conecte-se conosco


São Mateus

Cassio é o pré-candidato do PP para disputar a Prefeitura de São Mateus

Publicado

Ele foi escolhido por unanimidade e se diz preparado para encarar esse desafio

O município de São Mateus carece de lideranças confiáveis e de bons gestores para que possa voltar a frequentar o ranking de municípios prósperos, administrado com responsabilidade e seus representantes respeitados pela população mateense e do Estado.

O Partido Progressista (PP) apresentou nos últimos dias, depois da desistência do ex-prefeito Amadeu Boroto em disputar as próximas eleições, o seu pré-candidato. Trata-se do empresário Cássio Caldeira, escolhido por unanimidade por membros filiados ao partido, acreditando que ele representa a verdadeira mudança no cenário político-eleitoral do município de São Mateus.

Essa escolha vinha se desenhando a algum tempo em função da indefinição de Amadeu Boroto sobre disputar o pleito eleitoral. Vereadores que se filiaram ao PP esperavam que o ex-prefeito fosse para a disputa, mas também estavam impacientes com a demora na tomada de decisão de Amadeu Boroto. A pressão passou a ser sobre o presidente da legenda, Cassio Caldeira, para que tomasse uma posição, pois até mesmo a direção estadual do Partido Progressista estava cobrando há três meses uma definição da pré-candidatura de Boroto.

Finalmente, na última semana o ex-prefeito se declarou fora da disputa eleitoral deste ano e, diante dessa decisão, Cássio convocou uma reunião extraordinária com os membros do seu partido, comunicando oficialmente esse fato. Na oportunidade, seu nome foi escolhido por unanimidade para ser o pré-candidato do PP às eleições municipais deste ano ao cargo majoritário. Boroto não compareceu à reunião.

Para Cássio, o partido não poderia ficar órfão de uma pré-candidatura ao cargo de prefeito e, também por se sentir preparado, aceitou a escolha do seu nome por unanimidade pelos membros do Partido Progressista. E já vem colocando suas ideias nos encontros com outras legendas, defendendo a diminuição de candidaturas e a necessidade de se buscar um consenso em torno de um nome que reúna as condições necessárias para representar os eleitores que desejam verdadeiramente as mudanças que o município de São Mateus tanto clama.

De acordo com Cássio, está “aberto ao diálogo e se coloca de maneira humilde” o seu nome para apreciação do eleitorado mateense. No meio empresarial existe uma grande preocupação com o rumo que o município pode tomar caso se eleja um candidato sem as qualificações como de gestor e que não tenha noção e conhecimento das demandas da população. Os segmentos produtivos da municipalidade esperam também que o eleito tenha uma visão desenvolvimentista e que saiba buscar as parcerias necessárias para contribuírem na reconstrução do município. “Cássio é um nome importante nesse contexto e a sua pré-candidatura a prefeito de São Mateus nos dá um alento e a esperança de que teremos alguém competente na disputa eleitoral deste ano”, disse uma liderança política ouvida pelo JN. “Ele tem projeto para todos os segmentos da municipalidade e São Mateus só tem a ganhar com a sua pré-candidatura”, completou.

Leia mais:  Lixo e entulho tomam conta de bairros de São Mateus
publicidade

São Mateus

Assentados do Zumbi dos Palmares pedem reformas e reabertura de escola

Publicado

O Comitê de Educação no Campo pede ao prefeito Caffeu que a escola volte a funcionar

Os moradores do Assentamento Zumbi dos Palmares realizaram uma manifestação pedindo ao prefeito de São Mateus em exercício, Ailton Caffeu, que reabra a Escola Municipal do Ensino Infantil e Fundamento (EMEIEF). De acordo com os membros do Comitê da Educação do Campo, que tem o apoio do Movimento dos Pequenos Agricultores e outras 31 representações, “a luta vem de antes do atual prefeito assumir a Prefeitura, mas as famílias contam com o seu apoio para a recuperação da escola, que apresenta problemas estruturais, rachaduras, infiltrações, dentre outros problemas”. Ainda segundo os moradores do Assentamento Zumbi dos Palmares, pertencente ao Distrito de Nestor Gomes, a escola corre o risco de desabar, por isso “pode não mais voltar a funcionar se não houver a iniciativa da Prefeitura de São Mateus em reformá-la atendendo o que foi constatado pela Defesa Civil e por engenheiros”, é o que temem os assentados, caso os serviços de recuperação do prédio não aconteçam.

Os representantes e membros do Comitê, têm procurado a Secretaria Municipal de Educação e realizado manifestações como forma de despertar a atenção das autoridades para a situação em que se encontrar a escola.

A municipalidade não se manifestou, após contato da reportagem.

Leia mais:  Legislativo concede certificado de Congratulação à Dona Glória da Colônia de Pescadores
Continue lendo

São Mateus

Câmara convoca secretárias de Educação e de Finanças para esclarecimentos

Publicado

O requerimento aprova a convocação das secretárias para esclarecimento sobre FUNDEB, transporte escolar e situação financeira da prefeitura

São Mateus – Em requerimento aprovado por unanimidade, a Câmara de São Mateus convocou as secretárias municipais de Educação, Edna Rossim, e de Finanças, Leila Maria Oliveira de Mattos, para comparecerem à sessão legislativa da próxima terça-feira (7/12). Pelo Requerimento 029/2021, assinado por dez vereadores, as duas convocadas deverão prestar esclarecimentos em relação aos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), ao transporte escolar, ao percentual de folha de pagamento e à atual situação financeira da Prefeitura.

Na sessão desta semana, realizada dia 30, o Parlamento aprovou ainda, também por unanimidade, mais dois requerimentos com pedidos de informações, de autoria dos vereadores Isael Aguilar (027/2021) e Cristiano Balanga (028/2021), além de 17 Indicações, quatro Moções e um Projeto de Lei do Executivo, autorizando a contratação de guarda-vidas para a temporada de Verão.

REQUERIMENTOS
No Requerimento 027/2021, apresentado por Isael, a Câmara requer a relação de todos os repasses financeiros, realizados pelos governos Federal e Estadual, ao Município de São Mateus exclusivamente para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, desde janeiro até o momento. Requisita ainda a relação de todos os contratos celebrados para o enfrentamento da pandemia, separados por atividade e modalidade de contratação (licitação, ou dispensa de licitação). Por fim, o Parlamento requer também a relação de todos os pagamentos efetuados neste ano, devidamente separados por secretaria e número de contrato celebrado.

A Câmara Municipal aprovou também o Requerimento 028/2021, apresentado por Balanga, requisitando a relação de todos os profissionais do magistério contratados por designação temporária em 2021, além da folha salarial detalhada dessa categoria no ano em curso. Também está sendo requerido apontamento quanto a receita mensal e total do Fundeb transferida ao Município, “discriminada em Fundeb 70% e Município 30%”.

Ainda por meio deste requerimento, a Câmara requer relatório dos pagamentos realizados aos DTs do magistério, “a título de salário bruto, separados por fonte de recurso e por competência do mês”. Um segundo relatório está sendo requerido com os pagamentos “a título de salários brutos, separados por fonte de recurso, dos servidores comissionados que exercem suas atividades junto a Secretaria Municipal de Educação”.

SINDSERV
O Requerimento 029/2021 foi decidido durante a participação, na tribuna popular, do presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Mateus (Sindserv), Herickson Locatelli de Mattos, que defendeu reajuste salarial e concessão de abono à categoria. De acordo com o sindicalista, os servidores estão sem correção nos salários desde 2015. Ele comentou ainda a situação dos profissionais da educação, especialmente os que trabalham por designação temporária, e sobre a aplicação do Fundeb no Município.

Os vereadores reforçaram a importância de remunerar dignamente os servidores. Contudo indicaram a necessidade de saber a real situação financeira da Prefeitura, inclusive do índice de comprometimento das receitas municipais com pagamento da folha salarial.

Por isso, para esclarecer informações contraditórias, os vereadores aprovaram a convocação das secretárias municipais Edna Rossim (Educação) e Leila Maria de Oliveira Mattos (Finanças) para participação na sessão ordinária do próximo dia 7, às 15h.

Leia mais:  Maciel de Aguiar pode ser pré-candidato do PCdoB a prefeito de São Mateus
Continue lendo

São Mateus

Política e Governo

Segurança

Camisa 10

Mais Lidas da Semana