem pessoal em pontos de fluxo populacional em municípios do Espirito Santo (ES).

 

Fonte: folhadoes.com

Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana